Conecte-se Conosco

Destaque

Quem é quem: os suspeitos no caso do ‘mensalinho’ da Alerj

Publicado

em

Alguns dos alvos da Operação Furna da Onça: Affonso Monnerat, André Correa, Chiquinho da Mangueira, Coronel Jairo, Edson Albertassi, Jorge Picciani; Leonardo Jacob, Luiz Martins, Marcelo Simão, Marcos Abrahão, Marcus Vinícius Neskau, Paulo Melo e Vinícius Farah — Foto: Reprodução

Lista inclui deputados, um secretário do governo estadual e o presidente do Detran.

Chiquinho da Mangueira foi eleito corregedor e tem função de investigar colegas e abrir inquéritos. André Corrêa já anunciou que será um dos candidatos a presidente da Assembleia.

Entre os presos na manhã desta quinta-feira (8) na Operação Furna da Onça, desdobramento da Lava Jato no Rio, estão o corregedor e um dos candidatos à presidência da Assembleia Legistlativa do Rio (Alerj). Veja abaixo quem é quem entre os alvos da ação.

Dez deputados são alvo da operação, sendo que três deles já estavam presos: Jorge Picciani, ex-presidente da Assembleia, Paulo Melo e Edson Albertassi. Eles fazem parte do grupo político da base do MDB do ex-governador Sérgio Cabral, preso e condenado por chefiar uma organização criminosa. O Ministério Público Federal suspeita da continuidade da corrupção mesmo após as operações.

Alvos:

PODER EXECUTIVO

  1. Affonso Monnerat, secretário estadual de Governo – preso nesta quinta;
  2. Leonardo Jacob, presidente do Detran – foragido;
  3. Vinícius Farah (MDB), ex-presidente do Detran, eleito deputado federal,- foragido (defesa diz que ele vai se apresentar).

PODER LEGISLATIVO

  1. André Correa (DEM), deputado estadual reeleito e ex-secretário estadual de Meio Ambiente – preso nesta quinta;
  2. Chiquinho da Mangueira (PSC), deputado estadual reeleito e presidente da escola de samba – preso nesta quinta;
  3. Coronel Jairo (MDB), deputado estadual não reeleito – preso nesta quinta;
  4. Edson Albertassi (MDB), deputado afastado – já preso em Bangu;
  5. Jorge Picciani (MDB), deputado afastado – já em prisão domiciliar;
  6. Luiz Martins (PDT), deputado estadual reeleito – preso nesta quinta;
  7. Marcelo Simão (PP), deputado estadual não reeleito – preso nesta quinta;
  8. Marcos Abrahão (Avante), deputado estadual reeleito – preso nesta quinta;
  9. Marcus Vinícius Neskau (PTB), deputado estadual reeleito – preso nesta quinta;
  10. Paulo Melo (MDB), deputado afastado – já preso em Bangu;

ASSESSORES E AUXILIARES

  1. Alcione Chaffin Andrade Fabri, chefe de gabinete e operadora financeira de Marcos Abrahão – presa nesta quinta;
  2. Daniel Marcos Barbiratto de Almeida, enteado e operador financeiro de Luiz Martins – preso nesta quinta;
  3. Jennifer Souza da Silva, empregada do Grupo Facility/Prol, vinculada a Paulo Melo – preso nesta quinta;
  4. Jorge Luis de Oliveira Fernandes, assessor e operador financeiro de Coronel Jairo – preso nesta quinta;
  5. José Antonio Wermelinger Machado, ex-chefe de gabinete e principal operador financeiro de André Corrêa – preso nesta quinta;
  6. Leonardo Mendonça Andrade, assessor e operador financeiro de Marcos Abrahão – preso nesta quinta;
  7. Magno Cezar Motta, assessor e operador financeiro de Paulo Melo – preso nesta quinta;
  8. Shirlei Aparecida Martins Silva, ex-chefe de gabinete de Edson Albertassi e subsecretária dos Programas Sociais da Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia, Inovação e Desenvolvimento Social – preso nesta quinta.
  9. Carla Adriana Pereira, assessora de registros do Detran – presa nesta quinta.

