Conecte-se Conosco

Esporte

Dorival diz que ‘nunca entra na roda’ e defende postura antes de pênaltis na Copa América

Dorival afirmou que, contra o Uruguai, já havia definido todos os cobradores antes do fim da partida.

Publicado

em

A eliminação do Brasil diante do Uruguai nas quartas de final da Copa América teve uma imagem marcante nas redes sociais: a ausência de Dorival Júnior, treinador da seleção, na “rodinha” dos atletas antes da disputa por pênaltis. Do lado uruguaio, Marcelo Bielsa levou a prancheta e ficou, rodeado pelos atletas, passando as informações. Criticado por não estar presente no momento mais decisivo e ignorado pelos jogadores, Dorival defende que este é seu comportamento natural nas disputas – e o histórico recente mostra isso.

Antes de assumir a seleção brasileira, Dorival comandou Flamengo, em 2022, e São Paulo, em 2023. Foi no time tricolor que o treinador recebeu o convite para suceder Fernando Diniz após Carlo Ancelotti, desejo da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), renovar com o Real Madrid. Nesses trabalhos mais recentes, passou por três disputas de pênaltis: Corinthians, final da Copa do Brasil de 2022; Sport, oitavas da Copa do Brasil de 2023, e LDU, quartas da Copa Sul-Americana. Em nenhuma destas Dorival se colocou no meio da conversa dos atletas.

“Em todas as cobranças que eu participei, eu nunca entro naquela roda. Tudo o que fizemos foi preparatório e anterior a partida. Naquele momento, não preciso falar nada. Se pegar imagem de outros jogos, podem acompanhar que não entro ali”, afirmou, em entrevista ao GE. Segundo o treinador, a foto que viralizou nas redes se deve ao fato de precisar cortar um jogador da disputa, já que o Uruguai tinha um expulso. Guilherme Arana foi o escolhido, mas o treinador não se lembrava do seu número na camisa.

“A pessoas fazem uma avaliação de uma foto, de um gesto, de uma palavra, de uma atitude… Só peço que exista respeito a todos os profissionais. Quando atleta, ficava sempre um pouco afastado, mas junto com o grupo, ouvia aquele debate inicial mas tentava me concentrar, havia treinado para bater, queria estar concentrado e acima de tudo tranquilo”, defendeu.

Contra Sport e Corinthians, a estratégia de se afastar dos jogadores deu certo – classificação e título da Copa do Brasil, respectivamente. Diante de LDU e, na última semana, contra o Uruguai, não. Além disso, como o próprio treinador defendeu, em disputas mais antigas também ficou distante dos jogadores na disputa. É o caso da decisão da Copa do Brasil de 2015, contra o Palmeiras, quando comandava o Santos.

Dorival também afirmou que, contra o Uruguai, já havia definido todos os cobradores antes do fim da partida. O único com quem conversaria, antes da disputa, era Alisson. O goleiro, inclusive, defendeu o treinador após a eliminação. “Ele estava ali sim, perto da roda. Isso é particular de cada treinador. Pegaram algumas imagens isoladas, mas ele estava bem próximo da gente, conversou comigo, passou confiança para mim, passou confiança para os jogadores. Agora na hora da derrota, fica todo mundo que vai ficar procurando pelo em ovo”, afirmou.

O Brasil caiu precocemente na Copa América, nas quartas de final, depois um 0 a 0 pouco inspirado contra o Uruguai. Nas cobranças de pênalti, Éder Militão e Douglas Luiz erraram suas cobranças. Alisson ainda pegou uma batida, mas não foi suficiente, e a seleção perdeu a disputa por 4 a 2.

Foto Getty

Por Estadão

           

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9155-5555.

Esporte

Messi faz dedicatória a Di María e Otamendi após novo título da Argentina

“Obrigado a todos pelo apoio. Esta seleção tem um presente muito forte e também um futuro promissor. Vamos Argentina, c******”, concluiu o atacante do Inter Miami.

Publicado

em

Lionel Messi voltou às redes sociais na madrugada desta terça-feira para compartilhar uma nova mensagem sobre a conquista da Copa América ao serviço da Argentina, destacando especialmente Ángel Di María e Nicolás Otamendi, ambos que se destacaram no Benfica na última temporada.

“A Copa América acabou e a primeira coisa que quero fazer é agradecer a todos pelas mensagens e cumprimentos. Estou bem, graças a Deus, e espero voltar em campo em breve para continuar fazendo o que mais amo”, começou Messi, que saiu lesionado aos 64 minutos da final contra a Colômbia (1-0), decidida no prolongamento.

