Conecte-se Conosco

Destaque

Conheça 7 mitos e verdades sobre a gastrite

Publicado

em

gastrite

Se não tratada, doença pode evoluir para úlcera, gastrite crônica, atrofia gástrica e até mesmo câncer.

Caracterizada pela inflamação crônica na mucosa do estômago por uma bactéria chamada Helicobacter pylori e responsável por sintomas como sensação de dor na boca do estômago, náusea e/ou vômitos, estima-se que 70% da população do Brasil seja portadora da gastrite, de acordo com a Federação Brasileira de Gastroenterologia (FBG).

Segundo o coordenador de diretrizes e protocolos da Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva (SOBED), Claudio Lyoiti Hashimoto, a gastrite não tratada pode comprometer a saúde.

“Dependendo do tipo de gastrite, se o causador da lesão gástrica não for retirado, como no caso dos medicamentos anti-inflamatórios e álcool, a situação pode se agravar bastante, resultando em outros males como úlcera, gastrite crônica, atrofia gástrica e até mesmo câncer.”

Hashimoto ressalta também que existem situações em que é necessário realizar exames antes de começar o tratamento com remédios:

“A endoscopia digestiva e o raio-X do trato digestivo são procedimentos imprescindíveis para avaliar o aparelho digestivo, entretanto somente a endoscopia pode coletar amostras para a realização de biópsias”.

Confira os mitos e verdades sobre a gastrite, de acordo com a SOBED:

1) A gastrite é hereditária.

MITO. A gastrite é uma condição adquirida, causada por infecção ou pela ação de agentes irritantes e não tem relação com hereditariedade. Por outro lado, alguns tipos de câncer de estômago podem ter influência da hereditariedade.

2) O estresse do dia a dia causa gastrite.

VERDADE com ressalvas. Situações cada vez mais comuns no cotidiano como estresse com o trabalho, preocupação com segurança, resultam em liberação de maior quantidade de hormônios do estresse (cortisol e adrenalina), que aumentam a secreção de suco gástrico e reduzem a defesa do estômago. Podem, portanto, acentuar os sintomas de quem já é portador de gastrite.

3) Existe cura para a doença.

VERDADE com ressalvas. As lesões agudas da mucosa gástrica, causadas pelo consumo frequente de álcool, uso prolongado de anti-inflamatórios ou até mesmo pela bactéria Helicobacter pylori, podem ser reversíveis com a interrupção do fator irritante ou com a erradicação da bactéria. Entretanto, a gastrite crônica com evolução para atrofia e metalepsia é irreversível.

4) Leite ameniza a dor.

MITO. A ingestão de leite frio pode amenizar o desconforto de imediato, entretanto, o leite é um alimento rico em proteína e cálcio, que são potentes estimulantes da secreção de ácido pelo estômago. Portanto, pode até acentuar os sintomas de dor posteriormente.

5) Ficar sem comer pode estimular a gastrite.

VERDADE. Longos períodos de jejum podem acentuar os sintomas da gastrite, mas não necessariamente causar a doença.

6) Chiclete piora a gastrite.

VERDADE. O hábito de mascar chiclete e chupar balas estimula a produção de suco gástrico e, consequentemente, da secreção de ácido pelo estômago. Nesse caso, os sintomas de gastrite podem piorar, sem, contudo, ser a causa primária da doença.

7) Quem tem gastrite não pode tomar café nem refrigerante.

Verdade com ressalvas. O café contém cafeína e xantinas, estimulantes do sistema nervoso que acabam por produzir o ácido no estômago, havendo o risco de aumentar os sintomas de refluxo e dor, sem, entretanto, ser a causa da doença, mas fator de piora dos sintomas. Já os refrigerantes podem agravar os sintomas pelo seu efeito irritativo devido ao pH ácido, além de acentuar o desconforto e distensão abdominal devido à alta quantidade de gases.

Este post é patrocinado por:

farmacia-saojose

Continue lendo
Clique para comentar

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Eleições pelo governo do Estado está indefinida

Publicado

em

Diferente de outras pesquisas feitas recentemente, que mostraram uma considerável vantagem de Paulo Câmara (PSB) na disputa pelo Governo de Pernambuco, uma pesquisa Datafolha divulgada na madrugada desta quinta-feira, 20, aponta que Armando Monteiro (PTB) ainda está no páreo.

