Conecte-se Conosco

Educação

PE prorroga novamente suspensão de aulas presenciais na educação básica

Publicado

em

O governo de Pernambuco decidiu, nesta segunda-feira (14), prorrogar mais uma vez a suspensão das aulas presenciais na Educação Básica – pública e privada. Agora, o veto vai até o dia 22 de setembro. Em nota, o estado explica que a decisão foi tomada “após reunião do Gabinete de Enfrentamento à Covid-19”. O Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino do Estado (Sinepe) critica a medida, alegando que o assunto “deixou de ser levado a sério”.

O comunicado do governo é breve e, além de informar a decisão, explica que “os dados (sobre a pandemia) serão avaliados novamente na próxima segunda-feira (21), para deliberação sobre o cronograma do plano de retorno das redes pública e privada”.
Diretor-executivo do Sinepe, Arnaldo Mendonça reclama do esticamento do prazo. “É mais um absurdo que a gente vê. Parece que a coisa não está sendo mais levada a sério. Não se liberou um calendário de reabertura gradual e nem deram justificativa. A praia é um lugar sem controle algum, todo mundo perto um do outro, e ninguém diz nada. Mas a escola, que é um espaço que pode ter esse controle, não pode abrir”, lamenta.
Ele não compreende o sentido do veto, tendo em vista que cursos livres, cursos técnicos e o ensino superior foram autorizados a voltar com aulas presenciais. “Num curso de idiomas tem muito aluno de escola particular. Então como que pode ir para lá e não pode ir para a escola?”, questiona ele, que também é diretor pedagógico do Colégio DOM, de Olinda.
Arnaldo também aponta para uma quebra de compromisso do estado. Ele afirma que, durante uma reunião de uma comissão composta por donos de escolas, professores e pais de alunos da rede privada, no Palácio do Campo das Princesas, ocorrida no dia 3, os secretários-executivos da Casa Civil, Eduardo Figueiredo, e de Educação e Esportes, João Charamba, garantiram que o prazo não seria prorrogado.

Nesta terça (15), o Sinepe irá realizar uma assembleia geral com para estudar medidas a serem tomadas a partir de agora. Vale ressaltar que a rede privada de ensino em Pernambuco, de acordo com o Censo Escolar de 2019, conta com 516.647 alunos matriculados.

Noronha
Enquanto no continente ainda se discute a volta das aulas presenciais, as duas escolas de Educação Básica do Arquipélago de Fernando de Noronha já ganharam uma data para retomada: 22 de setembro. O anúncio foi feito na última sexta (11), pelo secretário estadual de Educação e Esportes, Fred Amâncio, durante a divulgação do balanço dos seis primeiros meses da pandemia em Pernambuco.

Por Diário de Pernambuco
 (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil.)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Educação

Em estado de greve, negociação entre professores e Secretaria de Educação de Pernambuco acaba sem acordo

Publicado

em

Depois de mais de quatro horas de negociação, não houve entendimento entre a Secretaria Estadual de Educação e representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe), realizada nesta segunda-feira (28). Segundo o presidente do Sintepe, Fernando Melo, permanece o sentimento de insegurança no que diz respeito às condições estruturais das escolas estaduais no contexto da pandemia de covid-19. Uma nova conversa foi marcada para esta terça-feira.

Os docentes estão em estado de greve e podem deflagrar a paralisação na próxima quarta-feira à tarde (30), quando haverá assembleia. Os professores foram convocados a voltarem presencialmente ao trabalho a partir de amanhã. Já os estudantes retornarão gradativamente às escolas, a partir da próxima semana, no dia 6 de outubro. Primeiro serão os alunos de 3º ano do ensino médio. Na semana seguinte os do 2º ano e na outra semana os de 1º ano. Turmas da educação infantil e ensino fundamental permanecem com aulas presenciais suspensas, sem previsão de retorno para os colégios.

“O governo argumenta que os números da covid-19 são favoráveis para retomar o ensino presencial com segurança. Nós temos um parecer de médicos contrários à reabertura. Há um impasse. Continuamos defendendo a manutenção do ensino remoto. Nossa orientação é que a categoria não retorne ao trabalho presencial nesta terça-feira, como convocou a Secretaria de Educação”, diz Fernando Melo. A rede estadual de ensino tem cerca de 42 mil professores na ativa.

