Conecte-se Conosco

Educação

Governo federal anuncia investimento de R$ 600 milhões no ensino médio

Publicado

em

Segundo o Ministério da Educação, serão destinados R$ 200 milhões para avaliar escolas de tempo integral. Outros R$ 400 milhões vão para a implementação do novo ensino médio.

O ministro da Educação, Rossieli Soares, anunciou nesta quinta-feira (4) que o governo federal investirá, por meio de duas portarias, R$ 600 milhões no ensino médio nos próximos anos.

O anúncio ocorreu durante cerimônia no Palácio do Planalto, com a participação do presidente Michel Temer. Na solenidade, Soares assinou as portarias que viabilizam os investimentos.

Segundo o Ministério da Educação (MEC), o governo destinará R$ 200 milhões para avaliar escolas de tempo integral no ensino médio. Outros R$ 400 milhões serão investidos até 2020 na implementação do novo ensino médio.

O governo reformou o ensino médio por meio de uma medida provisória, há dois anos. A lei que implementa o novo ensino médio foi sancionada por Temer em fevereiro do ano passado.

A reforma é considerada pelo governo uma das principais medidas adotadas durante a gestão de Temer, iniciada em maio de 2016.

Portarias

O MEC informou que os investimentos no ensino médio serão feitos a partir de duas portarias. Uma delas prevê a avaliação de impacto do Programa de Fomento à Implantação das Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral.

A previsão da pasta é ter a participação no programa de 312 escolas públicas de ensino médio. O programa avaliará, entre outros pontos, qualidade do aprendizado, rendimento escolar e redução da desigualdade entre alunos.

A segunda portaria trata do Programa Dinheiro Direto na Escola. Segundo o MEC, entre 4 e 5 mil escolas poderão receber R$ 400 milhões até 2020 para implementar o novo ensino médio. Os dinheiro deverá ser aplicado, de forma preferencial, em:

  • Adequação de infraestrutura
  • Aquisição de equipamentos, como laboratórios e kits pedagógicos
  • Projetos pedagógicos
  • Formação de professores

Por Guilherme Mazui, G1 — Brasília

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.


Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram. Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Clique para comentar

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaque

Inscrições para o vestibular do IFPE estão abertas

Publicado

em

São mais de 4 mil vagas para 65 cursos técnicos e superiores distribuídos pelos 16 campi

O IFPE (Instituto Federal de Pernambuco) abriu inscrições para O vestibular 2019.1. São mais de 4 mil vagas para 65 cursos técnicos e superiores distribuídos pelos 16 campi (Abreu e Lima, Afogados da Ingazeira, Barreiros, Belo Jardim, Cabo de Santo Agostinho, Caruaru, Garanhuns, Igarassu, Ipojuca, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Palmares, Paulista, Pesqueira, Recife e Vitória de Santo Antão). 
Nesta edição, quatro novos cursos superiores foram incluídos no vestibular: Licenciatura em Computação, no Campus Afogados da Ingazeira; Administração e Hotelaria, no Campus Cabo de Santo Agostinho; e Processos Gerenciais, no Campus Paulista.
As inscrições vão até o dia 12 de novembro. Os interessados devem acessar o site da Comissão de Vestibulares e Concursos do IFPE (cvest.ifpe.edu.br), preencher a ficha de inscrição e emitir o boleto (GRU) para pagamento no valor de R, no caso dos cursos técnicos, ou de R, para cursos superiores.
Candidatos que se encaixarem nos perfis contemplados pela isenção do pagamento, podem solicitar o benefício até o dia 25 de outubro, também através do site da cvest.edu.br. A documentação deverá ser etregue no campus em que cada candidato pretende concorrer à vaga, entre os dias 22 e 26 de outubro.  A lista dos contemplados com a gratuidade será divulgada no dia 1º de novembro. Quem obtiver isenção da taxa de inscrição deverá verificar a informação no site da Cvest.
Aqueles que tiverem o pedido de isenção de taxa de inscrição indeferido deverão realizar o pagamento normalmente, conforme estabelecido em edital. A taxa de inscrição deve ser paga exclusivamente nas agências do Banco do Brasil até dia 13 de novembro. Inscritos em curso na modalidade Proeja estão, automaticamente, isentos de pagamento de taxa de inscrição.
As provas serão realizadas no dia 16 de dezembro. Candidatos aos cursos técnicos serão submetidos a 30 questões de múltipla escolha. Quem vai concorrer a uma das vagas dos cursos superiores fará uma prova com 50 questões de múltipla escolha, além de redação. Os exames terão início às 9h e terão duração de três horas, para os cursos técnicos, e de quatro horas para os cursos superiores. A divulgação do listão com os nomes dos aprovados está prevista para dia 7 de janeiro de 2019.
Por Diário de Pernambuco
Foto: Peu Ricardo/DP

