Conecte-se Conosco

Esporte

Santos arranca empate e Inter perde vice-liderança do Brasileiro

Publicado

em

Em um dos melhores jogos deste segundo turno do Brasileirão, Internacional e Santos empataram por 2 a 2 na noite desta segunda-feira, no encerramento da 30ª rodada. Numa partida eletrizante no Beira-Rio, o time gaúcho ficou duas vezes na frente, mas os paulistas igualaram com um erro bizarro da defesa anfitriã.

A partida foi marcada ainda por um gol anulado do Inter, no começo da segunda etapa. No polêmico lance, o árbitro Ricardo Marques Ribeiro assinalou impedimento de Leandro Damião, porém levou seis minutos para tomar a decisão após fazer uma “resenha” com os assistentes e até o quarto árbitro.

O resultado derrubou o Inter da vice-liderança do Brasileirão. Superado pelo Flamengo, com 58 pontos, o time gaúcho agora é o terceiro colocado, com 57. Já o Santos, que vinha de três vitórias consecutivas, tem 43 pontos e segue em sétimo, na beira do G6, a zona de classificação à próxima Copa Libertadores.

Sob os olhares de Tite, técnico da seleção brasileira presente nas tribunas do estádio, o Inter manteve a invencibilidade no Beira-Rio neste Brasileirão – o Inter é o melhor mandante da competição até agora. Ao mesmo tempo, manteve um tabu no Santos, que não vence no estádio há dez anos.

O JOGO

Tentando quebrar o tabu no Beira-Rio, o Santos foi para cima no início da partida e adiantou sua marcação, surpreendendo o Inter. Os primeiros 20 minutos do duelo foram de domínio dos visitantes, enquanto os anfitriões sofriam para sair para o jogo em busca de uma investida ofensiva.

Em uma das poucas vezes em que o time gaúcho conseguiu chegar ao campo de ataque, o Santos roubou a bola e iniciou perigoso contra-ataque aos 24. Sánchez disparou pelo meio e acionou Gabigol, que cortou o marcador e bateu colocado. Lomba se esticou para fazer leve desvio na bola, o suficiente para fazê-la atingir o travessão e sair.

A resposta do Inter veio aos 40. Cuesta cruzou da esquerda e Edenílson raspou de cabeça. Vanderlei, à queima-roupa, fez grande defesa. Três minutos depois, Edenílson avançou pela direita e bateu de cavadinha sobre Lomba. Em cima da linha, Luiz Felipe evitou o gol. Mas acabou entregando na cabeça de Leandro Damião, que escorou com tranquilidade para as redes.

No embalo do gol, o time gaúcho quase chegou ao segundo gol na sequência, aos 47. Após levantamento na área, Vanderlei desviou, Leandro Damião escorou de cabeça e Moledo, na pequena área, não conseguiu desviar de letra.

Passado o sufoco do fim da etapa inicial, o Santos voltou mais atento para o segundo tempo. E buscou o empate aos 4 minutos: Gabigol despontou pela esquerda dentro da área e bateu colocado. A bola acertou a trave e entrou. Foi o 15º gol do artilheiro do Brasileirão.

Novamente, a resposta do Inter não tardou. Mas, desta vez, Vanderlei evitou o gol de Damião, aos 8. Na sequência, apenas um minuto depois, houve o lance mais polêmico da partida. Cuesta dividiu com Sánchez no ataque colorado e a bola sobrou para Damião, que bateu quase sem ângulo e mandou para as redes. O árbitro, contudo, anulou o lance por impedimento do atacante.

O problema foi que a decisão levou seis minutos para ser confirmada. Após a anulação, Ricardo Marques Ribeiro consultou todos os assistentes e até o quarto árbitro. A “resenha” causou a irritação da torcida e deixou os jogadores em suspense até confirmação da decisão.

A partir daí, o jogo ganhou em movimentação. Bons lances para ambos os lados se sucederam até que o Inter chegou ao seu segundo gol. Em rápido contra-ataque, a jogada de Edenílson e Nico López culminou no gol de Patrick, aos 25.

A vantagem foi sustentada até os 33, quando o Santos empatou em lance bizarro protagonizado pela defesa gaúcha. Gabigol finalizou de dentro da área e Lomba deu rebote. A bola ficou praticamente parada na pequena área na indecisão entre a zaga e o goleiro para afastar a bola. Diante da demora, o ataque santista pressionou e, na confusão, Fabiano acabou completando contra as próprias redes.

O gol manteve o duelo aberto, com correria, muitos espaços em campo e chances ofensivas para os dois lados. O Inter impôs maior pressão nos minutos finais, principalmente com bolas paradas alçadas na área, mas o Santos se segurou bem e garantiu o empate.

