Conecte-se Conosco

Esporte

Os benefícios do exercício que vão além do físico

Publicado

em

016

O exercício é sinónimo de saúde física e mental, como revela a neurocirurgiã Wendy A. Suzuki, num artigo publicado no site Quartz.

Ao serem perguntadas por que fazem exercício físico, as pessoas costumam dizer que o fazem para perder uns quilinhos e ficar tonificado. No entanto, a atividade física é muito mais do que um corpo bonito, saudável e tonificado.

O exercício é sinónimo de saúde física e mental, como revela a neurocirurgiã Wendy A. Suzuki, num artigo publicado no site Quartz, em que defende os benefícios mentais do exercício como os mais importantes, mas também mais desvalorizados.

Falando por experiência própria, a médica revela como o exercício a ajuda a combater o estresse e a produção de todas os hormônios que ‘trazem’ os sentimentos negativos, mas não só. Num estudo que realizou, Suzuki conseguiu ainda comprovar que o exercício melhora a concentração ao longo do dia.

Os níveis de memória também melhoram assim que a atividade física se torna uma rotina quase diária, como indica uma investigação da Universidade da Califórnia, que provou que o exercício aumenta a produção e a sobrevivência das células cerebrais do hipocampo.

De acordo com a publicação, o exercício pode ser também capaz de melhorar as funções imaginativas do hipocampo, melhorando a imaginação e a capacidade de criar novas ideias.

Tal como a ciência tem vindo a revelar nos últimos anos, o exercício físico regular é também uma chave para travar o declínio cognitivo precoce, podendo ser uma forma de evitar o aparecimento de doenças como o Alzheimer.

Esporte

Tite faz mistério e não revela time que enfrenta a Argentina

Publicado

em

Pela primeira vez no comando da Seleção Brasileira, Tite não confirmou os 11 titulares para o amistoso desta terça-feira (16).

Brasil e Argentina se enfrentam nesta terça-feira (16), em Jeddah, em amistoso promovido pelo governo local. Para Tite, no entanto, a partida tem caráter decisivo. Tanto que o treinador, pela primeira vez desde que assumiu o comando da seleção, não quis revelar a equipe titular para o clássico sul-americano.

Após fechar os treinos de domingo (14) e segunda (15), o técnico evitou dar qualquer sinal do time na entrevista coletiva realizada no estádio King Abdullah. “Hoje eu vou deixar esse componente [mistério]. Não me sinto tão confortável, mas farei isso desta vez”, comentou o treinador da seleção.

“Eu não me sinto muito confortável, porque não é a minha praia, mas em algumas circunstâncias, é importante. Não quero, se não tenho os atletas definidos, dar ao adversário a oportunidade de conhecer a escalação, até neste momento em que não temos esquema definido. Estamos testando novos nomes, um novo esquema, então vamos deixar o adversário sem saber isso”, acrescentou.
Leia também:

Em outras ocasiões, mesmo fechando parcialmente as atividades, Tite não via problemas em revelar a escalação. Foi assim durante amistosos, eliminatórias e Copa do Mundo.

Mesmo com o silêncio, o treinador já havia admitido que faria algumas mudanças para encarar a Argentina com força máxima.

A expectativa é por até seis novidades em relação ao último jogo: Alisson, Danilo, Miranda, Filipe Luis, Arthur e Roberto Firmino devem retornar ao time titular nas vagas de Éderson, Fabinho, Pablo, Alex Sandro, Fred e Gabriel Jesus.

A espinha dorsal formada por Marquinhos, Casemiro, Renato Augusto, Philippe Coutinho e Neymar, que atuou como titular na vitória por 2 a 0 sobre a Arábia Saudita, na última sexta-feira, segue na formação principal.

(Do Folhapress/ Com informações FolhaPE)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram. Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Destaque

Após marcar 2 gols, Usain Bolt fica surpreso com exame antidoping

Publicado

em

O recordista mundial e olímpico dos 100 e 200 metros, de 32 anos, treina desde agosto na Austrália e passa por testes no Central Coast Mariners.

ex-velocista e lenda do atletismo Usain Bolt, que iniciou uma carreira no futebol, mostrou-se surpreendido nesta segunda-feira por ser chamado a fazer um exame de controle antidoping após marcar dois gols em mais um amistoso pela equipe australiana do Central Coast Mariners, na última sexta, contra o Macarthur South West United.

