Conecte-se Conosco

Esporte

CPI da Covid quer saber se governo e CBF negociaram liberação de argentinos

Publicado

em

O vice-presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid no Senado, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), afirmou neste domingo que vai enviar um requerimento à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para saber com quem a entidade fez “acordo” para burlar as regras sanitárias da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A CPI quer saber se o governo federal e a CBF negociaram a liberação dos jogadores argentinos no Brasil.

O jogo entre Brasil e Argentina, pela sexta rodada das Eliminatórias, foi suspenso após quatro atletas argentinos – Emiliano Martinez, Emiliano Buendia, Giovani Lo Celso e Cristian Romero – descumprirem regras sanitárias determinadas pela Anvisa e entrarem em campo. Aos cinco minutos do primeiro tempo, agentes da Anvisa entraram em campo e pararam o jogo em razão da presença dos jogadores (três deles titulares, Buendia ficou como reserva).

“Vamos enviar requerimento à CBF, através da CPI da Pandemia, solicitando resposta para o seguinte: com quais autoridades o governo brasileiro fez ‘acordo’ para burlar as regras sanitárias da Anvisa?”, afirmou Randolfe.

A Anvisa afirmou, em nota, que na tarde de sábado, em reunião com representantes da Conmebol, da CBF e da delegação argentina, recomendou a quarentena dos quatro jogadores argentinos. Os atletas prestaram informações falsas e descumpriram uma portaria da agência que estabelece que viajantes estrangeiros que tenham passagem, nos últimos 14 dias, pelo Reino Unido, África do Sul, Irlanda do Norte e Índia, estão impedidos de ingressar no Brasil como precaução contra a disseminação da covid-19.

Segundo o jornal O Globo, cartolas da CBF e da Conmebol informaram nesta reunião que estavam em conversas com o governo brasileiro para conseguir a liberação dos jogadores. Não disseram, porém, com quem estariam conversando.

Na chegada ao Brasil, na sexta-feira, os jogadores afirmaram não terem passado por nenhum dos quatro locais, uma informação falsa. Os quatro atletas atuaram em partidas do Campeonato Inglês entre os dias 28 e 29 de agosto. Martinez e Buendía jogam pelo Aston Villa, enquanto Lo Celso e Romero integram o elenco do Tottenham. A entrada deles no Brasil foi considerada ilegal.

A Anvisa informou que, na manhã deste domingo, acionou a Polícia Federal para que fossem adotadas providências imediatas. “A Anvisa perseguiu, desde o primeiro momento, o cumprimento à legislação brasileira, que, nesse caso, se restringia à segregação dos quatro jogadores envolvidos e a adoção das medidas sanitárias”, afirmou a agência.

“Desde o instante em que tomou conhecimento da situação irregular dos jogadores – no mesmo dia da chegada da delegação – a Anvisa comunicou o fato às autoridades brasileiras em saúde, por meio do CIEVS – o Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde.”

A Anvisa informou que “a decisão de interromper o jogo nunca esteve, nesse caso, na alçada de atuação da agência”. “Contudo, a escalação de jogadores que descumpriram as leis brasileiras e as normas sanitárias do País, e ainda que prestaram informações falsas às autoridades, essa assim, sim, exigiu a atuação da Agência de estado, a tempo e a modo.”

Em nota, na hora do jogo, o Ministério da Saúde afirmou que apoia as recomendações do órgão em relação aos jogadores argentinos. “O Ministério da Saúde informa que apoia e reconhece as recomendações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), autoridade em saúde responsável pelas ações de vigilância sanitária do país.” (Porv Esporte ao Minuto)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Esporte

Jogador de futebol na Austrália se declara homossexual: ‘Feliz por poder revelar’

Publicado

em

Josh Cavallo, jogador que atua na primeira divisão da Austrália, deu um passo importante contra o preconceito no futebol. O lateral-esquerdo de 21 anos, do Adelaide United, publicou um vídeo emocionante nesta quarta-feira no qual rompe o tabu e se declara homossexual. A atitude foi aplaudida e ganhou o apoio de jogadores da elite europeia.

“Foi uma jornada chegar a este ponto da minha vida, mas não poderia estar mais feliz com a minha decisão de sair do armário. Tenho lutado com a minha sexualidade há mais de seis anos e estou feliz por poder revelá-la”, disse Cavallo no vídeo, publicado na conta oficial do próprio Adelaide United.

O jovem contou como ser um jogador de futebol gay no armário o fez aprender a esconder seus sentimentos “para se encaixar no molde do jogador de futebol profissional” e descreveu como “crescer gay e jogar futebol foram dois mundos cujos caminhos nunca se cruzaram”. Cavallo afirmou que queria mudar o silêncio com que outros jogadores vivem sua sexualidade, tornando-se o primeiro jogador de futebol de alto escalão a se declarar publicamente gay. “Eu vivi com a suposição de que esse era um assunto sobre o qual eu nunca poderia falar”, disse.

O ex-jogador de futebol australiano Craig Foster, um proeminente ativista de direitos humanos, aplaudiu sua mensagem nas redes sociais. “Ninguém deveria ter que esconder quem é, a bola não se preocupa com cor, raça, religião, gênero ou sexualidade”.

PIQUÉ E GRIEZMANN APOIAM CAVALLO – Pouco tempo após o vídeo de Cavallo ser publicado, jogadores da elite do futebol europeu manifestaram apoio ao atleta australiano. Gerard Piqué, zagueiro do Barcelona, parabenizaram o jovem de 21 anos pela atitude.

“Não tenho o prazer de conhecê-lo pessoalmente, mas gostaria de agradecer o passo que você deu. O mundo do futebol está muito atrasado e você está nos ajudando a seguir em frente”, escreveu Piqué.

