Conecte-se Conosco

Mundo

Pandemia escancara situação de asilos clandestinos em Portugal

Publicado

em

Mais de 100 receberam ordem de fechar, sendo pelo menos 23 em caráter de urgência devido às péssimas condições

A pandemia da Covid-19 escancarou um problema até então pouco discutido pelas autoridades portuguesas: a situação precária de milhares de idosos vivendo em asilos clandestinos.

O novo coronavírus revelou que, muito provavelmente, há mais casas de repouso irregulares do que legalizadas no país.

Enquanto há 2.527 estabelecimentos funcionando com a devida autorização, a estimativa é de que existam cerca de 3.500 asilos irregulares.

Sem recursos financeiros ou condições para abrigar os idosos em casas, muitas famílias acabam recorrendo a esses serviços irregulares.

Ao não existirem formalmente no radar dos reguladores, os estabelecimentos clandestinos não estão sujeitos à fiscalização nem às regras de funcionamento do setor. Com a pandemia, foram expostos diversos casos de maus tratos e falta de cuidados básicos –e não só nos asilos irregulares, mas também nos formalmente regularizados.

Uma auditoria feita pela Ordem dos Médicos de Portugal sobre as mortes em um asilo regular em Reguengos de Monsaraz, no Alentejo, relatou que muitas das vítimas não morreram em decorrência da Covid-19, mas sim por negligência de cuidados básicos, como hidratação e administração de remédios.

Presidente da Associação de Lares e Casas de Repouso de Idosos, João Ferreira de Almeida destacou, em entrevista à revista Sábado, que o cenário é complexo e com nuances.

Segundo ele, existem no país desde estabelecimentos com péssimas condições até aqueles que cumprem normas e pagam impostos, mas não conseguem a devida licença de funcionamento.

“Há pessoas que estão à espera há 12, 15 anos [pela licença]”, afirma.

Para terem autorização para funcionar, os asilos em Portugal precisam cumprir uma série de normas, que vão desde o armazenamento de lixo até o espaço mínimo para cada paciente. Além disso, são necessários pareceres positivos da Câmara Municipal, das autoridades de saúde, da Segurança Social e da Proteção Civil.

O Estado permite, no entanto, que os proprietários constituam formalmente as empresas antes que os alvarás saiam. Na prática, como o processo costuma ser demorado, é comum que os estabelecimentos abram as portas antes de ter toda a documentação em dia.

Nesses casos, além de pagarem tributos, os asilos têm algum grau de fiscalização das autoridades e de atenção ao cumprimento das normas básicas.

Há casas de repouso, no entanto, que estão completamente “invisíveis” e à margem do sistema.

Com a pandemia da Covid-19, o problema ficou mais em evidência e tem havido um esforço das autoridades para identificar e solucionar esses casos. A Segurança Social afirmou que já identificou mais de 780 asilos irregulares no país.

Mais de 100 receberam ordem de fechar, sendo pelo menos 23 em caráter de urgência devido às péssimas condições.

Pessoas internadas em casas de repouso são consideradas grupo prioritário e começam a receber a imunização contra a Covid-19 já nesta semana.

A situação dos pacientes nos estabelecimentos irregulares, no entanto, é mais delicada.

Críticos têm chamado a atenção para o risco de que uma parcela significativa de idosos –que são sobretudo mais pobres e vivem no interior do país– acabe sendo invisível para as estatísticas e não tenha acesso precoce à imunização.

O Ministério da Saúde, no entanto, afirmou que todos os idosos nas casas de repouso, sejam elas regulares ou não, serão vacinados.

Na terça-feira (5), deputados do maior partido da oposição, o PSD (Partido Social-Democrata, de centro-direita), pediram uma audição especial no Parlamento sobre o assunto, além da divulgação de uma lista detalhada dos estabelecimentos clandestinos identificados e de seus planos de vacinação.

Nesta segunda-feira (11), Portugal registrou um novo recorde de mortes em um único dia: 122. Ao todo, o país contabiliza 489.293 casos e 7.925 óbitos por Covid-19.

Por Folhapress

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Mundo

Europa ultrapassa os 30 milhões de casos do novo coronavírus

Publicado

em

Europa ultrapassou hoje os 30 milhões de casos de covid-19 e a Organização Mundial da Saúde (OMS) deve emitir recomendações perante o surgimento de variantes mais contagiosas do novo coronavírus, que lançam receios de uma explosão da pandemia.

As mortes devido à covid-19 já estão se aproximando dos dois milhões e o número de pessoas infectadas pelo SARS-CoV-2 os 94 milhões de infecções em todo o mundo, contabilizados desde o final de dezembro de 2019.

Na Europa, cerca de 30.003.905 de contaminações foram oficialmente identificadas, de acordo um levantamento realizado até hoje, às 08:00, pela agência de notícias AFP, a partir de relatórios fornecidos pelas autoridades.

