Conecte-se Conosco

Pernambuco

Chuva no Grande Recife alaga ruas, suspende aulas e cancela voos

Publicado

em

A chuva que atinge o Grande Recife desde a manhã do domingo (16) e continua nesta segunda-feira (17) causa transtornos para a população, como vias alagadas e suspensão de aulas em escolas públicas e colégios particulares, além de provocar alterações ou cancelamentos de 19 voos. Em Olinda, um deslizamento de barreira atingiu uma casa onde mora uma família que saiu do local um dia antes.

Entre as vias da capital com alagamento, estão a Estrada dos Remédios, a Rua Imperial, a Rua 21 de Abril, a Avenida Sul, a Avenida Norte, a Avenida Doutor José Rufino, a Avenida Blumenau, a Avenida Cruz Cabugá, a Avenida Agamenon Magalhães, a Avenida Antônio de Góes, a Avenida Boa Viagem e a Avenida Domingos Ferreira. No bairro de Coqueiral, a água chegou perto de invadir as casas.

Também houve alagamentos em Olinda, como na Avenida Doutor José Augusto Moreira e na Avenida Antônio Costa Azevedo, e em Paulista, como na Rua João Pereira de Oliveira. Segundo a Prefeitura do município, houve desabamentos de muros no Alto da Mina e em Águas Compridas.

Por causa da chuva, a Secretaria de Educação de Pernambuco cancelou as aulas da rede estadual de ensino nesta segunda-feira (17). As aulas na rede municipal de ensino também foram canceladas no Recife, em Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Paulista, Igarassu, Camaragibe, Cabo de Santo Agostinho e em Vitória de Santo Antão.

A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), a Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), a Universidade de Pernambuco (UPE) e a Universidade Católica de Pernambuco (Unicap) decidiram manter as aulas em todos os turnos, nesta segunda-feira (17). No Instituto Federal de Pernambuco (IFPE), as aulas foram suspensas no período da manhã.

A chuva também afetou a operação do Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes – Gilberto Freyre, na Imbiribeira, na Zona Sul da cidade. Por causa do mau tempo, foram afetados 19 voos, sendo dois da Gol e 17 da Azul. A Azul informou que as alterações ocorrem, ainda, por limitações nos sistemas de pouso por interferência de rádios clandestinas nos arredores do aeroporto.

Ao todo, oito voos foram cancelados, sendo seis da Azul e dois da Gol. Os outros tiveram o destino alternado para outras cidades. Por meio de nota, a Gol informou que lamenta o ocorrido e que “está prestando toda assistência aos seus clientes e reacomodando-os em outros voos, conforme disponibilidade”.

A Azul, também por meio de nota, afirma que “clientes impactados estão recebendo toda assistência necessária” e que eles “serão reacomodados em outros voos da empresa”. Além de lamentar os casos, afirma que “medidas como essa são necessárias para conferir a segurança de suas operações”.

A Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) emitiu um alerta para chuvas moderadas e ocasionalmente fortes na região e na Zona da Mata. Segundo a Apac, Jaboatão dos Guararapes foi o município com maior quantidade de chuva, acumulando 125,64 milímetros em 24 horas, desde a manhã do domingo (16). Em seguida, o Recife acumulou 112,80 milímetros no mesmo período.

A probabilidade de que essa chuva seja semelhante a que atingiu a Região Metropolitana do Recife na quinta-feira (13) é pequena, segundo o meteorologista da Apac, Roni Guedes. “Dessa vez, a intensidade da chuva é menor, embora mantenha uma constância desde o dia anterior”, explica.

(Por PE notícias)

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Pernambuco

Olinda-PE: Jornalista Ivan é demitido por não votar em esposa de vereador

Publicado

em

Depois de engavetar o projeto do prefeito Professor Lupércio (SD), pedindo autorização do Legislativo para reduzir seu salário, do secretariado e parte dos comissionados, para injetar o dinheiro na compra de cestas básicas para a população, o presidente da Câmara de Olinda, Jorge Federal (PL), acaba de aprontar mais uma trapalhada: demitiu o jornalista Ivan Maurício, extremamente conceituado no Estado, da coordenação de comunicação da Câmara. Só porque o jornalista se recusou a votar na esposa dele (Federal) a vereadora do município.

