Conecte-se Conosco

Pernambuco

Governo alerta população sobre aumento de 469% nos casos de Chikungunya

Publicado

em

O acometimento de pessoas com dengue, zika e chikungunya, transmitidas pela fêmea adulta do mosquito Aedes aegypti, teve um aumento expressivo no número de casos nos primeiros sete meses de 2021, anunciou a Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE), nesta sexta-feira (13). Segundo os dados, até o último dia 30 de julho, foram confirmados 9.378 casos para chikungunya, 6.926 para dengue e 10 para o zika. Em relação ao mesmo período do ano anterior, as confirmações chikungunya tiveram um aumento de 469% nos casos envolvendo chikungunya (1.648 casos confirmados em 2020), enquanto houve uma queda de 15,2% para dengue (8.174 casos) e de 28,6% para zika (14 casos). O Governo de Pernambuco chama atenção para o aumento de casos das três doenças e alerta para a importância da vigilância epidemiológica nos municípios.

“O atual cenário epidemiológico é identificado pela ampla disseminação das populações do mosquito nos mais diversos territórios e acende um alerta para as notificações de casos e ações de combate. Essas doenças epidêmicas costumam se apresentar de forma diferenciada nesses locais, pois a cada período podem ser identificadas situações endêmicas dos três agentes em anos consecutivos”, alerta a gerente de Vigilância das Arboviroses, Claudenice Pontes.

No último boletim divulgado pela SES-PE, correspondente a semana epidemiológica (SE) 30, há ainda o registro de 31 casos que evoluíram para o óbito suspeitos para as arboviroses, sendo 1 confirmado para dengue e dois já descartado, enquanto os demais seguem em investigação pelos municípios.

Segundo a SES-PE, após a investigação epidemiológica do caso do óbito, o município de residência (Recife) do homem de 76 anos constatou, pelo critério clínico-epidemiológico, um quadro de dengue. O paciente veio a óbito no último mês de maio.

A gestora destaca ainda que o contexto da pandemia da Covid-19 foi um fator que dificultou que os municípios continuassem realizando suas ações de vigilância, que precisam ser otimizadas, principalmente nesse período de alta nos números. “A SES-PE continua realizando as análises das notificações de casos suspeitos de arboviroses e prestado o devido apoio técnico aos gestores. E é a partir desse monitoramento que se pode conhecer a realidade epidemiológica da doença e agir com estratégias de prevenção e combate”.

Os dados analisados

Analisando o cenário de notificações de casos em Pernambuco, a equipe de vigilância epidemiológica também ressaltou um aumento da suspeita de casos. No mesmo boletim epidemiológico, foram notificados 34.131 casos de dengue, 22.257 de chikungunya e outros 3.827 de zika. Esses dados demonstram uma crescente em relação ao ano anterior, quando foram notificados 25.958 para dengue, 4.651 para chikungunya e 1.658 para zika.

“Vários fatores podem contribuir com aumento de casos das arboviroses na população.  No caso da dengue, a existência de 4 sorotipos virais dificulta a imunização total da população exposta. Em relação a chikungunya e zika, mesmo com a introdução do vírus no Estado lá 2015, ainda é possível encontrar pessoas vulneráveis, ou seja, que não foram expostas ao vírus. Além disso, os sintomas de chikungunya são mais expressivos, o que facilita a identificação. Já no caso da zika é bem provável que estes números sejam bem maiores que o expressado no sistema de informação, pois existem aquelas pessoas assintomáticas, o que dificulta a identificação da circulação”, acrescenta a gerente.

Embora mais recorrentes em períodos chuvosos, as arboviroses merecem atenção durante todo o ano. Pernambuco tem um clima bastante favorável à proliferação desse vetor.

“As chuvas constantes e temperaturas elevadas tornam-se os fatores perfeitos para reprodução do Aedes aegypti e essa combinação se intensifica no verão. A principal forma de prevenção contra os arbovírus é não deixar o Aedes aegypti nascer. Para isso, é preciso a adoção de medidas para evitar a proliferação do mosquito, manter caixa d’água, baldes e demais recipientes para armazenamento de água bem vedados, e sempre vistoriá-los”, frisa Claudenice.

