Conecte-se Conosco

Esporte

Entenda o caso de homofobia que atingiu Gil do Vigor no Sport

Publicado

em

Um áudio de teor homofóbico contra o ex-participante do BBB Gil do Vigor divulgado em um grupo do WhatsApp de conselheiros do Sport ganhou repercussão nas redes sociais ontem (14). As mensagens atribuídas a Flávio Koury, conselheiro do clube, mostram uma revolta contra a clássica coreografia do economista, que foi encenada na Ilha do Retiro na última quarta-feira (12). Os áudios foram enviados ao UOL Esporte por outro conselheiro do clube, o deputado estadual Romero Albuquerque (PP).

Torcedor do Sport, Gil havia sido convidado pelo clube para conhecer o estádio e também a loja do clube. Lá, ele posou para fotos, deu entrevista e fez a famosa coreografia “tchaki tchaki”. O vídeo da visita gerou pouco mais de 1,2 milhão de visualizações nas redes sociais do clube.

“Se ele tivesse feito essa dancinha na casa dele ou no bordel, eu não estava nem aí. Foi dentro da Ilha do Retiro, né rapaz? Isso é uma desmoralização! Isso é ausência de vergonha na cara. É isso que estamos vivendo. Não tem mais respeito por pai e filho. É a depravação. Isso é o retrato do que o PT deixou pra gente. É exatamente isso”, disse o membro Flávio Koury.

“1,2 milhões [sic] de pessoas achando que o Sport só tem viado, só tem bicha. Vai vender é camisa. A viadagem todinha vai comprar. Vai ser lindo! Se ele tivesse feito a dancinha na casa dele ou no bordel, eu não estava nem aí. Foi dentro da Ilha do Retiro, né rapaz? Isso é uma desmoralização! Isso é ausência de vergonha na cara. É isso que estamos vivendo”, completou

Por causa da atitude de Flávio Koury, o deputado Romero Albuquerque solicitou a expulsão do conselheiro do Sport e também uma reunião extraordinária para tratar sobre o assunto. De acordo com Romero, “a diversidade faz parte da democracia. Pensamentos como os de Flávio Koury, não. O Sport fez 116 anos ontem, e nossa história é plural. O time é de brancos, negros, héteros, homossexuais, de todos. Isso construiu o maior do Nordeste.”

Depois da denúncia, o primo de Flávio Koury, Jayme Koury, se pronunciou a favor de Flávio e pediu a expulsão de Romero Albuquerque do conselho do Sport, alegando que o deputado havia exposto a agremiação e também havia usado o momento para se promover politicamente. “É o defensor dos fracos e dos inocentes. Olha aí que maravilha, deputado. O senhor é fantástico, o senhor não me representa nem representa o Sport. O senhor é apenas um conselheiro e o senhor fez de propósito, de sacanagem, característica de quem é covarde e conseguiu apunhalar 249 conselheiros”, disse o primo de Flávio Koury.

Gil se manifesta nas redes sociais

Gil se manifestou nas redes sociais pela primeira vez ontem (14), depois dos ataques. “Primeiro ataque homofóbico que me deparo após o BBB e posso garantir, ainda machuca MUITO! Mas sigo firme e providências serão tomadas. Tirando o dia off para não perder minha alegria por tudo que venho vivendo…… É muita dor!”, escreveu.

Ainda na tarde de ontem, Gil também contou aos seus seguidores que está escrevendo um livro para contar a sua história e que contá-la também seria um ato de resistência.

Clube, jogador e presidente se pronunciam

O presidente do Sport, Milton Bivar, se posicionou antes que o clube sobre a situação. Ele repudiou a atitude do conselheiro Flavio Koury em sua conta oficial no Twitter.

Logo depois, o Sport se posicionou nas redes sociais: “O Sport é de todos. Gil do Vigor é e será sempre um legítimo representante das cores do Sport. Um clube plural, do povo, maior torcida do Norte e Nordeste. Não segregamos quem ama o Sport. O amor que une nossa torcida ao clube é incondicional”, diz o post.

Durante a manhã de hoje (15), o capitão Patric também se posicionou a favor do ex-BBB Gil do Vigor após os comentários homofóbicos. “Gil do Vigor, como capitão do Sport e representando todos os meus companheiros. Gostaria humildemente de falar do Sport, o Sport que é grande e o maior clube do Nordeste. O Sport, ele é plural, ele ama todos, ele cuida de todos, ele abraça todos. Você é um guerreiro”, disse o atleta em apoio ao ex-participante do programa global.

