Conecte-se Conosco

Esporte

Fluminense goleia Paraná e cria ‘gordura’ em luta contra degola

Publicado

em

O resultado é fundamental para o Fluminense respirar aliviado na luta contra o rebaixamento.

O Fluminense não teve dificuldade para vencer o Paraná por 4 a 0 nesta segunda-feira (8), no Maracanã. O triunfo só foi possível porque Jadson esteve em noite inspiradíssima e marcou dois golaços -Richard e Luciano completaram o placar.

O Tricolor demorou a furar a retranca do adversário, mas, após o primeiro gol, o jogo se desenhou de maneira tranquila para os donos da casa.

O resultado é fundamental para o Fluminense respirar aliviado na luta contra o rebaixamento. O time chegou aos 37 pontos, pula para a oitava posição e abre sete pontos de diferença para o Vasco, primeiro time do Z4 e que encara o Botafogo nesta terça. O Tricolor volta a campo no domingo, quando medirá forças com o Flamengo, no Maracanã.

O Paraná, por sua vez, fica em situação cada vez mais complicada. O time soma apenas 17 pontos após 28 jogos no Brasileiro e está praticamente rebaixado para a Série B. O time encara o Bahia, no sábado, em Salvador.

Corinthians viaja para final com Fagner e Jonathas como novidades

Jadson foi o destaque do triunfo tricolor. Sem Sornoza, os volantes tiveram papel fundamental na armação das jogadas, e Jadson não se omitiu. Pelo contrário. Chamou a responsabilidade quando a partida estava difícil e marcou dois golaços.

Mal na partida, o Fluminense contou com a sorte para abrir o placar. Everaldo puxou contra-ataque pela esquerda e chutou muito mal. A bola bateu na zaga e sobrou para Marcos Jr, que só ajeitou. De primeira, Jadson mostrou extrema categoria para acertar o ângulo de Richard e abrir o placar.

Após o primeiro gol, o Fluminense cresceu em campo e mostrava mais tranquilidade com a bola nos pés. Com paciência, não demorou a ampliar. Richard teve espaço e avançou até ganhar confiança para o chute. A bola desviou no caminho e matou o goleiro Richard: 2 a 0.

A cada minuto uma goleada fazia cada vez mais sentido. E ela só não ocorreu ainda no primeiro tempo porque Richard fez duas grandes defesas e segurou o placar em 2 a 0. Luciano e Digão cabecearam livre de marcação, mas pararam no goleiro adversário.

Os gols perdidos no fim do primeiro tempo foram não fizeram falta, mas deixaram os jogadores ligados. E o Flu precisou de alguns minutos para chegar ao terceiro. Jadson mostrou que hoje era o seu dia e marcou mais um golaço. o volante recebeu passe de Everaldo e finalizou com categoria: 3 a 0

STJD vê mensagem política do Atlético-PR e estuda punição

Luciano não fez boa partida diante do Paraná, mas conseguiu deixar sua marca. O atacante esteve apagado durante a partida, mas teve boa oportunidade no fim do duelo. Ele recebeu na entrada da área, girou e fuzilou de perna esquerda. Sem chance para Richard: 4 a 0.

FLUMINENSE

Julio César; Ibañez (Paulo Ricardo), Gum, Digão; Léo, Richard, Jadson, Ayrton Lucas; Marcos Jr (Danielzinho), Everaldo (Marcos Calazans), Luciano. T.: Marcelo Oliveira

PARANÁ

Richard; Leandro Vilela, René, Rayan, Mansur; Torito (Jhony), Alex Santana, Deivid (Andrey), Juninho (Caio Henrique); Silvinho, Ortigoza. T.: Claudinei Oliveira

Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro

Juiz: Marcelo Aparecido de Souza (SP)

Cartões amarelo: Mansur e Jhony (Paraná); Léo (Fluminense)

Gols: Jadson, aos 34min do primeiro tempo e aos 2min do segundo tempo, Richard, aos 40min do primeiro tempo, e Luciano, aos 39min do segundo tempo.

(Com informações da Folhapress)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.


Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram. Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Esporte

Conmebol muda datas da Libertadores por amistosos das seleções

Publicado

em

A alteração afetou os brasileiros

A Conmebol anunciou a alteração das datas da terceira rodada da fase de grupos da Libertadores. A mudança aconteceu por causa do período da data Fifa, entre 18 e 26 de março, em que as seleções farão amistosos.

Por causa disso, os jogos marcados para a semana dos dias 25 ao 31 de março foram reagendados para a semana dos dias 1º e 7 de abril.

“A alteração permitirá que as seleções disponham de todos os jogadores para os amistosos preparatórios para a Copa América e que os clubes tenham força máxima em todas as suas partidas”, justificou a Conmebol.

A alteração afetou os brasileiros.

Confira as novas datas dos representantes do país na terceira rodada da fase de grupos da Libertadores:

  • Inter x River – 27 de março para 3 de abril, às 19h15
  • Emelec x Cruzeiro – 27 de março para 3 de abril, às 21h30
  • Flamengo x Peñarol – 27 de março para 3 de abril, às 21h30
  • Atlético-MG ou Defensor x Zamora – 27 de março para 3 de abril, às 19h15
  • San Lorenzo x Palmeiras – 26 de março para 2 de abril, às 19h15
  • Universidad Católica x Grêmio – 28 de março para 4 de abril, às 21h
  • Athletico x Boca Juniors – 26 de março para 2 de abril, às 21h30

(Por Folhapress)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Esporte

Com dois gols de Jean Mota, Santos vence o Guarani no Pacaembu

Publicado

em

Com o resultado, o Santos chega a 18 pontos e segue na liderança do grupo A da competição

O Santos venceu o Guarani por 3 a 0 na noite dessa segunda-feira (18), no estádio do Pacaembu, em São Paulo, em jogo válido pela sétima rodada do Campeonato Paulista. Os gols foram marcados por Jean Mota, artilheiro isolado do estadual com sete gols, e Rodrygo.