Antoine Griezmann, astro do Atlético de Madrid e da seleção francesa, também saiu em apoio de Josh Cavallo. “Orgulho de você”, escreveu o atacante vibrou ao lado de uma imagem com parte da mensagem divulgada por Cavallo.

Pau Gasol, lenda do basquete espanhol que se aposentou há algumas semanas, também apoiou a atitude do australiano: “Em 2021 isso não deveria ser novidade. Obrigado por este passo em frente para o esporte. Muito bem, Cavallo!”

(Fonte Esporte ao Minuto)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Esporte

Atlético-MG quer confirmar em Fortaleza a sua vaga na final da Copa do Brasil

Publicado

em

OAtlético-MG quer aproveitar a boa fase – líder disparado do Campeonato Brasileiro – para também garantir vaga na final da Copa do Brasil. E o time mineiro chega com larga vantagem para o confronto de volta contra o Fortaleza nesta quarta-feira, às 21h30, na Arena Castelão, na capital cearense.

Na ida, em Belo Horizonte, o Atlético goleou o rival por 4 a 0 e, agora, pode perder por até três gols de diferença. Ao Fortaleza resta triunfar por cinco ou mais gols de diferença para conquistar a inédita vaga na final. Se vencer por quatro gols de vantagem, a vaga será definida nos pênaltis. Não há o critério do gol qualificado como desempate.

Mesmo diante de cenário tão favorável, o técnico Cuca mantém os pés no chão e pede atenção ao elenco atleticano. “Se alguém pensa que tem algo decidido, não tem nada decidido, futebol é muito perigoso. Tudo é muito perto, sucesso e fracasso e a gente tem que tomar muito cuidado. Humildade, feijão com arroz é o que a gente vai fazer na quarta. Eu tenho muito cuidado com as coisas, sabe? E sinceramente eu tenho muito respeito a esse tipo de jogo”, disse Cuca.

No Atlético-MG, ele não poderá contar com o zagueiro Nathan Silva, que já disputou o torneio pelo Atlético-GO. O volante Allan forçou o terceiro cartão amarelo na ida e está suspenso. Réver e Tchê Tchê, respectivamente, devem ficar com estas vagas.

Zaracho também tentou tomar o terceiro cartão amarelo para estar livre em uma possível final, mas não conseguiu. Salvo mudança de última hora, ele vai para o jogo. Na lateral direita, Mariano se recuperou de uma pubalgia, mas ainda segue em transição. Assim, Guga, titular nas últimas três partidas, continua no time.

No Fortaleza, o técnico Juan Pablo Vojvoda terá um “pacote” de desfalques. Para começar, Yago Pikachu tem lesão no ombro. Também na lateral direita, Tinga está com lesão na coxa. O centroavante Robson, por sua vez, está com uma contusão no pé direito, e está quase vetado.

Outro desfalque certo é o meia Lucas Crispim, com dores musculares. Já o meio-campista Lucas Lima, ex-Palmeiras, e o defensor Marcelo Benevenuto, ex-Botafogo, não atuam por já terem jogado por esses times. O mais provável é que Éderson e Matheus Jussa sejam improvisados ao lado de Titi para formar o trio de zagueiros.

No meio-campo, Ronald e Felipe devem formar a dupla de volantes, enquanto o meia Matheus Vargas volta e fica responsável pela armação de jogadas. No ataque, Romarinho entra ao lado de David.

Por:Esporte ao Minuto

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Esporte

Daniel Alves nega mágoa com o São Paulo: ‘Gostaria que o final fosse diferente’

Publicado

em

O amor pelo São Paulo continua forte e ele descartou defender as cores de um rival

Coordenador técnico do São Paulo, Muricy Ramalho disse na segunda-feira que clube e Daniel Alves erraram na passagem do jogador pelo clube. Respondendo perguntas de seus seguidores nos Stories do Instagram, à noite, o lateral-direito garantiu que não falhou com o time do coração e, jurando não ter ficado magoado, lamentou apenas a maneira como chegou ao fim sua passagem pelo Morumbi.

Depois de assumir publicamente que o clube lhe devia salários, após a conquista do ouro olímpico, Daniel Alves acabou ficando sem clima no Morumbi e dispensado pelo São Paulo, que optou pelo fim da parceria e ainda parcelou a dívida em cinco anos após acordo com o jogador.

No papo com os torcedores, o assunto São Paulo foi inevitável e Daniel Alves acabou perguntado se “ramelou” com o clube. Ele não aceitou ter sido acusado de errar e discordou. “Não estou de acordo, mas respeito opiniões”, afirmou.

Também garante que não ficou chateado com a saída do clube, mesmo da maneira que ocorreu. “Não. Gostaria que o final tivesse sido de uma maneira diferente. Mas, como bons seres humanos que somos, nem tudo sai como planejamos. Mas, sempre agradecido”, disse.

O amor pelo São Paulo continua forte e ele descartou defender as cores de um rival. Foi questionado se jogaria em outro clube do Estado e o Corinthians foi usado de exemplo. “Não jogaria. Respeito todos os clubes, todas as suas histórias, mas sou tricolor”, garantiu.

Descontraído, ainda falou sobre quem acha o melhor jogador em atividade no momento e falou sobre a aproximação do fim da carreira. “Depois de mim, o Neymar. Acho o moleque bom, vai vingar”, afirmou, rindo à toa.

Um pouco mais sério, respondeu que ainda não se vê aposentado apesar dos 38 anos de idade. “(A carreira) Está mais perto do fim do que do começo, mas espero que ainda tenham muitas coisas boas para acontecer.”

Por Estadão Conteúdo

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda

Trending