“Por que é que devo passar por um controle antidopagem se nem sequer assinei contrato por nenhum clube?”, questionou-se Usain Bolt, em vídeo publicado em uma rede social, em que mostra o requerimento para efetuar os testes. Segundo o atleta, a pessoa que lhe entregou o pedido de exame disse ele era “um atleta de elite e que, então, tinha que ser controlado”. Bolt respondeu: “Muito bem, OK”.

O recordista mundial e olímpico dos 100 e 200 metros, de 32 anos, treina desde agosto na Austrália e passa por testes no Central Coast Mariners. Apesar dos dois gols marcados, ainda não é certo que Bolt disputará a liga profissional da Austrália. O acordo inicial prevê a participação do jamaicano apenas na pré-temporada.

“Vamos nos reunir, discutir e ver se queremos seguir em frente e o que eu preciso fazer e como fazer isso. Para mim, estou dando um passo de cada vez e quero me esforçar para ver até onde posso ir”, disse o jamaicano.

A temporada australiana começa no próximo domingo e a estreia do Central Coast Mariners será contra o Brisbane Roar. Com informações do Estadão Conteúdo.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram. Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Esporte

Atlético-PR goleia na Arena da Baixada e afunda Sport

Publicado

em

Com o resultado, o time pernambucano segue na vice-lanterna, com 27 pontos

Atlético-PR manteve a rotina e chegou à 11ª vitória seguida na Arena da Baixada. A vítima foi o Sport, que levou uma goleada por 4 a 0 neste domingo (14) e viu sua situação ficar ainda mais complicada no Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o time pernambucano segue na vice-lanterna, com 27 pontos, a cinco do Vitória, primeiro fora da zona do rebaixamento. Melhor para o time paranaense, que já é o oitavo na tabela, com 39.

O jogo em Curitiba teve um momento bastante inusitado. O goleiro Magrão se machucou e, como os visitantes já haviam feito três alterações, o meia Gabriel teve que assumir a meta. Levou dois gols no fim e não fez nenhuma defesa.

O JOGO

A primeira chance de gol da partida por pouco não virou um golaço. Lucho González bateu escanteio fechado, mas Magrão conseguiu fazer a defesa.

O goleiro do time pernambucano fez duas grandes defesas seguidas aos 15min. Primeiro, salvou com os pés uma bomba de Marcelo Cirino. Logo depois, foi buscar no canto o chute de Lucho González.

Preocupado em se defender, o Sport chegou a ver o rival ter mais de 70% de posse de bola na etapa inicial. Numa das poucas chances, Michel Bastos chutou, Jonathan conseguiu cortar e na sobra Marlone quase acertou o alvo.

“Estamos sofrendo um pouco de pressão. Acho que no segundo tempo vamos sair mais”, disse Magrão a caminho do vestiário no intervalo.

A previsão de Magrão poderia se confirmar. Milton Mendes trocou Mateus pelo centroavante Hernane na volta para o segundo tempo. Mas mal deu tempo para ver se os pernambucanos mudariam a postura. Aos 2min, Raphael Veiga cobrou falta e Thiago Heleno cabeceou para o fundo das redes.

Aos 10min, mais um do Atlético. Raul Prata tocou a bola com o braço ao tentar cortar cruzamento. Pênalti, que Bergson não desperdiçou. Primeiro gol no Brasileiro do atacante, que substituiu o artilheiro Pablo, suspenso, e ouviu vaias da torcida em alguns momentos da partida na Arena.

O Atlético-PR seguiu no ataque mesmo com a vantagem. Aos 25min, Magrão saiu para cortar cruzamento, se chocou com Ronaldo Alves e levou a pior. Tentou seguir no sacrifício, mas, aos prantos, pediu substituição. Como Milton Mendes já havia feito as três, o meia Gabriel assumiu a meta na reta final da partida.

Estádio: Arena da Baixada, em Curitiba

Cartões amarelos: Fellipe Bastos, Neto Moura (S)

Gols: Thiago Heleno, aos 2min, Bergson, aos 10min e aos 38min, e Rony, aos 40min do 2º tempo

ATLÉTICO-PR

Santos; Jonathan, Paulo André, Thiago Heleno e Renan Lodi; Bruno Guimarães, Lucho González (Wellington) e Raphael Veiga; Nikão (Rony), Marcelo Cirino e Bergson. T.: Tiago Nunes

SPORT

Magrão; Raul Prata, Ronaldo Alves, Adryelson e Evandro; Marcão (Nonoca), Fellipe Bastos, Marlone (Rafael Marques), Gabriel e Mateus (Hernane); Michel Bastos. T.: Milton Mendes

Por Folhapress.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram. Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

 

Continue lendo
Propaganda

Trending