A equipe do Guarani entrou com a proposta de se defender atrás da linha da bola, e a tática deu certo durante quase o primeiro tempo inteiro. O Santos não encontrava espaços e pouco criava.

Até que aos 37min, Victor Ferraz chegou ao fundo com liberdade e tocou para Sánchez. O uruguaio bateu cruzado, e Jean Mota completou para o fundo do gol. No segundo tempo, o camisa 41 cobrou falta da lateral direita da área e fez o segundo dele.

Atrás no placar, o Guarani visitou mais o campo de ataque na etapa final e levou perigo, com Thiago Ribeiro e Fernando Viana. Mas foi o Santos quem novamente balançou as redes.

No final da partida, o apagado Derlis González conseguiu um cruzamento para Rodrygo, no segundo pau, tocar de cabeça para o fundo do gol.

Com o resultado, o Santos chega a 18 pontos e segue na liderança do grupo A da competição. O Red Bull Brasil vem logo atrás com 14 pontos, seguido pela Ponte Preta, com 9, e o São Caetano, com apenas 4.

O time do técnico Jorge Sampaoli volta a campo no próximo sábado (23), também pelo torneio estadual, para enfrentar o rival Palmeiras, às 19h, no Allianz Parque, em São Paulo.

SANTOS

Vanderlei; Victor Ferraz, Gustavo Henrique, Felipe Aguilar e Copete; Alison (Jean Lucas), Diego Pituca, Carlos Sánchez (Yuri) e Jean Mota; Derlis González e Cueva (Rodrygo). T.: Jorge Sampaoli

GUARANI

Giovanni; Léo Príncipe, Ferreira, Victor Ramos e William Matheus (Inácio); Deivid (Carlinhos), Ricardinho e Thiago Ribeiro; Lucas Crispim (Álvaro), Jefferson Nem e Fernando Viana. T.: Osmar Loss

Estádio: Pacaembu, em São Paulo (SP)

Público total: 14.708

Público pagante/ renda: 12.952/ R$ 399.272, 00

Juiz: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral

Amarelos: Alison (SAN); Victor Ramos (GUA)

Gols: Jean Mota (SAN), aos 37min do 1º tempo e aos 35min do 2º tempo, e Rodrygo (SAN), aos 45min do 2º tempo

(Por Folhapress)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Esporte

Apresentador do Globo Esporte que pediu demissão ao vivo se justifica

Publicado

em

Kaio Cézar postou texto no Facebook

Depois de pedir demissão ao vivo, no sábado (16), o jornalista Kaio Cézar, apresentador do Globo Esporte da TV Verdes Mares, afiliada da emissora no Ceará, postou um texto no Facebook em que justifica a sua atitude. Assista aqui.

Entre inúmeros motivos citados, ele destaca a postura do diretor de Programação e Jornalismo do grupo, Paulo César Norões. “Arrogante, ele nunca soube lidar com quem pensa diferente, principalmente os que julga inferiores. E eu, por ter raízes, convicções – políticas e esportivas – e personalidade extremamente opostas nunca fui respeitosamente aceito por ele”, afirmou.

Cézar faz ainda outras acusações, como a de ser forçado a fazer uma escala diferente de trabalho, fora dos domingos, para ser impedido de narrar as partidas de futebol que aconteciam nos fins de semana. Acusa ainda Norões de ter usado palavras de baixo calão contra sua família.

“Certa vez PC Norões se dirigiu a mim e proferiu ofensas à minha família que não as repito aqui porque tenho dois filhos, entre eles uma enteada, e poderia expor pessoas que não tem nada a ver com a história.”

Sindicato

O Sindicato dos Jornalistas do Ceará emitiu nota em apoio a Kaio. Para a entidade, o episódio “é um dos capítulos mais cruéis da crise gerada pelo processo de integração das redações dos veículos pertencentes ao sistema Verdes Mares”, a quem acusa de ter colocado nas ruas mais de 30 jornalistas e radialistas nos últimos meses, gerando “uma série de irregularidades trabalhistas, como jornada de trabalho extenuante, acúmulo de tarefas, desvio de funções e assédios”.

A outra parte

Nem a Verdes Mares nem Norões se posicionaram sobre as novas declarações do ex-apresentador. Ontem à noite, em seu perfil no Twitter, a afiliada divulgou uma nota.

“O Sistema Verdes Mares foi surpreendido, na tarde deste sábado (16), com o pedido de demissão do jornalista Kaio Cézar, ao fim da apresentação do Globo Esporte, na TV Verdes Mares. Diante da repercussão do fato, o Sistema Verdes Mares afirma que desconhece os motivos da decisão do apresentador e que vai tratar o assunto internamente, pelos canais adequados, como é prática na empresa. Reitera que rege toda a atividade, desde a sua fundação, há quase 50 anos, pela correção ética, por valores morais e pelo diálogo”, diz o texto.

(Por Fama ao minuto)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda

Trending