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram. Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Educação

Abertas inscrições de Vestibular IFPE 2019.1

Publicado

em

Estão abertas, até dia 12 de novembro, as inscrições para o Vestibular 2019.1 do Instituto Federal de Pernambuco (IFPE).

Para se inscreverem, os candidatos devem acessar o site da Comissão de Vestibulares e Concursos do IFPE (cvest.ifpe.edu.br), preencher a ficha de inscrição e emitir o boleto (GRU) para pagamento no valor de R$30, no caso dos cursos técnicos, ou de R$55, para cursos superiores.

Esta segunda-feira (15) abre o período para solicitação de isenção de pagamento de taxa de inscrição: interessados poderão fazê-lo até o dia 25 de outubro, também através do site cvest.ifpe.edu.br. Os documentos comprobatórios deverão ser entregues no campusem que cada candidato pretende concorrer à vaga, entre os dias 22 e 26 de outubro.  A lista dos contemplados com a gratuidade será divulgada no dia 1º de novembro. Quem obtiver isenção da taxa de inscrição deverá verificar a informação no site da Cvest.

 O IFPE ampliou os perfis contemplados pela isenção do pagamento da taxa de inscrição. Agora, podem solicitar o benefício candidatos com renda per capita inferior ou igual a 1,5 salário mínimo que tenham cursado todo o Ensino Médio (ou que estejam no último ano) em escola pública ou como bolsistas integrais em escolas privadas. O mesmo vale para aqueles que concluíram ou estão concluindo o Ensino Fundamental. Além desses, também podem solicitar isenção de pagamento de taxa de inscrição estudantes ou egressos dos programas Mulheres Mil e PROIFPE Acesso, alunos de última série de curso Proeja ofertado pelo IFPE, membros de comunidades indígenas ou quilombolas e indivíduos em situação de calamidade pública.

Aqueles que tiverem o pedido de isenção de taxa de inscrição indeferido deverão realizar o pagamento normalmente, conforme estabelecido em edital. A taxa de inscrição deve ser paga exclusivamente nas agências do Banco do Brasil até dia 13 de novembro. Inscritos em curso na modalidade Proeja estão, automaticamente, isentos de pagamento de taxa de inscrição.

 O Vestibular IFPE 2019.1 oferece 4.538 vagas em 65 cursos técnicos e superiores, distribuídos nos 16 campi (Abreu e Lima, Afogados da Ingazeira, Barreiros, Belo Jardim, Cabo de Santo Agostinho, Caruaru, Garanhuns, Igarassu, Ipojuca, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Palmares, Paulista, Pesqueira, Recife e Vitória de Santo Antão). Esta edição do processo traz quatro novos cursos superiores: Licenciatura em Computação, no Campus Afogados da Ingazeira; Administração e Hotelaria, no Campus Cabo de Santo Agostinho; e Processos Gerenciais, no Campus Paulista.

 PROVAS | As provas serão realizadas no dia 16 de dezembro. Candidatos aos cursos técnicos serão submetidos a 30 questões de múltipla escolha. Quem vai concorrer a uma das vagas dos cursos superiores fará uma prova com 50 questões de múltipla escolha, além de redação. Os exames terão início às 9h e terão duração de três horas, para os cursos técnicos, e de quatro horas para os cursos superiores. A divulgação do listão com os nomes dos aprovados está prevista para dia 7 de janeiro de 2019.

