Conecte-se Conosco

Esporte

Corinthians perde para o Flamengo pela primeira vez na Arena

Publicado

em

O Corinthians reencontrou na noite desta sexta-feira o Flamengo, nove dias depois de eliminar o time carioca na semifinal da Copa do Brasil, mas com um final bastante diferente daquele dia histórico. Superior na maior parte do tempo, o time rubro-negro construiu seu triunfo com uma grande participação do meia Lucas Paquetá, autor dos dois primeiros gols. No final, Renê aproveitou contra-ataque e selou um impressionante 3 a 0 para o time carioca, que nunca havia vencido na Arena corintiana.

O resultado mantém o Alvinegro em estado de atenção com a zona de rebaixamento, estacionando nos 35 pontos e podendo ver a diferença baixar para menos que os seis de vantagem atuais. A Libertadores, por sinal, é cada vez mais utopia. Os flamenguistas, por sua vez, chegam aos 52 pontos e estão vivos na disputa pelo título.

Na próxima rodada, os comandados de Jair Ventura terão pela frente o clássico contra o Santos, às 19h (de Brasília) do próximo sábado, dia 13, no estádio do Pacaembu. Antes, no entanto, jogam a primeira final da Copa do Brasil, marcada para as 21h45 (de Brasília) da quarta-feira, contra o Cruzeiro, no Mineirão. Do outro lado, o elenco de Dorival Júnior tem também um clássico, também no sábado, mas às 17h (de Brasília), contra o Fluminense.

Flamengo tem a bola, Corinthians tem a chance

O jogo começou na Arena Corinthians com o Timão buscando pressionar a saída de bola do adversário e sair rapidamente quando roubava a bola. Um lance emblemático, por sinal, deu o tom do que seria aquela dinâmica: após ficar por quase um minuto com a bola no ataque, o Flamengo perdeu e Jadson puxaria contra-ataque, mas sofreu falta dura de Léo Duarte. Sem cartão para o flamenguista, o juiz deu liberdade para que diversas faltas desse tipo fossem cometidas.

Com as saídas rápidas prejudicadas pelas infrações (cometidas pelos dois lados, por sinal), o duelo viu os visitantes buscarem o jogo sempre com Vitinho, pelo lado esquerdo. O ponta levou vantagem no duelo individual sobre Gabriel, mas não conseguiu dar prosseguimento aos lances quando encarava Ralf pela frente. A melhor chance, portanto, saiu em uma bola parada, quando o atacante bateu raspando à trave de Cássio.

O mesmo Vitinho quase abriu o placar quando Éverton Ribeiro, que circulou muito bem entre os lados direito e esquerdo, roubou a bola de Romero e entregou para o companheiro. Vitinho cortou para o meio e bateu no canto oposto, mas acabou mandando por cima do gol de Cássio. Alguns minutos depois, após escanteio batido pela esquerda, Uribe subiu bem na primeira trave e desviou também por cima da meta adversária.

O Timão, que conseguiu arrefecer a pressão adversária depois desse lance, quase conseguiu ir para o intervalo com um gol de vantagem. Willian Arão, de forma até displicente, errou na saída de bola e deixou Mateus Vital cara a cara com César. O armador dominou, a bola subiu e ele chutou forte, em cima do goleiro rubro-negro. Na sobra, Jadson rolou para Douglas e o volante canhoto bateu no canto direito para outra boa intervenção do arqueiro.

Paquetá impulsiona triunfo do Flamengo

O Flamengo voltou para o segundo tempo disposto a transformar a sua maior posse de bola em gols rapidamente. Com o time todo postado no campo de ataque e o zagueiro Rever mostrando boa qualidade na hora de criar os lances, os rubro-negros empurraram o Timão para o entorno da sua área, apostando na pressão constante para abrir espaços. E eles apareceram nas cobranças de bola parada.

Em cobrança pela direita, Lucas Paquetá subiu mais alto que toda a defesa adversária e cabeceou no canto esquerdo. Cássio ainda tentou saltar para buscar a defesa, mas a bola morreu no fundo do seu gol. O técnico Jair Ventura tentou dar uma resposta imediata ao tento sofrido mandando a campo Pedrinho na vaga de um inoperante Clayson. Pouco depois, no entanto, o Alvinegro recebeu o baque fatal.