Participaram o secretário estadual de Educação, Fred Amancio, e mais dois secretários executivos dele, Ana Selva e Severino Andrade. Do Sintepe havia representantes da direção e um professor da base, além do presidente da CUT, Paulo Rocha. Por meio de nota, a Secretaria de Educação e Esportes informa que “durante encontro realizado nesta segunda-feira ficou estabelecido que o Sintepe apresentaria na próxima reunião uma proposta ao governo para análise”.

A última assembleia virtual dos professores aconteceu na última quinta-feira (24). Havia cerca de mil presentes, dos quais 94% votaram pela decretação do estado de greve. “O protocolo de educação precisa detalhar algumas questões. Não cita, por exemplo, o que os professores com mais de 60 anos devem fazer. As professores grávidas ou que estão amamentando também, como farão? Quem mora com pessoas idosas ou com comorbidades? São questões que deveriam estar detalhadas, sentimos falta disso no protocolo”, afirma o presidente do Sintepe.

“Sabemos que há escolas em boas condições na rede estadual. Mas outras não, são muito ruins, sem água, sem banheiros adequados. O protocolo fala em espaços arejados. Como garantir isso na rede? Necessitamos que a Secretaria de Educação detalhe o que foi feito nas escolas para que a categoria se sinta segura e concorde com a volta das aulas presenciais”, observa Fernando Melo.

AUDIÊNCIA

O Ministério Público Estadual vai realizar uma audiência virtual para tratar do retorno às aulas presenciais no Estado. A Promotoria de Justiça de Saúde da Capital deve convocar as Secretarias de Saúde e de Educação e o sindicato dos professores da rede estadual. Mas ainda não há data. A reunião será conduzida pela promotora Maria Ivana Botelho.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Educação

Retorno de aulas presenciais em cursos pré-Enem e pré-vestibulares deve seguir mesmas datas do ensino médio

Publicado

em

A liberação para aulas presenciais em cursinhos preparatórios para o Enem, o Sistema Seriado de Avaliação (SSA) da Universidade de Pernambuco (UPE) e vestibulares deve seguir o mesmo cronograma das séries do ensino médio. Esses cursinhos também têm que cumprir todo o protocolo para o setor educacional, observando, por exemplo, o distanciamento mínimo de 1,5 metro entre um estudante e outro na sala de aula.

As primeiras turmas a voltar serão as do 3º ano, na terça-feira da próxima semana, dia 6 de outubro. Significa, portanto, que nesta mesma data os cursinhos com concluintes do ensino médio poderão ter aulas presenciais. Alunos do 2º ano estão liberados para retomar às atividades nas escolas em 13 de outubro, mesmo dia que os pré-vestibulares passarão a receber esses adolescentes.

Os últimos a retornarem são os estudantes do 1º ano, em 20 de outubro. Aqueles que estão nessa série e frequentam cursinhos para o SSA 1, da UPE, por exemplo, estão aptos a voltar ao ensino presencial nessa data.

O governo de Pernambuco manteve a proibição das aulas nas unidades de ensino para a educação infantil e o ensino fundamental. Por enquanto não há previsão de quando alunos dessas etapas da educação básica voltarão para os colégios. Está mantido, portanto, apenas o ensino remoto.

Vejaaquio novo decreto do governo estadual que trata das aulas presenciais em Pernambuco(Do JC OnLine)

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

 

Continue lendo

Educação

Novo curso PROEJA do IF Sertão-PE de Serra Talhada será apresentado em Audiência Pública Virtual

Publicado

em

Na próxima quarta-feira, 30, das 10h às 12h, o Campus Serra Talhada do IF Sertão realiza uma Audiência Pública Virtual para apresentar e discutir a viabilidade de um novo curso Proeja, Programa Nacional de Integração da Educação Profissional com a Educação Básica, na modalidade de Jovens e Adultos.

A proposta é que a capacitação ocorra dessa vez como Curso de Formação Inicial e Continuada (FIC) em Mestre de Obras, de maneira simultânea ao Ensino Médio. Assim, o curso terá duração de 2 anos. Detalhes como seleção, metodologia e carga-horária serão apresentados durante a audiência.

O evento acontecerá por meio da plataforma Google Meet, com participação da comunidade acadêmica do IF Sertão-PE, representantes da Secretaria de Educação, Prefeitura de Serra Talhada e de cidades vizinhas, estudantes e sociedade em geral.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda  

Trending