FICHA TÉCNICA:

INTERNACIONAL 2 x 2 SANTOS

INTERNACIONAL – Marcelo Lomba; Fabiano (Jonatan Álvez), Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Iago (Wellington Silva); Rodrigo Dourado, Edenílson, Patrick, D’Alessandro e Nico López; Leandro Damião (Rossi). Técnico: Odair Hellmann.

SANTOS – Vanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe, Gustavo Henrique e Dodô; Alison (Bryan Ruíz), Diego Pituca e Carlos Sánchez; Rodrygo (Derlis González), Gabriel e Bruno Henrique (Renato). Técnico: Cuca.

GOLS – Leandro Damião, aos 43 minutos do primeiro tempo. Gabriel, aos 4, Patrick, aos 25, e Fabiano (contra), aos 33 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Gustavo Henrique, Nico López, Bruno Henrique, Luiz Felipe.

ÁRBITRO – Ricardo Marques Ribeiro (MG).

RENDA – R$ 1.082.715,00.

PÚBLICO – 39.136 pagantes (43.159 no total).

LOCAL – Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS).

 

(Do Estado de S.Paulo)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram. Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Esporte

Em frio de quase 0ºC, seleção treina com reservas e sem Neymar em campo

Publicado

em

MARCUS ALVES – MILTON KEYNES, REINO UNIDO (UOL/FOLHAPRESS) – Em sua volta de folga após a vitória de 1 a 0 em amistoso contra o Uruguai, a seleção brasileira fez um trabalho leve com bola que ficou restrito praticamente aos reservas neste domingo (18), no Stadium MK, em Milton Keynes, palco de seu último teste no ano, contra Camarões, na terça (20).

A exceção foi o goleiro Alisson, que treinou normalmente ao lado de Éderson e do garoto Gabriel Brazão em um frio congelante, com sensação térmica de três graus.

Marquinhos, Douglas Costa, Danilo e Roberto Firmino chegaram a ir a campo, mas apenas correram por volta de 15 minutos.

A comissão técnica deu atenção especial à dupla Dedé e Pablo na atividade. Enquanto Tite e seu auxiliar Sylvinho tiveram uma conversa à parte com o cruzeirense sobre posicionamento, o ex-corintiano trabalhou inversão de bola com os assistentes Matheus Bachi e Fernando Lázaro no outro lado do gramado.

Em uma movimentação rápida com duas equipes de cinco atletas mais o garoto Augusto Galván, do Real Madrid, que está completando os treinos, o destaque foi o atacante Gabriel Jesus, que mostrou pontaria afiada.

Os demais jogadores, como Neymar, Arthur e Walace, ficaram na parte interna do complexo do estádio, que inclui o hotel em que a delegação está hospedada e pertence ao MK Dons, clube da quarta divisão inglesa. A maioria dos quartos, inclusive, tem vista para o campo.

O time comandado por Tite volta a trabalhar no fim desta segunda-feira (19), em Milton Keynes, para definir a equipe que irá enfrentar os camaroneses. A expectativa é de que a escalação apresente diversas novidades para o último compromisso de 2018. 

Por Folhapress.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram. Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Esporte

Sem chances de título do Verdão, veja o que está em jogo na 35ª rodada

Publicado

em

O Palmeiras é cada vez mais o favorito a levantar o troféu deste ano, ainda mais após a vitória por 3 a 0 sobre o Fluminense na última quarta (14).

Após 34 rodadas, o Campeonato Brasileiro de 2018 chega aos seus últimos capítulos com diversas indefinições. A primeira delas, claro, é o campeão.

O Palmeiras é cada vez mais o favorito a levantar o troféu deste ano, ainda mais após a vitória por 3 a 0 sobre o Fluminense na última quarta (14). Porém as vitórias de Internacional por 2 a 0 sobre o América-MG e do Flamengo por 1 a 0 sobre o Santos, ambas no domingo (15), acabaram com as chances de título da equipe alviverde já neste final de semana.

O mais cedo que o Palmeiras pode ser campeão é na próxima quarta (21). Para isso, precisa aumentar em dois pontos a vantagem sobre o vice-líder Inter, que hoje é de cinco.

O time de Felipão terá pela frente Paraná (fora) e América-MG (casa), enquanto os gaúchos encaram Botafogo (fora) e Atlético-MG (casa). Já o Flamengo, sete pontos atrás do líder, precisa diminuir essa diferença para pelo menos seis pontos até o fim da 36ª rodada.

As três equipes já estão garantidas pelo menos na primeira fase da Libertadores.

Hoje a primeira posição fora da zona de classificação para o torneio internacional é ocupada pelo Cruzeiro (7º). Portanto, qualquer equipe que seja ultrapassada pelos mineiros segue com a vaga garantida, pois os cruzeirenses já estão classificados por terem vencido a Copa do Brasil.

São Paulo e Grêmio empataram, nesta quinta (15), por 1 a 1 e ocupam, respectivamente, o quinto e o quarto lugar, empatados com 59 pontos (os gremistas levam vantagem por terem uma vitória a mais).

