Conecte-se Conosco

Mundo

Máfia não foi inventada por nigerianos, é italiana, diz Papa

Publicado

em

Francisco rebateu crescente alarmismo da extrema direita.

O papa Francisco rebateu neste sábado (6) o crescente alarmismo da extrema direita italiana com a máfia nigeriana e disse que não é preciso ter medo de migrantes.

Citando aqueles que chamam os estrangeiros de “delinquentes”, o líder da Igreja Católica afirmou: “Também há muitos [delinquentes] entre nós. A máfia não foi inventada pelos nigerianos, a máfia é um ‘valor’ nacional, é nossa, italiana”.

A declaração foi dada durante um encontro com professores e alunos do Instituto San Carlo, um dos colégios mais tradicionais de Milão. “Não tenham medo dos migrantes. Os migrantes somos nós. Jesus foi migrante”, disse.

Dois dias antes, o ministro do Interior da Itália, Matteo Salvini, havia afirmado que a máfia nigeriana representa um “perigo crescente” e deve ser “extirpada”. Outra líder de extrema direita, a deputada Giorgia Meloni, presidente do partido Irmãos da Itália (FDI), chegou a pedir o envio do Exército para combater quadrilhas de nigerianos.

“Se depender de Salvini e Meloni, a máfia nigeriana comanda Palermo e a Sicília. Classificar isso como fake news é pouco, trata-se de uma idiotice total. O inimigo número um continua sendo a Cosa Nostra”, declarou o senador de esquerda Pietro Grasso, em referência à máfia siciliana.

A Itália ainda abriga outros dois grupos mafiosos considerados por muitos até mais poderosos atualmente que a Cosa Nostra: a Camorra, de Nápoles, e a ‘ndrangheta, da Calábria.

(Por ANSA)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Mundo

Desde domingo, uma onda de violência tomou conta de diversas partes do país, com saques, incêndios e outros distúrbios.

Publicado

em

Aumentou para dez o número de mortos nos conflitos que ocorrem na Bolívia desde 20 de outubro, oito deles devido a projéteis de armas de fogo”, informou a Produradoria-Geral nesta quarta-feira.

“O IDIF realizou a análise forense de dez corpos a nível nacional. Quatro são de Santa Cruz, três de Cochabamba, dois de La Paz e um de Potosí. Do total de casos, oito perderam a vida por projéteis de armas de fogo”, disse Flores.

Nas últimas horas, foi confirmada a morte de um jovem de 20 anos na cidade de Montero, no leste de Santa Cruz, por disparo de arma de fogo. Na mesma região, em Yapacaní foi realizada a análise forense de uma pessoa não identificada, de 16 a 20 anos, que morreu da mesma forma.

Os dados foram confirmados pelo diretor do Instituto de Investigações Forenses (IDIF), Andrés Flores, segundo comunicado do Ministério Público.

A Bolívia está imersa em uma crise desde as eleições, quando Evo Morales foi reeleito para o quarto mandato consecutivo em meio às denúncias de fraude no processo eleitoral.

Após os militares pedirem a saída do presidente, e também depois de uma auditoria da Organização dos Estados Americanos (OEA) que apontou irregularidades no pleito, Morales renunciou ao cargo no domingo passado e aceitou o asilo oferecido pelo México, onde está neste momento.

Desde domingo, uma onda de violência tomou conta de diversas partes do país, com saques, incêndios e outros distúrbios. As Forças Armadas passaram a atuar em conjunto com a polícia, que pediu ajuda para frear o vandalismo, principalmente nas cidades de La Paz e El Alto. (Por Magno Martins)

 

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Mundo

Irã anuncia descoberta de grande campo de petróleo

Publicado

em

O presidente do Irã, Hassan Rouhani, anunciou a descoberta de um grande campo de petróleo que poderá ampliar as reservas conhecidas do país em cerca de 30%.

Rouhani disse, nesse domingo (10), que engenheiros iranianos descobriram um grande campo com 53 bilhões de barris de petróleo. Acrescentou que o campo de petróleo na província sudoeste do país, Khuzestan, cobre uma área de 2.400 quilômetros quadrados.

A BP, gigante britânico do setor de petróleo, declarou que até o fim de 2018 o Irã ocupava o quarto lugar no mundo em reservas de petróleo, com total estimado de 155,6 bilhões de barris.

Se a dimensão na nova reserva de petróleo vier a ser comprovada, o volume elevaria a posição do país para logo depois da Venezuela e Arábia Saudita.

O anúncio surgiu no momento em que o Irã luta para vender seu petróleo no exterior, em meio às sanções impostas pelos Estados Unidos.

O país, aparentemente, está fazendo um apelo à comunidade internacional no sentido de reconfirmar sua importância como fornecedor de petróleo, numa tentativa de disseminar ressentimentos contra os Estados Unidos.

Por NHK

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Mundo

Registrada 1ª morte relacionada a manifestações em Hong Kong

Publicado

em

Os protestos estão acontecendo nos últimos cinco meses no território

governo de Hong Kong informou que um estudante universitário de 22 anos morreu hoje (8), sob suspeita de ter sofrido lesões quando participava de uma manifestação pró-democracia.

Esta é a primeira morte relacionada aos protestos que têm ocorrido no território nos últimos cinco meses.

O jovem foi encontrado segunda-feira (4) no terceiro andar de uma instalação de estacionamento, em um distrito residencial na Península de Kowloon. Ele foi levado ao hospital,onde recebeu tratamento mas não recuperou a consciência.

A polícia de Hong Kong disse que ele pode ter caído acidentalmente do quarto andar da construção.

Segundo relatos, na ocasião do incidente, a polícia estava usando gás lacrimogêneo para retirar os manifestantes de uma área próxima.

Acredita-se que a morte do jovem aumente ainda mais a revolta da população com o governo e a polícia. Com informações da Agência Brasil

Por Notícias ao Minuto

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda  

Trending