Conecte-se Conosco

Saúde

Cardiologista reprova consumo cada vez maior de produtos termogênicos

Publicado

em

Proibidos pela ANVISA, eles são compostos que causam riscos pelos efeitos de sua composição misturada com outras substâncias sem fornecer benefício algum à saúde.

Termogênicos são proibidos pela ANVISA e medicina pelos efeitos colaterais advindos da composição absurda habitual: efedrina (proximidade farmacológica à anfetamina) e de DMAA a dimethylamylamine. São vendidos como produtos para emagrecer e, por mais incrível que possa parecer, vêm misturados com várias outras substancias, como hormônios de tireoide, raízes estimulantes, guaraná puro e etc. Nenhuma das marcas existentes têm padrão de composição e acrescentam ou retiram substâncias de tempos em tempos. 

Na internet, os vendedores sabem de cor as mentirosas qualidades do produto e são agressivos com quem os denuncia. Quando ocorre a morte de um usuário viram amigos e culpam a fatalidade. Dias atrás mais uma esportista morreu usando termogênicos para emagrecer e anabolizantes para ficar musculosa, segundo reportagens publicadas.

Nós médicos temos o dever de alertar o público em geral e os pais em especial, de que usar termogênicos para estética, anabolizantes para força muscular, reposição hormonal sem deficiência patológica, está proibido no país, com recomendação específica do Conselho Federal de Medicina. A imprensa denunciou médicos que prescrevem anabolizantes para qualquer pessoa e todos estes respondem a sindicâncias éticas nos respectivos Conselhos Regionais de Medicina. 

Os riscos do uso de substâncias milagrosas vendidas cresceram geometricamente e os lesionados na mesma proporção. Estamos passando a limpo as várias responsabilidades neste país e os picaretas, enganadores e vendedores de ilusões das substâncias que transformam e curam, dos blogueiros e coachs da saúde e fitness, que estudaram em almanaques e se acham sabedores mais dos que frequentaram uma faculdade, deveriam todos responder às autoridades e leis, pelo mal que estão causando aos mais incautos. Que mais essa morte de jovem por uso de termogênicos e anabolizantes seja investigada e os responsáveis punidos rigorosamente.

Vale lembrar que termogênico não é um energético, pois este último tem cafeína como base e no máximo tira o sono, isso nas quantidades existentes no mercado brasileiro por lata. São de livre comércio e os profissionais da saúde recomendam não ingerir mais de duas a três doses por vez. Além disso, tenha cuidado ao misturar com bebidas alcoólicas destiladas pelo risco neurológico que sempre podem causar. 

*As informações e opiniões emitidas neste texto são de inteira responsabilidade do autor, não correspondendo, necessariamente, ao ponto de vista do Globoesporte.com / EuAtleta.com

EuAtleta Nabil Ghorayeb Cardiologia Especialista (Foto: EuAtleta)

NABIL GHORAYEB
Doutor em Cardiologia pela FMUSP, Especialista em Cardiologia e Medicina do Esporte, chefe do Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia e do Hospital do Coração, diretor da Sociedade Brasileira de Cardiologia, além de ter recebido o Prêmio Jabuti de Literatura em 2000.www.cardioesporte.com.br

Este Post é patrocinado pela: 

 

(Do Euatleta.com)

Saúde

Governo Federal entrega mil camionetes para combate ao Aedes aegypti

Publicado

em

O presidente da República, Michel Temer, participou de cerimônia de entrega de 1 mil camionetes que vão ajudar no combate do mosquito Aedes aegypti nos estados e municípios.

Segundo o Ministério da Saúde, 500 cidades têm registrado número elevado de casos de dengue, zika e chikungunya, doenças que são transmitidas pelo inseto. O evento ocorreu nesta quarta-feira (12) no Palácio do Planalto.

Durante a solenidade, o presidente Temer lembrou de outras ações de suporte à saúde nos estados e municípios, como a entrega de ambulâncias e de gabinetes odontológicos. Reforçou ainda que a conexão entre governo federal, municípios e estados tem favorecido a melhora da saúde no País e a redução de casos de doenças transmitidas pelo Aedes aegypti.

“Nos últimos tempos não tem havido notícias desabonadoras a essa atividade e assim tem sido em todos os setores da nossa administração. Os municípios brasileiros estão recebendo veículos para trabalhar pelo povo municipal”, disse o presidente.

O ministro da Saúde, Gilberto Occhi, explicou que o investimento nas mil camionetes foi de R$ 109 milhões. “Esse veículo será usado nesse trabalho em vigilância em saúde. Todos os estados brasileiros serão contemplados”, explicou Occhi. (Por Ouricuri em foco)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

 

Continue lendo

Saúde

Mais Médicos: Mais de 3,7 mil profissionais ainda não se apresentaram nos municípios

Publicado

em

Até as 17h desta terça-feira (11), 4.649 profissionais se apresentaram nos municípios onde trabalharão por meio do Programa Mais Médicos, de acordo com balanço do Ministério da Saúde.

O número corresponde a aproximadamente 55% do total de 8.411 aprovados na primeira etapa do edital. Os médicos têm até esta sexta-feira (14) para comparecer às cidades.

Após o fim da primeira etapa de inscrições, 106 vagas não foram ocupadas. Para preenchê-las, a pasta lançou uma segunda etapa, que aceitará também profissionais sem revalidação do diploma.

O Ministério da Saúde informou que já recebeu 2.277 inscrições de médicos sem CRM brasileiro. Os profissionais têm até sexta para enviar a documentação necessária.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Saúde

Com prazo final na sexta, menos de 50% dos médicos se apresentam aos locais de trabalho

Publicado

em

Balanço fechado na última segunda-feira (10) registra que apenas 4.508 médicos compareceram aos locais de trabalho para onde foram designados pelo Programa Mais Médicos. O prazo de apresentação termina na próxima sexta-feira (14). A falta de médicos levou o governo a rever a exigência do exame Revalida para as inscrições de médicos estrangeiros e médicos brasileiros formados no exterior.

A quatro dias para o fim do prazo, cerca de 47% dos inscritos no edital de convocação do programa ainda não se apresentaram nos municípios escolhidos. A desistência é grande entre profissionais brasileiros.

O edital foi aberto para médicos com registro no país (CRM) após Cuba anunciar a saída no programa, no final de novembro. O programa recebeu 36.490 inscrições, preenchendo 98,7% das 8.517 vagas disponibilizadas, segundo informações do Ministério da Saúde.

O governo prometeu um balanço das vagas disponíveis, na próxima segunda-feira (17), e deve anunciar as desistências e os locais que não tiveram procura. Depois disso, os médicos terão nova etapa para se inscrever nos dias 18 e 19 de dezembro. (Por Esmael Morais)

 

Continue lendo
Propaganda

Trending