A Alemanha, o país mais populoso da União Europeia (UE), registrou 22.368 novos casos de infecção nas últimas 24 horas, totalizando 2.000.958 de infectados pelo vírus, anunciou hoje o Instituto Robert Koch (RKI).

O país também registrou 1.113 novas mortes nas últimas 24 horas.

A chanceler alemã, Angela Merkel, defende restrições mais rígidas perante a pandemia. Segundo o portal de informações da revista Der Spiegel e do diário Bild, entre as medidas em estudo estão a reintrodução dos controles de fronteira, como na primavera passada, a generalização do uso de máscaras do tipo FFP2, a imposição de teletrabalho, e até o encerramento dos transportes públicos.

Por sua vez, o comitê de emergência da Organização Mundial da Saúde (OMS) deve emitir recomendações hoje perante o surgimento de variantes mais contagiosas do novo coronavírus, passíveis de causar uma nova explosão da pandemia.

De acordo com a OMS, o número de países e territórios onde a variante inicialmente identificada no Reino Unido foi encontrada até agora subiu para 50 e a variante identificada na África do Sul já está presente em 20 países, mas a organização considera essa avaliação provavelmente subestimada.

Outra mutação, originária da Amazônia brasileira e cuja descoberta o Japão anunciou no domingo, pode impactar na resposta imunológica, de acordo com a OMS, que mencionou ser “uma variante preocupante”.

O Reino Unido decidiu encerrar as suas fronteiras na sexta-feira para chegadas de todos os países da América do Sul e também de Portugal, devido a esta mutação descoberta no Brasil.

Portugal, por sua vez, iniciou hoje um novo confinamento geral, que deverá vigorar por pelo menos um mês.

A França vai estender o recolher obrigatório em todo o seu território no sábado a partir das 18:00 horas por pelo menos 15 dias, e exigirá que os viajantes que desejam entrar de um país fora da União Europeia apresentem um teste negativo para covid-19.

A situação no país “está sob controle em comparação com nossos vizinhos, mas frágil porque o vírus ainda está circulando ativamente”, declarou o primeiro-ministro francês, Jean Castex.

Na Itália, o Governo estendeu o estado de emergência até 30 de abril e aprovou uma extensão do seu Orçamento de 32 mil milhões de euros para lidar com os efeitos devastadores da pandemia na economia e para apoiar as famílias e as empresas. (Por Notícias ao Minuto)

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Mundo

Papa Francisco e Bento 16 tomam primeira dose de vacina contra a Covid-19

Publicado

em

O papa Francisco, 84, e o papa emérito Bento 16, 93, receberam a primeira dose da vacina contra o coronavírus, de acordo com um comunicado do Vaticano divulgado nesta quinta-feira (14).

Os dois líderes católicos fazem parte do grupo de risco da doença devido à idade avançada. Segundo um porta-voz da Santa Sé, o pontífice argentino foi vacinado nesta quarta (13), e o alemão na manhã desta quinta.

Na semana passada, Francisco confirmou que participaria da campanha de imunização e criticou o “negacionismo suicida” de quem se opõe à vacinação.

“Acredito que do ponto de vista ético todos devem ser vacinados, porque você não só põe em risco a sua saúde, a sua vida, mas também a dos outros”, disse o pontífice.

(Por Notícias ao Minuto)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Mundo

Câmara dos Representantes aprova impeachment de Trump

Publicado

em

A Câmara de Representantes dos Estados Unidos votou a favor da instauração de um processo de destituição ao presidente Donald Trump.

Câmara de Representantes dos Estados Unidos votou a favor da instauração de um processo de destituição ao presidente Donald Trump, acusado de ter incitado um ataque ao Capitólio na passada quarta-feira.

Donald Trump é o primeiro presidente da história dos Estados Unidos a enfrentar dois processos de destituição no mesmo mandato, que está apenas a uma semana do final. A Câmara dos Representantes realizou a votação, que terminou com 232 votos a favor e 197 votos contra (5 abstenções).

O processo segue agora para o Senado, numa corrida contra o tempo, dado que o dia da tomada de posse de Joe Biden é já a 20 de janeiro.

Esta votação é histórica também por outro motivo. Dez congressistas republicanos votaram a favor do ‘impeachment’ do seu líder, um número significativo de legisladores a votar contra o partido se tivermos em conta que, no último processo de destituição, a Bill Clinton, em 1998, apenas 5 democratas votaram pela saída do ex-presidente. Esta é, portanto, a votação de destituição mais bipartidária da história dos Estados Unidos.

A câmara baixa do Congresso norte-americano decidiu pela votação após o ataque ocorrido na passada quarta-feira, que culminou na morte de cinco pessoas.

Os legisladores voltam a se reunir no dia 15, sexta-feira, segundo anunciou a presidente da Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi.

Apesar da obtenção de uma maioria na Câmara de Representantes para iniciar o julgamento político de Trump, é necessária a aprovação de uma maioria de 2/3 no Senado, ainda controlado pelos republicanos, para conseguir a sua remoção do presidente cessante.

Por Notícias ao Minuto

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda  

Trending