Conecte-se Conosco

Entretenimento

Empresa cobra por shows que Chorão não fez por ter morrido

Publicado

em

A empresa Promocom Eventos e Publicidade cobra uma indenização por nove shows que o músico não pôde fazer

Nove meses após a morte do vocalista Chorão, da banda Charlie Brown Jr., uma notificação extrajudicial chegou às mãos do seu único filho, o fotógrafo Alexandre Ferreira Lima Abrão.

Reginaldo Ferreira Lima, advogado e avô materno de Alexandre Ferreira, diz que o pedido de indenização é uma “loucura”. “Naturalmente, o Chorão não tinha como fazer os shows, ele morreu…”.

Em petição apresentada à Justiça, o advogado sustenta que uma indenização deve decorrer de um dano causado por ato ilícito e voluntário. “É óbvio que não há como imputar qualquer ato ilícito a ele.”

Alexandre Magno Abrão, o Chorão, tinha 42 anos quando foi encontrado morto em seu apartamento, em Pinheiros, na cidade de São Paulo.

Exames detectaram que a morte do cantor ocorreu em decorrência de uma overdose de cocaína, como a acusação fez questão de salientar em um dos documentos anexados ao processo.

O laudo necroscópico do IML (Instituto Médico Legal) afirma que foram encontradas no corpo do músico 4,714 microgramas de cocaína por mililitro de sangue.

Skatista profissional na categoria freestyle nos anos 1980, Chorão fundou o Charlie Brown Jr. em 1992, tendo ao longo da carreira lançado nove discos de estúdio, dois álbuns ao vivo e mais duas coletâneas.

O nome da banda, como o próprio relatou em entrevistas, foi escolhido depois que ele atropelou uma barraca de coco em Santos, aonde morou em boa parte da vida, na qual havia um desenho do personagem criado pelo cartunista Charles Schulz.

O “Jr” foi acrescentado como uma homenagem a uma geração formada por grupos de rock, como Planet Hemp e Suicidal Tendencies, entre outros, da qual dizia ser filho.

Seu último show ocorreu em Camboriú (SC), em 26 de janeiro de 2013, de acordo com o livro de fotografias “Eu Estava Lá Também” (editora Realejo), um projeto do próprio Chorão que foi retomado pelo filho.

“Lembro que a primeira foto que fiz ficou fora de foco e eu pedi para ele voltar para perto da galera, e fiz outra”, contou Alexandre, à época do lançamento, em 2017.

No processo aberto pela Promocom Eventos, o único herdeiro de Chorão, hoje com 29 anos, questiona não apenas o pedido de indenização e da multa, mas a própria necessidade de ressarcimento pelos valores supostamente adiantados ao vocalista.

Xande, como é conhecido, coloca em dúvida a autenticidade do contrato, datado de 23 de outubro de 2012, que previa exclusividade para a empresa na realização ou na vendas de shows da banda ao longo de 2013 no Paraná e nas cidades de Florianópolis, Joinville e Balneário Camboriú (SC), aquela da última apresentação do grupo.

“Não tem qualquer semelhança com a assinatura real do falecido”, diz em documento encaminhado à Justiça, no qual declara ainda não haver prova de que o pagamento alegado foi realizado, de fato.

A Promocom Eventos afirma que a acusação de falsidade contratual é despropositada e foi feita pelo filho do líder da banda apenas para que pudesse ganhar tempo.

“Todos os pagamentos foram documentalmente provados”, diz o advogado da empresa, que anexou ao processo uma declaração da empresária Samantha Pereira de Jesus afirmando que intermediou o contrato com Chorão e que os adiantamentos ao vocalista foram pagos, sim.

O juiz Cláudio Teixeira Villa, da 2ª Vara Civil de Santos, deu ganho de causa à empresa, ordenando ao espólio do músico o pagamento de R$ 325 mil, considerando a restituição dos valores e a multa.

Não concordou, contudo, com a indenização. “Do contrário, haveria enriquecimento sem causa da parte autora, que, mesmo sem remunerar o artista, receberia pelo lucro de futura e eventual venda”, afirmou o magistrado.

A decisão, no entanto, foi anulada pelo Tribunal de Justiça, que considerou que a Promocom não conseguiu demonstrar ter feito o adiantamento ao vocalista.

“Há de se convir que a empresa não trouxe qualquer recibo de pagamento, comprovando haver repassado os valores cobrados nesta ação ao artista”, afirmou o relator do processo, Cláudio Hamilton.

Por determinação dos desembargadores, um laudo pericial será realizado para apurar se a letra no contrato é realmente a do vocalista. A assinatura será comparada com a de seu passaporte.

