Conecte-se Conosco

Esporte

Apadrinhado por Alex, Zé Rafael revela que é palmeirense desde criança

Publicado

em

Dentro de campo, Zé Rafael disse que tem mais características para atuar pelos lados do campo do que centralizado

Na semana de apresentações no Palmeiras, a quarta-feira (9) foi de Zé Rafael. Destaque deste início de pré-temporada, o meio-campista revelou em sua última resposta que sempre foi palmeirense.

Contratado após ter defendido o Bahia em 2018, o meio-campista ainda lembrou de sua boa relação com Alex, com quem conviveu nos tempos de Coritiba, no início de sua carreira. Os dois, inclusive, se chamavam por apelido: o hoje comentarista era o “cabeça”; já o meio-campista, “nareba”.

“O Alex é um grande amigo meu, estava subindo no Coritiba e ele me ajudou muito naquela época em que voltou ao Brasil. Quando ele soube que eu estava para vir para cá, me deu muita força, apoio. Falou que o clube era sensacional, e estou vendo tudo isso agora. Ele praticamente apadrinhou quem estava subindo (ao profissional) e ensinou muita coisa”, afirmou o atleta que ainda não tem número definido.

Natural do Paraná, da cidade de Ponta Grossa, Zé sempre disse que sempre fez parte da numerosa torcida do Palmeiras no estado do sul do país.

“É verdade, eu era palmeirense desde moleque. Meus pais e meus avós são palmeirenses. Esse é mais um motivo pelo qual eu escolhi o Palmeiras quando tive todas as propostas. Nunca tinha vazado essa informação. Não é para fazer média. Eu era muito palmeirense quando era criança”, revelou.

Dentro de campo, Zé Rafael disse que tem mais características para atuar pelos lados do campo do que centralizado. Como manda o “manual do bom jogador”, no entanto, ele afirmou que o importante é ter uma chance de atuar.

“Eu tenho características diferentes das do Lucas Lima. Ele é qualificado, a gente sabe. Eu sou mais de velocidade e força, que não usa tanto a bola quanto o Lucas. Mas, conforme for solicitado na partida, eu acho que posso ajudar e aumentar a média de número de jogos também”, afirmou.

“Posso fazer também a função que o Willian fazia pela ponta direita. Mas não tenho preferência de lado, então tanto faz. Conforme for o critério do professor, ele vai decidir quem vai fazer essa função”, finalizou. (Por Folhapress)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Esporte

Casemiro será capitão do Brasil em amistoso contra o Panamá

Publicado

em

A escalação será a seguinte: Ederson; Fagner, Éder Militão, Miranda e Alex Telles; Casemiro; Coutinho, Arthur, Paquetá e Richarlison; Roberto Firmino

Casemiro será o capitão de Tite no amistoso deste sábado (23) contra o Panamá, no Estádio do Dragão, no Porto, em Portugal. O volante foi escolhido pelo treinador para vestir a braçadeira já que Neymar não está convocado por problemas de lesão.

Depois de ter feito o rodízio da faixa até a Copa do Mundo, o comandante havia anunciado que o atleta do PSG seria o capitão fixo a partir dos amistosos de setembro, nos Estados Unidos.

Como não poderá contar com Neymar, Tite selecionou o volante, que já tinha recebido essa função nas Eliminatórias da Copa de 2018, em um jogo contra a Bolívia.

Casemiro dará entrevista hoje ao lado do treinador, no último treino antes de o jogo ser disputado.

A escalação será a seguinte: Ederson; Fagner, Éder Militão, Miranda e Alex Telles; Casemiro; Coutinho, Arthur, Paquetá e Richarlison; Roberto Firmino.

(Por Notícias ao minuto)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Esporte

Corinthians perde recurso e taça de Mundial volta a ser penhorada

Publicado

em

Mesmo com a penhora, a Justiça não deve fisicamente tomar o troféu conquistado no Japão

O Corinthians perdeu o recurso que suspendia a penhora da taça do Mundial de Clubes da Fifa de 2012. O caso foi julgado no TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) nessa quarta-feira (20), com vitória do Instituto Santanense de Ensino Superior.

Em nota, o clube informou não ter sido comunicado sobre a decisão. “De todo modo, o Corinthians assegura a sua torcida que o imbróglio judicial será resolvido e não considera que a prestigiada e inestimável taça esteja em risco”, disse.

