Conecte-se Conosco

Saúde

Fumaça da poluição é diferente da fumaça de queimadas; entenda

Publicado

em

Fumaça da poluição dos veículos, fumaça do cigarro, fumaça das queimadas. Existe diferença entre essas fumaças? Sim! Quem explica é a bióloga Mariana Veras. “A principal diferença ela está ligada com o material que está sendo queimado. No cigarro temos algo específico sendo queimado, e nas florestas, incêndios é outro tipo de matéria”. Mas a bióloga lembra que ambos trazem riscos para a saúde.

“O cigarro é uma exposição voluntária. Você usa porque você quer. A exposição à poluição, fumaça de queimadas, é involuntária. Você não tem opção de escapar”, completa Mariana.

Fumaça da poluição x fumaça da queimada

Os prejuízos para a saúde dependem de dois fatores: concentração de poluentes e tempo de exposição. “Embora os dois tragam riscos para a saúde, os episódios provenientes das queimadas são esporádicos. Já a poluição do ar está todos os dias nas nossas vidas”.

Nas cidades, a concentração de poluentes é menor que em uma queimada. Entretanto, na cidade o tempo de exposição é maior. Anos de exposição a uma fumaça com pequena concentração de poluentes pode ser mais prejudicial que uma única exposição à fumaça de queimada.

Prejuízos para a saúde

Nós respiramos, em média, 10 mil litros de ar por dia. As partículas de poluição presentes nas grandes cidades ou emitidas pelas fumaças das queimadas são prejudiciais para a saúde.

Mas quais prejuízos são esses? Quem não tem doenças respiratórias pode apresentar uma inflamação (pulmões, seios da face). Esse processo inflamatório pode aumentar o risco de infecção das vias respiratórias.

“Mas existe um outro grupo de pacientes. São os que já têm alguma doença respiratória. Ao inalar essas substâncias, essa pessoa pode ter uma crise de asma/bronquite, rinite”, alerta o pneumologista Clystenes Soares Silva.

Crianças e idosos são os que mais sofrem com a poluição. De acordo com o pneumologista, isso acontece porque eles não têm o sistema imunológico em pleno funcionamento. Na criança, o sistema imunológico não está totalmente formado. No idoso, o sistema de defesa está mais enfraquecido em razão do envelhecimento.

Sintomas da irritação das vias respiratórias

  • Olhos vermelhos e com coceira
  • Espirros
  • Coriza
  • Nariz entupido
  • Falta de ar
  • Tosse
  • Catarro
  • Chiado

Queimadas e saúde

Nas regiões com queimadas, os hospitais estão cada vez mais cheios. No Acre, onde boa parte do estado está coberto por fumaça há um mês, foram registrados mais de 47 mil casos de doenças respiratórias.

Em Lábria, no interior do Amazonas, houve um aumento de 15% nos custos de saúde. Já em Porto Velho, 380 crianças são atendidas todos os dias num hospital infantil – um aumento de 110% em relação ao último mês.

Um estudo da Fiocruz, em parceria com a USP e a Universidade Federal do Rio de Janeiro e do Rio Grande do Norte, revelou que os prejuízos para a saúde em regiões de queimada começam antes mesmo de nascer para 50% dos bebês.

“Esse particulado atravessa a placenta e vai prejudicar o desenvolvimento desse feto e, com isso, nós podemos detectar baixo peso ao nascer e prematuridade”, explica a pesquisadora da Fiocruz Sandra Hacon.

Na infância, os prejuízos mais evidentes são a asma, presente em 24% das crianças de 6 a 11 anos da região, e a perda de rendimento escolar. “Nós temos a perda da cognição, do aprendizado, a perda da memorização, da capacidade de aprendizado”.

Durante a vida, a exposição a queimadas leva ao aumento de casos de bronquite, pneumonia, depressão e hipertensão. E pior: “nós encontramos um poluente carcinogênico, proveniente das queimadas, diferente dos hidrocarbonetos que nós já conhecíamos, chamado reteno. Ele foi detectado em células de pulmão, o que comprovou seu efeito carcinogênico”, completa a pesquisadora.

Como minimizar danos

Melhorar a umidade do ar ajuda a diminuir as partículas menores que chegam aos pulmões. Veja outras dicas:

  • Beba água
  • Umedeça o ar do ambiente com umidificador, toalha molhada ou balde com água
  • Faça inalação
  • Melhore a defesa do corpo comendo alimentos ricos em vitamina C e B.

Por G1

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Saúde

Belmontense de 65 anos reclama a ausência de médico na UBS do Centro, há dois dias

Publicado

em

 

Na manhã desta terça-feira, 17 de setembro, a redação do Blog recebeu, via mensagem de WhatsApp, uma reclamação de que na UBS (Unidade Básica de Saúde) do Centro da cidade não tem médico há dois dias, ou seja, segunda e terça.

A situação é bastante complicada, pois sabemos que as Unidades Básicas de Saúde, popularmente conhecida como PSF (Postos de Saúde da Família) são, na verdade, portas de entrada do SUS (Sistema Único de Saúde). São a essas unidades que as pessoas se dirigem para a busca de consultas de rotina, acompanhamentos médicos, vacinações e também para trocas de receitas, que foi o caso de um Sr. de 65 anos, residente no centro, que  preferimos mantê-lo no anonimato, o qual foi à Unidade à procura do serviço ontem (segunda) e hoje (terça) e se deparou com a ausência de médico durante os dois dias.

