Conecte-se Conosco

Saúde

Apenas 56% do público-alvo já tomou a vacina da gripe este ano

Publicado

em

Balanço do Ministério da Saúde, divulgado nesta quarta-feira (15), mostra que mais de 26 milhões de pessoas ainda precisam se vacinar. Campanha se encerra em 31 de maio.

Cerca de 33 milhões de brasileiros haviam recebido a vacina da gripe até esta quarta-feira (15). O número corresponde a apenas 56% do público-alvo da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, que termina no fim deste mês, em 31 de maio. Os dados são do último balanço do Ministério da Saúde (MS).

A vacina da gripe este ano protege contra três subtipos graves da influenza: A H1N1, A H3N2 e influenza B. A vacina contra a gripe de 2019 está disponível para 59,5 milhões de brasileiros. A escolha do público-alvo é determinada de acordo com recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Até 27 de abril, foram registradas 99 mortes por influenza em todo o país. Ao todo, 535 pessoas precisaram ser hospitalizadas. Entre os casos fatais, 90% (88 pessoas) dos mortos pertenciam a grupos de risco, como idosos, portadores de doenças crônicas, crianças, gestantes, indígenas e puérperas.

Cobertura vacinal por estado

O relatório indica que os estados com maior cobertura até o momento são Amapá (83,81% do público alvo), Espírito Santo (69,4%), Alagoas (66,1%) e Rondônia (66%). No Amazonas, onde a campanha começou antes por haver um surto de gripe, a cobertura vacinal atinge 88,8% do público.

A situação é mais grave nos estados com menor cobertura: preocupa o cenário no Rio de Janeiro, com 38,3% do público alvo vacinado, e também no Acre (45%), São Paulo (48,8%), Pará (50,0%) e Roraima (51,8%).

Quem deve tomar a vacina?

As vacinas oferecidas gratuitamente pelo governo são destinadas a:

  • Crianças de 6 meses a 5 anos de idade;
  • Gestantes; puérperas, isto é, mães que deram à luz há menos de 45 dias;
  • Idosos;
  • Profissionais de saúde, professores da rede pública ou privada, portadores de doenças crônicas, povos indígenas e pessoas privadas de liberdade.
  • Portadores de doenças crônicas (HIV, por exemplo) que fazem acompanhamento pelo SUS também têm direito à vacinação gratuita.

Quem não faz parte dessas categorias pode adquirir a vacina contra a gripe na rede privada por cerca de R$ 100 a 150.

A vacina não é capaz de causar a gripe em quem recebe. Ela permite que o paciente fique imune aos tipos de vírus mais comuns em circulação sem ficar doente. Por G1

Classificados

Descrição: São 5,5×20 metros de área construída na melhor localização da Cidade, situado na Av. Primo Lopes, 81 – Centro de São José do Belmonte, antigo prédio usado pela Honda – Aliança Moto.

Excelente oportunidade para você que está precisando de um local para um comércio.

Agende sua visita e veja de perto tudo o que esse prédio tem e pode lhe oferecer. Essa é uma grande oportunidade.

Ligue agora mesmo (85) 9 99804788 e faça um bom negócio.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Saúde

Deliciosas e nutritivas. Dez super benefícios das cerejas

Publicado

em

Há muitos bons motivos para comê-la!

Além do seu sabor delicioso, o que pode não saber, conforme explica o portal Mundo Boa Forma, é que consumir cerejas frequentemente acarreta inúmeros benefícios para a saúde.

De baixo índice calórico, a fruta é rica em nutrientes saudáveis, antioxidantes, minerais e vitaminas. Tais como vitamina C, ácido fólico, betacaroteno, cálcio, potássio, magnésio, flavonoides e fósforo.

Eis, segundo o portal Mundo Boa Forma, dez benefícios de comer cerejas. Diga sim!

  1. Combate as dores de cabeça e as insônias;
  2. Age ativamente contra o envelhecimento, contraria o desenvolvimento de doenças neurológicas e de cancro;
  3. Atua contra artrite, lesões e fibromialgia;
  4. Contribui para a diminuição da gordura na zona abdominal;
  5. Reduz dores musculares;
  6. Risco menor de enfartes e de acidentes vasculares cerebrais (AVC’c);
  7. Emagrece;
  8. Protege contra o Alzheimer;
  9. Combate a diabetes;
  10. Reduz a pressão alta.

Por Notícias ao Minuto

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Saúde

Coronavírus pode causar “danos na placenta” das grávidas

Publicado

em

Mulheres grávidas que sofreram de Covid-19 devem ser acompanhadas mais próxima e atentamente pelos profissionais de saúde

descoberta surge após a realização de um estudo que revelou que a doença pode provocar “danos na placenta” – que atua como o ventilador ‘personalizado’ do feto. 

O novo estudo, publicado no American Journal of Clinical Pathology, refere que esses ferimentos podem provocar algumas anormalidades na circulação de sangue entre as mães e os bebês. 

Contudo, os médicos asseguram que estes ferimentos não parecem causar danos no bebê. 

