Conecte-se Conosco

Mundo

Administração Trump é “disfuncional”, diz embaixador britânico

Publicado

em

 

Kim Darroch disse que a administração de Donald Trump é “disfuncional”, “atrapalhada” e “inepta”

embaixador britânico nos Estados Unidos, Kim Darroch, descreveu a administração do presidente Donald Trump como “disfuncional”, “atrapalhada” e “inepta”, segundo o jornal Mail de ontem (7), citando uma série de memorandos confidenciais.

Em memorandos para o governo britânico que datam de 2017 até o presente, Kim Darroch disse que Trump “irradia insegurança” e aconselha autoridades em Londres que, para lidar com ele efetivamente, “é necessário apresentar seus pontos com simplicidade e até mesmo contundência”.

“Não acreditamos que esta administração se tornará significativamente mais normal; menos disfuncional; menos imprevisível; menos dilacerada; menos diplomaticamente atrapalhada e inepta”, escreveu Darroch, segundo o jornal.

Em outros memorandos, a publicação afirma que ele descreveu a administração como “unicamente disfuncional” e que relatos da imprensa sobre a “briga de facas” da Casa Branca são “majoritariamente verdadeiros”.

Darroch escreveu que “também podemos estar no começo de uma espiral descendente, em vez de uma montanha-russa: algo pode surgir que levará à desgraça e à queda”.

Mas ele também alertou autoridades britânicas a não descartarem Trump, dizendo que ele tem um “caminho crível” para vencer um segundo mandato. Ele afirmou que Trump pode “emergir das chamas, ferido, mas intacto, como (Arnold) Schwarzenneger nas últimas cenas de Exterminador do Futuro”.

Um porta-voz do Ministério de Relações Exteriores disse que o público espera que embaixadores “forneçam aos ministros uma avaliação honesta e sem verniz da política dos seus países”.

O ministério informou depois que será realizada uma investigação formal sobre o vazamento. Com informações da Agência Brasil

Por Notícias ao Minuto

Classificados

Venda de Chácara no Sítio Aroeira – Cerca de 24 Km do Centro de São José do Belmonte:

Descrição: São 2 Hectares de área 150×150 metros  – Casa com 3 quartos, Sala, Banheiro, Cozinha, Área de Serviço, e área de lazer com churrasqueara. Terreno com fruteiras e um poço com 40 metros de profundidade e com uma vazão de 25.000 mil litros por hora – Terreno escriturado em Cartório, pronto para transferência.

Proprietário Senhor Nivaldo, também conhecido como Padre da Aroeira.

Vendo e aceito veículo ou casa como parte do pagamento.

Ligue para Francisco (87) 9 9944-6695  e faça um bom negócio.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.
Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Mundo

Trump é um “palhaço” que vai “espetar um punhal envenenado” no Irã

Publicado

em

O Ayatollah Ali Khamenei disse que o presidente dos Estados Unidos finge apoiar o povo iraniano e considerou o ataque às bases com soldados norte-americanos no Iraque um “golpe à imagem da América”

Na primeira oração de sexta-feira que o líder supremo iraniano, o Ayatollah Ali Khamenei, fez no Teerã desde 2012, não faltaram as farpas lançadas a Donald Trump e aos Estados Unidos na sequência da escalada de tensão entre Teerã e Washington que marcou as últimas semanas.

Khamenei afirmou que Trump é um “palhaço” que apenas finge apoiar o povo iraniano. O líder supremo destacou que o presidente norte-americano vai “espetar um punhal envenenado” nas costas do Irã. 

Durante a oração também não faltou uma referência à retaliação iraniana depois das forças norte-americanas terem assassinado o general Qassem Soleimani, que o líder supremo considerou ter sido um ato “covarde”. 

Khamenei disse que os ataques com mísseis a bases com soldados dos Estados Unidos no Iraque foi um “golpe à imagem da América” como uma superpotência.

