Conecte-se Conosco

Saúde

Mais barato, exame prevê diagnóstico de Alzheimer

Publicado

em

O estudo foi publicado terça-feira na revista científica Journal of Experimental Medicine

Uma técnica que detecta no sangue pequenas quantidades de uma proteína fragmentada, ligada à doença de Alzheimer, pode levar a um exame simples que possibilita o diagnóstico anos antes de aparecerem os sintomas. O estudo foi publicado terça-feira na revista científica Journal of Experimental Medicine e apresentado no mesmo dia na Conferência Internacional da Associação de Alzheimer em Chicago (EUA).

Uma das boas notícias, no caso, é que o teste pode, potencialmente, tornar o diagnóstico mais simples, barato e portanto acessível a um número muito maior de pessoas.

Pesquisadores de quatro países liderados pela Universidade de Lund, na Suécia, observaram que os níveis da proteína P-tau-27, abundante no sistema nervoso central e no sistema nervoso periféricos, aumentam durante as etapas iniciais do Alzheimer. Eles estimam que o método, baseado nessa proteína, poderia detectar as mudanças cerebrais até 20 anos antes de aparecerem os sintomas da doença.

Numa avaliação da notícia para o New York Times, o dr. Michael Weiner, pesquisador do assunto na Universidade da Califórnia – e que não participou do estudo – disse que “ainda não é uma cura, não é um tratamento, mas ninguém consegue tratar uma doença antes de ter um diagnóstico. E um diagnóstico preciso, a baixo custo, é algo incrível, um avanço decisivo”.

Na mesma linha, o professor de neurologia da Harvard Medical School, Rudolph Tanzi, ponderou também para o jornal americano que “os resultados precisam ser aplicados em testes clínicos com outras populações, incluindo as que representem mais diversidade étnica e racial”. Ou seja, não é nada para amanhã. Aguardado há tempos pela comunidade médica, o diagnóstico, para ser usado clinicamente, precisa ainda passar por mais etapas de pesquisa. Cientistas acreditam que, se comprovados os benefícios, técnica poderia estar disponível para uso clínico em três anos.

30 milhões

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a doença é a forma mais comum de demência e representa entre 60% e 70% de todos os casos de síndromes envolvendo deterioração de memória, pensamento, comportamento e a capacidade para realizar atividades diárias.

No mundo, segundo os números mais recentes, há cerca de 30 milhões de pessoas afetadas pelo Alzheimer. Perceptível com mais frequência em pessoas acima de 65 anos, a condição começa antes em cerca de 5% dos casos. O tempo médio de vida do paciente vai de três a nove anos e o atendimento a essa população é hoje um dos tratamentos mais caros da medicina nos países desenvolvidos.

“Existe uma necessidade urgente de ferramentas que sejam simples, de baixo custo e não invasivas para esse diagnóstico”, disse Maria Carrillo, cientista e porta-voz da Associação de Alzheimer dos Estados Unidos. “A possibilidade de uma detecção precoce, que permita intervir com tratamento antes que a doença cause perdas significativa no cérebro, seria uma grande mudança para os pacientes, para as famílias e também para o nosso sistema de saúde”, acrescentou a cientista.

Rastreando a proteína

A doença de Alzheimer é caracterizada pela presença de placas, que formam no cérebro uma proteína chamada amilóide B e aglomeração da proteína tau. Esta é responsável por formar “nós” de fibras nos neurônios dos pacientes. Atualmente, as mudanças cerebrais que acontecem antes da manifestação de sintomas podem ser vistas somente em tomografia por emissão de pósitrons (conhecida pela sigla em inglês, PET) ou medindo as proteínas amilóide e tau no líquido na medula espinhal.

Os cientistas envolvidos na pesquisa já haviam descoberto que um fragmento modificado da proteína tau, conhecido como P-tau-217, se acumula no líquido da espinha (também chamado de líquor ou líquido cefalorraquidiano) dos pacientes antes que apareçam os sintomas cognitivos. Esse fragmento aumenta o progresso da doença e pode prever com precisão a formação de placa amilóide.

Os pesquisadores também estimaram que a P-tau-217 poderia ser encontrado no sangue de pacientes com Alzheimer, embora em níveis muito baixos que dificultariam a detecção.

A equipe desenvolveu um método baseado em espectrometria de massa para medir a quantidade desse fragmento e outros da proteína tau em apenas 4 mL de sangue, mesmo que as amostras sejam tão pequenas e contenham menos de um bilionésimo de grama de P-tau-217.

Os cientistas também perceberam que, como ocorre com os níveis deste fragmento no líquor, os níveis de P-tau-217 no sangue eram muito baixos em voluntários saudáveis, mas se mostravam mais elevados em pacientes com placas amiloides, mesmo naqueles sem sintomas cognitivos. (Com agências internacionais) As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Saúde

Pernambuco confirma 1.567 novos casos da Covid-19, nesta sexta-feira (14)

Publicado

em

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta sexta-feira (14.08), 1.567 novos casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 111 (7%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). Todos os outros 1.456 (93%) são leves, ou seja, pacientes que não demandaram internamento hospitalar e que já estavam curados, ou na fase final da doença. Agora, Pernambuco totaliza 110.409 casos já confirmados, sendo 24.627 graves e 85.782 leves.

