Conecte-se Conosco

Saúde

No fim da gestação, grávidas ficam mais sensíveis a ameaças que se aproximam da barriga, diz estudo

Publicado

em

Saúde

Vilão ou mocinho? Segredo do café é a quantidade

Publicado

em

Essa bebida está presente em 98% dos lares no País e é a bebida mais consumida entre os brasileiros depois da água.

Segredo do café: Vilão ou mocinho?

Paixão nacional, o cafezinho tem destaque no desjejum e segue acompanhando o dia a dia das pessoas, no trabalho e nas refeições seguintes. A bebida, que tem várias formas de “tirar”, indo do tradicional coado, ao requintado espresso, é controversa quando se trata da saúde.Os efeitos do café no organismo são controversos, associados com efeitos negativos, por um lado, e protetor, de outro. Passam pela associação com o aumento da pressão arterial, os níveis de colesterol e chegam a ter considerado um efeito protetor contra doenças cardiovasculares e estimulador do metabolismo.

A publicação Desmistificando Dúvidas Sobre a Alimentação, produzida pelo Ministério da Saúde junto com a Universidade Federal de Minas Gerais, destaca que “os efeitos do café no organismo derivam de substâncias bioativas como a cafeína, estimulante do sistema nervoso e do músculo cardíaco; ácidos clorogênicos, que possuem atividade anticancerígena e propriedades antioxidantes; e diterpenos, relacionados com o metabolismo lipídico”.

Uma linha estudada trata da ação antioxidante do café, por ser uma das fontes dietéticas mais ricas de ácidos clorogênicos, um polinefol vegetal. Isso indica a inibição de inflamações e risco menor de doenças cardiovasculares e outras doenças inflamatórias. Mas o consumo em excesso, de mais de três xícaras por dia, em média, pode causar algum tipo de mal e estar a associado com pressão alta ou gerar ansiedade.

É o que explica a nutricionista, barista e docente do Senac de São Paulo, Maria Carolina Lazzarini. “O café está associado a milhares de benefícios. É antioxidante, ajuda no emagrecimento, na prevenção de várias doenças e seu uso diário acaba ajudando em questões como stress e prevenção da doença de Alzheimer. A chave está na quantidade. No consumo sem exagero”, afirma.

Segundo Lazzarini, a maneira como o café é produzido também afeta suas propriedades e, claro, o sabor. Entre os pecados estão deixar a água ferver, colocar pó demais (o recomendado é 10 gramas para cada 100ml) e fazer líquido demais e deixar esquentando na cafeteira ou guardado na garrafa térmica. O prazo limite para reaproveitar a bebida é de 30 minutos.

O livro Desmistificando Dúvidas Sobre a Alimentação reforça esse ponto. “A relação entre o consumo de café e a elevação dos níveis séricos de colesterol, encontrados em alguns estudos, parece estar relacionada ao modo de preparo da bebida. Cafés turco ou fervido possuem maiores concentrações de cafestol, substância responsável pelo aumento dos níveis séricos de LDL-c, do que os cafés filtrados ou instantâneos”.

Dicas

– Prepare somente a quantidade de bebida que vai ser consumida imediatamente;
– Se for utilizar coador de pano, lave somente com água;
– Filtro de papel deve ter o mesmo tamanho e forma do porta-filtros
– Não compacte, nem aperte a camada de café no filtro
– Escalde o bule ou garrafa térmica pouco antes de fazer a bebida
– A água deve ser pura e limpa, preferencialmente filtrada ou mineral

Tipos de preparo

Filtragem
É a forma de fazer o tradicional cafezinho, com o pó acondicionado em um filtro, de papel ou de pano, com adição de água quente não fervente por cima.

Percolação
Forma mais comum na Europa, o pó de café vai no centro de um equipamento moka que, na chama do fogão, ferve a água e pressiona o café líquido para um recipiente

Prensagem
Popular nos Estados Unidos, mas conhecido por prensa francesa, tem o pó de café misturado com água quente, que passa por um filtro e é pressionado por um êmbolo.

