Conecte-se Conosco

Pernambuco

Coronavirus: MP faz recomendação a 44 cidades para cumprimento de decreto

Publicado

em

Na tentativa de conter as contaminações pelo Coronavírus, assim como manter a ordem e a defesa do consumidor, o Ministério Público de Pernambuco continua expedindo recomendações para as autoridades executivas e legislativas dos municípios pernambucanos, assim como para comerciantes e representantes das polícias Civil e Militar, gestores do Sistema Único de Saúde (SUS), entre outros. Durante essa semana, 44 municípios foram alertados sobre as diversas medidas que precisam ser tomadas de acordo com os Decretos estaduais nº 48.809, 48.822, 48.830, 48.831, 48.832, 48.833, 48.834 e 48.836/2020, que foram assinados pelo governador Paulo Câmara.

Bares, restaurantes, lanchonetes e similares precisam suspender o funcionamento das atividades, apenas atendendo exclusivamente por entrega em domicílio e como pontos de coleta. Já salões de beleza, barbearias e cabeleireiros devem parar de funcionar. Só o comércio destinado ao abastecimento alimentar da população, como padarias, feiras livres de produtos hortifrutigranjeiros, mercados e supermercados, bem como os restaurantes e lanchonetes localizados em unidades hospitalares e de atendimento à saúde, nem a postos de gasolina, casas de ração animal, depósitos de água mineral e gás podem funcionar.

Nos pontos comerciais deve haver organização de filas a fim de organizar o fluxo de pessoas e evitar aglomeração, assim como cartazes e áudios sobre a distância mínima entre elas. Também é necessária a higienização constante dos itens de compartilhamento comunitário (carrinhos e cestas de compras, balcões etc.)

Farmácias/drogarias, estabelecimentos de venda de artigos hospitalares, mercados e supermercados não podem aumentar arbitrariamente preços de produtos voltados à prevenção e proteção do Coronavírus, sobretudo álcool em gel, máscaras cirúrgicas, máscaras descartáveis elásticas e luvas. Os que já elevaram os preços, que retornem aos valores anteriores, bem como em caso de alta demanda, limitem a quantidade de produto por consumidor, visando que, tanto quanto possível, toda a população e consumidores tenham acesso aos produtos de higiene e saúde.

Os dirigentes das igrejas precisam se abster de realizar eventos públicos, incluindo procissão, celebrações eucarísticas e cultos com a participação da população, a fim de evitar aglomerações, podendo promover celebrações de forma virtual ou por meio de qualquer outro meio de comunicação (redes sociais, rádios comunitárias, etc). Já os proprietários de clubes, salões de festas, casas de shows, casas de jogos, academias de ginástica, etc., devem suspender o funcionamento.

O Comando local da Polícia Militar precisa fiscalizar eventos de qualquer natureza em que haja aglomeração de pessoas, bem como que seu descumprimento seja comunicado à autoridade policial para apuração quanto à caracterização do crime contra a saúde pública e administração pública, tipificado no art. 268 e art. 330, ambos do Código Penal. Os policiais têm ainda que realizar o procedimento de flagrância em caso de aumento abusivo das mercadorias, art.3, VI da Lei 1.521, além de prestar apoio às autoridades sanitárias nas feiras municipais no sentido de evitar aglomeração e venda e produtos não alimentícios.

Bancos e lotéricas devem organizar as filas, com distância mínima entre as pessoas de 1,5m, assim como limitar a quantidade de gente dentro da unidade. Obras de construção civil devem ser paralisadas, com ressalva as essenciais (hospital, abastecimento de água, gás, energia e internet), necessárias ao controle da pandemia.

As Prefeituras devem divulgar as orientações de saúde e combate ao Coronavírus através de meios de comunicação (rádios, blogs, jornais, carros de som, etc.) e emitir portarias orientando população sobre os velórios que devem ser limitados estritamente a presença de pessoas (amigos e familiares), com no máximo dez pessoas no ambiente, respeitando a distância entre elas. Em caso de morte confirmada por Coronavírus fica proibida a realização de velório, devendo o corpo ser enterrado imediatamente.

Caso haja notícia de que algum proprietário de estabelecimento comercial que não esteja cumprindo a determinação governamental e que ensejou a atuação desta representante ministerial, envide esforços no sentido de revogar a autorização de funcionamento.

