Conecte-se Conosco

Esporte

Milton Mendes faz reflexão e admite ajuda de profissionais para melhorar relacionamento

Publicado

em

Em entrevista à Rádio Transamérica, técnico revela detalhes de mudança.

A relação estável vivida por Milton Mendes e o grupo pode ter um motivo a mais além de ser recente e, portanto, com menos tempo para qualquer desgaste. No período em que ficou desempregado após ser demitido pelo Vasco, em agosto do ano passado, o treinador procurou ajuda profissional para melhorar as relações pessoais. No clube carioca, por exemplo, ele entrou em atrito com o meia Nenê, hoje no São Paulo, e com o zagueiro Rodrigo, que, quando defendia a Ponte Preta, chegou a empurrá-lo após uma tentativa do técnico de cumprimento. A revelação foi feita em uma entrevista à Rádio Transamérica, do Recife.

Das palavras para o campo, o técnico Milton Mendes tem implantado uma nova filosofia de treino no Sport na tentativa de resgatar o time a tempo de se livrar do rebaixamento à Série B. Além das conversas individuais, o trabalho de campo do comandante mudou o ambiente no elenco com incentivos e interações constantes em atividades que requerem um alto nível de intensidade. À parte do histórico de problemas públicos que se envolveu com jogadores em outros clubes, o treinador foi abraçado pelo elenco leonino com essa filosofia após ter revelado que buscou ajuda profissional para melhorar o relacionamento pessoal.

“Eu precisei fazer uma introspecção. Em todos os clubes que eu fui, fui campeão, mas estava acontecendo alguma coisa que não finalizava. E eu precisava saber o que estava acontecendo”, declarou Milton Mendes. “Fiz algumas avaliações, contratei alguns profissionais que trabalharam comigo e eu tentei entender o que estava se passando, o que eu fiz que poderia ter errado ou até não. Até a Copa do Mundo, fiquei entendendo isso. E depois da Copa do Mundo eu busquei algumas coisas interessantes para trabalhar”, acrescentou.
No Sport, Milton Mendes tem recebido elogios dos jogadores pela dinâmica de trabalho e nas relações pessoais. O técnico costuma ser próximo do grupo e conversar bastante. A boa impressão veio desde a apresentação ao elenco, no dia 26 de setembro. Na ocasião, ele levou até o auxiliar de serviços gerais Washington para dar um depoimento, mostrando confiança em reviravolta na Série A. O goleiro Magrão, com 14 anos de clube, ficou surpreso e declarou nunca ter visto isso dentro do Rubro-negro.
Nos clubes anteriores, Milton Mendes costumava ter um bom início de trabalho. Por sinal, o desempenho nos 12 jogos iniciais no Ferroviário-SP, Paraná, Atlético-PR, Santa Cruz e Vasco seriam capazes de livrar o Leão da queda. Na sequência, porém, a queda de rendimento era brusca junto com o surgimento de problemas de relacionamento. Na reflexão, o treinador admitiu que exigia demais.
“O Milton Mendes hoje é mais maduro, que consegue entender o contexto do futebol brasileiro, que os jogadores têm algumas especificidades interessantes, mas com o cuidado necessário. Na Europa, eles têm uma aceitação a uma cobrança mais acentuada. Mas aqui é diferente. Hoje, eu sou um treinador mais paciente, mais preparado com as circunstâncias do próprio jogo. Eu detesto perder, mas tenho de aprender. E assim sendo, eu transmito aos atletas a tranquilidade que eles podem errar também. Ganhei alguns títulos nesses três anos de Brasil, mas precisamos estar aberto às mudanças”, disse. (Da Redação Superesportes /Diario de Pernambuco)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram. Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Esporte

‘Chegarei com toda a força’, diz Cuca sobre desafio no São Paulo

Publicado

em

Treinador passa por tratamento cardiológico e depende da liberação médica para voltar ao dia a dia do futebol

Em seu primeiro pronunciamento como técnico do São Paulo, Cuca, oficializado pela diretoria na última quinta-feira, em seguida ao anúncio de que André Jardine não seguiria no cargo, comentou ao site oficial do clube sobre a expectativa de iniciar o quanto antes sua segunda passagem pelo Morumbi – na anterior, em 2004, ele chegou à semifinal da Copa Libertadores.

O treinador passa por tratamento cardiológico e depende da liberação médica para voltar ao dia a dia do futebol. Na quinta-feira, o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, revelou uma hipotética data, segundo o próprio, informada a ele por Cuca: 15 de abril. Mas o prazo pode se estender, dependendo da evolução da recuperação. Em dezembro, o técnico foi submetido a uma cirurgia porque apresentava quadro de entupimento arterial.

“Minha vontade era de me apresentar agora, mas ainda não fui liberado pelo meu médico e terei de continuar com o tratamento aqui em Curitiba. Enquanto esses dois meses não chegam, estarei me preparando ainda mais para desenvolver meu trabalho”, afirmou Cuca, que terá mais uma vez a parceria se seu irmão, Cuquinha, como auxiliar. Ele vai começar a trabalhar antes, até para ajudar na transição futura.