Pressão
O café expresso é moído na hora e vai em um filtro que sofre uma pressão de água a 90ºC e 9Kg de pressão durante 30 segundos, gerando uma bebida cremosa e aromática. Por Saúde Brasil

Classificados

Venda de Chácara no Sítio Aroeira – Cerca de 24 Km do Centro de São José do Belmonte:

Descrição: São 2 Hectares de área 150×150 metros  – Casa com 3 quartos, Sala, Banheiro, Cozinha, Área de Serviço, e área de lazer com churrasqueara. Terreno com fruteiras e um poço com 40 metros de profundidade e com uma vazão de 25.000 mil litros por hora – Terreno escriturado em Cartório, pronto para transferência.

Proprietário Senhor Nivaldo, também conhecido como Padre da Aroeira.

Vendo e aceito veículo ou casa como parte do pagamento.

Ligue para Francisco (87) 9 9944-6695  e faça um bom negócio.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Saúde

Bebidas açucaradas estão associadas ao aumento do risco de câncer?

Publicado

em

Bebidas açucaradas, inclusive sucos de fruta e refrigerantes, podem estar ligados ao aumento do risco de câncer, dizem cientistas franceses.

A correlação foi sugerida por um estudo publicado no British Medical Journal que acompanhou mais de 100 mil pessoas por cinco anos.

O time da Universidade Sorbonne, em Paris, sugere que o impacto nos níveis de açúcar no sangue pode ter peso nisso.

No entanto, a pesquisa está longe de ser uma prova definitiva, e especialistas apontam a necessidade de mais estudos para comprovar a ligação entre bebidas doces e câncer.

O que pode ser considerado bebida açucarada?

Os autores da pesquisa definem bebida açucarada como aquela que contém mais de 5% de açúcar.

Isso inclui sucos de fruta – mesmo aqueles que não têm adição de açúcar. Também entram no rol de bebidas açucaradas os refrigerantes, milkshakes adoçados e energéticos, além de chás e cafés feitos com açúcar.

O time de especialistas também analisou bebidas dietéticas que utilizam adoçantes com zero caloria. Neste caso, não foi identificada ligação com a ocorrência de câncer.

Quão grande é o risco de câncer?

Os pesquisadores dizem que o recomendável é beber menos de um copo ou lata por dia de bebida açucarada. O estudo concluiu que beber um adicional de 100 mililitros por dia pode aumentar o risco de desenvolver câncer em 18%.

Para cada mil pessoas observadas no estudo, houve 22 casos de câncer em cinco anos. Portanto, se todas tivessem bebido 100 mililitros adicionais de bebida açucarada por dia, isso teria causado mais quatro casos de câncer, elevando o número de 22 para 26 a cada mil pessoas, apontam os pesquisadores.

“O estudo sugere um link genuíno entre bebidas açucaradas e o desenvolvimento de câncer, mas para provar isso é preciso mais pesquisas”, ressalta Graham Wheeler, do Câncer Research UK.

Dos 2.193 cânceres identificados no estudo da Universidade Sorbonne, 693 foram de mama, 291 eram de próstata e 166, de colorretal.

Mulher bebendo suco

É uma prova definitiva?

Não. A maneira como a pesquisa foi desenhada significa que ela pode identificar padrões nos dados obtidos, mas não explicá-los.

Ou seja, o estudo demonstrou que há mais incidência de câncer entre pessoas que bebem mais bebidas doces (185 mililitros por dia) do que entre as que menos bebem esse tipo de bebida (menos de 30 mililitros por dia).

Uma explicação possível é que bebidas açucaradas aumentam o risco de desenvolver câncer.

Mas é possível que as pessoas que bebem mais bebidas açucaradas tenham outros hábitos pouco saudáveis que contribuem para a incidência de câncer, como, por exemplo, comer mais sal ou alimentos calóricos. Ou seja, neste caso, pode ser que o açúcar em si não seja o responsável pelo desenvolvimento da doença.

“O estudo não oferece uma resposta causal definitiva sobre açúcar e câncer, mas agrega à fotografia geral sobre a importância de reduzir o consumo de açúcar”, diz Amelia Lake, da Universidade Teesside, no Reino Unido.

A grande questão é a obesidade?

homem se pesando

A obesidade é a maior causa de alguns tipos de câncer, e o consumo excessivo de bebidas açucaradas pode engordar.

Mas essa não é a única explicação para a ligação entre açúcar e câncer. “Obesidade e ganho de peso causados pelo consumo excessivo de bebidas doces certamente cumprem um papel nessa associação, mas não a explicam por inteiro”, diz Mathilde Touvier, uma das autoras da pesquisa.