Os municípios alertados foram São José do Belmonte, Pombos, Chã Grande, Mirandiba, Carnaubeira da Penha, Floresta, Serrita, Cedro, Cachoeirinha, Jaboatão dos Guararapes, Condado, Abreu e Lima, Cortês, Quipapá, São Benedito do Sul, Gameleira, Gravatá, Araripina, Ipubi, Belém de Maria, Água Preta, Xexéu, Maraial, Igarassu, Araçoiaba, São Bento do Una, Tupanatinga, Venturosa, Primavera, Moreilândia, Sanharó, Calumbi, Flores, Arcoverde, Alagoinha, Belo Jardim, Buíque, Ibimirim, Inajá, Manari, Pedra, Pesqueira, Poção, Verdejante e Vitória de Santo Antão.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

 

Continue lendo
Clique para comentar

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Solve : *
30 ⁄ 5 =


Pernambuco

Pernambuco: Governador autoriza convocação de 19 profissionais para atuar no Programa Mãe Coruja

Publicado

em

O Governo de Pernambuco também autorizou a convocação de 19 profissionais aprovados em seleção simplificada, realizada em 2016, para atuação nos Cantos Mãe Coruja de seis Gerências Regionais de Saúde, com o intuito de qualificar a assistência materno-infantil.

Os profissionais de nível superior, das áreas de saúde, educação ou ciências sociais, atuam no acolhimento e acompanhamento das gestantes e crianças até 5 anos assistidas pelo programa, além da articulação com a rede de saúde, áreas técnicas da SES-PE e municípios.

Já estão sendo chamados 5 aprovados na III Geres (Palmares), 9 na V (Garanhuns), 2 na IV (Caruaru) e 1 para a VII (Salgueiro), 1 para a X (Afogados da Ingazeira) e 1 para a XI (Serra Talhada). O chamamento tem validade de dois anos, podendo ser prorrogado por até seis. Anteriormente, tinham sido contratadas 161 pessoas.

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Pernambuco

Veja as capas dos principais jornais de PE, desta Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020

Publicado

em

Veja a capa com as principais manchetes dos principais jornais de PE, desta Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020.

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Pernambuco

Covid-19: Número de casos confirmados cai pelo 4º dia consecultivo em Pernambuco

Publicado

em

O número de casos confirmados da Covid-19 caiu pelo quarto dia seguido no estado. O boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) divulgado ontem (26) apontou 488 diagnósticos, contra 607 na segunda-feira, 973 no domingo, 1.026 no sábado e 1.849 na sexta-feira. Já as confirmações de óbitos interromperam a sequência de reduções que havia sido verificada ao longo de três dias. O boletim de ontem apontou 80 óbitos, contra 48 na segunda-feira, 56 no domingo, 87 no sábado e 132 na sexta-feira.

Diante da queda nos casos, as autoridades de saúde seguem cautelosas em apontar uma tendência. Na segunda-feira, a secretária executiva de Vigilância à Saúde do estado, Luciana Albuquerque, e o secretário de Saúde do Recife, Jailson Correia, alertaram que o período de queda ainda é pequeno para tomar conclusões.

Nos últimos dias viralizaram áudios de WhatsApp sobre supostas quedas nas internações, citando os hospitais Real Português e da Unimed. O RHP informou que “a curva de atendimento aos casos de Covid-19 apresenta discreta variação, ainda sem significado estatístico. Sendo assim, consideramos como estável. Os dados estão sendo repassados à Secretaria Estadual de Saúde”.

Já a Unimed informou que “todos os números referentes à Covid-19 estão sendo repassados exclusivamente à Secretaria de Saúde de Pernambuco”. Segundo o boletim divulgado ontem, o estado totaliza 2.328 mortes relacionadas ao novo coronavírus. Os 80 óbitos anunciados aconteceram entre os dias 23 de abril e 25 de maio, e os pacientes tinham idades entre 24 e 100 anos. Quarenta e uma vítimas moravam no Recife.

Pernambuco totaliza 2.328 mortes. Dos 488 casos de coronavírus confirmados ontem, 228 se enquadram como síndrome respiratória aguda grave (Srag) e 260 são considerados leves. Agora, Pernambuco totaliza 28.854 confirmações, sendo 12.839 graves e 16.015 leves. Dos casos graves, 1.439 evoluíram bem, receberam alta hospitalar e estão em isolamento domiciliar. Outros 4.998 estão internados, sendo 227 em UTI e 4.771 em leitos de enfermaria, tanto na rede pública quanto privada. O boletim registra ainda mais 551 pacientes recuperados em Pernambuco, totalizando 8.863 pessoas curadas até agora.

Hospital privado citado em áudios avaliou que curva apresenta variação discreta, ainda sem significado estatístico.

 

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda  

Trending