Conecte-se Conosco

Esporte

Não existe perfeição no futebol. Apenas escolhas e riscos.

Publicado

em

Flamengo criou chances e dominou boa parte do jogo avançando suas linhas, mas levou um gol justamente por avançar tanto e desproteger sua linha defensiva. Como lidar com essas escolhas de jogo?

Dizem que a euforia é uma parte indissociável de ser flamenguista. O oba a oba, a ida a Tóquio na vitória mais elástica. Jorge Jesus começa a viver essa realidade divertida e insana ao ver seu time colocado no pedestal após atuação magistral no Goiás (6 a 1) e criticado após a eliminação na Copa do Brasil para o Athletico, nos pênaltis, após dois empates com um gol.

Nem 8, nem 80. O futebol se resume a um jogo de escolhas. Como atacar? Como defender? Não existe uma jogada ou tática perfeita, capaz de responder a todos os problemas. O papel da organização é diminuir riscos e fazer prevalecer os pontos fortes, assim como esconder os pontos fracos.

Os gols do jogo são um bom exemplo de como funciona esse jogo de escolhas. Começando pela organização defensiva, a forma do Flamengo de Jesus se organizar para atacar. O Athletico não viu a cor da bola no início dos dois tempos, como o indicador abaixo, que mostra os momentos de maior posse e ocupação ofensiva, mostra.

Essa forma de se organizar ofensivamente prega que o Fla tenha sempre sete jogadores no campo de ataque: os dois laterais abertos, os dois atacantes perto dos zagueiros e Arrascaeta (e depois Vitinho) e Éverton Ribeiro se movimentando no espaço chamado de entrelinha, no vácuo das linhas oponentes. A imagem abaixo é um bom exemplo, com o detalhe de Diego estar mais recuado – era ele que ajudava Cuellar e os zagueiros a iniciar as jogadas. Até Léo Duarte participa da troca de passes em direção ao gol.

Organização ofensiva do Flamengo com muita gente na frente — Foto: Leonardo Miranda

Organização ofensiva do Flamengo com muita gente na frente — Foto: Leonardo Miranda

Agora vamos pensar nos pontos positivos e negativos desse tipo de organização. É tudo uma sequência lógica. Se o Fla ataca com oito jogadores, isso significa que o adversário terá que recuar e se defender mais que o usual. Se Gabigol, Bruno Henrique ou Éverton Ribeiro estão sempre próximos dos zagueiros, isso significa que o Fla terá mais chances de fazer o gol se a bola chegar rápido na linha de fundo.

Gol do Flamengo: organização ofensiva dá certo

Assim como na primeira imagem, o Fla se organiza com esse paredão ocupando a área e a bola no lado. Berrío, que entrou no lugar de Lincoln, fixa os dois zagueiros do Athletico. Éverton pisa a área, e Gabigol recua para tocar a bola com Vitinho e Renê. Três jogadores procurando a bola, ou seja, uma triangulação.

Início do gol do Flamengo: time estruturado para atacar — Foto: Leonardo Miranda

Início do gol do Flamengo: time estruturado para atacar — Foto: Leonardo Miranda

O intuito de toda a organização é bagunçar o adversário. Na sequência do lance, Vitinho consegue um lance de vitória pessoal. Ele pode driblar em direção ao gol, mas tem ao menos três jogadores na área para cruzar. Aí entra a inteligência de Gabigol, que enxergou um espaço vazio nas costas de Wellington. Correr ali significava receber a bola livre. Se o zagueiro saísse, era Berrío quem ficaria livre. Dito e feito: gol do Mengão.

Movimento de Gabigol quando o Flamengo abre o placar — Foto: Leonardo Miranda

Movimento de Gabigol quando o Flamengo abre o placar — Foto: Leonardo Miranda

Gol do Athletico: como lidar com o avanço do time?

Já sabemos que o Flamengo avança bastante suas linhas, coloca muitos jogadores na área e triangula a bola pelo lado. Sabemos que isso faz o time ficar direto, vertical, sem toquinho e bem objetivo. Mas quais os efeitos que isso tem lá atrás? Se sete avançam, logo três ficam na defesa, como forma de proteger de possíveis contra-ataques – afinal, perder a bola é humano. É pouco? É. E se a linha defensiva, que avança, fica exposta contra atacantes de velocidade? Como lidar com esse problema?

