Conecte-se Conosco

Esporte

24ª rodada do Brasileirão tem muita reclamação do VAR que estaria vendo problema onde não tem

Publicado

em

“Está pior com o VAR”. Tenho certeza que você já ouviu essa frase em algum lugar! Apesar de eu acreditar no VAR, neste fim de semana, tivemos uma amostra de como não se deve usá-lo.

Houve duas penalidades marcadas após consulta ao vídeo que comprovam a imaturidade da arbitragem para lidar com essa nova ferramenta, tanto na cabine quanto no campo de jogo.

No sábado, o pênalti marcado para o Cruzeiro contra o Internacional só existiu para o árbitro do campo e de vídeo. Aliás, nem o árbitro achou pênalti na hora que viu a disputa entre Patrick e Orejuela. Só que ele foi convencido pela câmera lenta e ângulo ruim de que o contato pé com pé entre os jogadores foi suficiente para marcar pênalti. Paradoxalmente, o árbitro acertou sem o vídeo e errou com ele.

No domingo, o pênalti marcado para o CSA contra o Avaí após consulta ao vídeo foi mais uma prova de que a câmera lenta traiu a arbitragem. Mais um pênalti mal marcado com o “auxílio” do VAR.

O VAR está procurando “formigas”, ou seja, pequenos contatos que com lupa e câmera lenta viram faltas claras. É o jogo virtual comandado por um árbitro normalmente com pouca experiência em jogos da Série A e na nova função, trancado em um ambiente frio e escuro, o que ajuda a distanciá-lo da realidade do jogo.

A tendência é que o desempenho do VAR melhore ao longo dos próximos anos. Já que não existe treinamento contínuo para a arbitragem, os árbitros vão aprender por osmose, com suas próprias experiências, a melhor forma de uso do VAR.

O pior de tudo isso é que os jogadores têm percebido essa fragilidade dos árbitros e a falta de critérios na utilização do VAR e têm dificultado absurdamente a análise dos lances. Criam ou valorizam contatos normais de jogo; fazem pressão para os árbitros olharem o monitor; simulam agressões; reclamam o tempo todo. Realmente, o futebol está ficando chato e não é só por causa do VAR.

Os árbitros não treinam. Os jogadores pressionam. Os treinadores e dirigentes reclamam. Todos “colaboram” para piorar o cenário.

A tal campanha do “Respeito ao Árbitro” lançada recentemente pela CBF se resumiu a uma peça publicitária. E as visitas do Gaciba aos clubes são uma exposição do que na teoria deveria ser o VAR. Mas, na prática, as duas penalidades marcadas essa semana contradizem frontalmente o princípio da “mínima interferência e máximo benefício”.

O uso do VAR no Brasil está expondo semanalmente não apenas os erros claros e óbvios dos árbitros de campo, mas a fragilidade de conceitos e critérios da arbitragem. Tudo isso porque não existe treinamento contínuo. Os árbitros praticam arbitragem uma vez por semana nos jogos do Brasileirão. O resultado não podia ser diferente.

Os clubes precisam convencer a CBF a investir parte de seu lucro anual milionário na profissionalização do árbitros. Nos últimos anos, a CBF investiu na arbitragem, inclusive com recursos do patrocínio que os próprios árbitros carregam no uniforme. Porém, investiu mal em uma estrutura pesada e em cursos semanais que não dão resultado efetivo. Se a missão da CBF é promover o futebol brasileiro, é bom que se saiba que a arbitragem faz parte dele!

(Por GE)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Esporte

Messi diz que não vê a hora de jogar: ‘Quero voltar a competir’

Publicado

em

Messi contou ainda sobre como foi sua rotina em casa nesses dois meses desde a paralisação do futebol

pandemia do novo coronavírus obrigou a paralisação de campeonatos nacionais e internacionais por todo o mundo e levou os jogadores a ficarem várias semanas fechados em suas casas, sem jogar e sem treinar em grupo. As atividades coletivas já recomeçaram na Espanha, que deve ter o seu torneio local retomado em meados de junho, e um dos craques da competição, o argentino Lionel Messi, do Barcelona, disse que não vê a hora disso acontecer e que tudo será como começar uma nova temporada.

“Não podemos pensar no que deixamos para trás. Temos que pensar no futuro. Em como voltar ao dia a dia do treinamento, ver os companheiros, jogar os primeiros jogos. Será estranho no começo, mas quero voltar a competir”, afirmou Messi em declarações a uma entrevista dada ao site oficial de um de seus patrocinadores.

O craque argentino faz projeções sobre como acredita que diversos atletas e clubes vão voltar após essa pandemia da covid-19. “Quando voltarmos, será como começar de novo. Vamos ter tempo de preparação antes do recomeço da competição e vamos recuperar jogadores importantes que estavam lesionados. Tecnicamente será a mesma temporada, mas acredito que todos as equipes e jogadores vão viver de forma diferente”, disse.