Os investigadores examinaram a placenta de 16 mulheres que haviam testado positivo para o coronavírus SARS-CoV-2 durante a gravidez. 

Exames patológicos revelaram evidências de danos na placenta. 

Mas, notavelmente, a equipa afirmou que esses danos não pareciam acarretar consequências negativas para a saúde dos bebês recém-nascidos; porém, acrescentou que gestantes com um historial de coronavírus requerem um acompanhamento mais rigoroso por parte dos médicos. 

O Royal College of Obstetricians and Gynaecologist, no Reino Unido, salienta que a maioria das grávidas infetadas com o SARS-CoV-2 tiveram uma gravidez normal e saudável e que os bebês nasceram bem e sem sequelas aparentes.

Os especialistas sublinharam igualmente que as gestantes não apresentam um risco acrescido de sofrerem abortos espontâneos devido à Covid-19, e que até ao momento não existem provas científicas de que a doença contribua para o término involuntário da gravidez. 

Por Notícias ao minuto

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Saúde

Coronavírus: Pernambuco é o 3º em nº de cidades com mortes

Publicado

em

Pernambuco é a terceira unidade federativa que mais tem municípios com mortes confirmadas em decorrência das complicações da Covid-19. O dado está no boletim epidemiológico publicado ontem pelo Ministério da Saúde, que divulga semanalmente uma análise detalhada sobre o perfil da transmissão do novo coronavírus no Brasil. Segundo o governo federal, 122 dos 184 municípios pernambucanos já confirmaram óbitos causados pela doença. Isso mostra que, em dois meses (a contar do primeiro registro de vítima fatal por covid-19), 66,3% das cidades do Estado contabilizam mortes relacionadas à infecção. Na frente de Pernambuco, que totaliza 2.669 vidas ceifadas pela doença, estão apenas o Ceará, com 128 municípios com óbitos confirmados, e São Paulo, que lidera o ranking, com 236 cidades que contabilizam vítimas fatais.

Esse recorte do Ministério da Saúde confirma como a epidemia, após ter iniciado pelo Recife, percorre pela Zona da Mata, Agreste e Sertão de Pernambuco. Até ontem, segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES), 160 municípios (87% dos 184) e o Arquipélago de Fernando de Noronha já contabilizavam casos graves de covid-19. São quadros de síndrome respiratória aguda que causa desconforto respiratório intenso e geralmente exige internamento em leitos de enfermaria ou unidade de terapia intensiva (UTI). Na Zona da Mata, as cidades que mais confirmaram casos graves do novo coronavírus foram Vitória de Santo Antão (244), Água Preta (70), Escada (70) e Palmares (69). No Agreste pernambucano, os pacientes que apresentam quadros mais severos da doença são moradores de Caruaru, com 159 casos desse tipo, Gravatá (49) e Garanhuns (35). Já Arcoverde, Sagueiro e Petrolina são municípios localizados no Sertão que mais reúnem casos graves de covid-19: 32, 37 e 37, respectivamente.

Ontem o Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe) notificou 33 municípios pernambucanos para adequação da assistência à covid-19. Essas cidades reúnem 115 denúncias, feitas por médicos, contabilizadas pelo Conselho Federal de Medicina (CFM). As queixas vão desde falta de equipamentos de proteção individual, equipes incompletas e falta de vagas na UTI – todos os relatos associados à assistência aos pacientes com suspeita e confirmação da infecção.

Em nota, o Cremepe destaca que a interiorização da doença pode gerar muitos casos graves, o que coloca as cidades menores em risco de colapso do sistema de saúde. O Cremepe alertou que a persistência das inconformidades levará a medidas que podem chegar à interdição ética do serviço. “Os relatórios também serão enviados ao Ministério Público de Pernambuco e Tribunal de Contas do Estado”, frisa a nota do conselho.

Ontem o Estado anunciou que o enfrentamento à pandemia de covid-19 será intensificado em junho com três hospitais de campanha e 38 novos leitos de UTIs nas cidades de Vitória de Santo Antão, Garanhuns, Caruaru, Serra Talhada e Goiana. “Temos monitorado diariamente os dados da doença, inclusive a entrada dela no interior, e atuado na vigilância dos casos e também para garantir a estrutura necessária na rede de saúde”, comentou a secretária-executiva de Vigilância em Saúde do Estado, Luciana Albuquerque.

Em Caruaru, serão instalados 104 leitos, sendo 76 de enfermaria, 26 semi-intensivos e dois de estabilização. A unidade de Serra Talhada terá 95 leitos (72 de enfermaria, 22 semi-intensivos e um para estabilização). Já o Hospital de Campanha de Petrolina terá capacidade para 102 leitos (74 de enfermaria, 26 de tratamento semi-intensivo e duas vagas para estabilização). O Estado também assegurou que serão entregues, nos próximos dias, 38 leitos de UTI nas cidades de Vitória de Santo Antão, Garanhuns, Caruaru, Serra Talhada e Goiana. Ao todo, Pernambuco tem hoje 1.447 vagas de assistência hospitalar dedicadas a covid-19, sendo 635 UTIs.

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda  

Trending