Enquanto Cuca não puder trabalhar, a equipe será dirigida por Vagner Mancini, que é coordenador de futebol do São Paulo desde o início deste ano. “Quero agradecer ao Mancini, porque todos sabemos que ele chegou ao São Paulo para exercer outra função, de coordenador, e ele só está assumindo o time de forma interina pelo nosso bem, especialmente pelo bem do São Paulo”, comentou o treinador. “Eu já tinha uma admiração grande por ele, e agora essa atitude só reforça o meu apreço. Estou muito feliz por esse desfecho e desejo ao Mancini e aos atletas toda a sorte do mundo no clássico contra o Corinthians no domingo. Estarei na torcida.”

Em sua primeira passagem pelo São Paulo, em 2004, Cuca comandou o time em 51 jogos: 30 vitórias, oito empates e 13 derrotas (64,05% de aproveitamento). Semifinalista da Libertadores daquele ano, foi um dos responsáveis pela montagem do elenco que fez história na temporada seguinte com os títulos continental, do Mundial de Clubes e do Campeonato Paulista.

“Tenho um carinho muito grande pelo São Paulo, desde 2004. Agradeço a todos, especialmente à diretoria são-paulina, pela compreensão e também pela decisão de esperar pela minha plena recuperação. Chegarei com toda a força para ajudar o clube a cumprir com todos os objetivos”, finalizou.

(Por Notícias ao minuto)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Esporte

Jogadores do Vasco são assaltados após partida no Maracanã

Publicado

em

Bandidos armados levaram o carro e o celular do atacante Rildo e o celular do goleiro Jordi

Rildo e Jordi, atacante e goleiro do Vasco, respectivamente, foram assaltados na madrugada da última quinta-feira (14), após a vitória por 3 a 0 sobre o Resende, pela semifinal da Taça Guanabara.

Segundo a Rádio Brasil, os jogadores foram surpreendidos por bandidos armados na Linha Amarela, via expressa que liga as zonas Norte e Oeste do Rio de Janeiro, logo após deixarem o Maracanã, local da partida. Os criminosos levaram o carro e o celular de Rildo, e o celular de Jordi. Yan Sasse e Raul também estavam no veículo. Os quatro passam bem.

(Por Notícias ao minuto)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

 

Continue lendo

Esporte

Abel vê Flamengo ‘abatido’ e evita culpar Arrascaeta por derrota

Publicado

em

“Não vamos crucificar ninguém. Jogador vai jogar bem e mal. Mais que nunca, a minha preocupação que essa derrota não caia nos ombros do Arrascaeta”, disse o treinador

Flamengo foi derrotado por 1 a 0 pelo Fluminense e acabou eliminado da Taça Guanabara. O gol do adversário saiu aos 47min do segundo tempo, a partir de um erro de Arrascaeta. O técnico Abel Braga diz que os jogadores estavam “abatidos” no vestiário e evitou culpar o uruguaio.

Arrascaeta recebeu bola no campo defensivo e foi cercado por dois marcadores. Ao tentar passe lateral, viu Caio Henrique interceptar. Airton tocou de primeira para Yony González, que rolou para Luciano chutar firme da entrada da área e fazer o gol da classificação.

“Não vamos crucificar ninguém. Jogador vai jogar bem e mal. Mais que nunca, a minha preocupação que essa derrota não caia nos ombros do Arrascaeta. Essa é uma preocupação minha. Farei de tudo para ele não baixar a cabeça. Posso até botar ele de titular contra Americano [estreia da Taça Rio]”, disse Abel Braga.

“Está sabendo esperar e é de alto gabarito. Infelicidade de um lance. Não vai tirar o valor dele. Já vinha pensando dele ser titular. Quem sabe no próximo jogo? Até para ele saber que aconteceu com ele, mas poderia ser com qualquer um”, completou.

Abel Braga admitiu que o Flamengo não fez uma grande partida. Mesmo assim, diz que o time esteve mais próximo da vitória que o rival, que marcou nos acréscimos. Segundo o treinador, o Rubro-negro precisa saber aproveitas as oportunidades dadas pelo adversário.

“O Flamengo não fez uma grande partida. Mas tivemos muitas chances, inúmeros contra-ataques cedidos por eles e não aproveitamos. E o Fluminense conseguiu em uma das poucas que teve. Vamos seguir o trabalho”, afirmou o treinador.

“Esse é o futebol. Quem pensa em coisa alta vai passar por momentos de dor. Daí vem o aprendizado. Dedicação grande. Ficamos abatidos. Vaga na final seria ainda mais legal pelo ocorrido, mas… não ocorreu. Não vamos parar. Acontece, é ruim. Ninguém vai abaixar a cabeça”, finalizou.

O Flamengo volta a campo no dia 24 quando receberá o Americano na estreia da Taça Rio, no Maracanã. Além disso, o Rubro-negro já vê com certa proximidade a estreia da equipe na Libertadores contra o San José, no dia 5 de março.

(Por Folhapress)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

 

Continue lendo
Propaganda

Trending