Conecte-se Conosco

Brasil

Polícia Rodoviária Federal inicia Operação Carnaval nesta sexta-feira

Publicado

em

Operação Carnaval deste ano, que começou nas primeiras horas desta sexta-feira (21), fiscalizará 66 mil quilômetros de rodovias federais em todo o país. Segundo a Policia Rodoviária Federal (PRF), a fiscalização vai até a meia-noite da Quarta-feira de Cinzas (26), com reforço no número de viaturas e de agentes em ação, além de equipamentos eletrônicos, para reduzir o número de acidentes de trânsito.

Nos trechos em que, estatisticamente, é maior a frequência de acidentes graves, e em que o fluxo de veículos aumenta em feriados prolongados como o carnaval, a PRF atua em esquema especial, com equipes reforçadas na fiscalização, orientação e atendimento de ocorrências.

De acordo com a Polícia Rodoviária, a garantia de uma viagem segura requer, necessariamente, o compromisso do condutor e dos passageiros dos veículos com sua própria segurança. É necessário que todos mantenham atenção durante a viagem e tenham responsabilidade com seus atos, avaliando se a conduta é segura ou se traz algum risco de envolvimento em acidente.

A PRF tem algumas dicas que motoristas e passageiros devem seguir para uma viagem tranquila. A primeira delas é atenção redobrada durante todo o percurso, de modo que se possa perceber qualquer risco viário com antecedência. É preciso também respeitar a sinalização, obedecendo aos limites de velocidade e às condições de ultrapassagem indicados nas placas ao longo das rodovias. As plantas não foram colocadas naquele ponto da estrada sem motivo, alerta a PRF. Nos trechos em obras, o motorista deve reduzir a velocidade e obedecer a sinalização local.

O planejamento da viagem também é importante: o motorista deve se informar sobre as distâncias que vai percorrer, condições do tempo, pontos de parada, existência de postos de combustíveis e de restaurantes à beira da estrada. Para o motorista, é fundamental não esquecer documentação pessoal e do veículo.

Antes de pegar a estrada, a Polícia Rodoviária Federal recomenda a Revisão preventiva do veículo, cujas condições devem ser checadas mesmo para pequenas viagens. Na rodovia, deve-se circular com faróis acesos, para ver e ser visto; os pneus precisam estar calibrados e em bom estado; o motor revisado, e o óleo e o nível da água do radiador, em dia. É necessário ainda verificar a presença e estado dos equipamentos de porte obrigatório, principalmente pneu estepe, macaco, triângulo e chave de roda, além dos limpadores de para-brisa e luzes do veículo.

Além disso, o condutor deve programar pausas para descanso, com paradas a cada três horas. Quem se expõe a muitas horas dirigindo fica sujeito ao fenômeno da “hipnose rodoviária”, na qual os olhos se mantêm abertos, mas sem percepção da realidade à sua volta, lembra a PRF. Esse estado vem acompanhado de sonolência, perda de reflexos e de força motora.

Procurar se informar sobre as condições do tempo no dia da viagem nos lugares por onde se vai passar também é importante, assim como dormir bem antes de assumir o volante. O sono e o cansaço são grandes inimigos de uma viagem segura. A PRF lembra que o uso do cinto de segurança é obrigatório para todos os ocupantes do veículo.

A Infraero, informou que, neste carnaval, devem passar pelos aeroportos sob sua administração, 1,36 milhões de passageiros. A estimativa é válida para o período compreendido entre esta sexta-feira (21) e a próxima quinta-feira (27). O número é 3% superior ao do mesmo feriado do ano passado, entre 1º e 7 de março de 2019, quando foram contabilizados 1,32 milhão de viajantes.

O volume de operações também deve crescer: são esperados 11.556 pousos e decolagens, aumento de 4,45% ante as 11.064 aeronaves registradas no carnaval de 2019.

O RIOgaleão – Aeroporto Internacional Tom Jobim deve receber cerca de 260 mil viajantes de hoje (21) até quinta-feira (27). Destes, 160.242 são passageiros domésticos e 99.125, internacionais. Os dias de pico serão esta sexta-feira, com expectativa de movimentação de 42,9 mil passageiros, e a Quarta-Feira de Cinzas (26), quando 42,8 mil passageiros devem passar pelo terminal aéreo.

O Aeroporto Santos Dumont, também no Rio, estima que 219,7 mil pessoas passem por lá neste feriado. O crescimento é de 42% em relação à movimentação no carnaval do ano passado, quando foram contabilizados 154.676 viajantes. O volume de operações também deve ser superior: são esperados 1.815 voos, ante os 1.413 comparados em 2019.

Em São Paulo, o Aeroporto de Congonhas deve movimentar cerca de 256 mil passageiros neste período, para o qual estão previstos 2.715 voos. Esta sexta-feira deve ser o dia de maior concentração de passageiros, com a passagem de cerca de 60 mil viajantes pelo terminal.

Pelo Aeroporto Internacional de Brasília, administrado pela Inframérica, deverão passar 246 mil pessoas, e estão previstos 1.705 pousos e decolagens no período de carnaval. Para atender à alta demanda, 37 voos extras foram incluídos na malha do feriado. As regiões Nordeste e Sudeste são as mais procuradas pelos que saem de Brasília. Hoje deve ser o dia de maior fluxo, entre os horários de 6h às 12h e de 18h às 22h. Na Quarta-feira de Cinzas, retorno do Carnaval, o pico de movimentação deve ocorrer a partir das 8h.

