Conecte-se Conosco

Pernambuco

Em Pernambuco, primeiro fim de semana de restrições tem bares interditados

Publicado

em

Neste primeiro fim de semana de medidas restritivas em Pernambuco, em razão do avanço da Covid-19, o Procon estadual anunciou a realização de diversas operações de fiscalização, sobretudo em estabelecimentos comerciais do ramo de alimentação e lazer. No Recife, o trabalho foi realizado em bares no Pina, na Zona Sul; além do Bairro do Recife, na área central. As ações também avançaram pelo município de Carpina, na Zona da Mata Norte.

Na localidade do interior, de acordo com o Procon, na noite última sexta-feira (26), foi feita a interdição do Restaurante Don Costelloni, que permanecia aberto, descumprindo o decreto do Governo do Estado que determina que as atividades econômicas devem funcionar apenas até às 20h, em 63 municípios do Interior do estado. Os eventos sociais também estão proibidos.

Conforme o órgão de defesa do consumidor, já passava das 21h quando os fiscais chegaram ao local, onde ocorria um noivado com mais de 30 pessoas, e algumas circulando sem máscara. Também participaram da ação a Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa), a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros.

“Será lavrado um auto e após análise do porte da empresa, estabelecida a multa, que tem valor mínimo de R$ 10 mil. Pedimos a conscientização da população para que não precisemos avançar para medidas restritivas mais severas”, afirmou o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico.

Decreto:
Em 63 cidades do interior estão proibidas atividades econômicas e sociais de segunda a sexta, das 20h às 5h do dia seguinte. Aos sábados e domingos, a proibição das atividades vai das 17h às 5h do dia seguinte. Na Região Metropolitana do Recife, a partir do sábado (27), às restrições são entre as 22h e às 5h da manhã. As restrições, no entanto, não se aplicam a estabelecimentos e serviços considerados essenciais. Quem estiver descumprindo o decreto será interditado pelo órgão de defesa do consumidor.

Por Diário de Pernambuco

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Pernambuco

TCE-PE disponibiliza acesso a salas de atendimento virtual

Publicado

em

O Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE), passa a disponibilizar, a partir desta segunda-feira (12), um serviço de atendimento virtual para advogados, gestores e público em geral.

O Balcão Virtual consiste em salas de videoconferência semelhantes ao “balcão físico”, pelo qual se presta atendimento presencial ao público.

O atendimento será feito ao vivo, em salas de videoconferência, semelhante ao que é feito de forma presencial. Por meio da plataforma Google Meet, o público vai entrar em contato diretamente com os servidores responsáveis nos gabinetes de conselheiros e substitutos, Ministério Público de Contas e demais áreas de interesse, no horário das 07 às 13h, de segunda a sexta-feira.

Este serviço se insere no rol de ferramentas criadas pela gestão para garantir a continuidade das atividades e o acesso seguro dos usuários durante a pandemia.

Desde o dia dois de março, o Tribunal de Contas suspendeu as atividades presenciais e passou a funcionar remotamente, em razão do agravamento dos casos de Covid-19 no Estado.

Para acessar o atendimento virtual clique aqui.

Por:Diario de Pernambuco

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Pernambuco

Quarto dia de chuvas fortes tem mais alagamentos e transtornos no Grande Recife

Publicado

em

Após um final de semana de transtornos devido às chuvas, a segunda-feira (12) começou com alagamentos e mais problemas no Grande Recife. Em Olinda, houve moradores sem ter como sair de casa e, na capital pernambucana, algumas ruas e avenidas ficaram tomadas pela água.

Na sexta-feira (09), a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) emitiu um alerta sobre chuvas com intensidades moderadas a fortes no Grande Recife e na Zona da Mata. No sábado (10) e no domingo (11), esse alerta foi prorrogado por mais 24 horas.

Uma câmera de monitoramento localizada no bairro do Ibura, na Zona Sul do Recife, mostrou um homem em uma bicicleta passando pelo trecho alagado da Avenida Dois Rios com água na altura da cintura. Na Avenida Recife, que corta a Zona Oeste e a Zona Sul, a água também impediu a circulação de veículos próximos à entrada do Ibura.

Também no Ibura, no final de semana, um homem desapareceu levado pela água. Na manhã desta segunda, o Corpo de Bombeiros informou que retomou as buscas pelo homem.

Ainda na Zona Sul, moradores estavam com água na altura do joelho e reclamaram da falta de drenagem da Rua Hélio Brandão, no bairro do Ipsep. O Túnel Felipe Camarão, no bairro do Jordão, na mesma área da cidade, também registrou alagamento. O local é alvo constante de denúncias por problemas de infraestrutura.

De acordo com a Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU), a Central de Operações de Trânsito registrou pontos de alagamentos, por volta das 7h40 desta segunda, nas avenidas Dois Rios, no Ibura; Avenida Sul, sob o Viaduto Capitão Temudo; Avenida Recife, na altura da entrada e saída do bairro do Ibura, na mesma área; e Avenida Doutor José Rufino, na altura do Colégio Visão, na Zona Oeste.

O prefeito do Recife, João Campos (PSB), disse que o sistema de drenagem do Recife não foi projetado para suportar fortes quantidades de chuva, como ocorreu nos últimos quatro dias, que, segundo ele, foram um “fenômeno anormal”.

Ele disse, ainda, que há um projeto para dragagem do Rio Tejipió, que anualmente transborda e deixa moradores ilhados nas zonas Sul e Oeste do Recife, mas afirmou que ação é muito cara, pois custam R$ 100 milhões. Segundo ele, daria para construir 50 escolas na cidade com esse valor.

“O Rio Tejipió, que a gente sabe que é uma parte que tem um dano considerável, pega os bairros da Imbiribeira, Ipsep, Caçote, Areias, a Avenida Recife e Mascarenhas de Morais, é um rio que tem um projeto para fazer a dragagem, que custa R$ 100 milhões, e é a única forma de fazer uma mitigação efetiva. É um projeto muito robusto, que a gente está atualizando, e podemos colocá-lo numa linha de financiamento que a gente está desenhando”, declarou. (Do G1 PE)

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Pernambuco

Veja as capas dos principais jornais de PE, desta Segunda-feira, 12 de Abril de 2021

Publicado

em

Veja a capa com as principais manchetes dos principais jornais de PE, desta Segunda-feira, 12 de Abril de 2021

 

 

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda

Trending