Conecte-se Conosco

Esporte

Brasil vê Jesus desencantar e vence amistoso com a Arábia Saudita

Publicado

em

Ainda parecendo sentir a ressaca pela decepção na Copa do Mundo da Rússia, equipe de Tite fez 2 a 0 sobre o adversário asiático.

Em ritmo de treino e com pouco sustos, a seleção brasileira derrotou a Arábia Saudita nesta sexta-feira, em Riad, mesmo apresentando um futebol bastante pobre. Ainda parecendo sentir a ressaca pela decepção na Copa do Mundo da Rússia, a equipe de Tite fez 2 a 0 sobre o adversário asiático, com gols de Gabriel Jesus e Alex Sandro.

Foi a terceira vitória da seleção após a derrota para a Bélgica, com nove gols marcados e nenhum sofrido, mas em todos eles, até pela fragilidade dos adversários – Estados Unidos, El Salvador e Arábia -, o time pareceu pouco motivado. Isso deve mudar na próxima terça-feira, quando o Brasil enfrenta a Argentina em clássico que será realizado em Jeddah.

Talvez pensando justamente nesta motivação extra, Tite tem mexido na equipe desde a Copa e nesta sexta deu chances para nomes como Ederson, Pablo, Fabinho, Alex Sandro e Renato Augusto entre os titulares. Ao longo do confronto, ainda entraram Lucas, Walace, Arthur e Richarlison, que tentam ganhar espaço neste ciclo até a próxima Copa.

Mas mais uma vez a seleção dependeu demais de Neymar. As principais chances da equipe foram criadas pelo atacante do Paris Saint-Germain, quase sempre pelo meio, com liberdade para criar. Em um de seus lampejos em campo, ele deu passe perfeito para Gabriel Jesus marcar o único gol da partida, seu primeiro com a camisa amarela desde o amistoso contra a Áustria às vésperas da Copa. Foi Neymar também quem deu a assistência para o gol de Alex Sandro, já nos acréscimos do segundo tempo.

O primeiro bom momento do Brasil, porém, surgiu dos pés de Fred, que aos 10 minutos teve a chance mas preferiu ajeitar para Gabriel Jesus, que acertou a zaga. Na sequência, Neymar apareceu pela primeira vez com espaço na área, mas novamente a defesa da Arábia travou.

Em um dos cochilos da defesa brasileira, Al Shahrani passou como quis por Fabinho e tocou para Al Mogahwi, que foi travado por Marquinhos. Mas o jogo era mesmo de Neymar, que perdeu boa chance aos 19, após bela jogada e finalização para fora.

Gabriel Jesus teve bom momento aos 25, em tentativa de cabeça que exigiu grande defesa de Al Owais, mas foi aos 42 que desencantou. Neymar fez ótima jogada pelo meio e deu enfiada precisa para o atacante do City, que tocou na saída do goleiro para marcar.

Na etapa final, Tite voltou com Lucas na vaga de Fred, e o meia do Tottenham demorou apenas seis minutos para mostrar serviço. Ele recebeu ótimo passe de Neymar, saiu sozinho na área, mas parou em outra defesa de Al Owais. Aos nove, Neymar novamente apareceu bem pelo meio e arriscou de esquerda, de fora da área, acertando a trave.

Mas a cada sumiço de Neymar, o setor ofensivo do Brasil também desaparecia com ele. E quando o craque caiu de produção no segundo tempo, a seleção não mais criou. Nem mesmo as substituições de Tite deram novo ânimo ao time, que trocava passes sem objetividade.

Aos 39 minutos, o árbitro de vídeo foi acionado para a expulsão do goleiro árabe, por colocar a bola na mão fora da área. E, nos acréscimos, o Brasil chegou ao segundo gol. Neymar cobrou escanteio da direita e Alex Sandro finalizou para a rede.

FICHA TÉCNICA:

ARÁBIA SAUDITA 0 X 2 BRASIL

ARÁBIA SAUDITA – Al Owais, Al Burayk (Al Mowalad), Omar Housawi, Al Bulayhi e Al Shahrani; Otaif, Al Mogahwi (Ghareeb), Al Faraj, Al Bishi (Al Shehri) e Al Dawsari (Sulaimani); Bahbri (Malayekah). Técnico: Juan Antonio Pizzi.