Inicialmente, não houve qualquer informação de que os ataques iranianos tivessem ferido soldados norte-americanos. No entanto, o comando central das forças armadas dos Estados Unidos revelou através de um comunicado que onze soldados ficaram feridos após o ataque à base de Ain al-Assad, “com sintomas de concussão devido às explosões”.

Depois do ataque à base de Ain al-Assad, Donald Trump garantiu numa conferência de imprensa que nenhum “americano ficou ferido”. 

Sobre o ataque acidental ao avião da Ukraine International Airlines, que provocou a morte às 176 pessoas que seguiam a bordo, a maioria iranianos, Khamenei salientou que se tratou de um “acidente amargo” que entristeceu tanto o Irão como deixou os seus inimigos felizes. 

Depois do governo de Teerã ter assumido que abateu acidentalmente o avião ucraniano, registraram-se vários protestos na capital iraniana. O principal visado dos manifestantes foi o líder supremo Khamenei.

O Ayatollah Ali Khamenei ocupa a posição mais importante na hierarquia da República Islâmica do Irão desde 1989.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Mundo

EUA eleva alerta de segurança para viagens ao Brasil

Publicado

em

O Departamento de Estado dos Estados Unidos elevou o nível de alerta para turistas americanos que viajam para o Brasil. De acordo com o órgão, a medida foi tomada devido ao aumento do risco de crimes principalmente em favelas, nas cidades-satélites de Brasília e em áreas de fronteira. O alerta de segurança para o Brasil é nível 2 (em que é preciso cautela) em uma escala de um a quatro, mas nas áreas especificadas sobe para nível 4 (em que não é aconselhável a viagem).

Comunicado divulgado hoje aconselha aos turistas a não visitarem “empreendimentos informais de habitação (comumente referidos no Brasil como favelas, vilas, comunidades e/ ou conglomerados) a qualquer hora do dia devido a crimes”.

Sobre as favelas, o alerta informa que “nem as empresas de turismo nem a polícia podem garantir sua segurança ao entrar nessas comunidades”. E ressalta que mesmo nas comunidades que a polícia ou os governos locais consideram seguros, “a situação pode mudar rapidamente e sem aviso prévio”.

Ainda segundo o comunicado americano, os turistas também precisam ter cautela nas áreas próximas, “pois ocasionalmente os combates entre gangues e os confrontos com a polícia ultrapassam os limites dessas comunidades”.

Segundo o órgão, também não é aconselhado a ida de turistas para as cidades-satélites de Ceilândia, Santa Maria, São Sebastião e Paranoá durante o horário noturno.

O conselho também vale para quase toda a região de fronteira do Brasil: “quaisquer áreas a menos de 150 km/ 100 milhas das fronteiras terrestres do Brasil com Venezuela, Colômbia, Peru, Bolívia, Guiana, Suriname, Guiana Francesa e Paraguai”. O alerta só não vale para o Parque Nacional de Foz do Iguaçu ou ao Parque Nacional do Pantanal, como ressalta a nota.

Ainda de acordo com o órgão do governo americano, “crimes violentos, como assassinato, assalto à mão armada e roubo de carros, são comuns em áreas urbanas, dia e noite. A atividade de gangues e o crime organizado é generalizada. Assaltos são comuns. Os funcionários do governo dos EUA são desencorajados a usar ônibus públicos municipais em todas as partes do Brasil devido ao risco elevado de assalto e agressão a qualquer hora do dia e, especialmente, à noite”.   

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Mundo

Oriente Médio: Irã ataca base americana no Iraque e deixam feridos

Publicado

em

Bombas atingiram a base militar de Balad, no Iraque, neste domingo(12).

Segundo informações neste bombardeio de hoje(12), pelo menos 4 soldados iraquianos ficaram feridos, segundo a Reuters.

As fontes militares disseram que os foguetes caíram na pista dentro da base, localizada a 80 km ao norte de Badgá. A tensão continua alta no Irão após a morte do general Qassem Soleiman.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda  

Trending