Conecte-se Conosco

Saúde

Bebidas açucaradas estão associadas ao aumento do risco de câncer?

Publicado

em

Bebidas açucaradas, inclusive sucos de fruta e refrigerantes, podem estar ligados ao aumento do risco de câncer, dizem cientistas franceses.

A correlação foi sugerida por um estudo publicado no British Medical Journal que acompanhou mais de 100 mil pessoas por cinco anos.

O time da Universidade Sorbonne, em Paris, sugere que o impacto nos níveis de açúcar no sangue pode ter peso nisso.

No entanto, a pesquisa está longe de ser uma prova definitiva, e especialistas apontam a necessidade de mais estudos para comprovar a ligação entre bebidas doces e câncer.

O que pode ser considerado bebida açucarada?

Os autores da pesquisa definem bebida açucarada como aquela que contém mais de 5% de açúcar.

Isso inclui sucos de fruta – mesmo aqueles que não têm adição de açúcar. Também entram no rol de bebidas açucaradas os refrigerantes, milkshakes adoçados e energéticos, além de chás e cafés feitos com açúcar.

O time de especialistas também analisou bebidas dietéticas que utilizam adoçantes com zero caloria. Neste caso, não foi identificada ligação com a ocorrência de câncer.

Quão grande é o risco de câncer?

Os pesquisadores dizem que o recomendável é beber menos de um copo ou lata por dia de bebida açucarada. O estudo concluiu que beber um adicional de 100 mililitros por dia pode aumentar o risco de desenvolver câncer em 18%.

Para cada mil pessoas observadas no estudo, houve 22 casos de câncer em cinco anos. Portanto, se todas tivessem bebido 100 mililitros adicionais de bebida açucarada por dia, isso teria causado mais quatro casos de câncer, elevando o número de 22 para 26 a cada mil pessoas, apontam os pesquisadores.

“O estudo sugere um link genuíno entre bebidas açucaradas e o desenvolvimento de câncer, mas para provar isso é preciso mais pesquisas”, ressalta Graham Wheeler, do Câncer Research UK.

Dos 2.193 cânceres identificados no estudo da Universidade Sorbonne, 693 foram de mama, 291 eram de próstata e 166, de colorretal.

Mulher bebendo suco

É uma prova definitiva?

Não. A maneira como a pesquisa foi desenhada significa que ela pode identificar padrões nos dados obtidos, mas não explicá-los.

Ou seja, o estudo demonstrou que há mais incidência de câncer entre pessoas que bebem mais bebidas doces (185 mililitros por dia) do que entre as que menos bebem esse tipo de bebida (menos de 30 mililitros por dia).

Uma explicação possível é que bebidas açucaradas aumentam o risco de desenvolver câncer.

Mas é possível que as pessoas que bebem mais bebidas açucaradas tenham outros hábitos pouco saudáveis que contribuem para a incidência de câncer, como, por exemplo, comer mais sal ou alimentos calóricos. Ou seja, neste caso, pode ser que o açúcar em si não seja o responsável pelo desenvolvimento da doença.

“O estudo não oferece uma resposta causal definitiva sobre açúcar e câncer, mas agrega à fotografia geral sobre a importância de reduzir o consumo de açúcar”, diz Amelia Lake, da Universidade Teesside, no Reino Unido.

A grande questão é a obesidade?

homem se pesando

A obesidade é a maior causa de alguns tipos de câncer, e o consumo excessivo de bebidas açucaradas pode engordar.

Mas essa não é a única explicação para a ligação entre açúcar e câncer. “Obesidade e ganho de peso causados pelo consumo excessivo de bebidas doces certamente cumprem um papel nessa associação, mas não a explicam por inteiro”, diz Mathilde Touvier, uma das autoras da pesquisa.

Mas, então, o que pode estar por trás disso?

Os pesquisadores franceses dizem que a ligação está “fortemente associada ao teor de açúcar” e eles culpam o nível de açúcar no sangue.

Os autores do estudo também sugerem que alguns químicos presentes nas bebidas, como as que garantem cor atrativa, podem ter parcela da culpa na incidência de câncer.

Mas essa conclusão não é unânime entre especialistas.

“Eu acho difícil a plausibilidade biológica disso, já que não houve diferença significativa entre os grupos observados em relação a peso corporal e incidência de diabetes, que são comumente citados como fatores de risco associados ao câncer”, diz a nutricionista Catherine Collins, que integra o NHS, o serviço de saúde pública do Reino Unido.