A medida ocorreu em uma cobrança do Santanense por conta de uma dívida entre R$ 2,5 milhões e R$ 4,5 milhões, segundo a universidade. Antes da taça, a defesa do Santanense tentou penhorar a conta bancária do Corinthians e até o dinheiro da venda do meia Rodriguinho para o exterior no ano passado.

O Corinthians perdeu no TJ-SP por três votos a zero. A decisão já publicada foi dos desembargadores Paulo Pastore Filho, João Batista Vilhena e Souza Lopes.

Mesmo com a penhora, a Justiça não deve fisicamente tomar o troféu conquistado no Japão. Por ora, o clube fica impedido de fazer atividades com a taça, ou até mesmo mesmo vendê-la ou tirá-la do país, pois o objeto seria colocado a leilão no futuro caso realmente a dívida não seja quitada.

Leia nota oficial do Corinthians sobre o caso:

“O Sport Club Corinthians Paulista informa que não foi intimado pela Justiça sobre qualquer decisão acerca do recurso atinente à penhora da taça do Mundial de 2012 e, portanto, não teve acesso ao teor da suposta decisão veiculada por alguns veículos de comunicação na rede mundial de computadores.

A agremiação trabalha para solucionar o caso e reiteradas vezes ofereceu propostas de acordo, inclusive recentemente propôs parcelamento do valor da referida dívida alegada pelo Instituto Santaense em 6 vezes, à semelhança do que é autorizado por Lei em casos de execução.

O clube aguardará a decisão da Justiça acerca do pedido de parcelamento, bem como aguardará a publicação do acórdão referente à penhora, para voltar a se manifestar.

De todo modo, o Corinthians assegura a sua torcida que o imbróglio judicial será resolvido e não considera que a prestigiada e inestimável taça esteja em risco, sendo a penhora medida que tem como único intuito gerar efeito midiático infundado que não condiz com as tratativas que até então vinham sendo mantidas.”

(Por Notícias ao minuto)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Esporte

Náutico vence o Vitória-PE com tranquilidade e segundo a se classificar para às semifinais do Pernambucano

Publicado

em

O Primeiro foi o Salgueiro, ao vencer o Central de virada, por 2×1.

Timbu constrói resultado no primeiro tempo e amplia no segundo: 3 a 0; Adversário sai do jogo entre Santa Cruz e Afogados.

Não teve drama, não teve sufoco. Dentro de casa, o Náutico se impôs diante do Vitória-PE, encaminhou o resultado no primeiro tempo e, no segundo, soube administrar a vantagem que construíra e ampliar: 3 a 0, gols marcados por Assis e Luiz Henrique, na etapa inicial, e Wallace Pernambucano, no tempo complementar. O Timbu avanças às semifinais do Pernambucano. O Tricolor das Tabocas está eliminado. Volta no ano que vem.

O primeiro tempo foi de tranquilidade para o Náutico. No início, porém, não pareceu que seria assim. O primeiro lance de perigo foi do Vitória, em escanteio que quase virou gol. Foi a única chance de perigo do Tricolor das Tabocas. Com movimentação e troca de passes, o Timbu envolveu o adversário sem muita resistência. Passou a colecionar oportunidades. O gol saiu em falta muito bem cobrada por Assis. Pouco depois, Odilávio deu bolão para Luiz Henrique ampliar. O placar poderia ter sido ainda maior: Robinho perdeu duas grandes chances, uma delas no travessão, e Thiago desperdiçou outra. Ainda assim, a equipe de Márcio Goiano foi para os vestiários com confortáveis 2 a 0 de frente.

Com a boa vantagem de 2 a 0, o Náutico não forçou muito no segundo tempo. O Vitória até tentou ir para cima, mas esbarrou na falta de qualidade e no bom comportamento defensivo do Timbu, que neutralizou as principais jogadas. Mesmo sem o pé no acelerador, o time da casa aumentou o placar. Wallace Pernambucano, que entrou no segundo tempo, cobrou com categoria pênalti sofrido por Thiago. No fim, o Vitória ainda teve algumas chances, algumas por cochilos alvirrubros, mas não conseguiu diminuir: 3 a 0, placar final.

O Náutico agora pelo Pernambucano, espera o vencedor de Santa Cruz x Afogados, que só se enfrentam na próxima quarta-feira.

Público: 4.180 Renda: R$ 44.940,00 (Com Informações do GE PE)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda

Trending