Conecte-se Conosco

Brasil

Mulheres e crianças infectadas por Zika desenvolvem imunidade ao vírus

Publicado

em

 

Segundo a pesquisadora, as crianças começaram a ter o sangue coletado e analisado para entender a resposta do sistema imunológico delas a uma nova exposição ao vírus

Pesquisa realizada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e pela Universidade Federal Fluminense (UFF) constatou que mulheres e crianças que já foram infectadas pelo vírus Zika podem desenvolver imunidade à doença. Os pesquisadores detectaram que 80% dos 100 pacientes analisados ficaram imunes depois de serem submetidos à infecção.

As crianças nasceram em 2016 e vêm sendo acompanhadas desde então junto às mães pela UFF e pela Fiocruz. Segundo a pesquisadora da Fiocruz Luzia Maria de Oliveira Pinto, a partir de 2018, elas começaram a ter o sangue coletado e analisado para entender a resposta do sistema imunológico delas a uma nova exposição ao vírus.

“A gente começou a avaliar o sangue tanto das mães quanto das crianças para entender um pouco da imunidade delas, ou seja, para entender se, um dia, caso essas pessoas reencontrem o vírus, elas teriam a capacidade de responder a esse vírus e não ficar mais doente, ou seja, adquirindo a imunidade”.

Segundo ela, participam do estudo 50 mães e 50 crianças infectadas pelo Zika e o resultado foi de 80% de imunidade em ambos os casos.

Além do acompanhamento laboratorial desses 100 pacientes, a UFF também faz o acompanhamento clínico de mais de 260 crianças infectadas pelo vírus que nasceram na região de Niterói. O objetivo, segundo a pesquisadora da UFF Claudete Araújo Cardoso, é verificar se elas desenvolvem alguma doença ou complicação ao longo dos cinco primeiros anos de vida.

Nesse acompanhamento, os pesquisadores verificaram, por exemplo, que alguns bebês que nasceram aparentemente saudáveis desenvolveram um quadro de microcefalia de três a seis meses após o parto. Claudete explica que o fenômeno já havia sido constatado em 13 crianças do Nordeste e foi confirmado agora em seis crianças que estão sendo acompanhadas pela UFF.

“Elas nasceram com perímetro cefálico normal, mas, por ação do vírus, o cérebro da criança para de crescer e de se desenvolver. Esse é um alerta que a gente passa para a população: se nasceu durante uma epidemia ou a mãe teve manchas na pele durante a gravidez, tem que ser feito um acompanhamento criterioso na rede básica, no posto de saúde”, disse.Com informações Agência Brasil 

Por Notícias ao Minuto

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Brasil

Terremoto de magnitude 6,9 atinge o Atlântico próximo a Fernando de Noronha, mas sem risco de tsunami

Publicado

em

Um terremoto de magnitude 6,9 na escala Richter foi registrado na noite dessa sexta-feira (18) próximo ao arquipélago de São Pedro e São Paulo, conjunto de ilhas pertencentes a Pernambuco, segundo o Laboratório Sismológico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LabSis/UFRN). Um forte tremor, de magnitude 6,5, já havia ocorrido na região no dia 30 de agosto de 2020.

Ainda de acordo com o LabSis/UFRN, o tremor aconteceu por volta das 21h43 e teve seu epicentro a aproximadamente 282 km a leste de São Pedro e São Paulo — dentro do limite das 200 milhas ou 370 km da Zona Econômica Exclusiva instalada no arquipélago —, a 816 km a nordeste de Fernando de Noronha, 1.193 km de Natal e 1.338 km do Recife.

“Dada à magnitude e proximidade de São Pedro e São Paulo, embora não tenhamos informações até o momento, esse tremor certamente foi sentido pelo pessoal da base de pesquisa em São Pedro e São Paulo”, destacou o LabSis/UFRN em seu blog. Apesar de ser considerado forte, o terremoto não foi sentido pelos moradores do famoso arquipélago de Fernando de Noronha.

Sem risco de tsunami

O abalo sísmico foi registrado por diversas estações da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR). A estação mais próxima do epicentro é a estação de Riachuelo, da rede global GSN, operada pelo LabSis/UFRN, que alerta para a possibilidade de réplicas nas próximas horas ou dias, mas não há riscos de tsunami.

“Para que isso [tsunami] ocorra, de forma perceptível, teríamos de ter magnitude acima de 7.5 e o movimento na falha sísmica tem que ser do tipo reverso ou normal, o que causaria um levantamento ou afundamento brusco do soalho oceânico”, diz o LabSis/UFRN.

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Brasil

País registra 858 novas mortes por covid-19 em 24h, total vai a 135.793

Publicado

em

Desde esta quinta-feira, 17, até hoje, foram registrados 39.797 novos casos de covid, elevando o total no País para 4.495.183.

OBrasil registrou 858 novas mortes por covid-19 nas últimas 24 horas, segundo dados divulgados nesta sexta, 18, pelo Ministério da Saúde. Ao todo, o País já contabiliza 135.793 óbitos pela doença.

Desde esta quinta-feira, 17, até hoje, foram registrados 39.797 novos casos de covid, elevando o total no País para 4.495.183. Desses, 3.789.139 (84,3%) correspondem aos recuperados da doença, segundo o ministério da Saúde, e 570.251 (12,7%) estão em acompanhamento. Existem ainda 2.352 mortes em investigação.

O Estado de São Paulo tem um total de 924.532 casos do novo coronavírus, com 33.678 mortes. A Bahia tem 292.019 registros da doença e 6.181 óbitos. Minas Gerais chegou nesta sexta-feira a 265.185 casos de covid-19 e 6.574 mortes. O Rio de Janeiro tem 249.798 casos da doença e 17.575 mortes.

Por Estadão Conteúdo

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Brasil

Médicos peritos dos INSS não querem trabalhar

Publicado

em

A Associação Nacional de Médicos Peritos (ANMP) afirmou nesta quarta-feira (16) que não vai retomar os trabalhos em agências vistoriadas ontem pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

O presidente do INSS, Leonardo Rolim, realizou vistorias em agências no Distrito Federal e afirmou que os atendimentos serão retomados a partir desta quinta-feira (17) naquelas que forem aprovadas. Segundo ele, ao menos 151 agências em todo o país já foram vistoriadas.

A ANMP, contudo, diz que “desconhece” as inspeções realizadas nesta quarta. A entidade acusa o INSS de adulterar o checklist de obrigações para a retomada das perícias, “flexibilizando e relativizando itens essenciais como limpeza, segurança, ventilação e equipamentos”. Esse checklist é parte de uma portaria para determinar as novas inspeções nas agências.

“Nós desconhecemos isso como vistoria. Não havia ali nenhum técnico de carreira gabaritado a emitir qualquer juízo de valor sobre os componentes da avaliação. Aquilo foi uma ‘inspeção’ política, visita de chefes a uma agência”, afirma Francisco Cardoso, vice-presidente da ANMP.

“São vidas em jogo e isso não pode ser tratado dessa forma tosca como vimos na TV agora há pouco. Vidas humanas têm que ser respeitadas. O benefício já está sendo garantido por via remota de maneira emergencial, logo falta apenas o INSS fazer seu dever – que deixou de fazer nos seis meses fechados – e organizar as agências de forma séria para o retorno da perícia presencial”, afirma.

“A chance é zero. A essa hora não dá mais para organizar a lista de vistoria. O INSS não nos forneceu nada”, diz Cardoso.

Segundo o INSS, a ANMP foi chamada a participar das vistorias, mas não compareceu.

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda  

Trending