Conecte-se Conosco

Esporte

Santos arranca empate e Inter perde vice-liderança do Brasileiro

Publicado

em

Em um dos melhores jogos deste segundo turno do Brasileirão, Internacional e Santos empataram por 2 a 2 na noite desta segunda-feira, no encerramento da 30ª rodada. Numa partida eletrizante no Beira-Rio, o time gaúcho ficou duas vezes na frente, mas os paulistas igualaram com um erro bizarro da defesa anfitriã.

A partida foi marcada ainda por um gol anulado do Inter, no começo da segunda etapa. No polêmico lance, o árbitro Ricardo Marques Ribeiro assinalou impedimento de Leandro Damião, porém levou seis minutos para tomar a decisão após fazer uma “resenha” com os assistentes e até o quarto árbitro.

O resultado derrubou o Inter da vice-liderança do Brasileirão. Superado pelo Flamengo, com 58 pontos, o time gaúcho agora é o terceiro colocado, com 57. Já o Santos, que vinha de três vitórias consecutivas, tem 43 pontos e segue em sétimo, na beira do G6, a zona de classificação à próxima Copa Libertadores.

Sob os olhares de Tite, técnico da seleção brasileira presente nas tribunas do estádio, o Inter manteve a invencibilidade no Beira-Rio neste Brasileirão – o Inter é o melhor mandante da competição até agora. Ao mesmo tempo, manteve um tabu no Santos, que não vence no estádio há dez anos.

O JOGO

Tentando quebrar o tabu no Beira-Rio, o Santos foi para cima no início da partida e adiantou sua marcação, surpreendendo o Inter. Os primeiros 20 minutos do duelo foram de domínio dos visitantes, enquanto os anfitriões sofriam para sair para o jogo em busca de uma investida ofensiva.

Em uma das poucas vezes em que o time gaúcho conseguiu chegar ao campo de ataque, o Santos roubou a bola e iniciou perigoso contra-ataque aos 24. Sánchez disparou pelo meio e acionou Gabigol, que cortou o marcador e bateu colocado. Lomba se esticou para fazer leve desvio na bola, o suficiente para fazê-la atingir o travessão e sair.

A resposta do Inter veio aos 40. Cuesta cruzou da esquerda e Edenílson raspou de cabeça. Vanderlei, à queima-roupa, fez grande defesa. Três minutos depois, Edenílson avançou pela direita e bateu de cavadinha sobre Lomba. Em cima da linha, Luiz Felipe evitou o gol. Mas acabou entregando na cabeça de Leandro Damião, que escorou com tranquilidade para as redes.

No embalo do gol, o time gaúcho quase chegou ao segundo gol na sequência, aos 47. Após levantamento na área, Vanderlei desviou, Leandro Damião escorou de cabeça e Moledo, na pequena área, não conseguiu desviar de letra.

Passado o sufoco do fim da etapa inicial, o Santos voltou mais atento para o segundo tempo. E buscou o empate aos 4 minutos: Gabigol despontou pela esquerda dentro da área e bateu colocado. A bola acertou a trave e entrou. Foi o 15º gol do artilheiro do Brasileirão.

Novamente, a resposta do Inter não tardou. Mas, desta vez, Vanderlei evitou o gol de Damião, aos 8. Na sequência, apenas um minuto depois, houve o lance mais polêmico da partida. Cuesta dividiu com Sánchez no ataque colorado e a bola sobrou para Damião, que bateu quase sem ângulo e mandou para as redes. O árbitro, contudo, anulou o lance por impedimento do atacante.

O problema foi que a decisão levou seis minutos para ser confirmada. Após a anulação, Ricardo Marques Ribeiro consultou todos os assistentes e até o quarto árbitro. A “resenha” causou a irritação da torcida e deixou os jogadores em suspense até confirmação da decisão.

A partir daí, o jogo ganhou em movimentação. Bons lances para ambos os lados se sucederam até que o Inter chegou ao seu segundo gol. Em rápido contra-ataque, a jogada de Edenílson e Nico López culminou no gol de Patrick, aos 25.