Chiquinho da Mangueira

O deputado Chiquinho da Mangueira (PSC), reeleito para o quarto mandato (2003-2018), é o corregedor parlamentar da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). Ao corregedor, cabe abrir investigações e presidir inquéritos contra colegas.

Ele foi eleito com 45 votos favoráveis, cinco contrários e duas abstenções, no ano passado. São 70 deputados no total, mas nem todos estavam presentes. Ao ser eleito, afirmou: “Pretendo exercer a função de forma justa, avaliar os casos que forem necessários, conforme é exigido do parlamentar”.

Em setembro do ano passado, ao G1, Chiquinho se disse preparado para ocupar o cargo. “Sou presidente de uma comissão [de Esporte e Lazer] e vice-presidente da comissão mais importante, a de Constituição e Justiça”.

Anos antes, o próprio Chiquinho foi alvo da corregedoria. Em 2003, foi absolvido pela Mesa Diretora da Alerj após ser acusado de quebra de decoro parlamentar por suposto envolvimento com traficantes de drogas do Morro da Mangueira, onde ganhou fama por promover ações sociais.

O local é seu reduto eleitoral e ele é presidente da escola de samba verde e rosa. Foi secretário de Esportes na gestão da prefeitura de Eduardo Paes, à época MDB. Está no quarto mandato como deputado.

Além de deputado, é presidente da Mangueira, já foi secretário de Estado de Esporte (2003-2006), presidente da Suderj (1999-2006) e Secretário Municipal de Esporte (2009-2010).

Segundo a denúncia, ele recebeu mais de R$ 3 milhões e usou verba para desfile da Mangueira.

André Corrêa

Outro deputado preso pela manhã, por volta de 8h15, é André Corrêa. Reeleito para o quinto mandato (1999-2018) com a sétima maior votação desta legislatura, já se considerava virtual candidato à presidência da Assembleia. Está no quinto mandato como deputado estadual.

Entre 2015 e 2016, foi secretário de Meio Ambiente de Luiz Fernando Pezão (MDB) – já havia ocupado o cargo entre 1999 e 2002). Chegou a mergulhar em na Baía de Guanabara para mostrar que a água supostamente estava limpa para receber provas da Olimpíada de 2016.

Segundo o Ministério Público Federal (MPF), ele recebia R$ 100 mil mensais.

Deputados estaduais presos na Lava Jato — Foto: Reprodução/TV Globo

Coronel Jairo

Coronel da PM e deputado do MDB, foi comentarista esportivo e chegou a se arriscar na poesia com o livro “Pedaços de Vida”. Tem seu reduto eleitoral na Zona Oeste, sendo um dos nomes importantes da Mocidade Independente de Padre Miguel.
Foi eleito deputado quatro vezes (2003-2018), mas não se reelegeu este ano. Chegou a ser presidente da comissão de Segurança Pública. Entre 2007 e 2010, foi vice-presidente da Assembleia e presidiu várias sessões.
A denúncia do MPF diz que ele recebia por mês R$ 50 mil, além de ajuda financeira para campanha eleitoral.

Luiz Martins

Líder do partido na Casa, foi reeleito para o segundo mandato (2011-2018), com mais de 38 mil votos. Foi empossado pela primeira vez em 2010 e relatou a CPI das Armas de 2016.
No ano passado, o G1 mostrou que Martins, do PDT, foi um dos beneficiários de doações de campanha feito pelo então presidente da Casa, Jorge Picciani (MDB).
De acordo com o MPF, recebia mensalmente o valor de R$ 80 mil, além de R$ 1,2 milhão para a campanha eleitoral em 2014.

Marcelo Simão

Político de São João de Meriti, foi vereador por três mandatos (1997-2007) e renunciou para ser deputado. Foi expulso do PSB, passou pelo PMDB e PHS até chegar ao PP. Foi candidato à prefeitura de Meriti, mas não foi eleito. Está no segundo mandato como deputado (2007-2018) e não foi reeleito.
O MPF diz que o valor mensal recebido no “mensalinho” era de R$ 20 mil.