O Flamengo sofreu o gol de empate que levou para o risco dos pênaltis pelo mesmo motivo pelo qual fez o gol. Numa saída de bola, avançou a marcação porque queria ter a posse. Veja que o goleiro Santos sai pela direita, e Rafinha tem como papel sair da linha e subir junto a Vitinho no lance. Não dá pra ver no lance, mas ele avança por lá.

Flamengo avança a marcação — Foto: Leonardo Miranda

Flamengo avança a marcação — Foto: Leonardo Miranda

A questão é que com o time posicionado para sufocar a saída de bola do Athletico, é preciso matar a jogada. Ou roubar a bola, ou fazer a falta. Se não faz isso, a defesa toda está desprotegida e pode correr riscos imensos se alguém explora esse espaço…que é o que Rony faz no lance, antes de todo mundo. A linha de defesa do Fla não está avançada ou recuada demais, está no lugar certo. Cuellar faz o papel dele, que é de pressionar o homem com a bola para deixar a linha de defesa organizada.

Flamengo não consegue impedir o Athletico — Foto: Leonardo Miranda

Flamengo não consegue impedir o Athletico — Foto: Leonardo Miranda

O problema é um efeito dominó que acontece lá na frente. Quando a marcação lá na frente não funciona, você precisa matar a jogada do adversário. Porque se ele avança, vai ter muito espaço e jogadores correndo para trás, o que é um perigo. Cuellar não mata. O zagueiro, na indecisão entre pressionar o homem da bola, acaba dando espaço pro belo passe que fura toda a defesa e encontra Rony. Jogar co linhas avançadas e atacando sempre requer uma boa dose de organização para matar esses contra-ataques. E é injusto dizer que o Flamengo não teve isso. Essa foi, talvez, a única chance clara de gol do Athletico.

Defesa do Flamengo fica exposta  — Foto: Leonardo Miranda

Defesa do Flamengo fica exposta — Foto: Leonardo Miranda

Dá para falar muita coisa desse jogo. Dos pênaltis mal batidos, ou das chances criadas e não convertidas nos momentos de domínio. Em todas não devemos nos esquecer que Jorge Jesus não tem nem 30 dias de trabalho, e enquanto você lê esse texto, ele provavelmente está pensando em como corrigir esse erro. Abel também fazia isso. O mesmo com Barbieri ou Dorival. Técnicos são assim, lidam com escolhas e riscos o tempo todo. Qual é a sua?

Acompanhe o autor nas redes sociais
Siga no Twitter
Curta a fanpage no Facebook
Assine nossa newsletter

(DO GE)

Classificados

Venda de Chácara no Sítio Aroeira – Cerca de 24 Km do Centro de São José do Belmonte:

Descrição: São 2 Hectares de área 150×150 metros  – Casa com 3 quartos, Sala, Banheiro, Cozinha, Área de Serviço, e área de lazer com churrasqueara. Terreno com fruteiras e um poço com 40 metros de profundidade e com uma vazão de 25.000 mil litros por hora – Terreno escriturado em Cartório, pronto para transferência.

Proprietário Senhor Nivaldo, também conhecido como Padre da Aroeira.

Vendo e aceito veículo ou casa como parte do pagamento.

Ligue para Francisco (87) 9 9944-6695 e faça um bom negócio.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Esporte

Com golaço de Messi, Barça faz 3 a 1 no Napoli

Publicado

em

Lenglet, Messi e Suárez fizeram os gols da equipe catalã e Insigne descontou para os italianos, tudo isso ainda no primeiro tempo

Barcelona está classificado para as quartas de final da Liga dos Campeões pela 13ª temporada consecutiva, ampliando o próprio recorde na competição. Após empate em 1 a 1 no duelo de ida, o time de Lionel Messi não deu muitas chances ao Napoli dentro do Camp Nou e, mesmo sem uma atuação empolgante, avançou com uma vitória por 3 a 1.