Depois de mais uma boa jogada de Vitinho pela esquerda, a bola saiu pela linha de fundo. Na primeira cobrança de escanteio a zaga afastou. Na segunda, porém, nenhum dos corintianos conseguiu ser efetivo na hora de afastar o perigo, Paquetá parou a bola com o corpo e, mesmo adiantando demais a redonda, teve tempo para armar um chute forte e vencer outra vez o goleiro Cássio na fria noite de Itaquera.

Jair colocou seu time todo à frente sacou os volantes Ralf e Douglas e mandou a campo a experiente dupla formada por Danilo e Emerson Sheik, buscando um gol ao menos para amenizar o revés. O resultado, no entanto, foi mais um gol do adversário. Rodinei puxou contra-ataque nos acréscimos e cruzou rasteiro para Renê. O lateral parou em Cássio na primeira oportunidade, mas conseguiu fazer o gol na sequência.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 0 X 3 FLAMENGO

Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)

Data: 5 de outubro de 2018, sexta-feira

Horário: 21h (de Brasília)

Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)

Assistentes: Luciano Roggenbaum (PR) e Luiz Souza Santos Renesto (PR)

Público: 41.693 pagantes

Renda: R$ 1.381.719,00

Cartões amarelos: Romero, Henrique (Corinthians); Cesar (Flamengo)

Gols: Lucas Paquetá, aos 15 e aos 21, e Renê, aos 47 minutos do segundo tempo

CORINTHIANS: Cássio, Gabriel, Léo Santos, Henrique e Danilo Avelar; Ralf (Danilo), Douglas (Emerson Sheik), Ángel Romero, Jadson e Mateus Vital; Clayson (Pedrinho)

Técnico: Jair Ventura

FLAMENGO: Cesar; Pará, Léo Duarte, Réver e Renê; Cuéllar, Willian Arão, Lucas Paquetá, Everton Ribeiro (Rodinei) e Vitinho (Piris da Motta); Fernando Uribe (Geuvânio)

Técnico: Dorival Júnior

(Do Terra)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.


Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram. Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Esporte

Conmebol muda datas da Libertadores por amistosos das seleções

Publicado

em

A alteração afetou os brasileiros

A Conmebol anunciou a alteração das datas da terceira rodada da fase de grupos da Libertadores. A mudança aconteceu por causa do período da data Fifa, entre 18 e 26 de março, em que as seleções farão amistosos.

Por causa disso, os jogos marcados para a semana dos dias 25 ao 31 de março foram reagendados para a semana dos dias 1º e 7 de abril.

“A alteração permitirá que as seleções disponham de todos os jogadores para os amistosos preparatórios para a Copa América e que os clubes tenham força máxima em todas as suas partidas”, justificou a Conmebol.

A alteração afetou os brasileiros.

Confira as novas datas dos representantes do país na terceira rodada da fase de grupos da Libertadores:

  • Inter x River – 27 de março para 3 de abril, às 19h15
  • Emelec x Cruzeiro – 27 de março para 3 de abril, às 21h30
  • Flamengo x Peñarol – 27 de março para 3 de abril, às 21h30
  • Atlético-MG ou Defensor x Zamora – 27 de março para 3 de abril, às 19h15
  • San Lorenzo x Palmeiras – 26 de março para 2 de abril, às 19h15
  • Universidad Católica x Grêmio – 28 de março para 4 de abril, às 21h
  • Athletico x Boca Juniors – 26 de março para 2 de abril, às 21h30

(Por Folhapress)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Esporte

Com dois gols de Jean Mota, Santos vence o Guarani no Pacaembu

Publicado

em

Com o resultado, o Santos chega a 18 pontos e segue na liderança do grupo A da competição

O Santos venceu o Guarani por 3 a 0 na noite dessa segunda-feira (18), no estádio do Pacaembu, em São Paulo, em jogo válido pela sétima rodada do Campeonato Paulista. Os gols foram marcados por Jean Mota, artilheiro isolado do estadual com sete gols, e Rodrygo.

A equipe do Guarani entrou com a proposta de se defender atrás da linha da bola, e a tática deu certo durante quase o primeiro tempo inteiro. O Santos não encontrava espaços e pouco criava.

Até que aos 37min, Victor Ferraz chegou ao fundo com liberdade e tocou para Sánchez. O uruguaio bateu cruzado, e Jean Mota completou para o fundo do gol. No segundo tempo, o camisa 41 cobrou falta da lateral direita da área e fez o segundo dele.

