Conecte-se Conosco

Pernambuco

Com mais 6.487 casos de Covid, PE bate recorde de confirmações da doença em 24 horas

Publicado

em

Nesta quarta (9), estado passou a totalizar 509.184 pessoas infectadas. Também foram confirmadas 81 novas mortes de pessoas com o novo coronavírus. Desde o início da pandemia, foram 16.549 óbitos.

Pernambuco registrou mais 6.487 casos da Covid-19 nesta quarta-feira (9). Com os novos registros, o estado bateu recorde de confirmações em 24 horas pela segunda vez, em pouco mais de uma semana. No dia 29 de maio, até então o dia com o maior número diário de casos, foram 5.576 novos registros.

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES), com os novos casos de Covid, o estado passou a totalizar 509.184 pessoas infectadas. Também nesta quarta, foram confirmadas 81 novas mortes de pessoas com o novo coronavírus. Desde o início da pandemia, foram 16.549 óbitos.

Do total de novos casos confirmados, 267 (4%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag), em que os pacientes precisam ser internados ou morrem com a doença, e 6.220 (96%) são leves, de pessoas que não foram internadas ou descobriram a infecção depois de curadas.

Agora, Pernambuco totaliza 509.184 casos confirmados da doença, sendo 46.718 graves e 462.466 leves. O governo do estado afirmou que o alto número de casos em um dia se deve a problemas na extração de dados no sistema do Ministério da Saúde.

Somente nesta quarta, cerca de 20 mil exames foram notificados no sistema, dos quais 31% tiveram resultado positivo para a doença. No entanto, segundo o governo, 2.810 desses casos de Covid-19 foram registrados somente nos últimos três dias.

Com relação às 81 mortes, apesar de terem sido confirmadas nesta quarta-feira, elas ocorreram entre o dia 1º de março deste ano e a terça-feira (8).

Por G1

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Pernambuco

Pernambuco registrou 1.117 casos de Covid-19 nesta segunda (14)

Publicado

em

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta segunda-feira (14/06), 1.117 casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 103 (9%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 1.014 (91%) são leves.

Agora, Pernambuco totaliza 520.694 casos confirmados da doença, sendo 47.551 graves e 473.143 leves, que estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

Além disso, o boletim registra um total de 432.715 pacientes recuperados da doença. Destes, 27.057 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 405.658 eram casos leves.

Também foram confirmados laboratorialmente 32 novos óbitos, ocorridos entre os dias 10/04/2021 e 13/06/2021. Com isso, o Estado totaliza 16.860 mortes pela doença.

Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 30.022 casos foram confirmados e 52.370 descartados.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Pernambuco

STF declara inconstitucional lei de Pernambuco que permite ascensão entre cargos de auditor fiscal estadual

Publicado

em

Por unanimidade, o Supremo Tribunal Federal (STF) julgou parcialmente procedente a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 6355 e invalidou dispositivos de lei estadual de Pernambuco que permitiam o provimento derivado de cargos de auditor fiscal do Tesouro Estadual, de nível superior, a servidores que ingressaram em cargos de nível médio, por meio de ascensão funcional.

A decisão foi tomada na sessão virtual encerrada em 28 de maio. Segundo a relatora, ministra Cármen Lúcia, “sempre deve ser observada a exigência constitucional da aprovação em concurso público para a investidura nos cargos públicos”.

A ação foi proposta pelo procurador-geral da República, Augusto Aras, contra dispositivos da Lei Complementar estadual 107/2008, que disciplina as carreiras integrantes do Grupo Ocupacional de Administração Tributária do Estado. Segundo ele, a possibilidade de ascensão funcional é incompatível com o artigo 37, inciso II, da Constituição Federal.

Atribuições escalonadas

A ministra Cármen Lúcia analisou todas as modificações ocorridas nas carreiras da administração tributária de Pernambuco desde 1982 e concluiu que, ainda que as atribuições dos ocupantes de cargos de nível médio e nível superior guardassem alguma semelhança, havia escalonamento na sua complexidade. Ela também verificou que, entre as atribuições dos cargos de nível superior, estava a supervisão e a orientação de algumas atividades de competência dos servidores de nível médio.

Investidura no mesmo cargo

Segundo a relatora Carmen Lúcia, até 1998, não havia uniformidade de atribuições, identidade de requisitos de escolaridade ou identidade remuneratória entre os dos níveis da administração tributária pernambucana. A partir da Lei 11.562/1998, o ingresso na carreira ocorreu apenas no cargo de auditor fiscal do tesouro estadual classe I (nível médio), com possibilidade de promoção posterior à classe II aos que apresentassem certificado de conclusão de curso superior e preenchessem os demais requisitos.

Nesse caso, a promoção dos servidores que prestaram concurso público a partir da vigência dessa lei não ofende a Constituição Federal, pois nesse caso não há investidura em cargo diverso.

Relatora vota

A relatora votou pela procedência parcial para reconhecer que é inconstitucional a interpretação dos dispositivos da Lei Complementar estadual 107/2008 que possibilitem a promoção para o cargo de auditor fiscal do tesouro estadual, classe II, aos servidores que ingressaram por concurso nos cargos de nível médio existentes antes da vigência da Lei 11.562/1998.

Modulação dos efeitos

O Plenário modulou os efeitos da decisão para preservar as promoções concedidas e os atos administrativos praticados até a publicação do acórdão da Ação Direta de Inconstitucionalidade. Nesse ponto, o ministro decano (mais antigo do plenário), Marco Aurélio Mello, ficou vencido.

Por:PE notícias

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Pernambuco

Veja quais são as vagas de emprego disponibilizadas para hoje(14/06), no Estado de Pernambuco

Publicado

em

As agências do Trabalho de Pernambuco divulgam, diariamente, quadros de vagas com oportunidades de trabalho em unidades espalhadas pelo estado, na Região Metropolitana do Recife (RMR), Agreste e Sertão.

Para se candidatar, é necessário agendar previamente o atendimento através do site da Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação (Seteq), onde também há os endereços e telefones de todas as agências.

Confira o quadro de vagas completo  clicando aqui

Agende atendimento através do  site da Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda

Trending