BRASIL – Ederson; Fabinho, Pablo, Marquinhos e Alex Sandro; Casemiro (Walace), Fred (Lucas), Renato Augusto, Philippe Coutinho (Arthur) e Neymar; Gabriel Jesus (Richarlison). Técnico: Tite.

GOL – Gabriel Jesus, aos 42 minutos do primeiro tempo. Alex Sandro, aos 50 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Danny Makkelie (Holanda).

CARTÃO AMARELO – Otaif (Arábia Saudita).

CARTÃO VERMELHO – Al Owais (Arábia Saudita).

RENDA E PÚBLICO – Não disponíveis.

ESTÁDIO – Estádio da Universidade King Saud, em Riad (Arábia Saudita).

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram. Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

 

Esporte

Tite faz mistério e não revela time que enfrenta a Argentina

Publicado

em

Pela primeira vez no comando da Seleção Brasileira, Tite não confirmou os 11 titulares para o amistoso desta terça-feira (16).

Brasil e Argentina se enfrentam nesta terça-feira (16), em Jeddah, em amistoso promovido pelo governo local. Para Tite, no entanto, a partida tem caráter decisivo. Tanto que o treinador, pela primeira vez desde que assumiu o comando da seleção, não quis revelar a equipe titular para o clássico sul-americano.

Após fechar os treinos de domingo (14) e segunda (15), o técnico evitou dar qualquer sinal do time na entrevista coletiva realizada no estádio King Abdullah. “Hoje eu vou deixar esse componente [mistério]. Não me sinto tão confortável, mas farei isso desta vez”, comentou o treinador da seleção.

“Eu não me sinto muito confortável, porque não é a minha praia, mas em algumas circunstâncias, é importante. Não quero, se não tenho os atletas definidos, dar ao adversário a oportunidade de conhecer a escalação, até neste momento em que não temos esquema definido. Estamos testando novos nomes, um novo esquema, então vamos deixar o adversário sem saber isso”, acrescentou.
Leia também:

Em outras ocasiões, mesmo fechando parcialmente as atividades, Tite não via problemas em revelar a escalação. Foi assim durante amistosos, eliminatórias e Copa do Mundo.

Mesmo com o silêncio, o treinador já havia admitido que faria algumas mudanças para encarar a Argentina com força máxima.

A expectativa é por até seis novidades em relação ao último jogo: Alisson, Danilo, Miranda, Filipe Luis, Arthur e Roberto Firmino devem retornar ao time titular nas vagas de Éderson, Fabinho, Pablo, Alex Sandro, Fred e Gabriel Jesus.

A espinha dorsal formada por Marquinhos, Casemiro, Renato Augusto, Philippe Coutinho e Neymar, que atuou como titular na vitória por 2 a 0 sobre a Arábia Saudita, na última sexta-feira, segue na formação principal.

(Do Folhapress/ Com informações FolhaPE)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram. Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Destaque

Após marcar 2 gols, Usain Bolt fica surpreso com exame antidoping

Publicado

em

O recordista mundial e olímpico dos 100 e 200 metros, de 32 anos, treina desde agosto na Austrália e passa por testes no Central Coast Mariners.

ex-velocista e lenda do atletismo Usain Bolt, que iniciou uma carreira no futebol, mostrou-se surpreendido nesta segunda-feira por ser chamado a fazer um exame de controle antidoping após marcar dois gols em mais um amistoso pela equipe australiana do Central Coast Mariners, na última sexta, contra o Macarthur South West United.

“Por que é que devo passar por um controle antidopagem se nem sequer assinei contrato por nenhum clube?”, questionou-se Usain Bolt, em vídeo publicado em uma rede social, em que mostra o requerimento para efetuar os testes. Segundo o atleta, a pessoa que lhe entregou o pedido de exame disse ele era “um atleta de elite e que, então, tinha que ser controlado”. Bolt respondeu: “Muito bem, OK”.

