Conecte-se Conosco

Esporte

Messi bate recorde de aparições na Copa América, e Argentina supera o Canadá

Publicado

em

A 48ª edição da Copa América começou nesta quinta-feira com belo show antes de a bola rolar na Mercedes-Benz Arena, em Atlanta, na Geórgia, muitos dirigentes em campo e nas tribunas, emoção na execução dos hinos, recorde de aparições de um Messi sem pontaria, mas preciso em assistência, e com a campeã Argentina superando o Canadá após alguns sustos com triunfo por 2 a 0. Os gols foram dos centroavantes Julián Álvarez e Lautaro Martínez.

Aposentado por problemas cardíacos, o ex-atacante argentino Agüero colocou a taça para exibição no gramado com direito a beijinho e aplausos da torcida. Antes mesmo de a tricampeã mundial entrar em campo, Messi já causava frisson no estádio do Atlanta Falcons, da NFL, completamente lotado – capacidade de 71 mil pessoas – ao aparecer no telão. No túnel dos vestiários, era idolatrado pelos mascotes mirins. A criançada estava encantada com a proximidade do astro.

MAIOR ATLETA A DISPUTAR COPA AMÉRICA

Ao iniciar a partida, Messi completou 35 jogos e se isolou como maior atleta a disputar uma partida na Copa América, ultrapassando o ex-goleiro chileno Livingston, que atuou em 34 oportunidades. São 13 gols e 17 assistências do astro.

Diante da atual campeã, o Canadá adotou postura ousada nos minutos iniciais, com linhas altas para tentar surpreender. Em uma bobeira, entretanto, deixou Di María avançar de seu campo e parar no goleiro Crépeau. Messi deu enorme pique e poderia ter recebido o passe. Logo depois, o camisa 10 apareceu livre e mandou raspando. Estava impedido.

Mesmo estreante na Copa América, o Canadá parecia não temer os campeões mundiais. E partiu para a trocação, sempre rondando a área, mas pecando no toque final. O jogo era agradável, com os argentinos vendo seu favoritismo duro de ser confirmado frente um oponente ajustado e confiante. Eustáquio, de cabeça, exigiu grande defesa de Dibu Martínez antes do intervalo.

A apresentação abaixo do esperado, com ataque inoperante, fez a Argentina demorar a retornar do vestiário. O papo com Lionel Scaloni durou 20 minutos. Foi longo para a equipe não somar seu quarto tropeço seguido em uma estreia de competição. Não ganhou nos primeiros jogos das duas últimas Copa Américas e também sofreu um deslize na Copa do Mundo do Catar antes de se recuperar para erguer o troféu contra a França.

Os argentinos necessitaram de somente três minutos para desencantar. Após dividida de Mac Allister com o goleiro, a bola sobrou para Julian Álvarez mandar ao gol vazio e sair celebrando O centroavante do Manchester United quase ampliou um minuto mais tarde. Crépeau salvou de ponta dos dedos.

SEM GOL DE MESSI

O tão aguardado gol de Messi pela torcida quase sai aos 19 após chutão de Martínez para frente. O astro saiu cara a cara e parou em Crépeau, no rebote driblou o goleiro e deu a cavadinha. Mas Cornelius apareceu para livrar o Canadá. Ainda falharia em novo lançamento e cobertura para fora.

Esporte

Messi faz dedicatória a Di María e Otamendi após novo título da Argentina

“Obrigado a todos pelo apoio. Esta seleção tem um presente muito forte e também um futuro promissor. Vamos Argentina, c******”, concluiu o atacante do Inter Miami.

Publicado

em

Lionel Messi voltou às redes sociais na madrugada desta terça-feira para compartilhar uma nova mensagem sobre a conquista da Copa América ao serviço da Argentina, destacando especialmente Ángel Di María e Nicolás Otamendi, ambos que se destacaram no Benfica na última temporada.

“A Copa América acabou e a primeira coisa que quero fazer é agradecer a todos pelas mensagens e cumprimentos. Estou bem, graças a Deus, e espero voltar em campo em breve para continuar fazendo o que mais amo”, começou Messi, que saiu lesionado aos 64 minutos da final contra a Colômbia (1-0), decidida no prolongamento.