 COTAS | Metade das vagas do Vestibular 2019.1 é oferecida pelo sistema de cotas, destinado a candidatos oriundos da rede pública de ensino. Essas vagas são subdivididas entre os que têm renda familiar per capita de até 1,5 salário mínimo e os que têm renda superior a essa faixa, subdividindo-se, ainda, em subcotas voltadas aos que se autodeclararem pretos, pardos ou indígenas e também às pessoas com algum tipo de deficiência. Nos cursos de vocação agrícola, 25% das vagas de ampla concorrência são reservadas para moradores da zona rural ou filhos de agricultores.

 ACESSIBILIDADE | Candidatos com deficiência física, intelectual ou sensorial dispõem de uma hora a mais para realização da prova e têm direito a solicitar condições especiais. A Cvest pode disponibilizar, por exemplo, um fiscal para marcação do gabarito, uma versão da prova com fonte ampliada, um ledor para prova ou mesmo um intérprete de Libras. Para requerer a realização de prova em condição especial, basta apresentar requerimento, disponível no Manual do Candidato, e entregá-lo devidamente documentado com atestado médico contendo diagnóstico e CID (Código Internacional de Doenças), no período de 15 de outubro a 13 de novembro.

 INFORMAÇÕES | Acesse o edital. Em caso de dúvidas, os candidatos podem entrar em contato com a Cvest pelo telefone (81) 2125-1724 ou pelo e-mail cvest2018@reitoria.ifpe.edu.br.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram. Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Educação

Dia do Professor: veja personagens que ficaram conhecidos pela docência

Publicado

em

Raimundo Nonato e professora Helena são os mais lembrados.

Do inesquecível professor Raimundo Nonato, vivido pelo humorista Chico Anysio (1931- 2012), na “Escolinha do Professor Raimundo”, à sonhadora e querida professora Helena (Gabriela Rivero), da novela mexicana “Carrossel”, os docentes costumam ter papel de destaque na dramaturgia, seja na televisão ou no cinema.

No Brasil, um dos mestres mais lembrados é o professor Raimundo, personagem que surgiu em 1952, na rádio Mayrink Veiga e ganhou um programa só seu na Globo, em 1990. Na escolinha do mestre, passaram grandes nomes do humor, como Walter D’Ávila (1911-1996), Rogério Cardoso (1937-2003), Tom Cavalcante, Claudia Jimenez e Claudia Rodrigues. 

O programa foi exibido até 1995, e depois teve mais uma temporada em 2001. Em 2015, como forma de homenagear os 25 anos da Escolinha, a Globo e o canal Viva apresentaram uma nova versão do humorístico, dessa vez, com Bruno Mazzeo, filho de Chico Anysio, na pele do professor Raimundo e o seu famoso bordão: “E o salário ó.” 

Novos comediantes e atores, como Marcelo Adnet, Otaviano Costa e Dani Calabreza participam da atração. O programa deu certo e já caminha para a sua quarta temporada. 

Ainda no universo do humor, o professor Girafales ( Rubén Aguirre – 1934-2016), de Chaves, e o professor Tibúrcio (Marcelo Tas), do programa Rá-Tim-Bum, da Cultura, são muito lembrados. Nas novelas brasileiras, a professora Lu, papel de Leila Lopes (1959-2009), em “Renascer” (Globo, 1993), fez grande sucesso.

O drama da professora Raquel (Helena Ranaldi), da novela “Mulheres Apaixonadas” (Globo, 2003), que apanhava de raquetadas do marido Marcos (Dan Stulbach) levantou a discussão sobre a violência contra as mulheres. Ao mesmo tempo, a novela abordou o envolvimento da professora com o aluno Fred (Pedro Furtado).

Bem mais leve, na lúdica  “Meu Pedacinho de Chão” (Globo, 2014), a atriz Bruna Linzmeyer interpretou a doce professora Juliana, que tinha cabelos cor-de-rosa. Há, ainda, os filmes, como “Sociedade dos Poetas Mortos”, com o inspirador professor John Keating, vivido por Robin Williams (1951-2014). Com informações da Folhapress.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram. Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda

Trending