Marcos Abrahão

Reeleito para o quinto mandato como deputado (2003-2018), foi sargento da Polícia Militar, onde entrou na década de 80. Em sua descrição no site da Alerj, diz que “se caracteriza principalmente pelo dinamismo e lealdade aos seus companheiros”.
Levantamento feito pelo G1 neste ano mostra que Abrahão (Avante) é o deputado mais faltoso da Casa. Em 2014, foi denunciado como mandante do homicídio de um ex-pastor da Igreja Universal. A vítima foi morta com 19 tiros.
Segundo o MPF, recebia o valor de R$ 80 mil por mês, além de R$ 1,5 milhão para a campanha eleitoral em 2014.

Marcus Vinicius

Oriundo de Barra do Piraí, o deputado do PTB é conhecido como “Neskau” e foi reeleito para o quarto mandato (2008-2018). Foi secretário de Estado na gestão de Sérgio Cabral, depois de cumprir um mandato como deputado estadual.
Segundo o MPF, recebia R$ 50 mil mensais no esquema da Alerj.

Já estavam presos:

Jorge Picciani (MDB)

Jorge Sayed Picciani tem 27 anos de vida parlamentar. Filho de um casal de confeiteiros, Picciani foi criado em Mariópolis, na Zona Norte. Elegeu-se deputado estadual em 1991 pelo PDT. Formado em contabilidade, assumiu a presidência da Comissão de Orçamento e Finanças da Alerj. Em 1992, foi acusado de fraudar o texto final da proposta do daquele ano, incluindo artigos não submetidos aos deputados.
Em 1993 foi nomeado pelo governador Leonel Brizola como secretário de Esporte e Lazer, cargo que acumulou com o da presidência da Suderj. Um ano depois virou líder, deixou os cargos e virou líder do PDT na Alerj. Em 1994 passou para o então PMDB e no ano seguinte conquistou um forte aliado, o deputado estadual do PSDB Sérgio Cabral, que anos mais tarde viria a ser o governador do Rio.

Edson Albertassi, Paulo Melo e Jorge Picciani, presos na Operação Cadeia Velha, tiveram novos mandados de prisão preventiva cumpridos na Operação Furna da Onça — Foto: Reprodução / TV Globo

Cabral foi presidente da Alerj e chamou Picciani para ser seu primeiro-secretário. Na função, ele passou a administrar os recursos e os cargos da Casa. Os dois, em parceria, montaram as bases para uma hegemonia do partido, hoje MDB. Sob sua liderança, deputados aprovaram projetos que beneficiavam o setor de transportes, com liberação de pagamento de multas e cobranças de débitos fiscais.

Nos anos 1990, Picciani deu um salto patrimonial, adquirindo fazendas, casas na Barra da Tijuca e em Armação de Búzios e carros importados. Dizia que seu avanço se devia aos bens acumulados como produtor rural, atividade que exercia desde 1984. Ele também passou a ser dono de mineradoras

A dupla Cabral-Picciani tocou a Assembleia até que primeiro se elegeu senador, em 2002. Picciani então virou presidente, de 2003 a 2010. Foi quando, ao tentar ele mesmo o Senado, perdeu a eleição. Voltou à Alerj em 2014, destronou o ex-aliado Paulo Melo da presidência da casa.

Picciani foi diagnosticado com um tumor na bexiga, em abril de 2017, o que o levou a se licenciar da presidência da Alerj para realizar sessões de quimioterapia e uma cirurgia para a retirada da próstata e da bexiga.

No “mensalinho”, o MPF diz que ele recebia R$ 400 mil por mês.

Edson Albertassi (MDB)

Líder do governo na Assembleia Legislativa, o deputado Edson Albertassi (MDB) é considerado um articulador nos bastidores da casa. Viu sua indicação ao Tribunal de Contas do Estado (TCE-RJ) pelo governador Luiz Fernando Pezão gerar polêmica, depois da desistência dos conselheiros substitutos de não disputar a vaga. Sua indicação teria antecipado a Operação Cadeia Velha.

Na Alerj, acumulou as funções de presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), do Conselho de Ética, da CPI da Petrobras, e relator da CPI da Crise Hídrica. Albertassi liderou na Alerj a rejeição do parecer do TCE pela reprovação das Contas do governador Pezão de 2016.