Messi contou ainda sobre como foi sua rotina em casa nesses dois meses desde a paralisação do futebol. “Tento trabalhar todos os dias e fazer os exercícios que nos passam. Mas não tem nada a ver com o treinamento em grupo e, acima de tudo, não ter o ritmo dos jogos é ruim, mas é a nova realidade a qual temos que conviver”, comentou.

Além disso, Messi também falou do adiamento da Copa América deste ano para 2021. A Argentina e a Colômbia são as sedes do torneio. “Adiar a Copa América foi uma grande decepção, mas certamente foi a decisão mais lógica. Seria um grande evento para mim este ano e estava muito empolgado em jogá-la novamente. Foi difícil quando soube do adiamento, mas entendi perfeitamente”, disse o argentino, que ainda busca um titula na carreira com a seleção principal.

Por Estadão Conteúdo

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Esporte

Recuperado da covid-19, Diego Souza volta a treinar com fome de bola

Publicado

em

O jogador estava desde o início de maio em isolamento depois de ter testado positivo para o novo coronavírus (covid-19)

Depois de quase 20 dias de quarentena, Diego Souza voltou aos treinamentos no Grêmio. O jogador estava desde o início de maio em isolamento, no Rio de Janeiro, depois de ter testado positivo para o novo coronavírus (covid-19). Reintegrado ao grupo tricolor, que está na quarta semana de trabalhos em Porto Alegre (RS), o meia-atacante só pensa em ver a bola rolar.

Em entrevista ao site oficial do clube gaúcho, Diego admite que tanto tempo sem futebol acaba mexendo com os jogadores, e com os brasileiros de uma maneira geral.

“Um domingo, uma quarta-feira sem futebol é muito estranho. Não só para nós, jogadores, que estamos acostumados a concentrar e ver os jogos, mas para as pessoas normais também. Muita gente cobrando, reclamando. A gente sabe da dificuldade que o país vive, que o mundo vive, mas futebol é um entretenimento essencial para o povo brasileiro”.

Apesar de tanto tempo afastado, Diego Souza permaneceu assintomático e se recuperou bem. Ele mantinha a forma em seu condomínio, no Rio de Janeiro (RJ), mas teve que parar com os exercícios durante quarentena.

Com a possibilidade de retorno do Campeonato Gaúcho para julho, o jogador sabe que o ambiente será diferente: sem torcida e com protocolo rígido em cada partida.

“É muito ruim [ficar sem torcida] para o atleta, porque está acostumado com aquele ambiente, mas a gente tem esse tempo para ir se acostumando. A gente sabe da dificuldade do país e creio que não será problema, o que importa é a gente conseguir trabalhar e ,quando entrar em campo e vestir essa camisa a gente vai dar nosso melhor e buscar o que a gente tem para buscar”.

O novo coronavírus não vai alterar o futebol apenas dentro de campo. Clubes do Brasil passam por dificuldades financeiras e apelam para redução de salários de jogadores, demissão de funcionários e renegociação de dívidas. Diego Souza compreende o momento, mas acredita na reestruturação das equipes.

“Acredito que haverá alteração financeira, essa pandemia pegou todo mundo. Os clubes de futebol estão sofrendo bastante com isso e creio que, no momento, as coisas vão dar uma segurada até se reorganizar e reestruturar”.

Além de Diego Souza, o Grêmio anunciou o retorno do preparador físico Márcio Meira, que também testou positivo para a covid-19. Ele foi diagnosticado na primeira apresentação do grupo, no dia 4 de maio. Assintomático, Márcio permaneceu em quarentena durante 20 dias. Com informações da Agência Brasil

Por Notícias ao Minuto

 

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Esporte

Machucado, Thiago Alcântara desfalca Bayern contra o Dortmund

Publicado

em

O anúncio foi feito nesta segunda-feira pelo técnico Hansi Flick

Thiago Alcântara vai desfalcar o Bayern de Munique, nesta terça-feira, no clássico com o Borussia Dortmund, pela 28.ª rodada do Campeonato Alemão. O anúncio foi feito, nesta segunda-feira pelo técnico Hansi Flick em uma entrevista coletiva virtual, ao revelar que o volante não está recuperado de contusão.

“Thiago não treinou nesta segunda e infelizmente não poderá jogar”, afirmou Flick, que mais uma vez deverá escalar Leon Goretzka para a posição, assim como fizera no jogo de sábado, na vitória por 5 a 2 sobre o Eintracht Frankfurt.

O duelo desta terça-feira, em Dortmund, poderá ser decisivo no Campeonato Alemão. Após o jogo restarão apenas seis jogos. O Bayern lidera com 61 pontos, quatro à frente do Dortmund. Mais uma vitória deixará o time de Munique muito perto de conquistar seu oitavo título consecutivo.

Já o Borussia Dortmund aposta no triunfo para colar no rival e esquentar a briga pelo campeonato nas rodadas finais.

Por Estadão Conteúdo

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda  

Trending