Conecte-se Conosco

Mundo

Irã pede explicações ao Brasil sobre nota de apoio aos Estados Unidos

Publicado

em

 

A Chancelaria do Irã pediu explicações à diplomacia brasileira, no domingo, sobre o posicionamento do Brasil frente aos acontecimentos, no Iraque, que culminaram com a morte do general Qassem Soleimani, da Guarda Revolucionária do Irã. Soleimani foi atingido por um míssil americano há cinco dias.

Como o embaixador do Brasil naquele país, Rodrigo Azeredo, está de férias, a encarregada de negócios da embaixada, Maria Cristina Lopes, representou o governo brasileiro na reunião no Ministério das Relações Exteriores iraniano. A reunião foi confirmada pelo Itamaraty ao GLOBO, mas o teor da conversa não foi revelado.

“A conversa, cujo teor é reservado e não será comentado pelo Itamaraty, transcorreu com cordialidade, dentro da usual prática diplomática”, informou o Ministério das Relações Exteriores.

Como reação ao episódio, o Itamaraty divulgou  uma nota, na última sexta-feira, praticamente respaldando o assassinato do militar pelos Estados Unidos. O órgão condenou várias vezes o terrorismo e, sem citar nomes, usou uma linguagem diplomática para demonstrar que, para o governo brasileiro, o general iraniano e a própria Guarda Revolucionária poderiam ser classificados como terroristas.

Além do Brasil, Teerã pediu esclarecimentos para representantes de outros países que se manifestaram sobre a questão. São exemplos a Alemanha e a Suíça, que representa os EUA no Irã. Fonte: O Globo

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Mundo

Índia expulsa membros da embaixada do Paquistão acusados de espionagem

Publicado

em

A Índia expulsou dois membros da embaixada do Paquistão em Nova Deli acusados de espionagem, informou hoje o ministério indiano das Relações Exteriores

“O governo declarou os dois oficiais responsáveis ‘persona non grata’, por se envolverem em atividades incompatíveis com o estatuto de membros de uma missão diplomática”, segundo a mesma fonte, que acrescentou que ambos devem deixar a Índia “dentro de 24 horas”.

A Índia e o Paquistão, agora potências nucleares, travaram três guerras desde a independência da coroa britânica, em 1947, incluindo duas sobre a Caxemira.

Nova deli enfrentou uma insurgência separatista nos últimos 30 anos, que deixou dezenas de milhares de pessoas mortas, principalmente civis, nessa parte da região dos Himalaias, predominantemente povoada por muçulmanos e sob seu controlo.

A Índia acusa o Paquistão de apoiar os insurgentes nos bastidores, que contam também com apoio de uma parte da população local.

Por Notícias ao Minuto

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Mundo

Três feridos graves no Reino Unido após salto de 60 metros para o mar

Publicado

em

Dois helicópteros estão no local e a praia foi fechada

Três pessoas ficaram feridas com gravidade no condado de Dorset, no sudoeste da Inglaterra, na costa do Canal da Mancha, depois de terem saltado de uma altura de 60,96 metros para o mar. Dois helicópteros aterraram em Durdle Door esta tarde e a praia do local foi encerrada. 

A polícia local deu conta em comunicado, citado pelo The Sun, que os “agentes estão a apelar ao público para ficarem longe do local para que os serviços de emergência possam lidar com os feridos”.

A polícia foi chamada pelas 15h43 deste sábado depois de receberem alertas de que havia um grupo de pessoas a subirem aos penhascos e a saltar para o mar.

Por Notícias ao Minuto

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Mundo

Homem morre atingido por disparos em protesto de George Floyd

Publicado

em

O tiroteio ocorreu por volta das 23:30 de sexta-feira, junta à zona de diversão de Greektown, em Detroit, onde dezenas de pessoas protestavam contra o homicídio do afro-americano.

Uma pessoa morreu depois de alguém que seguia num carro ter disparado sobre uma multidão de pessoas que protestavam contra o homicídio do afro-americano George Floyd pela polícia, indicou uma porta-voz da polícia de Detroit.O tiroteio ocorreu por volta das 23:30 de sexta-feira, junta à zona de diversão de Greektown, em Detroit, onde dezenas de pessoas protestavam contra o homicídio do afro-americano George Floyd pela polícia, segundo referiu a mesma porta-voz, Nicole Kirkwood, citada pela Associated Press, indicando que não houve envolvimento de um agente da polícia no tiroteio.

Um homem de 19 anos foi a vítima mortal destes disparos, tendo a sua morte sido declarada depois de ter sido transportado para o hospital.

De acordo com a porta-voz, o suspeito dos disparos parou o carro na zona onde decorriam os protestos e começou a disparar contra a multidão.

Milhares de pessoas concentraram-se, ao início da noite de sexta-feira, em várias cidades norte-americanas em protesto pela morte do afro-americano George Floyd, às mãos da polícia, na passada segunda-feira.

No centro de Atlanta, no sudeste do país, perto da sede da cadeia de televisão CNN, grupos de manifestantes destruíram lojas e a polícia lançou granadas de gás lacrimogéneo, de acordo com imagens difundidas pelas televisões.

Alguns manifestantes atiraram pedras contra o edifício da CNN e vários veículos da polícia em estacionamentos foram atingidos por pedras e outros objetos contundentes. Pelo menos um foi incendiado.

Na área metropolitana de Minneapolis e de Saint Paul, cidades separadas pelo rio Mississippi, centenas de manifestantes cortaram uma ponte, onde se concentraram em protesto contra o recolher obrigatório imposto a partir do anoitecer na sexta-feira e durante todo o fim de semana.

Nos últimos três dias, estas manifestações de protestos resultaram em pilhagens, incêndios de veículos policiais e confrontos com agentes.

Na origem dos protestos está a morte do afro-americano George Floyd, de 46 anos, às mãos da polícia, depois de ter sido detido sob suspeita de ter tentado usar uma nota falsa de 20 dólares (18 euros) num supermercado de Minneapolis.

Nos vídeos feitos por transeuntes e difundidos ‘online’, um dos quatro agentes, que participaram na detenção, tem um joelho sobre o pescoço de Floyd, durante minutos.

Os quatro foram já despedidos da força policial e o agente Derek Chauvin foi acusado de assassínio e homicídio involuntário. A mulher já anunciou o divórcio após os acontecimentos.

Em comunicado, a família de Floyd saudou a detenção do agente, apesar “de tardia” e insuficiente: “queremos uma acusação de homicídio voluntário premeditado e queremos que os restantes agentes sejam detidos”.

As autoridades de Minneapolis e do estado do Minnesota fizeram já vários apelos à calma, mas o governador do estado, o democrata Tim Walz, ativou na quinta-feira a Guarda Nacional norte-americana para garantir a segurança de estabelecimentos comerciais e de edifícios na área metropolitana.

Também em Washington, um protesto pacífico resultou em confrontos entre manifestantes e a polícia e agentes dos Serviços Secretos, na sequência da detenção de pelo menos duas pessoas. Os manifestantes também atiraram garrafas de plástico contra as forças de segurança.

A imprensa norte-americana registrou incidentes durante protestos em Brooklyn (Nova Iorque), em Charlotte (Carolina do Sul) em Houston (Texas), entre outras cidades.

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda  

Trending