Conecte-se Conosco

Educação

Concurso PF: divulgação de locais de prova tem data definida; confira

Publicado

em

Foi publicado no Diário Oficial da União, a data que será divulgada os locais de prova do Polícia Federal 2021.

Segundo o documento, a partir desta terça-feira (18), os candidatos devem acessar o portal do concurso Polícia Federal no Cebraspe (neste link) para verificar o seu local de provas, por meio de consulta individual.

A publicação também informa disposições sobre os motivos que levarão um concorrente a ser eliminado do certame.

São eles:

  1. a) Aquele que for flagrado portanto aparelhos eletrônicos, tais como wearable tech, máquinas calculadoras, agendas eletrônicas e (ou) similares, telefones celulares, smartphones, tablets, iPods, gravadores, pen drive, mp3 player e (ou) similar, relógio de qualquer espécie, alarmes, chaves com alarme ou com qualquer outro componente eletrônico, fones de ouvido e (ou) qualquer transmissor, gravador e (ou) receptor de dados, imagens, vídeos e mensagens etc.;
  2. b) Aquele que for flagrado portanto óculos escuros, protetor auricular, lápis, lapiseira/grafite, marca-texto e (ou) borracha;
  3. c) Aquele que for flagrado portanto quaisquer acessórios de chapelaria, tais como chapéu, boné, gorro etc.;
  4. d) Aquele que for flagrado portanto qualquer recipiente ou embalagem que não seja fabricado com material transparente, tais como garrafa de água, suco, refrigerante e embalagem de alimentos (biscoitos, barras de cereais, chocolate, balas etc.)

A banca Cebraspe ainda recomenda que, no dia de realização das provas do concurso PF, o candidato não leve nenhum dos objetos citados anteriormente.

Concurso PF: medidas de segurança sanitária

Segundo o Cebraspe, por ocasião da realização das provas do concurso PF, e tendo em vista as medidas de proteção à transmissão do coronavírus adotadas pela banca, o candidato deverá seguir as seguintes orientações:

  1. a) comparecer ao local de aplicação usando máscara e portando máscaras reservas, se necessário, de modo a possibilitar a troca de sua máscara a cada duas horas;
  2. b) armazenar as máscaras usadas em saco plástico transparente, que deverá ser trazido pelo candidato;
  3. c) permanecer de máscara durante todo o tempo em que estiver nas dependências dos locais de aplicação de provas;
  4. d) submeter-se à verificação da temperatura corporal para acesso ao local de aplicação;
  5. e) observar o distanciamento adequado, conforme demarcação do piso com fita adesiva em frente ao portão de acesso ao local de aplicação, na entrada das salas de provas e dos banheiros;
  6. f) observar o distanciamento mínimo exigido na legislação aplicável entre os candidatos e entre membros da equipe de aplicação nas salas de aplicação das provas;
  7. g) verificar o seu horário de acesso ao local de provas do concurso PF, conforme informado na consulta individual, em link específico, em que serão disponibilizadas as informações relativas a seu grupo e a seu horário de entrada;
  8. h) submeter-se a pré-identificação realizada pela equipe de campo na chegada dos candidatos ao local de aplicação, sem contato físico e sem o manuseio de documentos ou de qualquer outro objeto dos candidatos, podendo ser solicitado que o candidato abaixe a sua máscara, de modo a permitir a visualização do seu rosto – concedendo-se somente ao candidato a manipulação de sua máscara -, mantendo-se o distanciamento mínimo exigido na legislação aplicável de qualquer outro candidato ou membro da equipe de aplicação;
  9. i) permanecer de máscara ao se retirar de sala para uso dos banheiros e observar os procedimentos de higienização das mãos nesses ambientes;
  10. j) manter os cabelos arrumados de forma que não caiam sobre sua face enquanto estiver dentro dos locais de aplicação;
  11. k) submeter-se ao controle de saída dos candidatos ao término das provas do concurso para a Polícia Federal, evitando aglomeração.

Demais Orientações

  • Somente será permitido o ingresso de candidato ao local de aplicação das provas do concurso PF usando máscara.
  • As máscaras poderão ser descartáveis, de tecido ou de qualquer outro material.
  • Caso deseje, o candidato poderá comparecer ao local de aplicação usando, além da máscara, protetor facial transparente (estilo viseira), vestimentas descartáveis (macacão impermeável), luvas descartáveis (desde que tenham coloração leitosa ou semitransparente), óculos de proteção transparente e toalhas de papel para higienização de mãos e objetos, independentemente da higienização a ser feita pela equipe do Cebraspe. O candidato também deverá levar o seu próprio recipiente contendo álcool em gel, desde que esse recipiente seja transparente.
  • As máscaras e os frascos de álcool em gel 70% deverão ser de uso individual e não poderão ser compartilhados entre os candidatos.
  • O Cebraspe não fornecerá máscaras nem frascos de álcool em gel 70% aos candidatos;
  • Caso a temperatura corporal do candidato, aferida no momento de sua chegada ao local de aplicação, for igual ou inferior a 37,5 °C, será permitido o seu ingresso ao local de aplicação. Se a temperatura corporal do candidato, aferida no momento de sua chegada ao local de aplicação, for superior a 37,5 °C, será imediatamente realizada uma segunda aferição; se a segunda aferição confirmar que o candidato se encontra com temperatura corporal superior a 37,5 °C, o candidato poderá ser encaminhado para realizar as provas em sala especial.
  • O Cebraspe disponibilizará frascos de álcool em gel 70% nas salas e nos locais de circulação, bem como sabão líquido e papel toalha nos banheiros.
  • Recomenda-se que cada candidato leve água para o seu próprio consumo, em embalagem transparente, para evitar a utilização de bebedouros ou qualquer outro dispositivo de fornecimento coletivo de água para beber.
  • O candidato que informar que testou positivo para a Covid-19 não poderá realizar as provas.
  • Resumo concurso PF (Polícia Federal)
  • Situação: data de locais de prova confirmada
  • Banca Organizadora: Cebraspe
  • Cargos Oferecidos: Agente, Escrivão, Papiloscopista e Delegado
  • Escolaridade Exigida: nível superior (Delegado exige Direito)
  • Data de Provas Objetivas: 23/05/2021
  • Vagas Disponíveis: 1.500 mil vagas somadas a 500 excedentes no ano seguinte
  • Remunerações iniciais: de R$ 12 mil até R$ 23 mil

Veja o Link do edital.