A vantagem foi sustentada até os 33, quando o Santos empatou em lance bizarro protagonizado pela defesa gaúcha. Gabigol finalizou de dentro da área e Lomba deu rebote. A bola ficou praticamente parada na pequena área na indecisão entre a zaga e o goleiro para afastar a bola. Diante da demora, o ataque santista pressionou e, na confusão, Fabiano acabou completando contra as próprias redes.

O gol manteve o duelo aberto, com correria, muitos espaços em campo e chances ofensivas para os dois lados. O Inter impôs maior pressão nos minutos finais, principalmente com bolas paradas alçadas na área, mas o Santos se segurou bem e garantiu o empate.

FICHA TÉCNICA:

INTERNACIONAL 2 x 2 SANTOS

INTERNACIONAL – Marcelo Lomba; Fabiano (Jonatan Álvez), Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Iago (Wellington Silva); Rodrigo Dourado, Edenílson, Patrick, D’Alessandro e Nico López; Leandro Damião (Rossi). Técnico: Odair Hellmann.

SANTOS – Vanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe, Gustavo Henrique e Dodô; Alison (Bryan Ruíz), Diego Pituca e Carlos Sánchez; Rodrygo (Derlis González), Gabriel e Bruno Henrique (Renato). Técnico: Cuca.

GOLS – Leandro Damião, aos 43 minutos do primeiro tempo. Gabriel, aos 4, Patrick, aos 25, e Fabiano (contra), aos 33 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Gustavo Henrique, Nico López, Bruno Henrique, Luiz Felipe.

ÁRBITRO – Ricardo Marques Ribeiro (MG).

RENDA – R$ 1.082.715,00.

PÚBLICO – 39.136 pagantes (43.159 no total).

LOCAL – Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS).

 

(Do Estado de S.Paulo)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram. Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Clique para comentar

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

PSG e Barcelona esquentam disputa para contratar meia holandês

Publicado

em

Clubes oferecem cerca de 75 milhões de euros, valor pretendido pelos holandeses

Diversos jornais da Europa e Holanda noticiam neste sábado que Barcelona e PSG esquentaram a disputa para contratar o meio-campista Frenkie De Jong junto ao Ajax. Uma definição sobre o futuro do jogador deve ocorrer nos próximos dias.

De acordo com o jornal holandês “Telegraaf”, representantes do PSG se reuniram com o Ajax nos últimos dias e avançaram na conversa para contratar o meia. O clube francês estaria disposto a pagar um valor próximo aos 75 milhões de euros (cerca de R$ 320 milhões) pretendidos pelos holandeses.

Atento à movimentação do PSG, o Barcelona também conseguiu uma reunião para tratar sobre Frenkie De Jong. De acordo com o jornal espanhol “Mundo Deportivo”, representantes do clube catalão, entre eles o presidente Josep Maria Bartomeu, conversaram com agentes do jogador e reafirmaram a intenção de contratá-lo.

Segundo a publicação, o valor que o Barcelona está disposto a pagar por De Jong também é próximo ao pretendido pelo Ajax. O clube catalão, porém, utilizou o encontro para tentar convencer que o projeto oferecido na Espanha é melhor do que o do PSG.

Atualmente com 21 anos, De Jong disse recentemente que espera por uma definição sobre a sua situação. “Às vezes acho que gostaria que isso acabasse (as especulações). Não tomarei uma decisão precipitada, mas gostaria que minha situação fosse resolvida rapidamente”, afirmou.

(Por Folhapress)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Esporte

Barcelona ganha em casa e volta a ter 5 pontos de distância no Espanhol

Publicado

em

Em campo, o Barcelona teve mais posse de bola e tocou bastante procurando espaços na defesa do Leganés

O Barcelona não deu chances para o azar e para seus rivais na luta pelo título do Campeonato Espanhol. Neste domingo, no estádio Camp Nou, em Barcelona, derrotou o Leganés por 3 a 1, pela 20.ª rodada, e voltou a ter cinco pontos de diferença para o segundo colocado, que é o Atlético de Madrid. Com 46 pontos, o clube catalão tem também uma vantagem considerável para o grande rival Real Madrid, que está em terceiro lugar com 36.