O empate garantiu a emoção na luta pelo G4 pelo menos até a penúltima rodada do torneio, já que nenhum time pode garantir a quarta vaga direta para a fase de grupos da Libertadores antes disso.

Com 12 pontos a serem disputados ainda no Brasileiro, o grupo dos que podem roubar uma vaga dos atuais quatro primeiros colocados é pequeno: São Paulo (5º, 59 pontos) Atlético-MG (6º, 50) e Atlético-PR (8º, 47). Contudo, só os paulistas podem terminar a próxima rodada no G4.

Já para a primeira fase da competição continental, popularmente chamada de pré-Libertadores (para a qual classificam-se quinto e sexto colocados), ainda estão na disputa, além dos já citados: Santos (9º, 46), Bahia (10º, 44 pontos), Botafogo (11º, 42), Fluminense (12º, 41), Corinthians (13º, 40), Vasco (14º, 39), e Sport (15º, 38) -destes, só o Atlético-PR pode entrar no G6 neste final de semana. O Ceará pode alcançar o Atlético-MG, mas mesmo assim levaria a pior no número de vitórias.

Os últimos nomes dessa lista, no entanto, devem estar mais preocupados com fugir do rebaixamento que com a vaga na Libertadores.

Corinthians e Vasco, por exemplo, fazem uma partida que pode ser decisiva para o futuro de ambas as equipes. Elas têm, hoje, respectivamente três e dois pontos de diferença para o primeiro colocado da zona de rebaixamento, a Chapecoense.

O time de Jair Ventura, inclusive, ainda enfrentará a equipe de Chapecó na penúltima rodada. Dependendo dos próximos resultados, a partida pode selar o destino alvinegro no campeonato, tanto positiva quanto negativamente.

Quem perder de Corinthians e Vasco pode acabar a 35ª rodada entre os quatro últimos colocados, dependendo dos resultados de Chapecoense, Ceará e Sport.

Mas mesmo em caso de vitória, as preocupações do time do Parque São Jorge se manterão, pelo menos até a 36ª rodada.

Ainda em relação ao rebaixamento, do Cruzeiro para baixo todos têm chances de cair. A disputa é mais acirrada, no entanto, dentro do intervalo de cinco pontos que separa o Vitória (18°) e o Fluminense (12º).

Botafogo, Bahia, Santos, Atlético-PR e Cruzeiro podem escapar do descenso nesse final de semana. Para isso, os dois primeiros precisam vencer seus duelos contra Internacional e Atlético-MG, respectivamente; já para os outros três, um empate é suficiente.

As outras equipes que ainda podem cair, a exemplo do Corinthians, só vão respirar aliviadas, na melhor das hipóteses, na antepenúltima rodada do campeonato. O mesmo vale para a confirmação do rebaixamento de qualquer time, menos o lanterna Paraná, que já caiu. Com informações da Folhapress.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram. Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Esporte

Série A: Sport e Vitória empatam na Ilha, Sport agora é o 15º e Vitória o 18º na classificação

Publicado

em

O único resultado que não interessava nem ao Sport e nem ao Vitória aconteceu na Ilha do Retiro. O placar não saiu do zero e o empate teve um gosto amargo para os dois rubro-negros. As duas equipes terminam o jogo do mesmo jeito que começaram, separadas por dois pontos. Os pernambucanos estão na 15ª posição, com 38 pontos e os baianos ainda no Z-4, em 18º, com 36.

O clima de tensão na Ilha do Retiro não foi capaz de acuar Sport e Vitória. O primeiro tempo foi equilibrado, com o Leão pernambucano superior na maioria das ações ofensivas. O primeiro lance mesmo, com Rogério, foi o mais claro da etapa inicial, mas o camisa 90 chutou feio. Os baianos sempre conseguiam levar perigo através de Erick, mas Mailson conseguiu salvar duas vezes. Empurrado pela torcida, o Sport tentava trabalhar as jogadas, mas os visitantes montaram um ferrolho difícil de arrombar. 

O Sport voltou mal para o segundo tempo. E foi aí que o Vitória conseguiu fazer seu jogo. Só que, antes de qualquer lance de perigo feito pelo Vitória, Mailson quase fez um gol contra, mas conseguiu salvar a tempo. Os baianos tinham mais posse de bola, mas , perto da reta final, os donos da casa tiveram seus momentos. Primeiro, com Mateus Gonçalves, que perdeu um gol claro. Ele até que fez o movimento certo, mas a bola bateu caprichosamente na trave. Logo depois, Michel Bastos perdeu uma chance chutando em cima do goleiro. O Vitória tentava usar os contra-ataques, mas isso não foi suficiente para balançar as redes.

Amanhã(15) a 33ª rodada será completada com os seguintes jogos.

(Com informações do GE)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram. Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda

Trending