Conecte-se Conosco

Educação

Covid-19: Estudo indica como vírus se espalha em uma sala de aula

Publicado

em

A pesquisa apontou que, mesmo com distância de mais de 2 metros entre os estudantes, partículas minúsculas suspensas no ar podem circular entre eles

Em meio a incertezas em todo o mundo sobre o risco de reabrir escolas, um estudo publicado ontem indicou o caminho da contaminação em uma sala de aula. Por simulação computacional, a pesquisa apontou que, mesmo com distância de mais de 2 metros entre os estudantes, partículas minúsculas suspensas no ar podem circular entre eles. Medidas como abrir janelas e instalar barreiras de vidro ou acrílico nas carteiras são capazes de reduzir os riscos.

Conduzida por cientistas da Universidade do Novo México (EUA), a simulação considera uma sala com janelas e um sistema de ar-condicionado central, que filtra e faz a renovação do ar – algo incomum no Brasil, onde se vê o sistema comum de refrigeração. No modelo estudado, até a posição do aluno na classe tem influência na quantidade de partículas que ele recebe.

Em julho, a Organização Mundial da Saúde (OMS) reconheceu o risco de transmissão do novo coronavírus pelo ar. Isso significa que, além do contato com superfícies contaminadas ou com gotículas de saliva, é possível ter contato com o vírus por partículas que ficam suspensas (os aerossóis) e podem ser carregadas por correntes de ar. Essas podem permanecer no ambiente por algumas horas, o que eleva a preocupação com lugares fechados. O papel da contaminação por aerossóis no total de infecções ainda não está bem descrito.

Os pesquisadores fizeram a análise considerando uma sala de aula de 81 metros quadrados de área e 3 metros de altura. Pelo modelo, os alunos estão dispostos em três fileiras, com o professor à frente. Mesmo a uma distância de 2,4 metros entre os alunos (superior à adotada em escolas brasileiras), os especialistas verificaram que pode ocorrer o transporte de partículas de um estudante para outro, o que indica a necessidade de adaptação das salas, uso de máscaras e higienização das mãos. “Mesmo com 9 estudantes na sala e 2,4 metros de distância entre eles, aerossóis são transmitidos em quantidades significativas entre estudantes e de um estudante para a mesa de outro”, indica o trabalho, publicado nesta terça na revista Physics of Fluids, do Instituto Americano de Física.

Partículas liberadas por um aluno podem ficar, por exemplo, sobre o caderno ou estojo de outro, o que, segundo os autores, eleva a necessidade de higienização constante das mãos, mesmo que não se tenha tocado nos pertences dos colegas. O risco de contaminação diminui se as janelas da sala de aula forem abertas. De acordo com a simulação computacional, abrir as janelas (mesmo com o ar-condicionado ligado) aumenta a fração de partículas que saem da sala em 38% em comparação com o modelo de janelas fechadas. Também reduz a deposição de aerossóis nos estudantes em 80%.

Já o uso de barreiras nas carteiras, como as telas de vidro ou de acrílico, pode ser ainda mais eficiente: elas não são capazes de “blindar” por completo os estudantes, mas chegam a reduzir em 92% a transmissão de aerossóis de um mícron (milésima parte do milímetro). No modelo estudado – e considerando o sistema de ar-condicionado central da sala de aula – o aluno posicionado no meio da sala transmite mais partículas. Já aqueles localizados nos cantos de trás do espaço seriam mais poupados dessas partículas.

Segundo os autores, essas informações podem ser levadas em consideração na hora de planejar o posicionamento dos alunos. No modelo descrito, seria interessante, por exemplo, eliminar a posição do estudante do centro e colocar estudantes do grupo de risco nos cantos.

A pesquisa não considerou, necessariamente, que os estudantes estivessem usando máscara, mas os resultados se aplicariam para ambos os cenários, segundo os autores. “As máscaras têm duas principais funções: prendem algumas das partículas exaladas e potencialmente inaláveis e diminuem a velocidade do ar exalado que contém partículas de aerossol. Não presumimos especificamente que os alunos estejam usando máscaras, mas isso não afeta de forma significativa a aplicabilidade do estudo”, explicou ao Estadão Khaled Talaat, do Departamento de Engenharia Nuclear da Universidade do Novo México (EUA).

Os pesquisadores afirmam ainda que mais estudos são necessários e os números obtidos se referem ao modelo de sala de aula considerado. No entanto, os resultados podem ser qualitativamente aplicados para outras salas de aula.