“Estou muito feliz, especialmente porque alcançamos o nosso objetivo e o Fide [Ángel Di María] conquista mais uma Copa conosco. Os veteranos como ele, Ota ou eu, vivenciamos isso com muita emoção, junto com outros companheiros que já têm vários torneios e contribuem com sua experiência, além dos jovens que dão tudo em campo. Somos um time e uma família. Um grupo incrível”, enfatizou Messi, referindo-se aos jogadores do Benfica. 

“Obrigado a todos pelo apoio. Esta seleção tem um presente muito forte e também um futuro promissor. Vamos Argentina, c******”, concluiu o atacante do Inter Miami.

Foto getty

Por Notícias ao Minuto

           

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9155-5555.

Continue lendo

Esporte

Daniel Alves regulariza pendências financeiras com banco e filhos

Além de resolver o processo com o Banco Safra, Daniel Alves também quitou as pendências financeiras com seus filhos. Um valor de R$ 336 mil foi enviado aos herdeiros do ex-jogador, encerrando também o processo de penhora por dívida de pensão alimentícia.

Publicado

em

O ex-jogador Daniel Alves finalmente resolveu dois problemas financeiros que o atormentavam há algum tempo. Após receber um depósito de cerca de R$ 1,1 milhão, ele quitou uma dívida com o Banco Safra e também regularizou pendências com seus filhos.

Conforme apurado pelo jornalista Diego Garcia, o dinheiro foi creditado na conta de Alves após um pagamento feito pelo São Paulo, seu ex-clube. A Justiça de São Paulo encerrou na última semana a disputa judicial entre o jogador e o Banco Safra.

A ação movida pela instituição bancária se referia a um empréstimo de R$ 550 mil contraído por uma agência de publicidade da qual Daniel Alves era CEO. O valor da dívida aumentou consideravelmente devido a juros e correções monetárias. Para encerrar a questão, Alves concordou em pagar R$ 754 mil.

Além de resolver o processo com o Banco Safra, Daniel Alves também quitou as pendências financeiras com seus filhos. Um valor de R$ 336 mil foi enviado aos herdeiros do ex-jogador, encerrando também o processo de penhora por dívida de pensão alimentícia.

Daniel Alves não se pronunciou publicamente sobre os pagamentos e o fim dos processos. Já o São Paulo, em nota oficial, ressaltou que o clube está cumprindo as obrigações impostas pela justiça em um contrato “herdado pela antiga gestão”.

Foto Getty

Por Notícias ao Minuto

           

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9155-5555.

Continue lendo

Esporte

Invicta, Argentina é bicampeã consecutiva da Copa América após bater Colômbia

Publicado

em

A Argentina se sagrou bicampeã consecutiva da Copa América – 2021/24, invicta, na madrugada desta segunda-feira ao derrotar a Colômbia por 1 a 0, aos 7 minutos do segundo tempo da prorrogação, gol de Lautaro Martínez no Hard Rock Stadium, em Miami, nos Estados Unidos. A dobradinha albiceleste não acontecia desde 1991/93.

O time de Messi e Companhia foi campeã com cinco vitórias e um empate. Ganhou na fase de grupos, Canadá, Chile e Peru. A equipe de Lionel Scaloni avançou apenas nos pênaltis contra o Equador nas quartas-de-final, e na semifinal repetiu o 2 a 0 sobre o Canadá.

Essa foi a 16ª conquista dos argentinos, que se isolaram na liderança do torneio, como a maior vencedora da competição, na frente do Uruguai. Vale lembrar que a Argentina é a última campeã da Copa do Mundo-2022. O jogo também marcou a despedida de Dí Maria com a seleção Argentina.

Já a Colômbia tentava conquistar o segundo caneco e encerrar um jejum de 23 anos sem um título de expressão. O único título histórico e inédito dos colombianos aconteceu em 2001 quando venceram o México.

A equipe do treinador Néstor Lorenzo perdeu uma invencibilidade de 28 partidas. Até chegar ao vice-campeonato, a Colômbia estava invicta e se classificou em primeiro lugar no Grupo D, e garantiu a liderança ao empatar com o Brasil na terceira rodada. Nas quartas de final, goleou sem dificuldade o Panamá, por 5 a 0, e depois superou o Uruguai por 1 a 0 na semifinal, mesmo atuando com um jogador a menos em todo o segundo tempo.

Fonte: Terra

           

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9155-5555.

Continue lendo
Propaganda

Trending

Fale conosco!!