Conecte-se Conosco

Esporte

Diretor do Grêmio diz que CBF não fez nada por clubes do Sul após tragédia

Pouco mais de um mês após o início da tragédia climática, o os clubes gaúchos tentam encontrar meios de se reestruturar, mas não contam com a estrutura da CBF nesse processo.

Publicado

em

Desde que paralisou o Campeonato Brasileiro por duas rodadas, a CBF ainda não estruturou projetos para apoiar os clubes do Rio Grande do Sul afetados pelas enchentes. Pelo menos é o que afirma Henrique Gutterres, executivo de marketing do Grêmio.

Pouco mais de um mês após o início da tragédia climática, o os clubes gaúchos tentam encontrar meios de se reestruturar, mas não contam com a estrutura da CBF nesse processo.

“Se a gente ver quais foram as decisões da CBF que ajudaram as equipes do Sul, a gente vai ver que não teve, né? Basicamente, a CBF delegou para cada clube a sua negociação. A única coisa que a CBF fez foi a paralisação do Campeonato Brasileiro por duas rodadas, mas também o fez porque sofreu uma pressão enorme dos clubes e, principalmente, da sociedade”, afirma Gutterres em entrevista à reportagem.
O responsável pela área de publicidade do Tricolor Gaúcho também entende que as ações pontuais da principal entidade do futebol brasileiro não se transformaram em um projeto estruturado a médio e longo prazo.

CAMPANHA ‘JOGANDO JUNTO’
Internacional e Grêmio trabalham em uma ação conjunta, chamada de “Jogando Junto – Pela Reconstrução do RS”, criada para estimular a doação de empresas para o processo de reestruturação do estado.

No primeiro momento, essa junção é para dar visibilidade e trazer recursos, trazer investimentos nessa reconstrução, que a gente sabe que é uma fase longa. Isso vem funcionando muito bem. Além da questão do “Jogando Junto, a gente entende que estamos em uma região muito pobre [da Arena do Grêmio], onde muitas famílias foram afetadas. Então, a gente está dentro da comunidade nesta quinta-feira (13), fazendo comida, fazendo faxina, ajudando em todos os aspectos.

AÇÕES DA CBF
Contatada pela reportagem, a CBF pontuou as ações que foram realizadas em prol da reconstrução do Rio Grande do Sul até o momento. São elas:
– Realização do jogo beneficente em parceria com a Rede Globo;
– Doação financeira;
– Alterações na tabela;
– Apoio da Fifa, que garante investimento e fomento para o futebol e clubes menores.

Foto Getty

Por Folhapress

Esporte

Fortaleza vence Flamengo, que dá adeus à liderança do Brasileirão

Publicado

em

O Flamengo tropeçou pela segunda vez seguida no Maracanã e não é mais líder do Brasileirão. Nesta quinta-feira (11), o Rubro-Negro perdeu para o Fortaleza por 2 a 1 e se manteve nos 31 pontos, perdendo a ponta para o Palmeiras. O Fortaleza foi aos 26 e encostou no G6.

Com informações do portaljogada10

Foto Matheus Amorim/FEC

           

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9155-5555.

Continue lendo

Esporte

‘Quer também?’, disse PM a outros atletas após atirar, segundo goleiro baleado

Ramón Souza foi atingido por uma bala de borracha na coxa esquerda.

Publicado

em

O goleiro Ramón Souza, 22, atingido por uma bala de borracha na coxa esquerda dentro de campo após o jogo entre Grêmio Anápolis e Centro Oeste, afirmou em depoimento à polícia que o PM que o baleou também ameaçou outros atletas durante o tumulto.

No relato registrado no boletim de ocorrência, Ramón afirma que pediu ao policial que abaixasse a sua arma, mas foi atingido logo em sequência, momento em que saiu gritando e correndo com dor. Enquanto isso, afirma o goleiro, o policial perguntava aos outros jogadores: ‘Quer também?’, com a arma apontada na direção deles.
O atleta foi socorrido e foi feito um procedimento de sutura dentro da ambulância, sob o comando do médico do Grêmio Anápolis.

De acordo com Ramón, a confusão começou com uma discussão entre um gandula e um jogador adversário, o que gerou o tumulto entre os times. O goleiro afirmou que a confusão já tinha cessado quando foi atingido e que o policial empurrou um atleta do time e também esbarrou o ombro em Ramón ainda no início do tumulto.