Lenglet, Messi e Suárez fizeram os gols da equipe catalã e Insigne descontou para os italianos, tudo isso ainda no primeiro tempo. Como de costume, o argentino foi o jogador mais decisivo em campo. Além de marcar um golaço, também sofreu o pênalti que sacramentou o placar.

Na próxima fase, o adversário do Barcelona será o Bayern de Munique, que venceu o Chelsea por 4 a 1 também na tarde deste sábado (7 a 1 no placar agregado). A vaga será disputada em duelo único na próxima sexta-feira, no Estádio da Luz, em Lisboa (Portugal).

O JOGO – O Napoli começou melhor na partida, com mais posse de bola e objetividade na armação durante os momentos iniciais. Foi do time italiano a primeira chegada de perigo, com Mertens acertando a trave do goleiro Ter Stegen logo no primeiro minuto.

Mas não demorou para o Barcelona assumir o controle e mostrar porque está invicto há 36 jogos no Camp Nou pela Liga dos Campeões. Sem sucesso até então na característica troca de passes ofensiva, o time da casa abriu o placar pelo alto com Lenglet, aos 10 minutos, após escanteio cobrado por Rakitic.

Aos 22 minutos, Messi foi Messi. O argentino dominou um lançamento no peito, passou entre dois adversários e, mesmo depois de cair na dividida, manteve o controle da bola. Ao se reequilibrar, fintou mais um defensor e chutou cruzado, com efeito. Bela maneira de chegar a 28 gols em oitavas de final da Liga, aumentando o próprio recorde pessoal na competição.

O craque balançou a rede outra vez logo depois, aparecendo como um centroavante na pequena área, mas o VAR anulou o gol devido a um leve toque no braço do camisa 10.

Messi ainda sofreu um pênalti ao roubar a bola do zagueiro Koulibaly dentro da área aos 39 minutos. O camisa 10, no entanto, caiu no gramado sentindo muitas dores após a pancada e não teve condições de cobrar. Luis Suárez bateu e converteu para ampliar a vantagem: 3 a 0.

Ainda houve tempo para o Napoli descontar nos acréscimos da etapa inicial, também em cobrança de penalidade máxima. Aos 50 minutos, Rakitic derrubou Mertens na área e Insigne diminuiu o prejuízo para 3 a 1.

A emoção no primeiro tempo não se repetiu na etapa complementar. Não que o ritmo da partida tenha caído tanto assim, mas as defesas trabalharam melhor e os goleiros praticamente não apareceram após o intervalo.

Precisando “apenas” do empate, o Napoli tentou ameaçar com bolas pelo alto, mas não teve êxito. Milik chegou a cabecear para as redes, mas o gol foi anulado por impedimento, e Lozano ainda assustou nos minutos finais ao acertar o pé da trave de Ter Stegen. Mas ficou por isso mesmo: 3 a 1 e Barça classificado.

Por Estadão Conteúdo

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Esporte

MPF quer investigar se Corinthians pagou a juiz para suspender débitos

Publicado

em

O pedido foi feito nos autos da denúncia apresentada pela Procuradoria contra Leonardo Safi de Melo

Ministério Público Federal (MPF) pediu autorização da Justiça para abrir inquérito para apurar se o Sport Club Corinthians Paulista pagou propinas ao juiz Leonardo Safi de Melo, da 21ª Vara Cível Federal em São Paulo, para obter levantamento de alvará em 2018.

O pedido foi feito nos autos da denúncia apresentada pela Procuradoria contra o magistrado nesta segunda, 3, por corrupção passiva, peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

O ‘Caso Corinthians’, como descrito pelos procuradores no documento, está entre os pelo menos 18 processos em que foram encontrados indícios da atuação de uma organização criminosa, comandada pelo juiz, para venda de decisões e sentenças na Vara Federal.

De acordo com o Ministério Público Federal, o advogado contratado pelo clube, Juliano Di Pietro, o diretor jurídico do Corinthians, Fabio Souza Trubilhano e seu presidente e vice-presidente, Andres Navarro Sanches e Alexandre Husni, foram ouvidos nas investigações preliminares. Todos confirmaram ter recebido pedidos de propinas, mas apenas Husni admitiu o pagamento em troca do levantamento de débitos tributários da agremiação.