Além deles, torcedores do clube também iniciaram um abaixo-assinado pedindo a expulsão do conselheiro e já conseguiram mais de 3 mil assinaturas.

Outro conselheiro ofende Gil

Na manhã deste sábado, o UOL Esporte também teve acesso aos áudios de um segundo conselheiro do Sport, que também ofendeu Gil. O deputado Romero Albuquerque enviou um novo áudio, atribuído ao conselheiro Renan Valério, que dizia compactuar com o que foi dito por Flavio Koury.

“Também sou conselheiro do Sport, compactuo com o que foi falado pelo doutor Flávio e não concordo com a veiculação da nossa marca da nossa imagem por esse cidadão que não tem nenhum serviço prestado ao Sport, pelo contrário, ele empobrece e envergonha a marca Sport Club do Recife. Reitero todas as palavras do doutor Flávio”, disse Renan.

Mãe de Gil pede justiça

Também neste sábado, a mãe de Gil do Vigor, Jacira Santana, publicou um vídeo nas redes sociais pedindo por justiça para o seu filho.

A mãe do ex-BBB e novo contratado da Rede Globo agradeceu às palavras de carinho que vem recebendo após o ataque e se revoltou com a situação. “Eu, como mãe, estou muito mal com toda essa situação. Meu filho é uma pessoa de boa índole, que nunca fez mal a ninguém”, desabafou.

“É uma pessoa que luta e representa a defesa de direitos da minoria e do respeito às diferenças”, disse ela na legenda. “Mais amor, por favor”, pediu, se desculpando logo em seguida por estar alterada. “É uma mãe revoltada. Mas eu acredito na Justiça. Eu quero justiça. […] o que foi que meu filho fez de mau com esse senhor? Ele dançou! O que que tem dançar? Meu filho é alegre, é feliz, não é mal-amado igual essa qualidade de gente, não”.

Gil recebe apoio de Pabllo Vitar, Lula e mais personalidades

A cantora Pabllo Vitar, a quem Gil considera muito, pediu para que o economista fique bem e acredite em sua essência, destacando que as ofensas aparecerão com frequência.

O ex-presidente Lula também se manifestou a favor de Gil, repudiando a atitude do conselheiro do Sport.

Ciro Gomes também esteve entre os que se posicionaram a favor de Gil.

A campeã do BBB Juliette usou as redes sociais para se solidarizar com o amigo.

Confira as mensagens de apoio a Gil

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Esporte

SBT perde da Globo e vê pior audiência da história na estreia da Copa América

Publicado

em

A vitória do Brasil sobre a Venezuela por 3 a 0 na Copa América, neste domingo, registrou a pior audiência para uma estreia do Brasil no torneio. O SBT, detentor dos direitos televisivos da competição, registrou média de 14 pontos entre 18h01 a 19h54 em São Paulo. No Rio de Janeiro, a média foi de 12 pontos. Em termos absolutos, o primeiro jogo foi assistido por cerca de 2,8 milhões. A Rede Globo liderou a audiência no horário com média de 17 pontos. Os dados foram divulgados pelo Ibope nesta segunda-feira.

A menor média histórica da seleção na Copa América havia sido de 21 pontos em 2016, quando o torneio foi transmitido pela Rede Globo. O jogo diante do Equador, no dia 4 de junho, às 23h, foi acompanhado por cerca de 3,9 milhões de pessoas.

Na última edição, a Copa América teve bom desempenho na telinha no jogo de estreia. Em 2019, quando enfrentou a Bolívia às 21h30 do dia 14, a seleção alcançou 33 pontos no Painel Nacional de TV (PNT), índice que projeta a audiência nacional com base nas 15 regiões metropolitanas de maior consumo do Brasil. Em São Paulo, cada ponto corresponde a 205.377 domicílios.

Neste ano, a Copa América está no centro de várias polêmicas. Os próprios jogadores da seleção eram contrários à sua realização. Mesmo depois da desistência de Colômbia e Argentina como sedes originais, de um manifesto dos atletas da seleção brasileira com críticas ao torneio por “razões humanitárias e de cunho profissional”, e de protestos de movimentos sociais no Distrito Federal por conta dos jogos durante o agravamento da pandemia, o torneio começou neste domingo. O Governo Federal e a CBF aceitaram pedido do Conmebol. Os jogos estão sendo realizados sem público para evitar a disseminação do novo coronavírus.