Atrás no placar, o Guarani visitou mais o campo de ataque na etapa final e levou perigo, com Thiago Ribeiro e Fernando Viana. Mas foi o Santos quem novamente balançou as redes.

No final da partida, o apagado Derlis González conseguiu um cruzamento para Rodrygo, no segundo pau, tocar de cabeça para o fundo do gol.

Com o resultado, o Santos chega a 18 pontos e segue na liderança do grupo A da competição. O Red Bull Brasil vem logo atrás com 14 pontos, seguido pela Ponte Preta, com 9, e o São Caetano, com apenas 4.

O time do técnico Jorge Sampaoli volta a campo no próximo sábado (23), também pelo torneio estadual, para enfrentar o rival Palmeiras, às 19h, no Allianz Parque, em São Paulo.

SANTOS

Vanderlei; Victor Ferraz, Gustavo Henrique, Felipe Aguilar e Copete; Alison (Jean Lucas), Diego Pituca, Carlos Sánchez (Yuri) e Jean Mota; Derlis González e Cueva (Rodrygo). T.: Jorge Sampaoli

GUARANI

Giovanni; Léo Príncipe, Ferreira, Victor Ramos e William Matheus (Inácio); Deivid (Carlinhos), Ricardinho e Thiago Ribeiro; Lucas Crispim (Álvaro), Jefferson Nem e Fernando Viana. T.: Osmar Loss

Estádio: Pacaembu, em São Paulo (SP)

Público total: 14.708

Público pagante/ renda: 12.952/ R$ 399.272, 00

Juiz: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral

Amarelos: Alison (SAN); Victor Ramos (GUA)

Gols: Jean Mota (SAN), aos 37min do 1º tempo e aos 35min do 2º tempo, e Rodrygo (SAN), aos 45min do 2º tempo

(Por Folhapress)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Esporte

Apresentador do Globo Esporte que pediu demissão ao vivo se justifica

Publicado

em

Kaio Cézar postou texto no Facebook

Depois de pedir demissão ao vivo, no sábado (16), o jornalista Kaio Cézar, apresentador do Globo Esporte da TV Verdes Mares, afiliada da emissora no Ceará, postou um texto no Facebook em que justifica a sua atitude. Assista aqui.

Entre inúmeros motivos citados, ele destaca a postura do diretor de Programação e Jornalismo do grupo, Paulo César Norões. “Arrogante, ele nunca soube lidar com quem pensa diferente, principalmente os que julga inferiores. E eu, por ter raízes, convicções – políticas e esportivas – e personalidade extremamente opostas nunca fui respeitosamente aceito por ele”, afirmou.

Cézar faz ainda outras acusações, como a de ser forçado a fazer uma escala diferente de trabalho, fora dos domingos, para ser impedido de narrar as partidas de futebol que aconteciam nos fins de semana. Acusa ainda Norões de ter usado palavras de baixo calão contra sua família.

“Certa vez PC Norões se dirigiu a mim e proferiu ofensas à minha família que não as repito aqui porque tenho dois filhos, entre eles uma enteada, e poderia expor pessoas que não tem nada a ver com a história.”

Sindicato

O Sindicato dos Jornalistas do Ceará emitiu nota em apoio a Kaio. Para a entidade, o episódio “é um dos capítulos mais cruéis da crise gerada pelo processo de integração das redações dos veículos pertencentes ao sistema Verdes Mares”, a quem acusa de ter colocado nas ruas mais de 30 jornalistas e radialistas nos últimos meses, gerando “uma série de irregularidades trabalhistas, como jornada de trabalho extenuante, acúmulo de tarefas, desvio de funções e assédios”.

A outra parte

Nem a Verdes Mares nem Norões se posicionaram sobre as novas declarações do ex-apresentador. Ontem à noite, em seu perfil no Twitter, a afiliada divulgou uma nota.

“O Sistema Verdes Mares foi surpreendido, na tarde deste sábado (16), com o pedido de demissão do jornalista Kaio Cézar, ao fim da apresentação do Globo Esporte, na TV Verdes Mares. Diante da repercussão do fato, o Sistema Verdes Mares afirma que desconhece os motivos da decisão do apresentador e que vai tratar o assunto internamente, pelos canais adequados, como é prática na empresa. Reitera que rege toda a atividade, desde a sua fundação, há quase 50 anos, pela correção ética, por valores morais e pelo diálogo”, diz o texto.

(Por Fama ao minuto)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda

Trending