‘Juiz dos ingleses’

Leonardo Safi de Melo, que chegou a ser preso na Operação Westminster, está em liberdade monitorada. Segundo a Procuradoria, ele escolhia processos milionários, usava intermediários para se aproximar de uma das partes da ação e pedia uma ‘comissão’ para expedir precatórios.

Além do magistrado, o Ministério Público Federal denunciou o diretor da 21ª Vara Cível Federal em São Paulo, Divannir Ribeiro Barile, apontado com seu braço direito no esquema, o perito Tadeu Rodrigues Jordan que, segundo os investigadores, era escalado para analisar processos e tinha parte da remuneração desviada, e as advogadas Deise Mendroni de Menezes e Clarice Mendroni Cavalieri, que ajudariam a lavar o dinheiro através da simulação de contratos de prestação de serviços.

COM A PALAVRA, O CORINTHIANS

Até a publicação desta matéria, a reportagem ainda buscava contato com o clube. O espaço está aberto para manifestações.

COM A PALAVRA, A DEFESA DO JUIZ LEONARDO SAFI DE MELLO

O advogado Leonardo Massud, que defende o juiz Leonardo Safi de Melo, informou que vai se manifestar sobre a denúncia quando seu cliente for notificado oficialmente.

COM A PALAVRA, OS CRIMINALISTAS RUBENS DE OLIVEIRA E RODRIGO CARNEIRO MAIA, DEFENSORES DE DEISE MENDRONI DE OLIVEIRA

“Trata se de denúncia recente, o qual esta defesa técnica ainda não teve conhecimento, bem como ainda não foi alvo de recepção pelo E. TRF-3”

COM A PALAVRA, OS DEMAIS DENUNCIADOS

Até a publicação desta matéria, a reportagem ainda buscava contato com os demais denunciados. O espaço está aberto a manifestações.

Por Estadão Conteúdo

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Esporte

Neymar diz viver ‘momento mais especial’ no Paris Saint-Germain

Publicado

em

A satisfação do atacante se justifica pelos resultados recentes da equipe.

Completando três anos de Paris Saint-Germain nesta terça-feira, Neymar fez uma breve avaliação deste período no clube francês. E disse viver seu “momento mais especial” no clube, após superar lesões e frustrações na Liga dos Campeões. A competição, por sinal, é o grande objetivo do time e do brasileiro na temporada.

“Esses três anos foram de muito aprendizado. Vivi tempos de alegria e outros complicados, especialmente quando fui impedido de jogar por causa das lesões. Com ajuda dos companheiros consegui superar e focar no que realmente importa para todos, que é o nosso desempenho em campo traduzido em títulos. O torcedor, o clube, os fãs todos podem ver a entrega do nosso time em qualquer jogo”, disse o brasileiro.

A satisfação do atacante se justifica pelos resultados recentes da equipe. Na sexta-feira passada, o PSG faturou o título da Copa da Liga Francesa. Antes, já havia levantado os troféus da Copa da França e do Campeonato Francês, que foi finalizado de forma precoce em razão da pandemia do novo coronavírus.

“Acredito que vivo hoje meu momento mais especial no Paris. Formamos uma família em prol do grande objetivo que temos pela frente. Queremos marcar a temporada com a Champions. Vamos lutar por isso, porque nunca estivemos tão perto”, projetou o brasileiro, que soma nove títulos e 74 gols em 85 jogos pelo PSG.

Neymar chegou ao clube de Paris em 2017 com a missão de liderar a equipe em busca do inédito título da Liga dos Campeões. Se sofreu com lesões nas últimas temporadas na reta final da competição, agora ele se encontra em boas condições físicas. A situação do campeonato também favorece o PSG.

No sorteio da chave, o time escapou de rivais mais poderosos, como Barcelona e Real Madrid. Terá pela frente a Atalanta, no dia 12, em Portugal, em jogo único. Se vencer, chegará às semifinais e terá pela frente outro adversário de pouca tradição na Liga dos Campeões: RB Leipzig ou Atlético de Madrid.

Por Estadão Conteúdo

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda  

Trending