No dia da abertura, o consórcio de veículos de imprensa registrou 1.118 novas mortes causadas pela covid-19, contabilizadas nas últimas 24 horas. O total de vítimas da pandemia chegou a 487.476.

Mesmo com o recorde negativo, a partida representou uma elevação da audiência para o SBT. Com a exibição da estreia, a rede cresceu 59%. No domingo anterior, o SBT atingiu 8,8 pontos com a exibição de dois programas no mesmo horário. A emissora conquistou a liderança em cinco praças: Recife (PE), Fortaleza (CE), Manaus (AM), Distrito Federal (DF) e Goiânia (GO). Considerando somente os domingos, foi a melhor audiência na faixa horária desde 14/09/2008, quando a emissora marcou 14,3 pontos de média. O presidente Jair Bolsonaro se empenhou na campanha pelo SBT, ao publicar nas redes sociais que estava acompanhando o jogo de abertura.

O desempenho do SBT não foi suficiente para tirar a liderança da Rede Globo. No horário da partida, a emissora carioca foi líder com 17 pontos de audiência em São Paulo e 19 pontos no Rio de Janeiro com a exibição do Domingão do Faustão. (Por Notícias ao Minuto)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Esporte

Delegação argentina se irrita com procedimento da Anvisa para entrada no Brasil

Publicado

em

A chegada da delegação da Argentina para a estreia na Copa América contra o Chile nessa segunda-feira foi com confusão.

Os argentinos desembarcaram no Rio de Janeiro, neste domingo (13). Ao se depararem com a necessidade de passar pela conferência de documentos por funcionários da Anvisa, integrantes da delegação, formada por 70 pessoas, ficaram irritados.

Houve pressão pela liberação sem passar pelo controle. A agência confere comprovantes de teste de Covid, que precisam ser negativos para a entrada no Brasil.

Um dos argentinos chegou a ligar para representantes do Ministério da Saúde, reclamando da Anvisa. Não adiantou. Toda a delegação teve de passar pelo procedimento. Aqueles que tiveram os documentos conferidos entraram no país.

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Esporte

Messi confessa receio de contrair a covid-19 durante a Copa América no Brasil

Publicado

em

Argentina estreia na Copa América nesta segunda-feira contra o Chile, no estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro, pelo Grupo A, mas a preocupação do craque do time, Lionel Messi, é outra. O jogador do Barcelona confessou que teme contrair a covid-19, em meio a uma série de infecções em seleções rivais. Atletas ou dirigentes de Bolívia, Colômbia e Venezuela foram diagnosticados com o novo coronavírus mesmo antes de o torneio começar.

Messi disse que o medo de contrair o vírus é generalizado no elenco argentino. “Isto nos preocupa porque é um risco para todos pegar a covid”, afirmou o craque argentino. “Tentamos ser cuidadosos, mas não é fácil. Estas coisas acontecem. Tentaremos fazer tudo que pudermos para que ninguém a pegue, mas às vezes não depende somente de nós mesmos”, acrescentou Messi.

A Argentina deveria ter sido uma das sedes da Copa América deste ano, mas desistiu na última hora devido a uma disparada de casos de covid-19 no país. O torneio foi transferido ao Brasil, apesar de o número de mortos do País ser o segundo maior do maior do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos.

Sobre a competição, Messi falou sobre a vontade de conquistar o seu primeiro título com a seleção argentina. “As partidas com a seleção sempre são especiais. Nunca imaginei poder jogar tantas partidas com essa camisa. Sempre vivo o dia a dia e tento dar o máximo. Sempre estou disponível para a seleção. Meu maior sonho é conseguir um título com essa camisa. Estive muito perto várias vezes. Não aconteceu, mas seguirei tentando. Sempre vou lutar por esse sonho”, disse.

O craque argentino ainda comentou sobre o momento em que a seleção chega para disputar a Copa América. “Creio que chegamos em um bom momento. Fazia muito tempo que não nos juntávamos. Fizemos duas boas partidas, ainda que não tenhamos conseguido uma vitória (nas Eliminatórias)”. E completou: “Sempre tentamos fazer um grupo forte, armar um time competitivo. Temos trabalhado faz tempo com a mesma ideia. Acho que seguimos em formação, mas por um bom caminho”.

Por:Esporte ao Minuto

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda

Trending