Conecte-se Conosco

Saúde

Obesidade pode alterar componentes imunológicos do colostro

Publicado

em

No entanto, o colostro de mães obesas apresentou maiores níveis do hormônio melatonina, que, juntamente com outros dois hormônios

obesidade da mãe pode alterar a eficiência dos componentes de defesa presentes no colostro, que é o primeiro leite produzido pela mãe e tem o papel principal de proteção do recém-nascido. A conclusão é da tese de doutorado da pesquisadora Tassiane Cristina Morais, da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo, com apoio do Centro Universitário Saúde ABC e da Universidade Federal de Mato Grosso.

No entanto, o colostro de mães obesas apresentou maiores níveis do hormônio melatonina, que, juntamente com outros dois hormônios – leptina e a adiponectina -, foi capaz de restaurar a eficácia das células de defesa do colostro. Segundo a pesquisadora, o fato de haver mais melatonina no colostro das mães obesas é uma forma de compensação para restituir a atividade dessas células de proteção.

“O colostro é rico em vários tipos diferentes de células que atuam no sistema imunológico. Os que têm maior concentração são os macrófagos e linfócitos, que são dois tipos de células principais que fazem a defesa. Eu avaliei a parte dos macrófagos, que são células que fazem fagocitose”, explicou Morais. Na presença de um micro-organismo, essas células tentam conter sua ação, por exemplo, levando-o à morte.

“As células da mãe obesa, na presença de um micro-organismo, fagocita menos, é como se ele fosse mais ativo. Para compensar, quando eu coloco os hormônios nessa célula, eles restituem a atividade dessa célula [de defesa]. Com os hormônios, a atividade da célula de mãe obesa está protegendo tanto quanto a de mães não obesas”, acrescentou.

A pesquisadora ressalta a importância da amamentação independentemente dos efeitos da obesidade sobre o colostro. “Esse leite [produzido pela mãe obesa] traz proteção para a criança. Às vezes, as mulheres com excesso de peso têm uma dificuldade para amamentar, até mesmo porque estão mais predispostas a parto cesáreo, às vezes demoram mais para ter a caída do leite. Tem estudos que mostram que elas são mais associadas a desmame precoce, então essas mulheres devem ser incentivadas para que elas possam amamentar”.

Para a pesquisadora, o resultado da ação dos hormônios é como se o corpo encontrasse uma forma de compensar a baixa eficácia das células de defesa nas mães obesas. “Sempre o leite vai ser produzido de uma forma para ser benéfico para a criança. Os constituintes que estão nele vão atuar de forma sempre para proteger”.

Além disso, ela destaca que a amamentação está relacionada à proteção contra a obesidade, diabetes e outras doenças metabólicas. “O fato de amamentar, independentemente se é obesa ou não, protege contra a obesidade. Essa relação [amamentação e prevenção da obesidade] já é comprovada, principalmente por estudos epidemiológicos, eles viram essa relação até mesmo em adultos que foram amamentados tiveram uma predisposição menor para desenvolver obesidade”. No entanto, Tassiane ressalta que os mecanismos pelo qual a amamentação protege da obesidade ainda não são totalmente esclarecidos.

Por Notícias ao Minuto

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Saúde

Quatro materiais que jamais podem ir ao micro-ondas

Publicado

em

Alumínio? Nem pensar!

Omicro-ondas é um equipamento que a maioria das pessoas já têm em casa. Responsável por facilitar a vida doméstica, ajuda a descongelar e até preparar alimentos desde o princípio. Contudo, segundo o site ‘Viva Bem’, nem todos os materiais podem ser usados no micro-ondas, para que o eletrodoméstico não se torne um vilão para a saúde. 

Veja o que jamais deve colocar no micro-ondas:

1. Alguns tipos de plástico

Plásticos que libertam dioxina, bisfenol A (BPA) e ftalatos devem ser mantidos longe do micro-ondas a todo o custo. Essas substâncias podem imitar hormônios humanos (disruptores endócrinos) e estudos indicam que o BPA pode alterar a função da tiroide e até prejudicar o desenvolvimento fetal; enquanto que as dioxinas podem prejudicar o sistema imunológico e reprodutivo. Os ftalatos, por sua vez, estão relacionados a alguns tipos de câncer.

