Conecte-se Conosco

Esporte

Dorival tenta recolocar Flamengo nos eixos a tempo para sequência crucial

O time rubro-negro voltou suas atenções novamente ao Campeonato Brasileiro.

Publicado

em

A derrota para o Atlético-MG pelo Campeonato Brasileiro deixou o Flamengo ainda mais pressionado para a volta das oitavas de final da Copa do Brasil, na quarta-feira (22). Porém, o gol de Lázaro, na reta final do segundo tempo, manteve o time rubro-negro vivo pela classificação e traz à tona um respiro de alívio para os próximos passos na temporada.

Agora, o time rubro-negro volta suas atenções novamente ao Campeonato Brasileiro, e se prepara para enfrentar o América-MG, neste sábado (25), às 16h30, no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), pela 14ª rodada da Série A.

A atuação carioca na quarta-feira, de fato, foi diferente em relação ao jogo do último domingo (19) contra o mesmo time mineiro, como citou Gabigol na saída do campo. Dois dias separaram o Flamengo passivo e presa fácil do Flamengo intenso e agressivo, principalmente nos primeiros minutos.

As duas falhas de Diego Alves e a atuação calorosa de Hulk quase colocaram o clube rubro-negro na corda bamba em um momento crucial da temporada. Se manter vivo na Copa do Brasil, ao disputar a vaga no ‘inferno’ do Maracanã, traz certo alento momentâneo em uma sequência de jogos que podem definir o rumo da temporada.

“A gente queria vencer. Nós mudamos a postura do último jogo. Fizemos um bom jogo e pressionamos bem. Fizemos o gol. Quando eles forem lá [no Maracanã], eles vão ver o que é pressão e o que é inferno”, disse Gabigol na saída de campo.

A derrota para o Atlético marcou o primeiro tira-teima do Flamengo de Dorival, que acumula aproveitamento de apenas 25% em quatro jogos: uma vitória e três derrotas. Recém-chegado, o técnico assumiu o elenco que está há meses pressionado para dar resultado em campo com performances à altura dos investimentos.

Por enquanto, a única vitória foi contra o Cuiabá, e o técnico foi convicto ao apontar evolução no jogo. A convicção pareceu ter ido água abaixo nesta semana, na primeira derrota para o Atlético-MG. Porém, após o segundo revés, Dorival reforçou a evolução, elogiou a atuação e projetou que o caminho está sendo encontrado.

“Eu acho que foi um grande jogo. Nós propusemos o jogo, colocamos o Atlético no campo deles. Tivemos intensidade, buscamos o gol a todo momento. O Hulk estava em uma noite muito boa e praticamente definiu a sorte da partida. Foram duas jogadas individuais. Eu fico satisfeito com a atuação do Flamengo, independente dos dois gols. Nós estamos encontrando o caminho que precisamos. A equipe jogou com maturidade e com muita gana querendo o resultado”, disse o técnico em coletiva.

São quatro jogos em 12 dias e Dorival tem mais um tira-teima neste mês. A primeira partida das oitavas da Libertadores acontece já na quarta (29), contra o Tolima, na Colômbia. A sobrevida nas competições de mata-mata vai além da pressão por resultado em campo e carrega o peso financeiro que pode comprometer a temporada.

Seguro em um elenco renomado e temporadas passadas vitoriosas, o Flamengo foi ousado nas metas orçamentárias e projetou um valor bilionário. O montante passa pela classificação até a final da Copa do Brasil e da Libertadores, além do vice-campeonato brasileiro. Com isso, caso seja eliminado, o clube terá um ‘rombo’ de cerca de R$ 30 milhões.

Para cumprir o planejamento e as expectativas quanto ao desempenho em campo, Dorival vem utilizando todo tempo disponível no calendário do futebol brasileiro. Após a derrota, o Flamengo permaneceu em Belo Horizonte para treinar já na manhã desta quinta-feira (23) em função da recuperação dos atletas. Segundo o treinador, foram apenas três atividades com o time principal desde que chegou ao clube.

“Nós estamos tentando da melhor forma possível. Eu trabalhei três dias com o time principal desde que cheguei. Nós temos que corrigir. É para isso que estamos aqui. A impressão que tiveram da partida anterior foi diferente. O Flamengo está começando a encontrar o caminho. Nós vamos conseguir uma constância e a confiança dos jogadores. Quando isso acontecer, teremos resultados bem melhores”, disse.