Por:Diario de Pernambuco

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Por:PE notícias

Educação

Governo de Serrita comunica retorno de aulas presenciais após recesso escolar

Publicado

em

Continua a indefinição sobre a volta das aulas nas escolas municipais de Serrita. Depois de liberar o retorno dos estudos presenciais de forma híbrida no dia 1ᵒ de junho e recuar no dia 7, a prefeitura da ‘Capital do Vaqueiro’ comunicou que os alunos devem voltar às salas de aula após o recesso escolar.

O comunicado informa que as aulas não serão retomadas nesse primeiro semestre por conta dos casos de Covid-19 ainda crescentes no município. “Esse retorno ficará para o segundo semestre, pós recesso escolar”, diz o texto.

Para que essa retomada seja segura, a prefeitura pede que a população serritense evite aglomerações e siga as medidas exigidas pela Vigilância Sanitária. Do Blog Alvinho Patriota

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Educação

União tem 30 dias para destinar R$ 3,5 bi a estados, municípios e o Distrito Federal para internet na educação pública

Publicado

em

O governo federal tem até o próximo mês para destinar R$ 3,5 bilhões a estados, municípios e o Distrito Federal, a fim de garantir serviços de internet de qualidade a estudantes e professores da rede pública de ensino. Os valores fazem parte da Lei 14.172, publicada no Diário Oficial da União de 11 de junho, após o Congresso Nacional derrubar o veto presidencial que impedia a aprovação do texto.

A lei beneficia alunos da rede pública que sejam de famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), estudantes matriculados nas escolas das comunidades indígenas e quilombolas e professores da educação básica da rede pública. O valor vem de recursos do Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações (Fust) e do saldo correspondente a metas não cumpridas dos planos gerais de universalização do serviço telefônico fixo.

Para especialistas, ações de enfrentamento às dificuldades pedagógicas na pandemia são essenciais para manter o vínculo dos alunos com as instituições e minimizar impactos de aprendizagem. Esses são alguns pontos levantados por Luiz Miguel Garcia, Presidente da Diretoria Executiva da União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime).

A organização vem atuando em pesquisas e metodologias que procuram identificar e dar alternativas aos principais problemas deste período de crise sanitária no Brasil. Em uma das pesquisas, as conclusões sobre a acessibilidade da internet chamou a atenção dos dirigentes. “Nós temos mais de 50% dos alunos que têm muita dificuldade de ter acesso a internet ou nenhum acesso. E, pasmem, nós temos em torno de 25% de professores na mesma situação”, aponta Luiz Miguel.

O texto traz que o repasse deve ser realizado pelo governo federal em até 30 dias após a publicação da lei. O projeto de lei que resultou na legislação em vigor ressalta que o Fust, que trará recursos para a implementação, tem como finalidade custear políticas e programas de universalização das telecomunicações definidos em lei ou na regulamentação.

Na prática 

Luiz Miguel Garcia lembra que famílias em situação de vulnerabilidade econômica lidam com questões complexas de uso de aparelhos de tecnologia, como ter que compartilhar o mesmo equipamento em que são realizadas as atividades com outros membros da casa.

“Muitas vezes a questão do celular nas famílias entra para um uso muito específico. Às vezes, você tem uma família com três, quatro alunos e só um bom aparelho de celular. Então, há choque de horários, há impossibilidades. Essas questões vão também gerando esse processo de evasão e de abandono”, opina. (Por PE Notícias)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

 

Continue lendo

Educação

FNDE destinará R$ 13 milhões aos municípios brasileiros

Publicado

em

O Ministério da Educação autorizou o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) a repassar recursos para a manutenção de novas matrículas em novos estabelecimentos de educação infantil construídos com recursos federais e em novas turmas de educação infantil nos estabelecimentos educacionais públicos ou instituições comunitárias, confessionais ou filantrópicas sem fins lucrativos conveniadas ao poder público.

Ao todo, o FNDE transferirá mais de R$ 13,3 milhões a 62 municípios das cinco regiões brasileiras, sendo que R$ 852,5 mil serão destinados a sete municípios para a manutenção de novos estabelecimentos, enquanto o restante, R$ 12,4 milhões, será destinado a 55 municípios para a manutenção de novas turmas.

As portarias que autorizam os repasses foram publicadas na última quinta-feira (10), no Diário Oficial da União (DOU). São 4.739 novas matrículas que ainda não foram computadas para o recebimento dos recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

Para estarem aptos a receber os recursos de apoio à manutenção de novos estabelecimentos e novas turmas de educação infantil, os municípios e o Distrito Federal precisam informar ao MEC quando houver novas matrículas, seja em novos estabelecimentos ou em novas turmas, que ainda não foram incluídas no Censo Escolar do ano anterior.

O FNDE repassará recursos para os 62 municípios, pois passaram por todo o processo e estão aptos. Dessa forma, com os 4.739 novos estudantes em creches e pré-escolas, os municípios serão contemplados com o valor total de R$ 13,3 milhões. As informações são da Assessoria de Comunicação Social do MEC.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

 

Continue lendo
Propaganda

Trending