“Estou muito feliz, especialmente porque alcançamos o nosso objetivo e o Fide [Ángel Di María] conquista mais uma Copa conosco. Os veteranos como ele, Ota ou eu, vivenciamos isso com muita emoção, junto com outros companheiros que já têm vários torneios e contribuem com sua experiência, além dos jovens que dão tudo em campo. Somos um time e uma família. Um grupo incrível”, enfatizou Messi, referindo-se aos jogadores do Benfica. 

“Obrigado a todos pelo apoio. Esta seleção tem um presente muito forte e também um futuro promissor. Vamos Argentina, c******”, concluiu o atacante do Inter Miami.

Foto getty

Por Notícias ao Minuto

           

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9155-5555.

Continue lendo

Esporte

Daniel Alves regulariza pendências financeiras com banco e filhos

Além de resolver o processo com o Banco Safra, Daniel Alves também quitou as pendências financeiras com seus filhos. Um valor de R$ 336 mil foi enviado aos herdeiros do ex-jogador, encerrando também o processo de penhora por dívida de pensão alimentícia.

Publicado

em

O ex-jogador Daniel Alves finalmente resolveu dois problemas financeiros que o atormentavam há algum tempo. Após receber um depósito de cerca de R$ 1,1 milhão, ele quitou uma dívida com o Banco Safra e também regularizou pendências com seus filhos.

Conforme apurado pelo jornalista Diego Garcia, o dinheiro foi creditado na conta de Alves após um pagamento feito pelo São Paulo, seu ex-clube. A Justiça de São Paulo encerrou na última semana a disputa judicial entre o jogador e o Banco Safra.

A ação movida pela instituição bancária se referia a um empréstimo de R$ 550 mil contraído por uma agência de publicidade da qual Daniel Alves era CEO. O valor da dívida aumentou consideravelmente devido a juros e correções monetárias. Para encerrar a questão, Alves concordou em pagar R$ 754 mil.

Além de resolver o processo com o Banco Safra, Daniel Alves também quitou as pendências financeiras com seus filhos. Um valor de R$ 336 mil foi enviado aos herdeiros do ex-jogador, encerrando também o processo de penhora por dívida de pensão alimentícia.

Daniel Alves não se pronunciou publicamente sobre os pagamentos e o fim dos processos. Já o São Paulo, em nota oficial, ressaltou que o clube está cumprindo as obrigações impostas pela justiça em um contrato “herdado pela antiga gestão”.

Foto Getty

Por Notícias ao Minuto

           

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9155-5555.

Continue lendo

Esporte

Invicta, Argentina é bicampeã consecutiva da Copa América após bater Colômbia

Publicado

em

A Argentina se sagrou bicampeã consecutiva da Copa América – 2021/24, invicta, na madrugada desta segunda-feira ao derrotar a Colômbia por 1 a 0, aos 7 minutos do segundo tempo da prorrogação, gol de Lautaro Martínez no Hard Rock Stadium, em Miami, nos Estados Unidos. A dobradinha albiceleste não acontecia desde 1991/93.

O time de Messi e Companhia foi campeã com cinco vitórias e um empate. Ganhou na fase de grupos, Canadá, Chile e Peru. A equipe de Lionel Scaloni avançou apenas nos pênaltis contra o Equador nas quartas-de-final, e na semifinal repetiu o 2 a 0 sobre o Canadá.

Essa foi a 16ª conquista dos argentinos, que se isolaram na liderança do torneio, como a maior vencedora da competição, na frente do Uruguai. Vale lembrar que a Argentina é a última campeã da Copa do Mundo-2022. O jogo também marcou a despedida de Dí Maria com a seleção Argentina.

Já a Colômbia tentava conquistar o segundo caneco e encerrar um jejum de 23 anos sem um título de expressão. O único título histórico e inédito dos colombianos aconteceu em 2001 quando venceram o México.

A equipe do treinador Néstor Lorenzo perdeu uma invencibilidade de 28 partidas. Até chegar ao vice-campeonato, a Colômbia estava invicta e se classificou em primeiro lugar no Grupo D, e garantiu a liderança ao empatar com o Brasil na terceira rodada. Nas quartas de final, goleou sem dificuldade o Panamá, por 5 a 0, e depois superou o Uruguai por 1 a 0 na semifinal, mesmo atuando com um jogador a menos em todo o segundo tempo.

Fonte: Terra

           

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9155-5555.

Continue lendo
Propaganda

Trending

Fale conosco!!