O que os autores do estudo dizem?

A equipe da Universidade Sorbonne diz que estudos de maior escala são necessários para corroborar os achados.

“Bebidas açucaradas são conhecidas por estarem associadas ao risco de doenças cardiovasculares, sobrepeso, obesidade e diabetes”, diz Mathilde Touvier.

“Mas o que mostramos é que elas também podem estar associadas ao risco de câncer.”

soda

Para ela, a pesquisa indica que pode ser uma boa ideia taxar mais bebidas açucaradas.

“Esse estudo apoia a relevância de recomendações nutricionais para reduzir o consumo de bebidas açucaradas, inclusive sucos feitos 100% com frutas, assim como a adoção de tributos maiores com o objetivo de restringir esses produtos”, defende.

O que dizem as empresas que fabricam essas bebidas?

A Associação Britânica de Bebidas Sem Álcool diz que o estudo “não traz evidências da causa, como os próprios autores admitem”.

“Bebidas sem álcool são seguras para o consumo como parte de uma dieta balanceada”, diz o diretor-geral da associação, Gavin Partington.

“A indústria de bebidas não alcóolicas reconhece que tem um papel a cumprir na redução da obesidade, por isso estamos liderando o caminho para a redução de calorias e açúcar.” Por BBC

Classificados

Venda de Chácara no Sítio Aroeira – Cerca de 24 Km do Centro de São José do Belmonte:

Descrição: São 2 Hectares de área 150×150 metros  – Casa com 3 quartos, Sala, Banheiro, Cozinha, Área de Serviço, e área de lazer com churrasqueara. Terreno com fruteiras e um poço com 40 metros de profundidade e com uma vazão de 25.000 mil litros por hora – Terreno escriturado em Cartório, pronto para transferência.

Proprietário Senhor Nivaldo, também conhecido como Padre da Aroeira.

Vendo e aceito veículo ou casa como parte do pagamento.

Ligue para Francisco (87) 9 9944-6695  e faça um bom negócio.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

 

Saúde

Protetor solar também ajuda a manter a saúde dos vasos sanguíneos

Publicado

em

Ao reduzir a influência da radiação ultravioleta sobre o óxido nítrico, o uso do filtro solar diariamente ainda é mais importante para aqueles que passam muito tempo trabalhando, se exercitando ou participando de outras atividades ao ar livre, para proteger a função vascular

Apesar das displicências no uso diário, é sabido que o filtro solar protege a pele contra as queimaduras solares, o envelhecimento precoce e também reduz o risco do câncer de pele. Mas um estudo publicado no final de 2018 vai além e garante que o produto pode proteger também os vasos sanguíneos, ajudando a resguardar suas funções.

Estudos anteriores já mostraram que a radiação ultravioleta influencia o comportamento dos vasos sanguíneos da pele. Especificamente, ela reduz o nível de vasodilatação mediado pelo óxido nítrico (NO). Entre outros papéis, o óxido nítrico funciona como um vasodilatador, o que significa que desencadeia relaxamento nos músculos lisos ao redor dos vasos sanguíneos, aumentando assim o fluxo sanguíneo”, afirma a cirurgiã vascular e angiologista Dra. Aline Lamaita, membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular e do American College of LifeStyle Medicine.

“Mas a influência do óxido nítrico pode chegar mais longe do que na pele, uma vez que a vasodilatação pode ter efeito geral até sobre a pressão arterial”, acrescenta a médica.

De acordo com a angiologista, a vasodilatação na pele desempenha um papel vital ao permitir que o corpo mantenha sua temperatura e responda ao estresse pelo calor. “Se o corpo está superaquecendo, o óxido nítrico entra em cena, produz vasodilatação na pele, o que aumenta o fluxo sanguíneo e, portanto, a perda de calor através da pele”, explica. Segundo o estudo, praticamente todo tipo de célula da pele é capaz de produzir óxido nítrico, mas um produto químico chamado 5-metiltetra-hidrofolato (5-MTHF) é essencial para esse processo. E os especialistas do estudo acreditam que a radiação ultravioleta do sol reduz os níveis de 5-MTHF disponíveis na pele, limitando a vasodilatação. “E como escrevem os autores do estudo, a vasodilatação associada ao óxido nítrico é um marcador da saúde vascular da pele”.