Alerta a população

A população também precisa estar atenta aos sintomas específicos das arboviroses, mas que em sua fase inicial podem ser confundidos com a sintomatologia da Covid-19. “As doenças relacionadas às arboviroses e o novo coronavírus apresentam, em muitos casos, o quadro comum de febre, dor de cabeça e dores no corpo. O que difere à primeira vista é a presença de manchas e coceiras na pele, o que não ocorre com a Covid-19. Para Covid-19, destacamos a tosse e o desconforto respiratório progressivo”, pontua Claudenice Pontes.

“A dengue também chama atenção pela possibilidade de evoluir rapidamente ao óbito, no entanto é possível identificar sinais de agravamento da doença. Após a fase febril, podem aparecer sinais de dores abdominais intensa, vômitos persistentes e pele pegajosa e fria. Esses sintomas precisam ser valorizados e o paciente levado para unidade de saúde. Não existe tratamento específico para as infecções ocasionadas pelas arboviroses. A orientação que podemos dar é que surgindo qualquer sintoma, a pessoa procure uma unidade de saúde mais próxima de sua residência, pois é lá que, após análise da sintomatologia, os profissionais vão indicar a conduta adequada. Além disso, o paciente deve manter repouso e ingerir bastante líquido durante os dias de manifestação desses sinais”, reforça a gerente.

Por:Diario de Pernambuco

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Pernambuco

Mesmo alcoolizado, motociclista que atropelou mulher é liberado pela Justiça de Pernambuco. Até quando?

Publicado

em

Como já esperado, a Justiça de Pernambuco liberou, em audiência de custódia, o motociclista preso em flagrante pela Polícia Civil por dirigir alcoolizado e atropelar a dona de casa Marília Maria Guedes, de 37 anos, na noite do último sábado, em Nova Descoberta, na Zona Norte do Recife. A violência do atropelamento – filmado por câmeras de segurança do comércio local – impressiona. A mulher foi arremessada a uma distância de 50 metros com o impacto da batida.

A liberação do motociclista aconteceu ainda no domingo, um dia depois do sinistro de trânsito (não é mais acidente de trânsito que se diz. Entenda a razão). De acordo com o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), a decisão de liberar Joelio Anastácio de Oliveira foi assinada pela juíza Ana Paula Pinheiro Bandeira Duarte Vieira, da 9ª Vara Criminal do Recife, depois que o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e as advogadas do acusado pediram a liberdade provisória dele.

A liberação, entretanto, ocorreu sob condições de cumprimento de medidas cautelares. Entre elas, o comparecimento mensal no tribunal para justificar as atividades, recolhimento domiciliar após as 22h e até às 6h, proibição de se ausentar da cidade em que mora sem autorização judicial, e não voltar a cometer crimes, sob pena de revogação da liberdade.

De acordo com o TJPE, a liberdade foi concedida porque não há indícios de que o acusado apresente “um risco à garantia da ordem pública caso seja solto” e que o crime também não aparenta ser cometido de forma recorrente por Joelio Anastácio de Oliveira.

Estado de Saúde

Marília Maria Guedes segue internada no Hospital da Restauração, no Derby, área central do Recife. Segundo o marido da dona de casa, Maurílio Pereira da Silva, ela não corre risco de morrer, mas segue aguardando uma possível cirurgia no quadril. A dona de casa teve ferimentos por todo o corpo, além de fraturas no quadril. Ainda sofreu traumatismo craniano, mas sem necessidade de cirurgia. Por Roberta Soares/JC

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

 

Continue lendo

Pernambuco

Veja quais são as vagas de emprego disponibilizadas para hoje(07/12), no Estado de Pernambuco

Publicado

em

As agências do Trabalho de Pernambuco divulgam, diariamente, quadros de vagas com oportunidades de trabalho em unidades espalhadas pelo estado, na Região Metropolitana do Recife (RMR), Agreste e Sertão.

Para se candidatar, é necessário agendar previamente o atendimento através do site da Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação (Seteq), onde também há os endereços e telefones de todas as agências.

Confira o quadro de vagas completo  clicando aqui

Agende atendimento através do  site da Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Pernambuco

Veja as capas dos principais jornais de PE, desta Terça-feira, 07 de Dezembro de 2021

Publicado

em

Veja a capa com as principais com as manchetes dos principais jornais de PE, desta Terça-Feira, 07 Dezembro de 2021.

Clique na imagem para ler todo o jornal!

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda

Trending