Conecte-se Conosco

Educação

Governo federal anuncia investimento de R$ 600 milhões no ensino médio

Publicado

em

Segundo o Ministério da Educação, serão destinados R$ 200 milhões para avaliar escolas de tempo integral. Outros R$ 400 milhões vão para a implementação do novo ensino médio.

O ministro da Educação, Rossieli Soares, anunciou nesta quinta-feira (4) que o governo federal investirá, por meio de duas portarias, R$ 600 milhões no ensino médio nos próximos anos.

O anúncio ocorreu durante cerimônia no Palácio do Planalto, com a participação do presidente Michel Temer. Na solenidade, Soares assinou as portarias que viabilizam os investimentos.

Segundo o Ministério da Educação (MEC), o governo destinará R$ 200 milhões para avaliar escolas de tempo integral no ensino médio. Outros R$ 400 milhões serão investidos até 2020 na implementação do novo ensino médio.

O governo reformou o ensino médio por meio de uma medida provisória, há dois anos. A lei que implementa o novo ensino médio foi sancionada por Temer em fevereiro do ano passado.

A reforma é considerada pelo governo uma das principais medidas adotadas durante a gestão de Temer, iniciada em maio de 2016.

Portarias

O MEC informou que os investimentos no ensino médio serão feitos a partir de duas portarias. Uma delas prevê a avaliação de impacto do Programa de Fomento à Implantação das Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral.

A previsão da pasta é ter a participação no programa de 312 escolas públicas de ensino médio. O programa avaliará, entre outros pontos, qualidade do aprendizado, rendimento escolar e redução da desigualdade entre alunos.

A segunda portaria trata do Programa Dinheiro Direto na Escola. Segundo o MEC, entre 4 e 5 mil escolas poderão receber R$ 400 milhões até 2020 para implementar o novo ensino médio. Os dinheiro deverá ser aplicado, de forma preferencial, em:

  • Adequação de infraestrutura
  • Aquisição de equipamentos, como laboratórios e kits pedagógicos
  • Projetos pedagógicos
  • Formação de professores

Por Guilherme Mazui, G1 — Brasília

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.


Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram. Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Educação

Pernambucano está entre os 50 melhores professores do mundo

Publicado

em

Nesta quinta-feira (13), foi divulgada a lista final dos 50 melhores educadores do mundo e nela apareceu o nome do pernambucano Jayse Ferreira, professor de Educação Artística na Escola de Referência em Itambé, Zona da Mata do Estado. A lista foi elaborada pelo Global Teacher Prize, considerado o “Nobel da Educação”.

Além de Pernambuco, São Paulo também está representado na lista com Débora Garofalo, professora de tecnologias da EMEF Ary Palmeiras. Os dois foram escolhidos entre mais de 10 mil nomes de 179 países e agora aguardam a próxima etapa, em fevereiro de 2019, na qual a Academia do Prêmio Global de Professores vai anunciar os 10 finalistas na disputa pelo prêmio de U$ 1 milhão de dólares, que será entregue em março de 2019, em Dubai, capital dos Emirados Árabes.

Para filtrar os nomes, o comitê de premiação leva em consideração o emprego de práticas educacionais escalonáveis, inovadoras, que tenham resultados visíveis, causem impacto na comunidade, melhorem a profissão docente e ajudem os alunos a tornarem-se cidadãos.

Atualmente, o Global Teacher Prize está na sua quinta edição, e já teve dois brasileiros entre seus 10 finalistas, sendo eles o capixaba Wemerson da Silva Nogueira, em 2017, e o paulista Diego Mahfouz, em 2018. Até hoje, no entanto, nenhum brasileiro ganhou o prêmio.

Conheça o pernambucano

Em 2014, Jayse Ferreira esteve na TV JC para falar do seu projeto “Etnias do Mundo”, premiado pelo Ministério da Educação naquele ano, além de ter rendido ao educador da à Escola de Referência de Itambé o título de melhor professor na categoria ensino médio do 8º Prêmio Professores do Brasil.

O projeto visava trazer autoestima aos alunos resgatando o orgulho das suas raças, seja negra, indígena, parda ou branca, além de tentar acabar com o preconceito de cada uma delas. Para isso, incentivou a pesquisa, filmes, ensaios fotográficos e muitas atividades envolvendo a comunidade para discutir as origens da etnia de cada aluno.

