Conecte-se Conosco

Tecnologia

Novo golpe no WhatsApp usa marca de refrigerante para roubar dados

Publicado

em

 

Criminosos usam marca Coca-Cola para prometer brindes em promoção falsa

Um novo golpe circula pela rede social WhatsApp. Trata-se de uma promoção falsa envolvendo o nome da marca Coca-Cola e que promete uma bolsa térmica e seis garrafas de refrigerante para quem realizar o cadastro em uma plataforma fictícia através de um link malicioso. Segundo o site TechTudo, com base em informações da desenvolvedora de apps PSafe, até o momento foram registrados 15 mil vítimas.

Os cibercriminosos criaram um sistema que verifica se o CPF informado pertence ao nome digitado, para passar credibilidade, além de usar informações do banco de dados da Coca-Cola. Apesar de a Coca-Cola promover caravanas de Natal, a empresa não tem nenhuma promoção que presenteia clientes com os artigos mencionados.

Caso os usuários preencham o formulário indicado, os dados como CPF serão roubados e, assim, os cibercriminosos poderão aplicar roubos e fraudes em nome do titular do documento. A Coca-Cola se manifestou em seu site sobre o golpe e diz que “é falsa a promoção que está circulando via WhatsApp sobre Natal e bolsas térmicas. Pedimos atenção redobrada aos consumidores para boatos envolvendo brindes e a nossa marca. Alertamos ainda que o link que acompanha a mensagem direciona o consumidor para um site que não pertence à Coca-Cola. O site oficial é o natal.cocacola.com.br”.

Por Notícias ao Minuto

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Tecnologia

Eduardo Bolsonaro diz que passará a usar concorrentes do WhatsApp

Publicado

em

Declaração ocorre após aplicativo restringir o reenvio de mensagens

Odeputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro (PSL), disse que vai usar outras redes sociais após o WhatsApp limitar o reenvio de mensagens para até cinco usuários por vez.

“Sério isso? Então vamos para wickr me, signal, telegram…”, escreveu ele em sua conta no Twitter a respeito do tema e citando aplicativos concorrentes do WhatsApp.

A campanha presidencial de Jair Bolsonaro, com menos recursos do que seus principais adversários, teve como um de seus pilares o uso das redes sociais para disseminação de informações e contato com eleitores.

A nova regra imposta pelo WhatsApp, controlado pelo Facebook, é uma tentativa da empresa de combater a disseminação de informações falsas usando seus serviços, tema que começou a ganhar relevância a partir da eleição de Donald Trump, em 2016.

A encriptação de ponta a ponta do aplicativo permite que grupos de centenas de usuários troquem textos, fotos e vídeo fora do alcance de checadores de fatos ou mesmo da própria plataforma.

O WhatsApp vai lançar uma atualização para ativar o limite a partir desta segunda-feira (21). Ela será enviada primeiro aos usuários de Android (sistema operacional do Google) e, a seguir, para os de iPhone.

Por Folhapress.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Tecnologia

Veja como ocultar a foto do perfil do WhatsApp para pessoas indesejadas

Publicado

em

Também é possível ocultar outras informações, como a última vez em que esteve online e as postagens do ‘Status’

Alguns recursos do WhatsApp podem dar mais privacidade aos usuários do aplicativo. Um recurso pouco conhecido, por exemplo, é a possibilidade de esconder a foto de perfil para contatos específicos.

Para ocultar a foto, não é necessário instalar nenhum app extra no celular. O recurso está disponível tanto para Android quanto para iOS (Apple). Veja como fazer, segundo tutorial do ‘Olhar Digital’:

1. Acesse a sua “lista de contatos” do telefone. Atenção: não é lista de contatos do WhatsApp, mas do telefone mesmo.

2. Selecione o contato desejado e apague-o;

3. Abra o WhatsApp e toque nos “três pontos”, localizados no canto superior direito da tela;

4. Clique em “Configurações” e em “Conta”;

5. Selecione a opção “Privacidade” e “Foto do perfil”;

6. Marque “Meus contatos”.

Feitas estas configurações, os contatos que não estão cadastrados na agenda do telefone não terão acesso à foto do perfil. Além da foto, também é possível ocultar outras informações, como a última vez em que esteve online e as postagens do “Status”.

Por Notícias ao Minuto

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

 

Continue lendo

Tecnologia

Com venda fraca de iPhones, Apple revisa receita para baixo

Publicado

em

O presidente-executivo, Tim Cook, estimou uma receita de cerca de US$ 84 bilhões (R$ 324 bilhões)

Apple revisou para baixo a receita para seu primeiro trimestre fiscal, terminado em dezembro. Em carta a investidores, nesta quarta-feira (2), o presidente-executivo, Tim Cook, estimou uma receita de cerca de US$ 84 bilhões (R$ 324 bilhões).

As despesas operacionais devem custar US$ 8,7 bilhões (R$ 33,5 bilhões) e as outras, US$ 550 milhões (R$ 2,1 bilhões).

Analistas aguardavam uma receita estimada em US$ 91,3 bilhões, de acordo com a Bloombgerg.

Cook atribuiu os números à mudança no período de lançamento e, consequentemente, de venda de modelos de iPhones. Também elencou a valorização do dólar, que “criou ventos contrários” em países consumidores, e a economia mais fraca de mercados emergentes, que contribuíram para a queda nas vendas de seu principal produto.

“Isso gerou um impacto significativamente maior do que havíamos projetado”, disse, em relação ao terceiro ponto.

Cook ainda citou que esses fatores resultaram em menos atualizações do iPhone.

A queda na demanda da China, um forte mercado para os produtos da Apple, também afetou as vendas.

A Apple perdeu o posto de segunda empresa mais valiosa do mundo para a Amazon nesta quarta.

A empresa comandada por Tim Cook vale US$ 749 bilhões, enquanto a Amazon, de Jeff Bezoz, US$ 752,6 bilhões. A Microsoft é a empresa que ocupa o primeiro lugar no valor de mercado, com US$ 781,6 bilhões.

Por Folhapress. 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram. Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda

Trending