Conecte-se Conosco

Entretenimento

Justiça rejeita pedido de prisão contra Bonner por incentivo à vacinação

Publicado

em

 O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios rejeitou neste domingo (16) uma ação que pedia a prisão do jornalista e apresentador William Bonner, da TV Globo, por incentivar a vacinação contra a Covid-19 em crianças e adolescentes.

O signatário da ação, Wilson Issao Koressawa, acusou Bonner de participar de uma suposta organização criminosa, composta por outros profissionais da emissora, para falar sobre os impactos positivos da vacina no combate à pandemia.

Koressawa ainda afirmou, sem provas, que o apresentador do Jornal Nacional comete os crimes de indução de pessoas ao suicídio, de causar epidemia e de “envenenar água potável, de uso comum ou particular, ou substância alimentícia ou medicinal destinada a consumo”. E pediu que Bonner fosse proibido de “incentivar a vacinação obrigatória de crianças e adolescentes e a exigência de passaporte sanitário”.

A juíza Gláucia Falsarella Pereira Foley classificou a ação como descabida, afirmando que a iniciativa se assemelha a panfletagem política ao reproduzir teorias conspiratórias sem qualquer lastro científico e jurídico.

“O Poder Judiciário não pode afagar delírios negacionistas, reproduzidos pela conivência ativa -quando não incendiados- por parte das instituições, sejam elas públicas ou não”, diz Foley.

A magistrada ainda destaca que o autor não tem legitimidade de pleitear a prisão preventiva, uma vez que os crimes citados são de ação penal pública, e diz que a representação é incompatível com a vara criminal à qual foi submetida.

Wilson Issao Koressawa é advogado inscrito na OAB e se apresenta como promotor de Justiça aposentado. Ele já concorreu a deputado distrital do DF em 2002, pelo PSD, e teve sua candidatura indeferida para o mesmo cargo em 2006, quando estava filiado ao PSOL.

Em 2020, ele impetrou um pedido de prisão contra 40 autoridades junto ao STM (Superior Tribunal Militar). O protocolo da ação foi acompanhado por manifestantes do grupo armado de extrema direita 300 do Brasil, segundo o site Metrópoles.

“Vivemos tempos obscuros traçados por uma confluência de fatores. É preciso coragem, maturidade e consistência política e constitucional para a apuração das devidas responsabilidades pelas escolhas que foram feitas”, afirma a juíza Gláucia Falsarella Pereira Foley em sua decisão.

“Os inúmeros mecanismos de pesos e contrapesos da democracia nos colocaram na presente situação, mas será somente por meio dela que o Poder Judiciário, trincheira do Estado democrático de Direito, poderá colaborar para que ensaiemos a superação da cegueira dos nossos tempos”, segue.

Por fim, a juíza afirma que decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) consagrou o entendimento de que o exercício da liberdade de imprensa assegura ao jornalista o direito de proferir críticas. “Para [o professor] Eugênio Bucci, aliás, mais do que direito do jornalista, a liberdade de informação é direito do cidadão e dever da imprensa”, diz a magistrada.

Procurado, o apresentador William Bonner não quis comentar o caso.

A vacinação de crianças contra a Covid-19 no Brasil começou na última sexta-feira (14) com a imunização do menino indígena de 8 anos, Davi Xavante, que mora no estado de São Paulo.

A imunização não será obrigatória, mas os pais que se recusarem a vacinar seus filhos podem ser multados ou até perder a guarda.

O imunizante utilizado na população entre 5 e 11 anos é o da Pfizer, autorizado pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Segundo autoridades médicas, com o avanço da ômicron é imprescindível que as crianças sejam rapidamente imunizadas.

Até o momento, todos os estudos indicam que a imunização de menores é segura e eficaz. A prática é recomendada por autoridades internacionais nos Estados Unidos e na Europa.

Por:Fama ao Minuto

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Entretenimento

Juíza nega arquivamento de ação contra Johnny Depp movida por Amber Heard

Ela alega que o ator liderou uma campanha para desacreditá-la dizendo que suas alegações são “falsas e “farsas”, prejudicando sua carreira e reputação. Ambos se processam por difamação.