O ambiente ainda é de desconfiança, principalmente vindo da torcida, e Dorival corre contra o tempo para encontrar o caminho no Flamengo e fazer com que a pressão, que assombra o clube, se afaste do Ninho -e da Gávea.

Para a partida deste sábado, o técnico deve ter o retorno do zagueiro David Luiz, que desfalcou o time nos últimos compromissos graças a um edema na coxa. Em contrapartida, o time carioca confirmou que o atacante Bruno Henrique irá passar por uma cirurgia no ligamento cruzado anterior, e a previsão é de 10 a 12 meses de recuperação. Portanto, uma escalação inicial do Flamengo deve ter: Diego Alves (Santos); Matheuzinho, Rodrigo Caio, Pablo e Filipe Luís (Ayrton); Willian Arão, João Gomes e Andreas Pereira (Thiago Maia); Everton Ribeiro, Arrascaeta e Gabigol.

O América-MG, por sua vez, busca um revés após chegar a quatro jogos sem vitória -na última rodada, o time mineiro perdeu por 1 a 0 do Fortaleza. Com 15 pontos, o clube ocupa a 16ª posição, e busca a vitória para diminuir as chances de entrar na zona de rebaixamento.

O técnico Vagner Mancini terá o retorno do volante Alê, que cumpria suspensão na última partida. O goleiro Jailson e o meia Matheusinho, que se recuperavam de lesões, já treinam normalmente com o time, e podem estar entre a delegação que vai ao Rio de Janeiro. Uma possível escalação inicial do América-MG tem: Jailson (Airton), Patric, Éder e Cónti, Marlon; Lucas Kal, Juninho, Alê, Felipe Azevedo, Everaldo, Aloísio.

Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Horário: Às 19h (de Brasília) deste sábado (25)
Árbitro: Ramon Abatti Abel (SC)
VAR: Wagner Reway (PB)
Transmissão: Premiere

Por UOL/Folhapress

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Esporte

Hamilton revela ter sido chutado durante ataque racista na infância

O atleta, quando criança, foi atacado por um homem e seu filho na Inglaterra.

Publicado

em

Em entrevista ao veículo Vanity Fair, Lewis Hamilton tornou público algo que nem mesmo os seus pais sabiam. De acordo com o piloto, quando ele tinha 11 anos, uma dupla formada por pai e filho o atacou em Newcastle, na Inglaterra, se utilizando de falas racistas e, inclusive, derrubando e chutando o britânico.

“Volte para o seu país [diziam pai e filho]. Ainda hoje lembro como foi aterrorizante. Eu realmente não conseguia entender. Era como ‘Eles estão falando comigo? Eu sou daqui. O que eles querem dizer?’ Eu nunca poderia entender isso”, disse o piloto.

Em seguida, Hamilton explicou o motivo de nunca ter contado o que aconteceu aos seus pais e lembrou dos momentos em que esteve ‘sozinho’.

“Nunca falei sobre isso com meus pais. Eu não falei sobre isso com minha mãe – eu não acho que ela entenderia. E meu pai, eu provavelmente estava com muito medo de contar ao meu pai, porque eu não queria que ele pensasse que eu era uma covarde. Sabe, eu não queria que ele pensasse que eu não poderia me defender. Eu só me lembro de muitas vezes estar sozinho, apenas chorando no meu quarto”, afirmou.

Nos últimos anos, Hamilton tem sido uma das vozes mais ativas da Fórmula 1. Sobre a categoria, o inglês revelou que não se sentiu bem-vindo em 2007, quando ingressou, e também se abriu sobre como outras pessoas se incomodam com sua postura.

“Eu não me senti bem-vindo. Não me senti aceito [quando entrou]. Deus sabe quantos desses pilotos dizem: ‘Isso não é o que um piloto de Fórmula 1 é. Não é assim que você se comporta. Não é assim que você faz. Tatuagens? Não! Um piloto de Fórmula 1 não tem tatuagens! Um piloto de Fórmula 1 não tem personalidade e piercings!'”, declarou.

PorUol/Folhapress

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

 

Continue lendo

Esporte

Sete jogos pela Série B e o Bahia busca terceira vitória consecutiva

Além da Ponte Preta, que recebe o Vasco, o Ituano é outro paulista a entrar em campo para se manter longe da zona de rebaixamento.