A concessionária Vinci Airports informou que o Aeroporto Internacional de Salvador opere com 2.407 voos neste feriado, 11% a mais que no carnaval de 2019. Destes, 2 296 são domésticos e 111 são internacionais. No total, mais de 380 mil assentos foram disponibilizados pelas companhias áreas para quem quer passar o carnaval em Salvador ou sair da cidade para aproveitar os festejos em outra cidade baiana. O número é 9% superior ao que foi ofertado.

O terminal rodoviário de Brasília estima recepcionar cerca de 50 mil passageiros de hoje até quarta-feira próxima. A previsão indica que cerca de 13 mil pessoas deixarão Brasília de ônibus nesta sexta-feira e no sábado. Para dar conta de toda a demanda, serão disponibilizados 49 ônibus extras, e caso haja necessidade, mais outros serão colocados.

Entre as cidades mais procuradas pelos que saem de Brasília estão Goiânia, Caldas Novas e Anápolis, em Goiás, São Paulo e Belo Horizonte.

Segundo a Rodoviária NovoRio, mais de 520 mil passageiros devem passar por lá neste carnaval. Somente hoje são esperadas 67.900 pessoas – 39.400 embarcando e 28.500 chegando à capital fluminense. Serão disponibilizados 18 mil ônibus para atender à demanda rodoviária para o feriado.

 

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Brasil

SP registra mais de 9 mil óbitos e 140,5 mil casos de coronavírus

Publicado

em

Dos 645 municípios paulistas houve pelo menos uma pessoa infectada em 555 cidades, sendo 289 com um ou mais óbitos

Dos 645 municípios paulistas houve pelo menos uma pessoa infectada em 555 cidades, sendo 289 com um ou mais óbitos.

A taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) tive queda de 73,4% na Grande São Paulo e 63,5% no estado. O número de pacientes internados é 12.821, sendo 8.002 em enfermaria e 4.819 em unidades de terapia intensiva.

Entre os óbitos, 5.235 são homens e 3.823 mulheres, e estão concentrados em pacientes com 60 anos de idade ou mais, totalizando 73,1% das mortes.

A mortalidade é maior entre 70 anos e 79 anos (2.122), seguida pela faixa de 60 anos a 69 anos (2.090) e de 80 anos e 89 anos (1.796). Entre as demais faixas estão os menores de 10 anos (16), de 10 a 19 anos (25), de 20 a 29 anos (70), de 30 a 39 anos (335), de 40 a 49 anos (673), de 50 a 59 anos (1.314) e maiores de 90 anos (617).

Os principais fatores de risco associados à mortalidade são cardiopatia (58,2%), diabetes mellitus (42,9%), doenças neurológicas (11,3%) doença renal (10,4%), pneumopatia (9,1%). Outros fatores identificados são obesidade, imunodepressão, asma, doenças hematológica e hepática. Esses fatores de risco foram identificados em 7.297 pessoas que morreram por covid-19 (80,6%).

A relação de casos e óbitos confirmados por cidade pode ser consultada no site https://www.saopaulo.sp.gov.br/coronavirus/.

Continue lendo

Brasil

Governo Federal decidiu esconder o total de casos e mortes por Covid-19

Publicado

em

Com total desrespeito a população, o governo de Jair Bolsonaro, decidiu esconder e dificultar o acesso as informações sobre os casos do coronavírus em todo o pais.

O Governo Federal decidiu restringir a divulgação de dados sobre o novo coronavírus no Brasil. Após dias seguidos retardando o boletim com os números diários da Covid-19, houve uma mudança na metodologia, confirmada pelo próprio presidente Jair Bolsonaro, mais cedo.

Além da limitação ao divulgar informações básicas sobre a doença, o Ministério da Saúde retirou do ar o portal com informações consolidadas. A decisão de ocultar dados relacionados a mortes e infectados pelo novo coronavírus foi duramente criticada nos meios político e jurídico.

Tudo isso porque já são mais de 35 mil mortes ocasionadas pela Covid-19, de um total de 651.980 casos. Também chama atenção o fato de não haver coletivas do Ministério da Saúde passar dias sem fazer coletiva.

Soma-se a isso a subnotificação dos casos, consequência da baixa testagem feita no Brasil.

05Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.
Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Brasil

Reflexão e a vida existencial

Publicado

em

Momentos de intensa tristeza pela perda dos irmãos de todo o mundo. Tudo por causa do interesse do capital, onde é preciso ter e não ser em si mesmo. Se analisarmos profundamente percebemos que tudo foi planejado pelos detentores dos meios de produção e reprodução do capital para o mundo estar nesse caos absoluto e descontrolado.

Um simples vírus criado para interesses antagônicos à vida humana, uma verdadeira guerra mundial lançada para benefício próprios de poucos. Viramos desumanos, decadentes, onde o que importa é o dinheiro materializado e comercializado. Somos apenas mercadorias de lucro para esses assassinos estatais. Tudo está em vácuo, estamos cegos diante da realidade existencial, carregamos um sentimento de desprezo com nós mesmos, isso imposto pela grande mídia, redes sociais e outros órgãos que prezam o ter e não o ser.

Vivemos dias obscuros, que não sabemos quando vai acabar, tudo é incerto, nada de segurança. Perdemos nosso direito de ir e vir de um local para outro, um ser não visível assola nossas vidas no momento atual que é um vírus criado para interesses antagônicos à vida humana. Lamentável tudo isso, não imaginava viver esse tempo tão difícil e hostil no curso contemporâneo. Lamento por tudo, chegamos na decadência anunciada por vários pensadores de outros séculos passados e atuais.

Cabe a seguinte pergunta: para onde vamos ? Não sei. Mas, acredito que seja o fim ou talvez o recomeço. Peço que reflitamos sobre isso, pois “só sei que nada sei”, como já dizia o paradoxo socrático.

Por Romi da Silva Pereira – Geógrafo

05Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.
Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e InstagramVocê também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Trending