Abaixo o relato de Ivan.

“Em pleno pico da pandemia do coronavírus e em meio a isolamento social, recebi, na última terça-feira (31/03), telefonema do vereador Jorge Federal, presidente da Câmara Municipal de Olinda, condicionando minha permanência no cargo de diretor de Comunicação do Poder Legislativo municipal a ter que votar e fazer campanha eleitoral para sua esposa, Janaína Federal, pré-candidata a vereadora na cidade.

Não aceitei a imposição por considerar um desrespeito e descumprimento ao princípio constitucional que diz ser “inviolável a liberdade de consciência e de crença”.

Ontem (01/04), fui surpreendido com novo telefonema do vereador Jorge Federal me comunicado que estava exonerado do cargo. Hoje (2/4), recebi, em minha residência, a portaria formalizando a exoneração.

Aproveito a oportunidade para agradecer o carinho e a acolhida que sempre tive por parte de todos os companheiros que fazem a imprensa de Pernambuco durante este período em que exerci a Diretoria de Comunicação da Câmara de Olinda.

Tenho 52 anos de exercício da profissão de jornalista, boa parte deles – quase duas décadas – trabalhando sob a censura prévia durante a ditadura militar, na resistência da chamada imprensa alternativa, em jornais como “Opinião”, “Movimento”, “O Pasquim” e “Versus”.

O tempo ensinou a não me calar”.

Ivan Maurício

Jornalista profissional desde os 17 anos

(Do Blog do Magno)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Pernambuco

Procurador-geral de Justiça requer ao TJPE a intervenção em município pernambucano

Publicado

em

Nesta quarta-feira (1º/04), o procurador-geral de Justiça, Francisco Dirceu de Barros, protocolou representação junto ao Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), para que seja decretado intervenção em um município pernambucano. A vasta documentação colhida nos procedimentos de investigações comprovam nove ilicitudes, com práticas de infringência a vários princípios constitucionais, conduta de improbidade administrativa e crimes contra a administração pública.

A representação do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) está fundamentada em quatro investigações ― Procedimento Investigatório Criminal, instaurado pelo próprio MPPE; Relatório de auditoria do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PE); Inquérito Policial, instaurado pela DRACO; e Inquérito Cível por atos de improbidade, instaurado pelo MPPE no município ―, que apontam irregularidades em quase todas as Secretarias Municipais da cidade.

Configura-se entre o conjunto de ilícitos uma das hipóteses constitucionais de intervenção estadual prevista no artigo 212, no que tange ao comprometimento do funcionamento dos serviços fundamentais de educação e saúde.

É de conhecimento da Procuradoria Geral de Justiça de Pernambuco que os dados municipais quanto à contaminação pelo novo coronavírus (Covid-19) são preocupantes e que uma das ilicitudes do gestor municipal do Poder Executivo, da cidade em questão, é a descontinuidade nas ações de planejamento no setor de saúde.

“Além das inúmeras ilicitudes constatadas pelas quatro frentes investigativas (PGJ, TCE, DRACO e promotor natural do município) que, intrinsecamente, já enseja um pedido de intervenção, a desorganização administrativa, mesmo diante dos volumosos recursos de que dispõe, coloca a população em grave e iminente risco em tempos em que o gestor municipal deve ter o máximo de cuidado possível com o setor da saúde”, afirma o procurador-geral de Justiça.

A situação atual do município ― na contramão de toda mobilização no Estado de Pernambuco para o enfrentamento da pandemia, decretada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), no dia 11 de março ―, já coloca o município, frente à situação de calamidade, em grande desvantagem em comparação com outras cidades pernambucanas, fato que pode provocar grande risco à vida dos cidadãos.  (Por Mikael Sampaio)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Pernambuco

Veja as capas dos principais jornais de PE, desta Quinta-feira, 02 de Abril de 2020

Publicado

em

Veja a capa com as principais manchetes dos principais jornais de PE, desta Quinta-feira, 02 de Abril de 2020

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda  

Trending