Também foram confirmados 27 óbitos, ocorridos desde o dia 14 de maio. Do total de mortes do informe de hoje, 7 (26%) ocorreram nos últimos três dias, sendo: nenhuma registrada no dia de ontem (quinta, 13/08), 6 em 12/08 e 1 em 11/08. Os outros 20 (74%) ocorrem entre os dias 14/05 e 10/08. Com isso, o Estado totaliza 7.111 mortes pela Covid-19. Os detalhes epidemiológicos serão repassados ao longo do dia pela Secretaria Estadual de Saúde.

Por Mikael Sampaio

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973

Continue lendo

Saúde

Dos 5570 município brasileiros, apenas 64 não registram casos de coronavírus, diz IBGE

Publicado

em

De acordo com o Censo 2020 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), existem atualmente 5.570 municípios no Brasil. Desses, apenas 1,14% não apresentaram casos confirmados de Covid-19 até o momento.

Segundo o levantamento, os 64 municípios não tiveram, até à tarde desta quinta-feira (13), casos confirmados da doença.

São Paulo e Paraíba estão com apenas uma cidade sem registros confirmados da doença. Em SP, dos 645 municípios, apenas Santa Mercedes não registrou casos até agora.

Já o estado com o maior número de municípios sem coronavírus é também o que tem maior número de divisões: Minas Gerais, com 853 municípios, tem 29 cidades ainda sem confirmações.

Além dos já citados, outros cinco estados têm cidades ainda sem casos confirmados de Covid-19: Paraná, Rio Grande do Sul, Goiás e Piauí.

A região Norte é a única que registrou confirmação da doença em todas as cidades de todos os estados.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973

Continue lendo

Saúde

TCE-PE mantém suspensos pagamentos de hospitais de campanha no Sertão

Publicado

em

A Segunda Câmara do Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE), referendou na última terça-feira duas Medidas Cautelares determinando à Secretaria estadual de Saúde (SES) a suspensão dos pagamentos dos contratos de construção dos hospitais de campanha, Governador Eduardo Campos, e Univasf, destinados a atender casos de Covid-19 nos municípios de Serra Talhada e Petrolina, respectivamente.

As Cautelares foram expedidas monocraticamente pelo conselheiro Carlos Porto – relator das contas da SES em 2020 – a pedido da Gerência de Auditoria de Obras no Município do Recife e na Administração Direta Estadual do TCE, que levou em conta a possibilidade de danos aos cofres públicos em função das contratações.

 As obras foram concluídas no dia 26 de maio, segundo informações da Diretoria Geral de Infraestrutura da SES.

A Cautelar do hospital Governador Eduardo Campos (Processo TC nº 2054643-9) diz respeito ao contrato nº 54/2020 de R$ 1.327.311,85 com a empresa Stauros Engenharia Ltda., proveniente da Dispensa de Licitação nº 103/2020 que foi estimada em R$ 1.499.217,10.

De acordo com dados coletados no sistema e-Fisco, até o dia 28 de julho, haviam sido pagos R$ 683.008,90 para a execução das obras. Na análise dos pagamentos, foram encontrados indícios de sobrepreço no valor de R$ 149.880,00 em diversos itens da planilha dos serviços contratados.

Além disso, a equipe de auditoria apontou a existência de possível prejuízo ao erário da ordem de R$ 149.502,41 por conta da falta de normas para reaproveitamento, após o desmonte do hospital, dos itens comprados e não alugados, segundo os auditores do TCE.

UNIVASF

A outra cautelar (Processo TC nº 2054698-1) está relacionada ao contrato nº 55/2020, oriundo da Dispensa nº 99/2020, estimada em R$ 1.832.032,26. A vencedora foi a empresa Multcom Construtora Eirelli, que apresentou proposta de R$ 1.548.272,16. Neste caso, os pagamentos para a construção do hospital em Petrolina chegaram a R$ 724.753,36, segundo informações encontradas no sistema e-Fisco.

A auditoria do Tribunal também observou um indício de sobrepreço de R$ 160.172,88 na planilha da contratada, além de um possível pagamento indevido de R$ 20.420.58 por conta de uma previsão inadequada no quantitativo de piso nas áreas dos banheiros da unidade provisória de saúde daquela localidade.

Sendo assim, o relator determinou ao secretário André Longo a adoção de medidas para retenção dos pagamentos pendentes relativos aos dois hospitais, até que a Secretaria de Saúde providencie e comprove as correções das possíveis irregularidades.

A cautelar determina ainda que a secretaria mantenha o registro e o controle de utilização dos materiais comprados para futuro reaproveitamento em serviços de manutenção em outros hospitais da rede pública, permitindo o monitoramento por parte do TCE.

No caso do hospital Univasf, ele terá também que esclarecer os itens pagos possivelmente de forma indevida.

O secretário André Longo, que terá cinco dias para apresentar defesa, também foi alertado que o descumprimento da decisão poderá levar à aplicação de multa, julgamento pela irregularidade e reprovação das contas, além de ficar sujeito a responsabilização em ação civil pública por improbidade contra a administração.

O voto foi aprovado por unanimidade pelos membros da Segunda Câmara presentes à sessão. O Ministério Público de Contas foi representado pela procuradora Eliana Lapenda.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.01

Continue lendo

Trending