O que chama a atenção e merece repúdio por parte da população é a divulgação diária da equipe de propaganda do governo Romonilson Mariano nas redes sociais, como também, do próprio gestor em entrevistas diz que a saúde está as mil maravilhas e que a população está entendendo o que a sua gestão está fazendo, a exemplo da entrevista concedida no dia 16 de julho, em Serra Talhada, falando ao Programa Frequência Democrática, onde o mesmo garantiu que “enquanto fosse prefeito nenhum cidadão belmontense necessitaria vender sua vaquinha ou motinha para custear despesas com aquisição de medicamentos, realização de consultas nem procedimentos cirúrgicos“, algo que foi desmentido por uma moradora do próprio Distrito do gestor [relembre] e agora, com a publicação dessa matéria.

Na verdade, o que está faltando no atual governo de São José do Belmonte e que o povo sente falta das gestões passadas, é mais respeito por parte do próprio para com a população, além do fim da propaganda enganosa, de uma forma que o governo municipal não faça mais que o seu dever e obrigação que é “cuidar do povo“, e o povo, por sua vez, não tenha nada além dos seus direitos garantidos que é “ser bem cuidado“.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Saúde

Como fazer cocô direito, segundo a ciência

Publicado

em

Continue lendo

Saúde

Sete dicas para emagrecer 10 kg em seis semanas, segundo especialista

Publicado

em

 

As dicas polêmicas foram descritas no livro ‘Six Weeks To OMG: Get Skinnier Than All Your Friends’

Imagine uma dieta em que deve ignorar o pequeno-almoço e os snacks entre as refeições, praticar exercício físico em jejum e beber muito café. Apesar de ir contra a todos os princípios defendidos pela maioria dos nutricionistas, o autor dessa nova (e controversa) proposta de emagrecimento, o personal trainer Venice A Fulton (de nome real Paul Khanna), garante que funciona.As dicas polêmicas foram descritas no livro ‘Six Weeks To OMG: Get Skinnier Than All Your Friends’ (‘Seis Semanas Para Oh, Meu Deus: Ficar Mais Magra do que Todas as Suas Amigas’) e foram prontamente criticadas pelos especialistas da área. Em contrapartida, tornou-se um sucesso entre aqueles que pretendem emagrecer rapidamente.

Em entrevista à publicação Huffington Post, Paul afirmou estar preparado para desafiar quem o critica e que inclusive alguns médicos já se mostraram favoráveis a alguns dos hábitos propostos no livro da sua autoria. Todos os passos sugeridos pelo PT tiveram como base pesquisas publicadas em periódicos científicos disponíveis no site American National Institutes of Health.

Segundo o especialista, divulgar clichés científicos relativamente à nutrição que ninguém acaba por investigar é vergonhoso. “É algo que não suporto. A vida é demasiada curta para perdermos tempo com ideias falsas”, afirma.

Resumindo, o livro sugere uma dieta que combina nutrição, bioquímica, genética e psicologia para eliminar os quilos extras e reduzir a celulite.

De seguida leia algumas das dicas polémicas propostas pelo personal trainer londrino selecionados pelo Huffington Post. Porém, antes de as seguir, recomendamos que consulte um médico de clínica geral ou nutricionista.

1. Não tomar o pequeno-almoço pode ser saudável

Paul defende que, de manhã, o corpo quase não possui açúcar no sangue, sendo a oportunidade perfeita para queimar a gordura que está armazenada nos ‘pneus’. Essa seria a melhor hora do dia para o gasto calórico. Além disso, argumenta que nenhuma pesquisa comprovou de facto que as pessoas que não tomam o pequeno-almoço comem mais ao longo do dia.

2. Treinar vai além da intensidade e duração

Para o personal trainer, a intensidade e a duração do treino não são tão determinantes para o gasto calórico durante a prática de exercício do que o horário escolhido para o fazer. Tendo em vista que é de manhã que o corpo possui menores níveis de açúcar no sangue, a proposta da dieta é apostar no treino em jejum. Assim, segundo o autor do livro, o emagrecimento será mais rápido.

3. Alguma fruta impede a perda de peso

Se a maioria das dietas defende o consumo de fruta ao longo do dia, Paul segue o caminho oposto. Apesar de reconhecer que a fruta é rica em vitaminas, minerais e outros nutrientes, também ressalta que possui uma alta concentração de frutose, um tipo de açúcar que também engorda. Adicionalmente, o composto afeta a libertação de leptina, que é a hormona da saciedade, o que nos estimula a comer mais.

4. Sumos e batidos prejudicam a perda de peso

No caso dos sumos e batidos, os argumentos são os mesmos do item anterior. Isto porque, regra geral são feitos de frutas frescas, sendo também ricos em frutose, o açúcar presente nesses alimentos.

5. Evite comer snacks

A popular regra de que é necessário comer de três em três horas para manter o metabolismo acelerado também é contrariada pelo personal trainer. Segundo ele, o corpo tem de ficar sem receber combustível (no caso, alimentos) para poder gastar as reservas de gordura. Assim, para Paul, nada de snacks de manhã ou à tarde: comer três vezes ao dia é suficiente.

6. A cafeína é amiga da dieta

Na dieta ‘Six Weeks to OMG’, o café é mais que recomendado. Paul explica que a bebida é aliada potente e poderosa na queima de gordura, pois encoraja as células do organismo a libertar a energia armazenada. A ressalva, no entanto, é que o café deve ser ingerido sem leite ou açúcar.

7. Tome banhos frios

Uma das mais polémicas dicas do livro é a que aconselha os leitores a tomar um banho gelado de manhã, logo após acordarem. Isso potencializaria o gasto calórico, fazendo com que o corpo gaste 25 vezes mais energia. Porém, a temperatura deve ficar nos 20 graus, para não provocar hipotermia.

Por Notícias ao Minuto

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda  

Trending