Publicado

em

A terça-feira será bem movimentada pelo Campeonato Brasileiro da Série B, com nada menos do que sete jogos da 23ª rodada. O vice-líder Bahia busca a terceira vitória seguida e o Tombense joga com o Vila Nova para se aproximar do G-4 – zona de acesso. Além da Ponte Preta, que recebe o Vasco, o Ituano é outro paulista a entrar em campo para se manter longe da zona de rebaixamento.

Depois de superar o Náutico, por 3 a 0, e o CSA, por 1 a 0, o Bahia visita o Sampaio Corrêa, às 21h30, no estádio Castelão, em São Luís (MA). Com 40 pontos, os baianos estão a nove pontos do líder Cruzeiro, que encara o Londrina, no Paraná, a partir das 21h. Há dois jogos sem vencer, o Sampaio soma 29 pontos, em oitavo lugar.

Sexto colocado com 32 pontos, o Tombense está de olho na quinta colocação, ocupada pelo Londrina, com 33. Para isso, recebe o Vila Nova, vice-lanterna (19º) com 19 pontos, no estádio Soares de Azevedo, em Muriaé (MG), às 21h30. Apesar da má situação, os goianos estão há quatro jogos invicto, com três empates e uma vitória.

Quem também pretende colar no G-4 é o Sport, sétimo com 31 pontos. Às 19h, o time pernambucano estará em Itu (SP), onde encara o Ituano, no estádio Novelli Júnior. Os paulistas estão há cinco jogos sem perder, com três empates e duas vitórias, na 12ª colocação, com 27 pontos. No mesmo horário, o Grêmio, terceiro colocado com 40 pontos, recebe na sua arena em Porto Alegre (RS) o Operário, 15º com 24 pontos.

Outro time que busca um respiro é o CSA, que está há quatro jogos sem vencer e vem de três derrotas seguidas. Tanto que sofreu uma mudança nesta segunda-feira, quando a diretoria demitiu o técnico Alberto Valentim, que deixa o clube alagoano com apenas uma vitória, cinco derrotas e quatro empates. O clube está perto de confirmar a chegada de Marcelo Chamusca, que passou sem sucesso pelo Guarani ainda nesta temporada.

O CSA abre a zona de rebaixamento, em 17º, com 20 pontos, e recebe no estádio Rei Pelé, em Maceió (AL), às 20h30, o Brusque, 14º com 25. No mesmo horário, Ponte Preta e Vasco duelam no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP). Os paulistas somam 26 pontos, em 13º, contra 39 dos cariocas, que estão em quarto.

Confira os jogos da 23.ª rodada da série b:

Terça-feira

19h

Ituano x Sport

Grêmio x Operário

20h30

CSA x Brusque

Ponte Preta x Vasco

21h

Londrina x Cruzeiro

21h30

Sampaio Corrêa x Bahia

Tombense x Vila Nova

Quarta-feira

19h

Náutico x CRB

Chapecoense x Novorizontino

21h30

Criciúma x Guarani

Por Estadão

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

 

Continue lendo

Esporte

Palmeiras vence Goiás e abre vantagem na liderança em semana decisiva

Publicado

em

O Palmeiras fez sua tarefa de casa e venceu o Goiás por 3 a 0, pelo Campeonato Brasileiro, na tarde de ontem (7). Mayke e Raphael Veiga, voltando a acertar um pênalti após três perdidos, construíram o placar para o Verdão ainda na 1ª etapa. Na segunda etapa, Atuesta fez seu primeiro pelo Verdão: um golaço de fora da área.

O resultado, obtido mesmo com uma equipe considerada alternativa, veio naturalmente, fruto de um jogo organizado, sem sobressaltos, que deixa boa impressão para os dois próximos e cruciais compromissos da semana que se inicia hoje: quarta, contra o Atlético-MG, pela volta das quartas de final da Libertadores; e sábado, pelo Brasileiro, contra o Corinthians.

Por falar no clube alvinegro, a vitória faz o Palmeiras abrir seis pontos de vantagem na tabela sobre o rival: 45 a 39. Em relação ao Fluminense, terceiro colocado, são sete. E, contra o Flamengo, o quarto, nove.

Com a derrota, o Goiás perdeu a chance de entrar na zona de classificação à Copa Sul-Americana. Com 25, o Esmeraldino estaciona na 13ª posição.

Fonte: UOL

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

 

Continue lendo
Propaganda

Trending

Como podemos ajudar!!