Só que o jogo neste domingo não foi tão fácil como o placar pode sugerir. Com o craque argentino Lionel Messi no banco de reservas e entrando no segundo tempo, o time catalão penou para conseguir a vitória. Titular o duelo inteiro, o meia Philippe Coutinho mais uma vez ficou devendo. O brasileiro esteve longe de brilhar e, de quebra, viu o seu principal concorrente por uma posição entre os 11 iniciais, Dembelé, marcar e atuar bem.

Em campo, o Barcelona teve mais posse de bola e tocou bastante procurando espaços na defesa do Leganés, mas pouco criou de efetivo no primeiro tempo. Só aos 32 minutos conseguiu marcar. Dembelé tocou para o lateral Jordi Alba na esquerda, recebeu o cruzamento na área e bateu de primeira com o pé direito.

Na segunda etapa, a lentidão do Barcelona custou caro. Aos 11 minutos, o Leganés conseguiu empatar no lance em que En-Nesyri foi lançado pela direita nas costas de Alba e cruzou na medida para Braithwaite na pequena área deixar tudo igual. Com o 1 a 1, o técnico Ernesto Valverde resolveu colocar Messi em campo e ele fez a diferença. Aos 25, o argentino chutou da entrada da área e Suárez fez o segundo no rebote do goleiro. Nos acréscimos, aos 47, o próprio craque fez o seu e decretou a vitória.

OUTROS JOGOS

A rodada deste domingo teve a realização de mais quatro partidas. A de maior destaque foi a vitória do Betis por 3 a 2 sobre o Girona, em Sevilha, que o manteve na sétima colocação com 29 pontos, dois atrás do Getafe – que abre a zona de classificação à próxima edição da Liga Europa.

Na parte de baixo da tabela de classificação, Villarreal e Rayo Vallecano não venceram e permaneceram na zona de rebaixamento. O primeiro ficou no 1 a 1 contra o Athletic Bilbao, em casa, e está na 19.ª e penúltima posição com 18 pontos. Tem dois a menos que o time de Madri, que empatou por 2 a 2 contra a Real Sociedad como mandante. O Celta é o primeiro fora da degola com 21 pontos.

Por fim, o Levante derrotou o Valladolid por 2 a 0, em Valência. O time da casa subiu para a 10.ª colocação, com 26 pontos. O visitante, que é presidido pelo ex-atacante brasileiro Ronaldo Fenômeno, ocupa a 15.ª posição, com 22.

(Por Estadão Conteúdo)

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Esporte

Palmeiras empata com Red Bull em primeiro jogo no Paulista

Publicado

em

O atual campeão brasileiro começou na frente com gol de Borja, mas sofreu o empate ainda no primeiro tempo pelos pés do ex-palmeirense Jobson

Terminou empatada em 1 a 1 a partida entre Palmeiras e Red Bull Brasil no estádio Moisés Lucarelli pelo Campeonato Paulista. O atual campeão brasileiro começou na frente com gol de Borja, mas sofreu o empate ainda no primeiro tempo pelos pés do ex-palmeirense Jobson.

Borja marcou para o Palmeiras aos 13 minutos da etapa inicial, após cruzamento de Gustavo Scarpa. Apesar de estar à frente no início, o Palmeiras errava muitos passes e não conseguia se impor sobre o Red Bull Brasil, que chegou várias vezes com perigo à área palmeirense.

Aos 34 minutos, o time da casa empatou após belo chute de Jobson, que inclusive já integrou as categorias de base da equipe alviverde. O Palmeiras ainda teve uma bela chance aos 40 minutos da primeira etapa com Dudu e Borja, mas o goleiro Júlio César e o zagueiro Aderlan salvaram o Red Bull.

A equipe alviverde voltou no segundo tempo propondo mais o jogo, mas tinha dificuldade para chegar à área adversária. Ao mesmo tempo, sofreu com os ataques do time da casa, que levaram perigo ao gol palmeirense. Aos 48 minutos, saiu uma das principais chances da etapa final: Deyverson cabeceou próximo à trave lançamento de Dudu, mas a bola foi para fora.

O resultado deixa o Palmeiras na primeira posição do grupo B, empatado com o São Bento, com um ponto. O Red Bull Brasil fica com a vice-liderança do grupo A, atrás da equipe do Santos.

(Por Folhapress)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda

Trending