Conecte-se Conosco

Destaque

Buchecha nega querer cantar funk com mulheres nuas e bebidas

Publicado

em

Com 15 anos de carreira, cantor segue na linha mais romântica

cantor Buchecha, 43, lança nesta terça-feira (22) o clipe do single “Pague para Ver”, que gravou com o MC Kekel, 22. A faixa traz as principais características do trabalho do cantor, letra sobre conquista, ritmo dançante e, claro, o “tchururururu” -sua marca registrada desde os anos 1990 quando alçou à fama ao lado de Claudinho (1975-2002).

Buchecha contou que o dueto foi um pedido seu já que se identificou de cara com a letra de “Pague para Ver”. Já MC Kekel, diz ele, aproveitou a chance de trabalhar com uma de suas referências do funk. “Ele me viu pela primeira vez e falou: ‘caraca, não acredito’. Ele me deu um abraço de fã mesmo, tão carinhoso.”

Segundo Buchecha, a diferença de idade não trouxe problemas. “São duas vozes que se assemelham na forma de cantar. […] Não senti impacto.”

O cantor diz ainda que transita bem entre as diferentes gerações de seu público. Os mais velhos conheceram seus hits com Claudinho, como “Quero Te Encontrar” e “Só Love”, ainda nos anos 1990 e 2000. Os mais novos reconhecem sua voz principalmente de “Fico Assim Sem Você”, lançada em 2002 e até hoje um clássico das apresentações de Dia dos Pais nas escolas, segundo o próprio Buchecha.

O artista tem ainda as faixas da carreira solo que emplacou na televisão, como “Hot Dog” na novela “Avenida Brasil”, exibida em 2012 pela Globo, e no cinema, com “Vem Cá Fazer Um Love” do “Vai que Cola – O Filme”, lançado em 2015. “Isso vai renovando meu público”, diz.

Todos eles têm em comum o funk melódico, longe do pancadão ostentação que ganhou fôlego nos últimos anos. “É padrão Buchecha, mais romântico, mais lúdico, mais família”, explica o cantor.

No clipe de “Pague pra Ver”, “não tem nada de mulher pelada e bebida”. Nada contra, diz Buchecha, que afirma apenas não seguir o padrão dos clipes de funk ostentação.”Procuro viver sem criticar as pessoas, ficar sem repúdio. Cada um levanta sua bandeira.”

Já o timbre e o vocabulário mudaram desde os tempos da dupla com Claudinho. “Eu cantava numa timbragem mais grave antes porque o Claudinho não tinha tanto alcance nos agudos. Eu me adequei à timbragem dele. Depois da carreira solo, fui alterando até achar uma região mais confortável para mim.”Houve também uma adaptação das gírias em suas letras: gata virou novinha e só love virou crush. “A forma dos jovens se comunicarem mudou e fui tentando me adaptar a isso. Mas ‘tchururururu’ se manteve, não pode ficar sem”, se diverte.

CONVITES PARA PARCERIAS VÊM PELAS REDES SOCIAIS

Em seus 15 anos de carreira e cinco álbuns, Buchecha já fez parcerias com grandes nomes da música nacional, como Lulu Santos, Herbert Vianna, Rogério Flausino, Adriana Calcanhoto, Paula Toller e Arnaldo Antunes.Em sua fase mais recente, cantou com MC Menor e Daya. Agora, conta, os convites vêm por seu perfil nas redes sociais. “Recebo muitas propostas e tenho que adiar algumas. Tem quem entre no meu Instagram pedindo parcerias e digo: ‘vamos deixar pra depois'”, afirma Buchecha.

Os duetos que efetivamente se concretizam são aqueles que passam não apenas por seu crivo, mas também de seu empresário e da gravadora. “Não posso decidir sozinho.”Um critério, contudo, é claro: ele não canta nenhuma letra que considere ser agressiva às mulheres. “Não cantaria nada muito chulo. Amo a mulher como um todo, não só o corpo. É uma obra de Deus”, afirma.Sobre o dueto que deu origem a tudo, com o cantor Claudinho, Buchecha diz ainda sentir muita falta mesmo 16 anos após a morte do companheiro em um acidente de carro durante a turnê de lançamento do sexto disco da dupla.

“Claro que a dor da perda já superei, mas a dor da saudade nunca vai ser superada, não tem como. Eu nunca vou me esquecer dele. Os fãs sempre se lembram e os lugares onde faço shows me fazem lembrar dele.”

PRINCÍPIO DE INFARTO LEVOU CANTOR A MUDAR SEUS HÁBITOS

O princípio de infarto que levou Buchecha a ser internado em julho do ano passado levou o cantor a uma mudança no estilo de vida.

Os médicos alertaram que ele deveria se alimentar melhor, dormir mais e fazer exercícios. Trocou o cardápio diário de feijoada, rabada e angu a baiana por frango, salada e quinoa e voltou a praticar boxe e jiu jitsu.”Já dormir melhor é complicado com a agenda de shows, mas tento ir para a cama às 2h, em vez de às 4h. Todo artista compõe de madrugada, produz muito nesse horário. Tive que entender que isso não dá mais para mim”, afirma Buchecha, acrescentando que hoje sente mais energia.

