Conecte-se Conosco

Política

Ministérios não devem seguir critério da Casa Civil de ‘despetização’

Publicado

em

A exoneração de todos os funcionários em cargos de confiança, anunciada pela Casa Civil com o objetivo de “despetizar” a máquina pública, não deve ser seguida por outras estruturas de governo.

Na primeira reunião ministerial, na semana passada, três ministros disseram que não reproduziriam a medida. Eles salientaram que iriam, antes de qualquer demissão, analisar o quadro de servidores comissionados.

Nesta terça-feira (08), o ministro da Secretaria de Governo, Santos Cruz, também afirmou que não seguirá o critério da Casa Civil. Segundo ele, a norma que será adotada na pasta é a da capacitação profissional.

“As exonerações são normais, mas não trabalho com esse sistema, não”, disse. “O critério é de capacitação profissional. Eu acho que a pessoa que é ativista de um partido, como PT, é até obrigação moral dela se afastar”, acrescentou.

O presidente do Banco do Brasil, Rubem Novaes, ressaltou da mesma forma, após tomar posse no cargo, que preservará funcionários da instituição financeira independentemente da filiação partidária.

A medida da Casa Civil de ter demitido em um mesmo dia cerca de 320 funcionários comissionados tem sido criticada até mesmo por integrantes da nova gestão.   Para eles, a iniciativa, avaliada como apressada, tem prejudicado o funcionamento de estruturas básicas e desarticulado o corpo técnico da gestão federal.

A Comissão de Ética da Presidência da República, por exemplo, foi paralisada, já que a maioria de seus funcionários foi exonerada. Após a polêmica, a Secretaria-Geral informou que renomeará os servidores.

As demissões na Casa Civil foram publicadas na última quinta-feira (03) no Diário Oficial da União.

Segundo Onyx, os comissionados passariam por um processo de avaliação com duração de duas semanas. “Nós tomamos a decisão de correr o risco de ter dificuldade. Vamos governar com aqueles que acreditam em nosso projeto e não colocar alguém que ponha em risco o projeto aprovado nas urnas”, disse. (Por Folhapress)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Política

“É um problema do Flávio. Ele vai resolver isso aí”, diz Mourão

Publicado

em

Presidente em exercício negou que haja risco de o caso do filho de Bolsonaro impactar nas negociações da reforma da Previdência no Congresso

O presidente em exercício, Hamilton Mourão, desviou de questionamentos sobre a crise envolvendo o senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) e procurou afastar o governo das denúncias sobre movimentações financeiras atípicas do filho do presidente Jair Bolsonaro.

À frente da Presidência por conta da viagem do titular a Davos, Mourão negou que haja risco de o caso impactar nas negociações da reforma da Previdência no Congresso.

“Já expliquei esse assunto. Esse assunto eu não comento mais. Não vem para cima do governo, é um problema do Flávio. O Flávio vai resolver isso aí”, afirmou Mourão a jornalistas, após deixar o gabinete no Palácio do Planalto para almoçar em sua residência oficial, no Palácio do Jaburu.

Sobre o exercício da Presidência, Mourão disse que não haverá mudanças em relação ao direcionamento dado por Bolsonaro. “Sem marola, só tocando a bola para o lado”, disse.

(Por Metrópoles.com)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Política

Quem é contra corrupção, vai assinar CPI contra filho de Bolsonaro, diz Florence

Publicado

em

O deputado federal Afonso Florence (PT-BA) admitiu que o PT está coletando assinaturas para criação Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para aprofundar a investigação do caso do ex-motorista Fabrício Queiroz, que trabalhou até outubro do ano passado para o gabinete do senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) na Assembleia Legislativa do Rio.

“Estamos convidando todo mundo que luta contra a corrupção. Todo mundo que quer, vamos atrás. O Coaf identificou depósitos feitos numa forma que busca burlar. Valores expressivos. Não houve investigação da PF, da Coaf. O ministro Luiz Fux suspendeu a investigação na primeira instância”, disse.

Questionado se iria conversar com parlamentares do DEM e do PSDB, o petista repetiu. “Todo mundo que luta contra a corrupção, vamos atrás”, contou.

(Por Bahia notícias)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Política

Queiroz teria se escondido em favela dominada por milícia durante 13 dias

Publicado

em

Segundo colunista, motorista teria se refugiado na favela de Rio das Pedras entre 7 e 20 de dezembro

Ex-assessor do agora senador Flávio Bolsonaro, o motorista Fabrício Queiroz teve paradeiro desconhecido entre 7 de dezembro, quando o jornal O Estado de S. Paulo revelou a movimentação atípica de R$ 1,2 milhão em sua conta bancária, e o dia 20 do mesmo mês, quando se internou para tratamento de câncer em um hospital de São Paulo.

Nesses 13 dias, segundo o colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, Queiroz teria se escondido na favela de Rio das Pedras, zona oeste do Rio de Janeiro.

Por conta de seu problema de saúde, Queiroz segue internado na capital paulista, motivo pelo qual não se apresentou para depor ao Ministério Público na investigação sobre a movimentação financeira suspeita.

(Por notícias ao minuto)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda

Trending