Conecte-se Conosco

Esporte

Carille terá nove caras novas no elenco em retorno ao Corinthians

Publicado

em

Número corresponde hoje a mais de 25% do elenco corintiano.

Recém-contratado pelo Corinthians, o técnico Fábio Carille encontrará nove jogadores que não foram comandados por ele em sua primeira passagem pelo clube. O número corresponde hoje a mais de 25% do elenco corintiano, que conta com 33 atletas depois das saídas de Danilo, Emerson Sheik e Vilson.

Depois da saída de Carille rumo ao Al-Wehda, em maio passado, o Corinthians acertou a contratação de cinco reforços: o lateral-esquerdo Danilo Avelar, o volante Douglas, o meia chileno Angelo Araos, o atacante paraguaio Sergio Díaz e o centroavante Jonathas – desse grupo, apenas Avelar já havia passado pelo radar do treinador, que o indicou à diretoria no começo da temporada.

O Corinthians também já anunciou três nomes para a temporada 2019. Ainda em outubro, o clube acertou com o lateral-direito Michel Macedo e com o atacante Gustavo Mosquito. Nessa quinta-feira (6), o time confirmou a contratação do atacante André Luis, ex-Ponte Preta. Todos os outros 24 jogadores do elenco já trabalharam com Carille. Já o volante Richard, do Fluminense, assinará um contrato de três anos nos próximos dias.

A ideia do Corinthians é reforçar o grupo com jogadores mais experientes a fim de dar mais suporte aos atletas mais novos, que, segundo a própria diretoria, queimaram etapas por causa das vendas após a conquista do Campeonato Paulista. Carille participa do planejamento do time da próxima temporada há alguns dias.

“A gente entende que agora, com as saídas do Danilo, Emerson e Vilson, a gente tem de colocar um pouco mais de experiência para fazer essa mescla com os meninos. O ano que vem, com certeza, eles vão estar muito mais prontos que esse ano”, disse Duílio no último dia 24.

Como mostrou o UOL Esporte, Carille reencontrará um cenário bem diferente no retorno ao clube. Há novos problemas táticos, e a defesa, por exemplo, passou a ser mais vulnerável sob o comando de Osmar Loss e Jair Ventura.

Além de encontrar muitas caras novas, Carille não contará com três campeões paulistas (em 2017 e 2018) e brasileiro (em 2017). O zagueiro Balbuena, o volante Maycon e o meia Rodriguinho foram vendidos pelo clube, assim como o lateral-esquerdo Sidcley, que fez parte do time do Estadual e foi negociado pelo Atlético-PR com o Dínamo de Kiev, da Ucrânia.

No começo do ano, Carille já havia perdido três peças importantes da equipe que ergueu a taça do Brasileirão 2017. Sem o lateral-esquerdo Guilherme Arana, o zagueiro Pablo e o atacante Jô, o treinador demorou a encontrar um time ideal – ele chegou, inclusive, a mudar o esquema tático e atuar sem centroavante, no 4-2-4.

Carille volta ao Corinthians com quatro integrantes da comissão técnica que havia deixado o clube ao lado dele. São eles: o preparador físico Walmir Cruz, o observador técnico Mauro da Silva, o auxiliar técnico Leandro da Silva e o analista de desempenho Denis Luup – dos dois primeiros voltarão ao Brasil na semana que vem, enquanto os outros devem desembarcar em São Paulo no dia 29, assim como o treinador.

A ideia do clube agora é que Walmir e Mauro ajudem a intensificar o planejamento para a temporada 2019. Por isso, eles voltarão antes ao clube paulista. A reapresentação de elenco corintiano está marcada para o dia 3. (Com informações da Folhapress)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram. Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

 

Continue lendo
Clique para comentar

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

“Com emoção e êxtase nos pênaltis, Atlético é campeão da Sul-Americana”

Publicado

em

“Furacão venceu nas penalidades o Junior Barranquilla, da Colômbia, por 4 a 3, depois de empatar por 1 a 1 no tempo normal”.

“O Atlético-PR é o campeão da Copa Sul-Americana 2018! Foi sofrido, emocionante, angustiante. Mas o “time de guerra” do Furacão levantou a taça em uma noite histórica na noite desta quarta-feira (12) na Arena da Baixada. Somente nos pênaltis o Furacão venceu o Junior Barranquilla, da Colômbia, por 4 a 3, depois de empatar por 1 a 1 no tempo normal.”

“Desta forma, o Rubro-Negro conquista seu primeiro título internacional de grande porte.Pablo marcou no primeiro tempo para o Atlético e Téo Gutierrez empatou na etapa final para o Junior. Na prorrogação, os colombianos ainda perderam uma penalidade com o meia Jarlan Barrera.

Na decisão por pênaltis, o Atlético acertou as cobranças. Jonathan, Raphael Veiga, Bergson e Thiago Heleno. Renan Lodi chutou para fora Já o Junior Fuentes estourou a bola na trave na segunda cobrança e Téo Gutierrez isolou a quarta cobrança.”

“A final histórica também marcou a quebra do recorde de público da Arena da Baixada com 40.263 no total (renda de R$ 2.084.560,00). A marca pertencia ao Paraná que havia colocado o total de 39.414 torcedores no estádio.Para ser campeão, o Furacão despachou Newell’s Old Boys, da Argentina, Peñarol, do Uruguai, Caracas, da Venezuela, Bahia, Fluminense, além do Junior Barranquilla.