Por Folhapress.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram. Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Clique para comentar

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Inscrições para o vestibular do IFPE estão abertas

Publicado

em

São mais de 4 mil vagas para 65 cursos técnicos e superiores distribuídos pelos 16 campi

O IFPE (Instituto Federal de Pernambuco) abriu inscrições para O vestibular 2019.1. São mais de 4 mil vagas para 65 cursos técnicos e superiores distribuídos pelos 16 campi (Abreu e Lima, Afogados da Ingazeira, Barreiros, Belo Jardim, Cabo de Santo Agostinho, Caruaru, Garanhuns, Igarassu, Ipojuca, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Palmares, Paulista, Pesqueira, Recife e Vitória de Santo Antão). 
Nesta edição, quatro novos cursos superiores foram incluídos no vestibular: Licenciatura em Computação, no Campus Afogados da Ingazeira; Administração e Hotelaria, no Campus Cabo de Santo Agostinho; e Processos Gerenciais, no Campus Paulista.
As inscrições vão até o dia 12 de novembro. Os interessados devem acessar o site da Comissão de Vestibulares e Concursos do IFPE (cvest.ifpe.edu.br), preencher a ficha de inscrição e emitir o boleto (GRU) para pagamento no valor de R, no caso dos cursos técnicos, ou de R, para cursos superiores.
Candidatos que se encaixarem nos perfis contemplados pela isenção do pagamento, podem solicitar o benefício até o dia 25 de outubro, também através do site da cvest.edu.br. A documentação deverá ser etregue no campus em que cada candidato pretende concorrer à vaga, entre os dias 22 e 26 de outubro.  A lista dos contemplados com a gratuidade será divulgada no dia 1º de novembro. Quem obtiver isenção da taxa de inscrição deverá verificar a informação no site da Cvest.
Aqueles que tiverem o pedido de isenção de taxa de inscrição indeferido deverão realizar o pagamento normalmente, conforme estabelecido em edital. A taxa de inscrição deve ser paga exclusivamente nas agências do Banco do Brasil até dia 13 de novembro. Inscritos em curso na modalidade Proeja estão, automaticamente, isentos de pagamento de taxa de inscrição.
As provas serão realizadas no dia 16 de dezembro. Candidatos aos cursos técnicos serão submetidos a 30 questões de múltipla escolha. Quem vai concorrer a uma das vagas dos cursos superiores fará uma prova com 50 questões de múltipla escolha, além de redação. Os exames terão início às 9h e terão duração de três horas, para os cursos técnicos, e de quatro horas para os cursos superiores. A divulgação do listão com os nomes dos aprovados está prevista para dia 7 de janeiro de 2019.
Por Diário de Pernambuco
Foto: Peu Ricardo/DP

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram. Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Destaque

Marun diz que votará em Bolsonaro no segundo turno

Publicado

em

Um dos maiores defensores do presidente Michel Temer, o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, admitiu, hoje, em uma conversa com jornalistas no Palácio do Planalto, que não votou em Dilma Rousseff (PT) – que tinha Temer como vice – para a Presidência da República nem em 2010 e nem em 2014. Marun é filiado ao MDB, mesmo partido de Temer.

Na confissão, que arrancou risos dos presentes, o ministro disse ainda que votará em Bolsonaro neste segundo turno pois ele apresenta um programa mais próximo ao que vem sendo desenvolvido pelo governo Temer.

“Na Dilma, não votei”, afirmou Marun. “Mas o Temer era vice da Dilma”, indagou uma jornalista que estava presente.

“Eu votei muito no presidente Temer para a presidência do PMDB, mas na eleição de 2014 minha posição foi pública e não votei na Dilma, nem no primeiro nem no segundo turno. Em 2010 também não. Aí quando eu cheguei aqui (em Brasília, como deputado federal) o presidente (Temer), que na época era vice, me chamou e disse: ‘Marun, não é que nós devemos apoiar o governo, nós somos o governo e mesmo sabendo da dissidência de vocês eu quero você apoie o governo, seja governo’”, contou o ministro.

Marun afirmou que neste segundo turno não está fazendo campanha mas declarou que votará no candidato Jair Bolsonaro (PSL) para presidente. O ministro alegou que decidiu seu voto por ter mais “sinergia” com as colocações de Bolsonaro e porque ele apresenta uma pauta que tem mais afinidade com o atual governo.

“Mesmo discordando de algumas situações em relação as palavras do candidato Bolsonaro, eu entendo que o meu pensamento encontra mais sinergia com as suas colocações. Em relação a valorização da família, em relação ao combate duro à violência, várias questões, vejo que ele apresenta também uma pauta que tem maior afinidade com o que foi a pauta do nosso governo. Não vou fazer campanha, não pleiteio nenhum espaço, mas recomendo aos amigos que me perguntam o voto no 17”, argumentou Marun. (Do O Globo)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram. Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Destaque

Ana Maria briga na Justiça pelo ‘papagaio’ Louro José

Publicado

em

Caso será julgado nesta terça-feira (16) pela 3ª turma do Superior Tribunal de Justiça.

apresentadora Ana Maria Braga está brigando na Justiça contra os artistas Antonio Marcos Costa de Lima e Renato Aparecido dos Santos pelo reconhecimento da criação do personagem ‘Louro José’. O caso será julgado nesta terça-feira (16) pela 3ª turma do Superior Tribunal de Justiça.

De acordo com site ‘Famosidades’, a loira garante que é a responsável pelo desenho, características, nome, voz e cores do papagaio. O ‘Louro José’ teria sido criado ainda em 1997, junto com seu ex-marido Carlos Madrulha. Segundo o ex-casal, o personagem teria sido inspirado no papagaio de estimação da família e levava o nome do filho da apresentadora.

Por Notícias ao Minuto

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram. Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda

Trending