Conecte-se Conosco

Esporte

No Flamengo-RJ, Abel Braga tem missão de lidar com trauma e transformar dinheiro em título

Publicado

em

Treinador volta ao Rubro-negro após 15 anos.

Abel Braga será o técnico do Flamengo em 2019. Anunciado pelo novo presidente Rodolfo Landim, o treinador volta ao Rubro-negro após 15 anos de uma passagem traumática por conta da derrota para o Santo André na final da Copa do Brasil. Ele terá de lidar com isso e reconquistar parte da torcida. Mas a principal missão encomendada pelo mandatário consiste em transformar dinheiro em título.

A diretoria aposta que o perfil de Abel será importante para um elenco com bons valores, mas que não conseguiu conquistas expressivas na gestão Eduardo Bandeira de Mello. Experiente, Abel é um exímio gestor de grupo, o que em muitas ocasiões faz diferença no mundo da bola.

A sintonia entre técnico e elenco é fundamental, além de uma forma de jogar que esteja de acordo com as características dos jogador. Mais do que isso. Abel faz da cobrança um mantra do seu dia a dia, e isso agrada em cheio aos cartolas que tanto propagaram o discurso durante a campanha eleitoral.

É urgente, no entendimento de Landim e dos seus pares, que o Flamengo transforme um elenco milionário -custo superior a R$ 10 milhões por mês- em vencedor. Conquistar ao menos um título de expressão no primeiro ano da gestão traria um impacto interno e externo no que envolve o rubro-negro. Tal cenário foi abordado nas negociações entre as partes. Abel comprou a briga. Rodolfo Landim gostou.

“O Abel já mostrou que é vencedor, cobrador e tem vontade de ganhar. Ele tem tudo o que o Flamengo precisa no momento. Estamos muito felizes por tê-lo conosco. Pedi títulos, quero ganhar. O Abel também quer e dará o máximo para isso”, afirmou o presidente eleito.

Se a diretoria está convicta da escolha, parte da torcida ainda tem resistência em relação ao treinador. Tudo por conta do dia 30 de junho de 2004. Na ocasião, o Flamengo foi derrotado pelo modesto Santo André por 2 a 0, no Maracanã, em um dos grandes vexames de sua centenária história.

O vice-campeonato da Copa do Brasil arranhou a imagem do técnico com um bom número de torcedores. A resistência dura até os dias de hoje, mesmo com quase 15 anos passados e com Abel conquistando títulos importantes no período, como a Copa Libertadores e o Mundial Interclubes.

Nem sequer a conquista da Taça Guanabara e do Campeonato Carioca em 2004 amenizaram o panorama. A passagem teve 44 jogos, com 19 vitórias, 12 empates e 13 derrotas. Abel Braga sabe que terá de lidar com o trauma do passado e a pressão da torcida. Assim como tem a ciência de que só vitórias e títulos resolverão a questão. Neste caso, duas de uma vez: um alívio para o que passou e a exigência da diretoria por conquistas. (Por Folhapress)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

 

Esporte

Barcelona ganha em casa e volta a ter 5 pontos de distância no Espanhol

Publicado

em

Em campo, o Barcelona teve mais posse de bola e tocou bastante procurando espaços na defesa do Leganés

O Barcelona não deu chances para o azar e para seus rivais na luta pelo título do Campeonato Espanhol. Neste domingo, no estádio Camp Nou, em Barcelona, derrotou o Leganés por 3 a 1, pela 20.ª rodada, e voltou a ter cinco pontos de diferença para o segundo colocado, que é o Atlético de Madrid. Com 46 pontos, o clube catalão tem também uma vantagem considerável para o grande rival Real Madrid, que está em terceiro lugar com 36.

Só que o jogo neste domingo não foi tão fácil como o placar pode sugerir. Com o craque argentino Lionel Messi no banco de reservas e entrando no segundo tempo, o time catalão penou para conseguir a vitória. Titular o duelo inteiro, o meia Philippe Coutinho mais uma vez ficou devendo. O brasileiro esteve longe de brilhar e, de quebra, viu o seu principal concorrente por uma posição entre os 11 iniciais, Dembelé, marcar e atuar bem.

Em campo, o Barcelona teve mais posse de bola e tocou bastante procurando espaços na defesa do Leganés, mas pouco criou de efetivo no primeiro tempo. Só aos 32 minutos conseguiu marcar. Dembelé tocou para o lateral Jordi Alba na esquerda, recebeu o cruzamento na área e bateu de primeira com o pé direito.

Na segunda etapa, a lentidão do Barcelona custou caro. Aos 11 minutos, o Leganés conseguiu empatar no lance em que En-Nesyri foi lançado pela direita nas costas de Alba e cruzou na medida para Braithwaite na pequena área deixar tudo igual. Com o 1 a 1, o técnico Ernesto Valverde resolveu colocar Messi em campo e ele fez a diferença. Aos 25, o argentino chutou da entrada da área e Suárez fez o segundo no rebote do goleiro. Nos acréscimos, aos 47, o próprio craque fez o seu e decretou a vitória.

OUTROS JOGOS

A rodada deste domingo teve a realização de mais quatro partidas. A de maior destaque foi a vitória do Betis por 3 a 2 sobre o Girona, em Sevilha, que o manteve na sétima colocação com 29 pontos, dois atrás do Getafe – que abre a zona de classificação à próxima edição da Liga Europa.