2. Papel-filme

O PVC, ou plástico-filme, não é indicado para ir ao micro-ondas. Trata-se de um tipo de plástico que pode conter as substâncias citadas acima, potencialmente tóxicas. O vapor gerado durante o processo de aquecimento, quando se condensa, penetra no plástico e na refeição. O ideal é substituir por uma tampa, uma opção mais sustentável e saudável.

3. Isopor

O isopor tem como matéria-prima o poliestireno, um produto que, quando aquecido no micro-ondas expele uma substância chamada estireno, que se transforma em hipóxido, altamente cancerígeno e obesogênico.

4. Alumínio

A intoxicação por alumínio há muito tempo que é estudada pelos cientistas. O alumínio tem sido associado à obstipação intestinal, cólicas abdominais, anorexia, náuseas, fadiga, alterações do metabolismo do cálcio (raquitismo), alterações neurológicas com graves danos no tecido cerebral. Na infância pode ainda causar hiperatividade e distúrbios de aprendizagem. Inúmeros estudos consideram que o alumínio tem um papel extremamente importante no agravamento do mal de Alzheimer (demência precoce) e que o excesso da substância interfere com a absorção do selênio e do fósforo.

Quando aquecido no micro-ondas, o alumínio pode ainda causar risco de incêndio. Quando as ondas eletromagnéticas do aparelho entram em contato com o alumínio, um condutor de eletricidade, pode gerar correntes elétricas que levam ao superaquecimento desse metal.

O que usar?

Para aquecer, use cerâmica ou vidro, já que esses materiais não transferem substâncias para os alimentos enquanto aquecem. 

Por Notícias ao Minuto

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

 

Continue lendo

Saúde

Prefeitura do Cedro-PE executa diversas ações na campanha “Outubro Rosa”

Publicado

em

A Prefeitura do Cedro-PE se engajou na campanha de prevenção ao câncer de mama “Outubro Rosa” e preparou uma série de ações para envolver o público feminino do município. Atendimentos, exames preventivos, palestras, atividades físicas e sorteios de brindes compõem a programação.

As atividades começaram nessa quinta-feira, 17, com a realização de exames, sorteio de brindes e sala de espera sobre prevenção ao câncer de mama na UBS II do sítio Recanto. Nesta sexta-feira, 18, a médica Emanuella e a enfermeira Zulmira ministram uma palestra para o Grupo de Hiperdia, na UBS I do bairro Cohab.

Depois de um hiato no fim de semana, as ações retornam na terça-feira, 29, com palestra da enfermeira Raquel Inácio na UBS IV, no sítio Feijão-Bravo. No mesmo dia, a UBS V, na Rua Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, recebe a sala de espera com o médico Luiz Félix e a enfermeira Fábia Nascimento.

Fechando a programação na quarta-feira, 30, ocorre caminhada pelas principais ruas da cidade e Aulão de Step na Praça Matriz.

Por redação do Blog Alvinho Patriota

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Saúde

Dia D contra o Sarampo acontece neste sábado (19) em Serra Talhada

Publicado

em

Dia Do  contra o Sarampo acontece neste sábado (19) em Serra Talhada

Vacinação será das 08h às 17h em todas as unidades de saúde e no Centro de Reabilitação 

A partir das 08h deste sábado (19) todas as unidades de saúde de Serra Talhada e o Centro de Reabilitação estarão de portas abertas para receber as crianças de seis meses a menores de cinco anos que ainda não foram vacinadas ou que estão com alguma dose atrasada da vacina contra o sarampo. 

A Campanha  Nacional de Vacinação contra o Sarampo teve início no dia 7 e segue até 25 de outubro em Serra Talhada e em todo o país. O dia D, neste sábado, acontece das 08h às 17h, e os pais devem levar o cartão de vacinação da criança, alerta a Secretaria Municipal de Saúde.

As crianças de 06 meses a menores de 02 anos devem receber a dose de intensificação, enquanto as crianças de 01 ano a menores de 05 anos recebem a dose de rotina, caso não tiverem tomado as duas doses da vacina, aplicadas aos 12 meses e aos 15 meses. 

Serviço

Dia D de Mobilização contra o Sarampo 

Data: Sábado, 19 de setembro de 2019

Local: Unidades de Saúde e Centro de Reabilitação 

Horário: 08h às 17h

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

 

Continue lendo
Propaganda  

Trending