Mas, então, o que pode estar por trás disso?

Os pesquisadores franceses dizem que a ligação está “fortemente associada ao teor de açúcar” e eles culpam o nível de açúcar no sangue.

Os autores do estudo também sugerem que alguns químicos presentes nas bebidas, como as que garantem cor atrativa, podem ter parcela da culpa na incidência de câncer.

Mas essa conclusão não é unânime entre especialistas.

“Eu acho difícil a plausibilidade biológica disso, já que não houve diferença significativa entre os grupos observados em relação a peso corporal e incidência de diabetes, que são comumente citados como fatores de risco associados ao câncer”, diz a nutricionista Catherine Collins, que integra o NHS, o serviço de saúde pública do Reino Unido.

O que os autores do estudo dizem?

A equipe da Universidade Sorbonne diz que estudos de maior escala são necessários para corroborar os achados.

“Bebidas açucaradas são conhecidas por estarem associadas ao risco de doenças cardiovasculares, sobrepeso, obesidade e diabetes”, diz Mathilde Touvier.

“Mas o que mostramos é que elas também podem estar associadas ao risco de câncer.”

soda

Para ela, a pesquisa indica que pode ser uma boa ideia taxar mais bebidas açucaradas.

“Esse estudo apoia a relevância de recomendações nutricionais para reduzir o consumo de bebidas açucaradas, inclusive sucos feitos 100% com frutas, assim como a adoção de tributos maiores com o objetivo de restringir esses produtos”, defende.

O que dizem as empresas que fabricam essas bebidas?

A Associação Britânica de Bebidas Sem Álcool diz que o estudo “não traz evidências da causa, como os próprios autores admitem”.

“Bebidas sem álcool são seguras para o consumo como parte de uma dieta balanceada”, diz o diretor-geral da associação, Gavin Partington.

“A indústria de bebidas não alcóolicas reconhece que tem um papel a cumprir na redução da obesidade, por isso estamos liderando o caminho para a redução de calorias e açúcar.” Por BBC

Classificados

Venda de Chácara no Sítio Aroeira – Cerca de 24 Km do Centro de São José do Belmonte:

Descrição: São 2 Hectares de área 150×150 metros  – Casa com 3 quartos, Sala, Banheiro, Cozinha, Área de Serviço, e área de lazer com churrasqueara. Terreno com fruteiras e um poço com 40 metros de profundidade e com uma vazão de 25.000 mil litros por hora – Terreno escriturado em Cartório, pronto para transferência.

Proprietário Senhor Nivaldo, também conhecido como Padre da Aroeira.

Vendo e aceito veículo ou casa como parte do pagamento.

Ligue para Francisco (87) 9 9944-6695  e faça um bom negócio.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

 

Continue lendo

Saúde

Cinco dicas para evitar a procrastinação

Publicado

em

Você até sabe que precisa começar aquele trabalho chato e difícil o quanto antes mas, quando vê, encontra outra tarefa “importantíssima” para fazer primeiro – que pode ser arrumar uma gaveta bagunçada ou checar as mensagens que chegaram no seu telefone. A procrastinação (ato de adiar certas tarefas para executar outras bem menos relevantes) é algo muito comum e que pode causar enormes transtornos ao dia a dia.

Você até sabe que precisa começar aquele trabalho chato e difícil o quanto antes mas, quando vê, encontra outra tarefa “importantíssima” para fazer primeiro – que pode ser arrumar uma gaveta bagunçada ou checar as mensagens que chegaram no seu telefone. A procrastinação (ato de adiar certas tarefas para executar outras bem menos relevantes) é algo muito comum e que pode causar enormes transtornos ao dia a dia.

Ainda que esse adiamento seja comum e até compreensível, é bom ficar atento para que ele não se torne um hábito e tome uma proporção que prejudique efetivamente sua vida. “É importante você observar o quanto você procrastina, se a procrastinação é direcionada a um contexto específico e com que intensidade e frequência isso acontece. Se você começa a ter sentimentos de culpa ou vergonha, por exemplo, é bom dar olhada. A procrastinação pode ser sinal de um problema de saúde como estresse, ansiedade ou depressão”, alerta a psicóloga comportamental Denise Pará Diniz, coordenadora do Setor de Gerenciamento de Estresse e Qualidade de Vida da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Continue lendo
Propaganda  

Trending