Débora Garofalo, por sua vez, ensina conteúdo relacionado à tecnologia em uma área carente de São Paulo, e criou o projeto “Robótica Com Sucata”, que está próximo de alcançar a marca de 1 tonelada de lixo retirado das ruas. (Por PE notícias)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

 

Continue lendo

Educação

UFPE está entre as 10 melhores universidades de Engenharia Civil do país

Publicado

em

Universidade Federal de Pernambuco está entre as 10 melhores do país.

Pensando em prestar vestibular para o curso Engenharia Civil? Uma boa notícia: as 10 melhores faculdades do ranking são públicas e a Universidade Federal de Pernambuco é uma delas. O ingresso nessas instituições acontece através do vestibular tradicional, como é o caso da Fuvest na USP, com a nota do Enem ou através dos programas do Governo como o Sisu, que possibilita o acesso às vagas de instituições públicas do ensino superior, e Fies – programa de financiamento estudantil. 

Quem pretende estudar em uma faculdade particular, também pode tentar o Prouni, projeto que disponibiliza bolsas de estudo integrais e parciais em instituições privadas. Para conseguir uma vaga através das iniciativas governamentais é necessário preencher uma série de requisitos, relacionados a escolaridade e renda familiar. 

Como são bastante concorridas e nem todos os estudantes se enquadram nessas exigências, uma alternativa para ter desconto na mensalidade de Engenharia Civil é aderir a uma bolsa de estudo de programas como o Educa Mais Brasil, focado na inclusão educacional. A inscrição é gratuita e realizada no site (https://www.educamaisbrasil.com.br/folhape) Encontre a sua bolsa de estudo de Engenharia Civil e dê o primeiro passo para uma carreira de sucesso. 

A lista a seguir foi criada com base no Ranking Universitário Folha (RUF) que, anualmente, analisa as melhores faculdades e cursos do país. Para isso, o RUF utiliza os indicadores de Pesquisa, Mercado, Ensino, Internacionalização e Inovação. Com base no ranking, conheça o ranking de melhores faculdades públicas Engenharia Civil:

1. Universidade de São Paulo (USP)
2. Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
3. Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
4. Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)
5. Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
6. Universidade Federal do Paraná (UFPR)
7. Universidade de Brasília (UNB)
8. Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)
9. Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR)
10. Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP)

(Por Folha PE)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Educação

Cartão de inscrição do vestibular do IFPE ainda não foi acessado por 25% dos candidatos

Publicado

em

Um em cada quatro candidatos do vestibular do Instituto Federal de Pernambuco (IFPE), marcado para o próximo domingo (16), ainda não acessou o cartão de inscrição, segundo a comissão organizadora do concurso. Significa que cerca de 6 mil estudantes (uma média de 25%), de um universo de 25 mil inscritos, ainda não sabem o local em que farão as provas. A apresentação do documento é obrigatória.

Além do cartão, o candidato deverá mostrar um documento oficial de identificação com foto e em bom estado de conservação. Os testes, de acordo com o manual do vestibular, devem ser respondidos com caneta esferográfica preta.

Clique aqui para acessar o cartão.

Para os cursos técnicos, as provas terão três horas de duração, das 9h às 12h. Os concorrentes dos cursos superiores terão avaliação das 9h às 13h, ou seja, com quatro horas de duração.

Matemática, português e conhecimentos gerais serão as três provas para os candidatos dos cursos técnicos, cada uma com 10 questões.

A seleção para os cursos superiores terá uma redação e mais 50 questões objetivas, sendo 10 quesitos de português, 10 de matemática e 5 de cada uma das seguintes disciplinas: língua estrangeira, física, química, biologia, história e geografia.

O vestibular oferece 4.538 vagas, distribuídas entre 65 cursos técnicos e superiores em 16 unidades acadêmicas (Abreu e Lima, Afogados da Ingazeira, Barreiros, Belo Jardim, Cabo de Santo Agostinho, Caruaru, Garanhuns, Igarassu, Ipojuca, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Palmares, Paulista, Pesqueira, Recife e Vitória de Santo Antão).

Entre os técnicos integrado,o mais disputado é segurança do trabalho, no turno da manhã, no Recife, com 38,30 candidatos por vaga.

Na modalidade técnico subsequente, o curso mais concorrido é o enfermagem de Belo Jardim, com 17,37 candidatos por vaga.

Análise e desenvolvimento de sistemas, oferecido no Recife, é o preferido dos cursos superiores. Cada vaga será disputada por 18,89 estudantes. (Por PE notícias)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda

Trending