O recordista mundial e olímpico dos 100 e 200 metros, de 32 anos, treina desde agosto na Austrália e passa por testes no Central Coast Mariners. Apesar dos dois gols marcados, ainda não é certo que Bolt disputará a liga profissional da Austrália. O acordo inicial prevê a participação do jamaicano apenas na pré-temporada.

“Vamos nos reunir, discutir e ver se queremos seguir em frente e o que eu preciso fazer e como fazer isso. Para mim, estou dando um passo de cada vez e quero me esforçar para ver até onde posso ir”, disse o jamaicano.

A temporada australiana começa no próximo domingo e a estreia do Central Coast Mariners será contra o Brisbane Roar. Com informações do Estadão Conteúdo.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram. Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Esporte

Atlético-PR goleia na Arena da Baixada e afunda Sport

Publicado

em

Com o resultado, o time pernambucano segue na vice-lanterna, com 27 pontos

Atlético-PR manteve a rotina e chegou à 11ª vitória seguida na Arena da Baixada. A vítima foi o Sport, que levou uma goleada por 4 a 0 neste domingo (14) e viu sua situação ficar ainda mais complicada no Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o time pernambucano segue na vice-lanterna, com 27 pontos, a cinco do Vitória, primeiro fora da zona do rebaixamento. Melhor para o time paranaense, que já é o oitavo na tabela, com 39.

O jogo em Curitiba teve um momento bastante inusitado. O goleiro Magrão se machucou e, como os visitantes já haviam feito três alterações, o meia Gabriel teve que assumir a meta. Levou dois gols no fim e não fez nenhuma defesa.

O JOGO

A primeira chance de gol da partida por pouco não virou um golaço. Lucho González bateu escanteio fechado, mas Magrão conseguiu fazer a defesa.

O goleiro do time pernambucano fez duas grandes defesas seguidas aos 15min. Primeiro, salvou com os pés uma bomba de Marcelo Cirino. Logo depois, foi buscar no canto o chute de Lucho González.

Preocupado em se defender, o Sport chegou a ver o rival ter mais de 70% de posse de bola na etapa inicial. Numa das poucas chances, Michel Bastos chutou, Jonathan conseguiu cortar e na sobra Marlone quase acertou o alvo.

“Estamos sofrendo um pouco de pressão. Acho que no segundo tempo vamos sair mais”, disse Magrão a caminho do vestiário no intervalo.

A previsão de Magrão poderia se confirmar. Milton Mendes trocou Mateus pelo centroavante Hernane na volta para o segundo tempo. Mas mal deu tempo para ver se os pernambucanos mudariam a postura. Aos 2min, Raphael Veiga cobrou falta e Thiago Heleno cabeceou para o fundo das redes.

Aos 10min, mais um do Atlético. Raul Prata tocou a bola com o braço ao tentar cortar cruzamento. Pênalti, que Bergson não desperdiçou. Primeiro gol no Brasileiro do atacante, que substituiu o artilheiro Pablo, suspenso, e ouviu vaias da torcida em alguns momentos da partida na Arena.

O Atlético-PR seguiu no ataque mesmo com a vantagem. Aos 25min, Magrão saiu para cortar cruzamento, se chocou com Ronaldo Alves e levou a pior. Tentou seguir no sacrifício, mas, aos prantos, pediu substituição. Como Milton Mendes já havia feito as três, o meia Gabriel assumiu a meta na reta final da partida.

Estádio: Arena da Baixada, em Curitiba

Cartões amarelos: Fellipe Bastos, Neto Moura (S)

Gols: Thiago Heleno, aos 2min, Bergson, aos 10min e aos 38min, e Rony, aos 40min do 2º tempo

ATLÉTICO-PR

Santos; Jonathan, Paulo André, Thiago Heleno e Renan Lodi; Bruno Guimarães, Lucho González (Wellington) e Raphael Veiga; Nikão (Rony), Marcelo Cirino e Bergson. T.: Tiago Nunes

SPORT

Magrão; Raul Prata, Ronaldo Alves, Adryelson e Evandro; Marcão (Nonoca), Fellipe Bastos, Marlone (Rafael Marques), Gabriel e Mateus (Hernane); Michel Bastos. T.: Milton Mendes

Por Folhapress.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram. Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

 

Continue lendo
Propaganda

Trending