Na parte de baixo da tabela de classificação, Villarreal e Rayo Vallecano não venceram e permaneceram na zona de rebaixamento. O primeiro ficou no 1 a 1 contra o Athletic Bilbao, em casa, e está na 19.ª e penúltima posição com 18 pontos. Tem dois a menos que o time de Madri, que empatou por 2 a 2 contra a Real Sociedad como mandante. O Celta é o primeiro fora da degola com 21 pontos.

Por fim, o Levante derrotou o Valladolid por 2 a 0, em Valência. O time da casa subiu para a 10.ª colocação, com 26 pontos. O visitante, que é presidido pelo ex-atacante brasileiro Ronaldo Fenômeno, ocupa a 15.ª posição, com 22.

(Por Estadão Conteúdo)

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Esporte

Palmeiras empata com Red Bull em primeiro jogo no Paulista

Publicado

em

O atual campeão brasileiro começou na frente com gol de Borja, mas sofreu o empate ainda no primeiro tempo pelos pés do ex-palmeirense Jobson

Terminou empatada em 1 a 1 a partida entre Palmeiras e Red Bull Brasil no estádio Moisés Lucarelli pelo Campeonato Paulista. O atual campeão brasileiro começou na frente com gol de Borja, mas sofreu o empate ainda no primeiro tempo pelos pés do ex-palmeirense Jobson.

Borja marcou para o Palmeiras aos 13 minutos da etapa inicial, após cruzamento de Gustavo Scarpa. Apesar de estar à frente no início, o Palmeiras errava muitos passes e não conseguia se impor sobre o Red Bull Brasil, que chegou várias vezes com perigo à área palmeirense.

Aos 34 minutos, o time da casa empatou após belo chute de Jobson, que inclusive já integrou as categorias de base da equipe alviverde. O Palmeiras ainda teve uma bela chance aos 40 minutos da primeira etapa com Dudu e Borja, mas o goleiro Júlio César e o zagueiro Aderlan salvaram o Red Bull.

A equipe alviverde voltou no segundo tempo propondo mais o jogo, mas tinha dificuldade para chegar à área adversária. Ao mesmo tempo, sofreu com os ataques do time da casa, que levaram perigo ao gol palmeirense. Aos 48 minutos, saiu uma das principais chances da etapa final: Deyverson cabeceou próximo à trave lançamento de Dudu, mas a bola foi para fora.

O resultado deixa o Palmeiras na primeira posição do grupo B, empatado com o São Bento, com um ponto. O Red Bull Brasil fica com a vice-liderança do grupo A, atrás da equipe do Santos.

(Por Folhapress)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Esporte

São Paulo goleia Mirassol na primeira rodada do Paulista

Publicado

em

O primeiro gol foi da equipe do interior, mas o time comandado por André Jardine assumiu o controle da partida e virou para 4 a 1

No Pacaembu, o São Paulo iniciou sua campanha no Paulista com goleada diante do Mirassol. O primeiro gol foi da equipe do interior, mas o time comandado por André Jardine assumiu o controle da partida e virou para 4 a 1.

Aos 12 minutos do primeiro tempo, o lateral Bruno Peres tentou desviar um cruzamento dentro da área, mas acabou marcando um gol contra. No entanto, o São Paulo reagiu e empatou aos 29, com um firme cabeceio de Anderson Martins após cobrança de escanteio.

Logo aos 5 minutos da etapa final, o São Paulo virou o placar com outro gol de cabeça, desta vez de Pablo. Com a expulsão do zagueiro Leandro Amaro, por falta em Bruno Peres, o Mirassol perdeu toda a organização em campo.

O terceiro gol são-paulino veio aos 12 minutos. Após chutar na trave, Nenê ficou com o rebote e cruzou para a área. Bem posicionado, Reinado mergulhou e fez 3 a 1. Oito minutos depois, Bruno Peres tocou para Hudson, livre, que chutou de fora da área para sacramentar a goleada.

O São Paulo lidera o Grupo D do Paulista, com três pontos. Sua segunda partida será fora de casa, contra o Novorizontino, na próxima quinta-feira (24).

SÃO PAULO

Tiago Volpi; Bruno Peres, Arboleda, Anderson Martins e Reinaldo; Hudson (Liziero) e Jucilei; Helinho (Brenner), Nenê e Éverton; Pablo (Éverton Felipe).

T.: André Jardine

MIRASSOL

Matheus Aurélio; Daniel Borges, Riccieli, Leandro Amaro e Alex Ruan; Léo Baiano e Wellington Simião; Marquinho (Lelê), Jean Carlos (Sandoval) e Felipe Augusto; Carlão (Yuri).

T.: Moisés Egert

Árbitro: Leandro Bizzio Marinho

Assistentes: Daniel Paulo Ziolli e Daniel Luís Marques

Cartões amarelos: Hudson e Helinho (São Paulo); Leandro Amaro e Léo Baiano (Mirassol)

Cartão vermelho: Leandro Amaro (Mirassol)

Gols: Bruno Peres (contra), aos 12, e Anderson Martins, aos 29 minutos do primeiro tempo; Pablo, aos 5, Reinaldo, aos 12, e Hudson, aos 20 minutos do segundo tempo.

(Por notícias ao minuto)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda

Trending