Sabendo desses efeitos, os pesquisadores do Pennsylvania State University investigaram como o uso de filtro solar pode influenciar a relação entre radiação ultravioleta e vasodilatação. Os participantes do estudo tiveram os braços expostos à radiação ultravioleta, enquanto o outro braço serviu como controle. A exposição aos raios ultravioleta foi equivalente a passar cerca de 1 hora fora em um dia ensolarado. Cada participante foi submetido a três testes em paralelo no braço exposto: radiação diretamente na pele, radiação na pele com protetor solar e radiação na pele com suor.

O estudo demonstrou que radiação ultravioleta impediu o óxido nítrico de desencadear o relaxamento dos músculos nos vasos sanguíneos, reduzindo assim a capacidade do corpo de se resfriar. “Por outro lado, as áreas de filtro solar não mostraram redução na vasodilatação associada ao óxido nítrico”, completa a médica. “Para aqueles que passam muito tempo trabalhando, se exercitando ou participando de outras atividades ao ar livre, o uso de filtro solar pode proteger não apenas o câncer de pele, mas também a redução da função vascular da pele”, diz a médica. “Independentemente de outros estudos replicarem suas descobertas, o uso de filtro solar orientado pelo dermatologista de acordo com seu tipo de pele ainda é fundamental”, finaliza a médica. (POR NOTÍCIAS AO MINUTO)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

 

Continue lendo

Saúde

Campanha Dezembro Laranja – Prevenção e conscientização do câncer de pele

Publicado

em

Trata-se de uma campanha cujo objetivo é aumentar a conscientização sobre o câncer de pele e os riscos da exposição solar sem o uso de protetores solares e outras formas de proteção contra a radiação ultravioleta. A ideia veio da Sociedade Brasileira de Dermatologistas (SBD) em 2014 e pretende contribuir para redução dos casos da doença no Brasil.

A iniciativa tem apoio de várias entidades com a realização de atividades de conscientização em praias, parques, praças, ações de informação na internet e a iluminação laranja de monumentos e órgãos governamentais espalhados pelo país.

Este ano, além de conscientizar a população sobre a prevenção desde a infância, as ações da Campanha Dezembro Laranja serão enfocadas nos principais sinais da doença para o diagnóstico e tratamento precoces.

Dezembro foi o escolhido pois é o mês do verão no hemisfério sul. É quando as pessoas saem de casa e vão para praia e parques, onde ficam mais expostas ao sol e, consequentemente, aos fatores de risco do câncer de pele.

Dica: use o Dezembro Laranja como inspiração e siga as medidas fotoprotetoras:

(Por Home Noticias)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Saúde

Entenda por que ficamos tontos quando nos levantamos de repente

Publicado

em

Não é algo que aconteça sempre, mas está associado a situações concretas

Está deitado e sente-se tonto ao levantar da cama rápido? Acontece o mesmo quando está há algum tempo sentado em frente ao computador ou quando se levanta de repente do sofá? Essa tontura passa em meros segundos? Não é caso para ficar assustado.

Trata-se de uma condição chamada de hipotensão ortostática inicial, que leva que a pessoa sinta tonturas e fique até com a visão turva ao mudar repentinamente de postura, mais concretamente, ao se colocar de pé depois de estar sentada ou deitada.

Mas, por que é que isso acontece? De acordo com o médico M. A. Ikram, “estes sintomas ocorrem porque há uma diminuição temporária da quantidade de sangue – e de oxigénio – fornecido ao cérebro”. Em declarações à revista Time, o especialista explica que ao mudarmos o corpo de posição de forma rápida (ou passadas várias horas com a mesma postura) ‘a gravidade’ faz com que seja mais difícil com que o sangue seja novamente transportado para o coração e cérebro, causando, por isso, uma sensação de fraqueza.

“Isto pode causar uma queda temporária na tensão arterial e é necessário um curto período de tempo para que os mecanismos corretivos possam entrar em ação”, diz, salientando que os maiores níveis de desidratação podem fazer com que as pessoas fiquem mais propensas a esta condição.

Mas trata-se de algo grave? Não necessariamente. Se a tontura passar e a visão voltar ao normal dentro de segundos, então não há motivo para sustos, mas se a sensação for recorrente e não passar rapidamente, então o melhor é consultar um médico, pois pode estar perante um caso de disautonomia, isto é, a incapacidade do organismo voltar à normalidade.

Por Notícias ao Minuto

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda  

Trending