Brasil

Parte das escolas particulares de São Paulo contratou a assessoria de hospitais para elaborar seus protocolos de retomada. E há uma indicação geral de que as escolas desliguem o ar-condicionado e abram janelas e portas (Mais informações nesta página). Pesquisa da Confederação Nacional dos Municípios (CNM) indicou que 3.275 municípios brasileiros ainda não veem condições sanitárias para retomar as aulas presenciais na rede básica de ensino neste ano. O número equivale a 82% das prefeituras consultadas. Segundo o presidente da entidade, Glademir Aroldi, até mesmo o clima é considerado nessa decisão.

“Na flexibilização de um bar, vai a um bar quem acha que pode ir. Na escola, quando abrir, você faz com que os alunos acabem frequentando, permaneçam por um período longo e voltem para a casa, convivam com pais, avós. É uma situação mais complexa. Em algumas regiões, precisa do ar-condicionado ligado o tempo todo”, disse ele. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Educação

Inscrições para o Fies começam nesta terça-feira

Publicado

em

Começa nesta terça-feira (9) o prazo para as inscrições do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), que segue até 12 de agosto. Os estudantes interessados devem acessar o site do Fies para efetuar o procedimento. O resultado dessa etapa deverá ser divulgado no dia 16 de agosto.

Durante a inscrição, o candidato deve preencher os dados requisitados e informar sua escolha de curso, turno e instituição de ensino, entre as vagas ofertadas pelo programa. Quem for pré-selecionado terá entre os dias 17 e 19 de agosto para complementar a inscrição no site. Quem não for convocado entrará, automaticamente, na lista de espera.

Podem participar do Fies os estudantes que participaram de alguma edição do Enem entre 2010 e 2021, com média de pelo menos 450 pontos e nota acima de zero na redação. Além disso, é preciso comprovar renda familiar mensal de até três salários-mínimos por pessoa.

Cronograma Fies 2022.2

Inscrições: 9 a 12 de agosto de 2022Resultado: 16 de agosto de 2022Complementação da inscrição: 17 a 19 de agosto de 2022Lista de espera: 22 de agosto a 22 de setembro de 2022

Fonte: DP

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

 

Continue lendo

Educação

Universidade Aberta do Brasil oferece 30 vagas no Polo Cedro-PE para Especialização em Direito Administrativo e Gestão Pública

Publicado

em

A Universidade Aberta do Brasil (UAB), através da Universidade Regional do Cariri (URCA), abriu inscrições para 2ª entrada no curso de especialização lato sensu em Direito Administrativo e Gestão Pública. O Polo Cedro-PE tem direito a 30 das 150 vagas disponibilizadas.

Quem quiser participar deve se inscrever no site da URCA/UAB, mediante pagamento de taxa no valor de R$ 100, até 22 de agosto. Doadores de sangue podem solicitar isenção, desde que comprovem uma doação feita há pelo menos um ano. O resultado da análise dos requerimentos de inscrição sai no dia 25 de agosto.

O curso destina-se a portadores de diploma em qualquer área do conhecimento nas modalidades de licenciatura plena, bacharelado ou graduação tecnológica, bem como professores da Educação Básica. (Do Alvinho Patriota)

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

 

Continue lendo

Educação

IFSertãoPE abre inscrições para capacitação de servidores em educação a distância

Publicado

em

Servidores do IFSertãoPE podem se capacitar gratuitamente para atuação no ensino a distância. O instituto está com inscrições abertas, até 15 de agosto, para seleção interna de interessados em participar do “Curso de Formação Inicial: Capacitação em Educação a Distância (EAD)”. A iniciativa é dedicada a servidores federais, preferencialmente professores, que desejam dar aulas presenciais com carga horária EAD ou cursos na modalidade EAD oferecidos pelo IFSertãoPE.

As aulas acontecerão no período de 22 de agosto e 31 de outubro, incluindo conteúdos, atividades avaliativas objetivas e participação em fóruns. Os alunos do curso receberão informações sobre planejamento e elaboração de materiais didáticos EAD; ambientação em Moodle e produção de videoaulas. Quem conseguir obter média final igual ou superior a 60 pontos, somando as notas das atividades de cada módulo e da prova final, recebe certificado.

Do Blog Alvinho Patriota

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

 

Continue lendo
Propaganda

Trending

Como podemos ajudar!!