Conecte-se Conosco

Política

Câmara aprova programa de crédito para pequenas empresas

Publicado

em

A Câmara dos Deputados aprovou a Medida Provisória 975/20, que cria um programa emergencial de crédito para pequenas e médias empresas, complementando o Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte. Para o deputado Silvio Costa Filho (Republicanos), diante dos impactos econômicos decorrentes da pandemia de coronavírus, a aprovação da proposta tem um papel fundamental neste momento de crise sanitária e econômica, já que vai garantir um alívio fiscal para os empresários, além da manutenção dos postos de trabalho.

O crédito será operacionalizado pelo Fundo Garantidor para Investimentos e a União vai elevar a participação no fundo em R$ 20 bilhões. Além disso, as empresas terão mais oportunidade de crédito e poderão solicitar o auxílio financeiro através de maquininhas de crédito, no valor de R$10 bilhões. As operações terão taxa de juros de até 6% ao ano, com prazo de 36 meses para pagamento, incluído o prazo de carência de seis meses para início do pagamento, com capitalização de juros durante esse período.

“O Congresso Nacional tem feito um esforço para votar e aprovar medidas que ajudem o Brasil, sempre dialogando com todo o setor produtivo e a equipe econômica. Não tenho dúvida que o Programa Emergencial de Acesso ao Crédito tem um papel fundamental para ativar a economia, sobretudo preservando o emprego e a renda para a população. O projeto vai ajudar no fluxo de caixa das empresas, vai dar carência de no mínimo seis meses, além de garantir prazo de até 60 meses no pagamento do auxílio. Um avanço neste momento difícil”, pontuou Silvio.

O benefício poderá ser utilizado por empresas que tiveram receita bruta anual maior que R$ 360 mil e menor ou igual a R$ 300 milhões no ano passado. Além da MP 975, a Câmara dos Deputados aprovou várias medidas de socorro às empresas e que visam garantir renda para quem mais precisa, a exemplo da PL 1274, que cria o programa de auxílio emergencial para as Microempresas e Empresas de Pequeno Porte, possibilitando cobertura integral dos salários dos empregados em troca da manutenção do vínculo empregatício e de linha de crédito especial.

“As medidas econômicas que estão sendo tomadas, a exemplo do auxílio emergencial para quem mais precisa e o suporte às empresas, vão injetar recursos na economia na ordem de R$257 bilhões. Esses recursos podem amenizar a queda do Produto Interno Bruto brasileiro prevista para este ano. Até agora, mais de 65 milhões de brasileiros foram beneficiados com o auxílio emergencial. Os R$ 121 bilhões já transferidos às famílias geraram receita de R$ 36,4 bilhões para União, Estados e municípios. Caso o gasto total previsto seja efetivamente realizado, os governos terão retorno de até R$ 78,8 bilhões sob a forma de impostos e tributos, o que vai garantir o pagamento do funcionamento público e investimentos em áreas essenciais”, frisou Silvio.

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Política

Deputado Eduardo da Fonte parabeniza Defensoria Pública por ação que proíbe a Celpe de cortar energia de consumidores residenciais

Publicado

em

A Defensoria Pública de Pernambuco informou que a Celpe continua proibida de fazer cortes de energia de todos os consumidores residenciais pelo menos até 16 de setembro, data estipulada pelo Governo de Pernambuco como período de emergência e que pode ser prorrogada. A proibição foi conseguida em uma liminar concedida pela 3ª Vara Cível do Recife e celebrada pelo deputado federal Eduardo da Fonte.

“Os defensores públicos estão atentos e sensíveis aos direitos da população, especialmente nessa crise sanitária que o Brasil atravessa. Parabenizo todos por combaterem os desmandos da Celpe, que não se furta em avançar sobre os pernambucanos”, destaca Eduardo da Fonte.

Também tramita na Justiça uma ação protocolada por Eduardo da Fonte, que tem histórico de ações em defesa do consumidor contra abusos do setor elétrico, solicitando a suspensão do reajuste médio de 5,16% na tarifa de energia, em vigor desde julho.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

 

Continue lendo

Política

Senador Humberto Costa quebra o silêncio sobre eleições municipais

Publicado

em

Um dos principais articuladores e defensores da aliança do PT com o PSB em Pernambuco, senador Humberto Costa (PT), afirmou que não deve se posicionar contrário ao aval da executiva nacional petista sobre a pré-candidatura da deputada federal Marília Arraes (PT) à Prefeitura do Recife. A última decisão do diretório foi tomada após reunião na sexta-feira e definiu por candidatura própria na capital, o que, na avaliação de aliancistas poderia prejudicar o acordo estabelecido pelo PT e PSB desde 2018 no estado.

O senador colocou que apesar da postulação independente, a relação do PT com o PSB não “deve” ser impactada. “É importante que não venha a impactar. Eu acho que a campanha do PT não pode ser uma campanha contra o PSB. Tem que ser uma campanha em defesa do PT e contra a direita”, avalia.

Nas eleições gerais de 2018, Marília Arraes se colocou à disposição do diretório estadual do PT para concorrer ao governo do estado. Mas em função de uma articulação envolvendo petistas e socialistas à época seu nome foi retirado e o PT passou a apoiar a campanha à reeleição do governador Paulo Câmara. Para este próximo pleito, Humberto Costa avalia que mesmo em palanques separados os dois futuros candidatos não devem ter embates diretos. “O PSB não deve ser o centro da nossa fala até porque é provável que no segundo turno nós estejamos juntos PT/PSB e quem passar deve ter o apoio do outro”, concluiu.

O senador afirmou que mesmo a favor da aliança, não deve descumprir a definição. “Todo mundo conhece a nossa posição. Sempre defendemos a ideia de manter a frente popular aqui em Pernambuco. Essa decisão de ter candidatura própria foi tomada pelo diretório nacional e nós vamos cumprir”, disse.

Procurado o presidente do PSB, Sileno Guedes, disse que não iria se pronunciar. A decisão do diretório nacional pela candidatura de Marília Arraes foi anunciada na última sexta-feira.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Política

Eleições 2020: Brasil tem 147,9 milhões de eleitores aptos

Publicado

em

O Brasil tem 147.918.483 eleitores aptos a votar nas eleições municipais deste ano. O primeiro turno está marcado para 15 de novembro. Os números foram divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nesta quarta-feira (05).

A quantidade representa um aumento de 2,66% em relação às eleições de 2016, quando 144.088.912 eleitores estavam aptos a ir às urnas.

De uma eleição para outra, o maior crescimento do eleitorado foi registrado pelo Amazonas (+7,88%). O único Estado em que houve redução da quantidade de pessoas autorizadas a votar foi o Tocantins (-0,17%).

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda  

Trending