O socialista aparece com 35% das intenções de voto contra 31% do petebista, o que configura um empate técnico, considerando a margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos. Júlio Lóssio (REDE) vem em terceiro com 3%, seguido por Ana Patrícia Alves (PCO) com 2%, Maurício Rands (PROS) com 2%, Dani Portela (PSOL) com 1% e Simone Fontana (PSTU) com 1%. Brancos e nulos somam 19% e não sabem 6%.

A sondagem foi encomendada pela TV Globo em parceria com o jornal Folha de S.Paulo. É a terceira pesquisa Datafolha feita em Pernambuco após o registro das candidaturas na Justiça Eleitoral. O levantamento ouviu 1.232 eleitores em 50 cidades nos dias 18 e 19 de setembro. A pesquisa foi registrada no TSE sob o número PE-09351/2018 e tem nível de confiança de 95%.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.


Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram. Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Destaque

Rede dá 24 horas para Júlio Lossio se explicar sobre acordo com candidato que apoia Bolsonaro

Publicado

em

O candidato a governador de Pernambuco pela Rede, Julio Lossio, foi notificado pelo partido por infidelidade partidária por causa de uma aliança local com apoiadores do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL). De acordo com nota divulgada pelo partido de Marina Silva, o concorrente ao Palácio Campo das Princesas poderá ser expulso da legenda e ter o registro eleitoral cancelado. Lossio recebeu apoio, por exemplo, do coronel Luiz Meira (PRP), candidato a deputado federal pelo grupo de Bolsonaro. O partido deu prazo de 24 horas para que ele apresente sua defesa à executiva nacional. Leia abaixo a íntegra da nota:

“A Rede Sustentabilidade notificou, nesta quarta-feira (19/9), o candidato ao governo de Pernambuco, Julio Lossio, por infidelidade partidária, depois de realizar aliança não autorizada com candidatos de outra coligação que representam o que há de mais reacionário no Brasil. Lossio terá 24 horas para apresentar sua defesa à Executiva Nacional da legenda. O candidato poderá ser expulso da Rede e ter o registro de candidatura cancelado na Justiça Eleitoral.

As manifestações de Lossio foram amplamente publicizadas na mídia nacional e pernambucana, redes sociais, materiais de campanha e eventos políticos, nos últimos dias.

Esse tipo de infração está previsto no Estatuto da Rede, que, em suas normatizações, considera ato de infidelidade partidária o candidato que fizer campanha eleitoral para candidatos ou partidos políticos que contrariem as deliberações da Convenção Eleitoral e os interesses partidários da Rede. 

Em agosto deste ano, a legenda realizou sua primeira Convenção Nacional Eleitoral e oficializou, por aclamação, a candidatura de Marina Silva à Presidência da República.”

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.


Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Destaque

Deputado federal Adalberto Cavalcanti emite nota de esclarecimento sobre as suas faltas nas sessões plenárias do congresso

Publicado

em

O blogueiro Jamildo divulgou em seu blog o número de faltas dos parlamentares pernambucanos nas sessões plenárias do congresso, no período de 2015 à 2018.  
Segundo Jamildo, os dados levantados pela ONG, Ranking dos políticos, constataram durante o mencionado período, 105 faltas do deputado Adalberto. Porém, não foi publicado junto a essa informação, que as citadas faltas foram devidamente justificadas através de atestados médicos, comprovando que o afastamento do congresso na época, foi por conta de um procedimento cirúrgico em que o parlamentar foi submetido após ter sofrido um acidente, tornando inviável o seu deslocamento toda semana para Brasília. 
Como um cumpridor do dever de servir ao povo pernambucano com transparência, Adalberto Cavalcanti, deputado federal e candidato à reeleição, através de sua assessoria, vem a público esclarecer o motivo de sua ausência nas citadas sessões plenárias do congresso. 
A assessoria do deputado acrescenta ainda, que é de causar estranheza esse tipo de matéria, que tem como principal objetivo confundir a cabeça dos eleitores,  aparecer exatamente no período de uma campanha eleitoral, na qual, o nome do candidato a reeleição, Adalberto Cavalcanti, é indubitavelmente o mais aceito por todos na região.   
Sem mais para o momento, Adalberto Cavalcanti renova seus protestos de estima e elevada consideração à toda imprensa e ao povo pernambucano, e se coloca a disposição de todos para maiores esclarecimentos. 
Assessoria do deputado federal Adalberto Cavalcanti

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.


Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda

Trending