A mãe do atleta afirmou à Folha de S.Paulo que ele não jogará mais durante a Divisão de Acesso do Campeonato Goiano por conta do ferimento e que, devido à grande perda de sangue, chegou a desmaiar em campo.

“Estava muito calado, acho que com uma tristeza muito grande. Ele sangrou muito e desmaiou em campo. Ele disse que queimava muito, doía muito, perdeu as forças. A ambulância demorou bastante para fazer o socorro, mas, graças a Deus, ainda assim foi um grande livramento. Eu não consegui pregar o olho e fico imaginando se fosse em outro lugar, se esse policial atira na barriga dele, coisa assim, poderia ter causado algo muito mais sério”, lamentou Carliane.

O advogado Paulo Pinheiro, do Grêmio Anápolis, está acompanhando o goleiro durante depoimento na delegacia na manhã desta quinta-feira (11). Ramón passou por exame de corpo de delito ainda durante a noite desta quarta (10).

Segundo Pinheiro, será feita a representação na corregedoria da Polícia Militar, bem como os atos necessários na Justiça Desportiva e na Justiça comum para buscar reparação.

A Polícia Militar informou, por meio de nota, que foi determinada a abertura de um procedimento administrativo para apurar os fatos com rigor.

A corporação disse que reafirma o seu compromisso com o cumprimento da lei e reitera que não compactua com qualquer desvio de conduta praticado por seus membros.

Foto  ShutterStock

Por Folhapress

           

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9155-5555.

Continue lendo

Esporte

Brasil vai à Paris com 277 atletas; delegação é menor que a de Tóquio-2020

A delegação brasileira tem maioria de mulheres e é menor que a de Tóquio-2020.

Publicado

em

O Brasil terá uma delegação majoritariamente feminina nos Jogos Olímpicos de Paris. É a primeira vez na história em que isso acontece. São 153 atletas mulheres entre 277 convocados para as Olimpíadas (55% -em Tóquio-2020, foram 47%).

Em números absolutos, no entanto, a delegação deste ano é menor do que a de Tóquio-2020 (301) e que a do Rio de Janeiro-2016.

Para o COB (Comitê Olímpico Brasileiro), também é possível que nesta edição dos Jogos as mulheres conquistem mais medalhas do que os homens, repetindo o que aconteceu nos Jogos Pan-Americanos Santiago 2023. Rebeca Andrade, Beatriz Ferreira, Rayssa Leal e Ana Marcela Cunha são as apostas para alavancar esse número.

Paris-2024 é a primeira Olimpíada a ter igualdade de gênero em relação aos atletas participantes: foram 10.500 vagas preenchidas por 5.250 mulheres e 5.250 homens.

Dono de um ouro e dois bronzes, o cavaleiro Rodrigo Pessoa vai para sua oitava participação em Olimpíadas, superando Robert Scheidt (vela) e Formiga (futebol), com sete.

Se considerarmos os Jogos de verão (como este, de Paris) e os de inverno (que envolvem esportes na neve), ele igualará a brasileira Jaqueline Mourão, que tem três participações em edições de verão e cinco de inverno.

O Brasil competirá em 39 modalidades:

1 – águas abertas
2 – atletismo
3 – badminton
4 – basquete (masculino)
5 – boxe
6 – canoagem slalom
7 – canoagem velocidade
8 – ciclismo BMX racing
9 – ciclismo BMX freestyle
10 – ciclismo estrada
11 – ciclismo mountain bike
12 – esgrima
13 – futebol (feminino)
14 – ginástica artística
15 – ginástica rítmica
16 – ginástica trampolim
17 – handebol (feminino)
18 – hipismo adestramento
19 – hipismo CCE
20 – hipismo saltos
21 – judô
22 – levantamento de pesos
23 – natação
24 – pentatlo moderno
25 – remo
26 – rúgbi (feminino)
27 – saltos ornamentais
28 – skate
29 – surfe
30 – taekwondo
31 – tênis
32 – tênis de mesa
33 – tiro com arco
34 – tiro esportivo.

Foto Getty

Por Folhapress

           

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9155-5555.

Continue lendo
Propaganda

Trending

Fale conosco!!