Conecte-se Conosco

Sem categoria

Globo e Regina Casé são condenadas por usar imagem de menino com câncer

Publicado

em

Os pais afirmam que não autorizaram a entrevista do filho, na época com oito anos e em estágio final de câncer

Justiça condenou a Globo e a apresentadora Regina Casé, 64, a pagar indenização por danos materiais aos pais de um menino por uso indevido da imagem da criança no programa Esquenta!, em 2015. A decisão não é definitiva e cabe recurso.

O juiz Renato Siqueira de Pretto, da 1ª Vara Cível de Campinas, no interior de São Paulo, determinou que o valor da indenização deve ser estabelecido por um perito judicial com base em alguns critérios, como os lucros obtidos pela emissora no período de exibição da entrevista do menino à atração.

A família cobrava da Globo e da artista R$ 4 milhões. Os pais afirmam que não autorizaram a entrevista do filho, na época com oito anos e em estágio final de câncer, ao programa.

O menino morreu cinco dias após a primeira exibição da sua participação no Esquenta!, que aconteceu em 1º de novembro de 2015 e durou aproximadamente 12 minutos.

O juiz Renato Pretto afirma, na sentença, que houve “indevida exploração da imagem da criança para fins econômicos e comerciais em entrevista televisionada.”

Segundo o advogado Alexandre Damaceno, que representa os pais do menino, a decisão representa uma grande vitória para a família. “Como sempre defendido pela família, não houve autorização para a realização da entrevista, tampouco para exibição no programa e isso ficou devidamente comprovado no processo judicial.”

Questionadas, a Globo e Regina Casé não se manifestaram até a publicação deste texto.

Por Folhapress.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram. Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

 

Continue lendo
Clique para comentar

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pernambuco

Brejinho, Quixaba e Calumbi são uns dos seis municípios pernambucanos sem mortes violentas

Publicado

em

O exemplo que vem do Sertão. Dos seis municípios pernambucanos e um distrito sem registro de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) ao longo do ano passado, cinco estão nessa região pernambucana. Além do distrito de Fernando de Noronha e de Salgadinho, no Agreste, não houve vítimas em Brejinho, Calumbi, Quixaba, Santa Cruz e Serrita, todos no Sertão. A informação foi divulgada em coletiva do secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, em Caruaru, no Agreste.

Segundo Pádua, o ano de 2018 registrou uma queda de 23,2% no número de homicídios em relação a 2017. Em números absolutos, 1.261 vidas foram salvas, passando de 5.427 CVLIs em 2017 para 4.166 no ano seguinte.

No Sertão, também chamou a atenção da SDS o município de Bodocó, que finalizou o ano com – 86% de CVLIs, ou seja, passando de 14 casos em 2017 para dois, em 2018. Se analisado somente o mês de dezembro, o número de municípios sem mortes violentas sobe para 92 mais Noronha.

O Agreste também se destacou no mapa apresentado pela SDS. Trata-se da região onde mais houve redução de CVLI: -31,08%, entre 2017 e 2018. Caruaru foi um destaque, pois apresentou o menor número de mortes violentas intencionais dos últimos quatro anos, com 169 CVLIs em 2018. Em relação a 2017, que teve 262 mortes violentas, a diminuição ficou em 35,49%.

“É evidente que precisamos avançar, porém é inegável que as forças de segurança pública estão, hoje, trilhando um caminho que vem dando resultados efetivos à população. O investimento em 2018 na área alcançou o recorde de R$ 5,160 bilhões, permitindo ampliar a infraestrutura, aumentar o aporte de recursos para inteligência, renovar viaturas e equipamentos das operativas e contratar 2.860 aprovados nos concursos das Polícias Militar, Civil e Científica, bem como do Corpo de Bombeiros Militar”, disse Pádua.

No Recife, foi registrado decréscimo de 24,15% entre 2017 e 2018. “Trata-se de uma redução progressiva e consistente. Em algumas Áreas Integradas de Segurança (AIS) da capital, conseguimos os melhores resultados em vários anos. Na AIS 1, por exemplo, que abrange o bairro de Santo Amaro, houve duas vítimas de CVLI em dezembro, maior apenas do que em março de 2015. Já na AIS 2, que tem sede no Espinheiro, em 2018, verificamos o mais baixo registro anual de homicídios dos últimos cinco anos, com 69 ocorrências”, acrescentou Pádua.

A Região Metropolitana (sem incluir a capital) registrou a segunda redução mais expressiva entre 2018 e 2017, com -21,07%, uma vez que passou de 1.571 para 1.240 registros de homicídio. Jaboatão dos Guararapes teve queda de 20% no número de casos no ano passado quando se compara com 2017: de 398 para 317.

(Por PE notícias)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Sem categoria

Programa Ponto a Ponto desta sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

Publicado

em

Acompanhe o Programa Ponto a Ponto desta sexta-feira, 18 de janeiro de 2019.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Política

PGR engaveta denúncias contra Rodrigo Maia há dois anos

Publicado

em

O presidente da Câmara e candidato a reeleição conta com a omissão da Procuradoria-Geral da República (PGR) sobre suspeitas de corrupção passiva e lavagem de dinheiro apontadas pela Polícia Federal. O caso está parado na PGR há quase dois anos.

A PGR não se manifestou se oferecerá denúncia ou se vai arquivar o caso.

Mas eles dizem que a denúncia “não ficou parada” e que “a análise dos autos revelou a necessidade de complemento de diligências apuratórias, o que foi feito diretamente pelo órgão”.

De acordo com relatório da Polícia Federal, Maia prestou favores à empreiteira OAS em troca de doações eleitorais.

(Por Esmael Morais)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

 

Continue lendo
Propaganda

Trending