Em 12 jogos, a campanha impecável foi construída com oito vitórias, dois empate e duas derrotas. Foram 21 gols marcados e apenas sete sofridos.Sem contar a renda, o Atlético embolsou o total de US$ 4,425 milhões (R$ 17 milhões). Somente pela final, entraram nos cofres US$ 2,5 milhões (R$ 9,7 milhões).

Com o título, o Atlético também garante um calendário internacional de relevância para 2019. Vaga na fase de grupos da Libertadores, decisão da Recopa Sul-Americana contra o River Plate (jogos em 20/2 e 6/3) e participação na Copa Suruga, que será disputada no Japão em agosto.O Rubro-Negro é o quarto campeão brasileiro do mata-mata continental criado em 2002. Antes o Internacional (2008), São Paulo (2012) e Chapecoense (2016) já haviam levantado a taça.

Noite histórica, para coroar a temporada que ficará gravada na memória da torcida atleticana, o Furacão cumpriu o que prometeu no início do jogo e jogou ao melhor ‘estilo Tiago Nunes’. Pressão no início, verticalidade e tabelas rápidas. Embalado pelo show das arquibancadas, o Rubro-Negro amassou o adversário até abrir o placar.

Pablo e Raphael Veiga, os dois principais jogadores de frente no ano, tabelaram e o artilheiro fez o gol que explodiu o estádio aos 26 minutos do primeiro tempo. Foi o 18º gol de Pablo na temporada, o quinto na Sul-Americana – ele termina o torneio como goleador ao lado de Benedetti, do Deportivo Cali.Mas Atlético recuou e deixou o Junior crescer – e se agigantar. Os adversários mostraram o porquê são finalistas da liga local e estão próximos de serem campeões colombianos.

O atacante Téo Gutierrez, ídolo da torcida dos Tiburones, empatou aos 12 minutos da etapa final. O próprio teve a chance de virar, assim como o ponta Luís Díaz.Na prorrogação, foi lá e cá. Rony desperdiçou para os mandantes. Téo tentou de bicicleta. Até que o Junior teve um pênalti aos 21 minutos. O meia Jarlan Barrera isolou a batida e reascendeu o Caldeirão antes do teste definitivo para o coração dos atleticanos nas penalidades.” (Por Gazeta do povo)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Esporte

Athletico plagiou emblema do pior time do mundo, diz Ibis Sport Club

Publicado

em

“Nada pode ser pior”, como diz o lema do Ibis. O time pernambucano acusa o Athletico Paranaense de plagiar o emblema do clube.

“Obrigado pela homenagem, Athletico Paranaense”, ironizou o Ibis.

Daqui a pouco, por volta das 21h45, o “novo” Athletico entrará em campo, na Arena da Baixada, com a insígnia semelhante a do pior time de futebol do mundo.

O Athletico vai receber o Junior Barranquilla, da Colômbia, na decisão da Copa Sul-Americana de 2018.

O mascote do Athletico é o mesmo do Íbis Sport Club, qual seja, uma ave da mitologia egípcia estilizada.

A diferença é que o “frango” do Ibis olha para direita e o do Athletico flerta com a esquerda.

O uniforme pode até ser bastante parecido, mas os atleticanos rezam para que o desempenho em campo, hoje à noite, seja muito diferente do pior time do mundo.

A polêmica está nas redes sociais. (Por Esmael Morais)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Esporte

Jogador do São Paulo é acusado de agredir garota; polícia vai apurar

Publicado

em

Everton nega as acusações e o pai dele registrou um Boletim de Ocorrência por invasão.

O atacante Everton, do São Paulo, é acusado de agredir uma jovem de 21 anos. O caso teria ocorrido na madrugada desta terça-feira (11), durante a festa de aniversário de 30 anos do jogador, realizada na casa de um amigo dele, na cidade de Nortelândia, que fica a cerca de 230 km de Cuiabá.

De acordo com o Globoesporte.com, a menina se chama Joanna Darc Campos Dourado. Em Boletim de Ocorrência e em publicação (já apagada) no Facebook, ela afirma ter recebido um “murro” de Everton, que nega a agressão.

O pai do atleta, Evandro Campos, também registrou um B.O., mas por invasão de domicílio..

Ainda segundo o “Globo Esporte”, Joanna Darc teria ido a festa de Everton com mais dois amigos, sem serem convidados. O trio teria sido expulso do local e, de acordo com Joanna, foi neste momento que o jogador são-paulino a agrediu. Ela conta ainda que o irmão do atleta, as esposas e um segurança também participaram das alegadas agressões.

Em nota, a assessoria de Everton nega violência.

“O jogador Everton Cardoso, do São Paulo, nega qualquer incidente envolvendo o seu nome. O que houve foi uma invasão da casa onde ele estava com a família na cidade de Nortelândia, no Mato Grosso, e os invasores foram convidados a se retirar pelo segurança do jogador. O pai do atleta, Evandro Campos, registrou essa invasão na polícia local. O caso está na justiça e o jogador e sua família esperam que os invasores sejam punidos”, diz a nota enviada ao Globoesporte.com pela assessoria de Everton.

A Polícia Civil do Mato Grosso confirmou os registros dos dois Boletins de Ocorrência e disse que vai investigar o caso. (Por Notícias ao minuto)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda

Trending