Publicado

em

A Justiça negou o pedido da defesa do ator Johnny Depp, 58, para rejeitar o processo de difamação de US$ 100 milhões (cerca de R$ 481 milhões) movido pela ex-mulher Amber Heard, 36. Ela alega que o ator liderou uma campanha para desacreditá-la dizendo que suas alegações são “falsas e “farsas”, prejudicando sua carreira e reputação. Ambos se processam por difamação.

Com a ausência dos jurados, o advogado do ator, Ben Chew, disse ao tribunal de Virgínia, nos Estados Unidos, que a base da contestação de Heard -três declarações públicas feitas pelo advogado de Depp, Adam Waldman, em 2020 não pode estar diretamente ligada ao fato do ator ter “participado” ou “autorizado” os comentários.

Chew também argumentou que Heard não havia mostrado malícia real, alegando que Waldman havia investigado e acreditava que seus comentários de “farsa” eram verdadeiros. Waldman testemunhou no caso, mas invocou o privilégio advogado-cliente de confidencialidade na maioria das perguntas. Ele não negou ter dito os comentários.

O advogado de Heard, Ben Rottenborn, argumentou que não há base para rejeitar o contra-processo e que ele deveria permanecer. “As evidências mostram que não apenas o Sr. Waldman era o agente do Sr. Depp, mas que os dois conspiraram para acusar falsamente Amber de criar uma farsa e falsificar evidências que eles acreditam apoiar sua teoria e o que eles queriam alcançar.”

A juíza Penney Azcarate então leu sua decisão sobre o assunto, negando a moção para anular o processo movido por Heard. “O júri pode inferir que o Sr. Waldman fez essas declarações específicas a um terceiro para servir o autor [Depp] ao retratar o réu [Heard] como um litigante oposto sob uma luz negativa”.

Por Folhapress

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

 

Continue lendo

Entretenimento

Horóscopo: Veja o que os astros falam para você, nesta Quarta-feira, 25 de Maio de 2022

Publicado

em

Consulte as Previsões do Horóscopo do dia hoje (Clicando aqui) para seu Signo e saiba os conselhos dos Astros sobre a sua vida. Saiba, todos os dias, as Previsões dos Signos sobre Amor, Dinheiro e Saúde.

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

 

Continue lendo

Entretenimento

Gabriel Medina e Yasmin Brunet trocam indiretas nas redes sociais

Yasmin fez posts enigmáticos em seu Instagram e deixou a web intrigada.

Publicado

em

Parece que a relação de Gabriel Medina, 28, e Yasmin Brunet, 33, azedou de vez. Após uma suposta indireta da modelo sobre uma segunda chance nas redes sociais, o tricampeão mundial de surfe decidiu postar um provérbio, que fazia um alerta para quem fala demais. Muitos internautas o associaram com uma resposta para a ex-mulher.

“O que você diz pode salvar ou destruir uma vida; portanto, use bem as suas palavras e você será recompensado”, diz a mensagem de Medina publicada no story do Instagram nesta terça-feira (24). O surfista e Yasmin anunciaram a separação em janeiro deste ano.

Yasmin fez posts enigmáticos em seu Instagram, na noite anterior, e deixou a web intrigada. “Às vezes, dar a alguém uma segunda chance é como querer receber outra bala, porque a primeira não matou”, compartilha a modelo.

Em seguida, Yasmin colocou mais lenha na fogueira com nova mensagem subliminar: “Eu adoro conversar com gente que manda várias mensagens, manda foto do nada, fala de assuntos aleatórios, responde rápido… Ganha minha atenção fácil”, comenta.

Vale lembrar que no final de semana, Luiza Brunet, 60, resolveu se pronunciar sobre a confusão envolvendo a separação de Yasmin com Medina. A mãe da modelo criticou a ex-sogra da filha, Simone Medina, que teceu comentários sobre o término do casamento do casal. “No momento, acho prudente esse silêncio”, afirmou Luiza.

“Aprendi com experiências a ter controle e não sair por aí desabafando no calor das emoções. Só quem pode avaliar o que realmente aconteceu é o ex-casal. Não podemos sair por aí falando se era ou não amor. Não temos o direito de dar uma opinião tão contundente”, alfinetou. A matriarca da família Medina nunca aprovou o casamento de Yasmin com Gabriel e sempre acusou a ex-nora de afastá-lo dos parentes.

Por Folhapress

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail [email protected] ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

 

Continue lendo
Propaganda

Trending