Na vida, diferentemente do que escreveu Chorão em “Paranormal” (2007), nem tudo se baseia na confiança. (Por Folhapress)

 

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Entretenimento

Divórcio de Liam Hemsworth e Miley Cyrus em risco de ser anulado

Publicado

em

A imprensa internacional explica por quê

Liam Hemsworth e Miley Cyrus anunciaram a separação no verão deste ano e, desde então, o processo para a formalização do divórcio tem vindo a decorrer. Segundo a imprensa internacional, o mesmo poderá vir a ser anulado pelo fato do ator australiano não ter entregue os papéis necessários. 

As informações podem ser consultadas num aviso assinado a 3 de dezembro e enviado pelo Tribunal Superior de Los Angeles ao advogado de Liam.

Caso Hemsworth não os entregue terá de marcar presença numa audiência em tribunal no dia 21 de janeiro. Se tal também falhar, então terá de pagar uma multa.

Por Notícias ao Minuto

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Entretenimento

Glenda Kozlowski assina contrato com o SBT para apresentar reality show

Publicado

em

A jornalista irá comandar o novo reality esportivo da emissora “Uma Vida, Um Sonho”

jornalista esportiva Glenda Kozlowski acaba de assinar contrato com o SBT para apresentar o novo programa “Uma Vida, Um Sonho”, um reality show esportivo realizado pela emissora em parceria com a LCA ENTERTAINMENTS & SPORTS, com estreia prevista entre maio e junho  do próximo ano. 

O programa irá ao ar aos domingos de manhã, e contará com a participação de 22 jovens, com idades entre 18 e 20 anos, que sonham com uma carreira no universo do futebol.

O público e os treinadores serão os responsáveis por definir os vencedores em cada edição, ao vivo, e o grande campeão do reality terá a oportunidade de entrar em um grande clube da Europa.

A jornalista comentou sobre como se sente ao comandar esse novo projeto: “Estar à frente de um projeto que além de inovador também traz uma preocupação com o lado social é uma honra. Os anos de experiência que tenho cobrindo os bastidores do futebol irão me ajudar bastante na condução do programa, e conhecendo o mercado, tenho certeza que a exposição dos participantes fará com que muitas portas sejam abertas à eles. Eu acredito no lado democrático do esporte, na chance, na oportunidade, e o espaço que está sendo oferecido para 22 jovens mostrarem seu talento foi o que mais me atraiu nesse formato, será um projeto realmente transformador”.

Por Notícias ao Minuto Brasil

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Entretenimento

Paolla Oliveira diz que não se cobra por críticas sobre seu corpo

Publicado

em

A atriz comentou sobre suas cenas de maiô na praia em ‘A Dona do Pedaço’ que acabaram vazando na imprensa e redes sociais

Durante as gravações das últimas cenas de “A Dona do Pedaço” (Globo), a atriz Paolla Oliveira, 37, fez cenas de maiô na praia e foi flagrada por um paparazzi. Não tardou para que comentários criticando o seu corpo surgissem na internet.

A atriz afirmou, em entrevista ao programa A Tarde É Sua (Rede TV!), que não se preocupa com esse tipo de julgamento. “Está tudo ótimo para mim, eu me achei linda, maravilhosa. Não sei se é a idade, mas nada mais me abala, não tenho intenção nenhuma de ser perfeita, não quero ser perfeita, só quero ser feliz.”

Mesmo assim, ela se incomodou com o fato de as imagens da trama terem vazado. “Ia gostar mais se eu soubesse que ele estava fotografando. Cena é cena, foto é foto, é tudo diferente. Eu estava em uma cena de novela, em uma situação completamente disponível para as câmeras, mas não para um paparazzi.”

Nos comentários, pessoas falaram que “tinha engordado” e estava com “celulite”. A atriz Scarlett Johansson, 35, passou pela mesma situação ao ter fotos vazadas na internet criticando a sua “barriga, bumbum e celulite”.

Muitas mulheres saíram em defesa das atrizes após as críticas. “Pessoas que conseguem reclamar da aparência de Scarlett Johansson e de Paola Oliveira em que universo vivem?”, questionou uma internauta.

Em entrevista recente, Johansson lamentou ter sido “hiperssexualizada” no início de sua carreira. “Sinto que quando eu estava trabalhando aos meus 20 e poucos anos e até o final desses 20 anos, de alguma forma, fui estigmatizada. Eu era muito hiperssexualizada”, disse a atriz em uma mesa redonda da revista norte-americana The Hollywood Reporter.

“Eu acho que na época parecia ok para todo mundo. Foi outro tempo”, continuou. “E acho que funcionou na época, mas foi realmente difícil para mim tentar descobrir como deixar de ser uma ingênua, ou ‘a outra mulher'”.

(POR FOLHAPRESS)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Trending