Aliado de Jorge Picciani, tinha interesse em ir para o TCE. Albertassi controlava a TV Alerj e participou como integrante de outras 25 comissões, com influência para nomeações de muitos cargos no governo.

Albertassi não chegou a concluir o ensino superior. Mas aos 26 anos, se elegeu vereador em Volta Redonda, onde ficou conhecido por meio da rádio evangélica que comprou em 1994 e hoje pertence à sua família. Em 1999, foi o deputado estadual mais votado na região. Tinha como padrinho na casa o deputado Jorge Picciani. Era o líder do governo na Alerj, quando foi preso em 2017.

Segundo o MPF, Albertassi recebia o valor de R$ 80 mil por mês, além de R$ 1 milhão para a campanha eleitoral em 2014.

Paulo Melo (MDB)

Oriundo de Saquarema, na Região dos Lagos, onde tinha uma vida humilde com mais 11 irmãos. Ele conta que começou a ajudar a família aos 5 anos de idade e aos 11, fugiu para o Rio, onde fez bicos e dormiu pelas ruas, até chegar a despachante do Detran.

Com o trabalho social com meninos de rua feito em Saquarema, foi eleito vereador da cidade em 1988. E em 1990, foi eleito pela primeira vez para a Alerj, pelo mesmo partido de Sérgio Cabral.

Destaque

Salgueiro: Vereador e presidente da Câmara, George Arraes, usa tribuna para falar sobre benefícios conseguidos para a população

Publicado

em

O presidente da Câmara de Vereadores, o vereador George Arraes (PPS), na Sessão Ordinária dessa sexta-feira (22), lembrou que no inicio da semana os alunos do Erem Urbano Gomes, estiveram na Casa Legislativa.

“Tivemos a oportunidade de recebê-los e colocar em prática o projeto Escola na Câmara, os alunos interagiram bastante com os vereadores, em breve estaremos abrindo a Escolinha do Legislativo e a biblioteca da Câmara para nossa população. Estive em Recife esta semana buscando melhorias para o nosso município. Em Recife fui na Fundação Altino Ventura e apresentei uma emenda parlamentar que consegui junto ao deputado federal Daniel Coelho (PPS), emenda no valor de R$ 400 mil. Esse recurso será usado em benefício do nosso povo”, disse o presidente.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Destaque

Belmonte: Caçamba da prefeitura atola em rua não calçada e moradores entregam documento na ouvidoria municipal, pedindo providências

Publicado

em

Com a chegada do período chuvoso, os acompanha também, a preocupação e a aflição de milhares de pessoas “órfãs” de Saneamento Básico, em todo o mundo, no nosso país, em vários municípios do nosso estado, e em São José do Belmonte não é diferente.

Nesta sexta-feira, dia 22 de março, moradores da Rua Eponina de Oliveira Barros, no Bairro Cacimba Nova, registraram, através de fotos, a situação caótica que se encontra a referida rua, entre inúmeras outras, a título de exemplos, citamos as ruas da Igreja Católica, de Paulo Gaia e a da Casa dos Idosos, que segundo os moradores, encontram-se intransitáveis. 

Nas imagens, percebe-se que um veículo caçamba, da própria prefeitura, ficou atolado em uma das ruas esburacadas.

Entretanto, a situação ora vista e divulgada, não é inédita nesta gestão, nem é tão somente ocasionada por causa da chuva, mas principalmente, pela falta de Saneamento Básico, algo tão imprescindível na vida do ser humano e uma ação de suma importância, sendo esta, infelizmente, uma ação inexistente na gestão do Prefeito Romonilson Mariano (PHS), durante os mais de 2 (dois) anos e 2 (dois) meses que o mesmo está à frente do Governo Municipal.

Contudo, os moradores da rua Eponina de Oliveira Barros, formularam um documento, o qual foi entregue, nesta sexta-feira, na Ouvidoria do município, para que providências sejam tomadas, urgentemente.

Por fim, os mesmos, juntamente com todos os munícipes que estão “Órfãos” de Saneamento Básico nesta gestão, algo tão priorizado em gestões anteriores, já pediram, pedem e continuarão pedindo “SOCORRO” ao Governo Municipal, vias redes sociais, mídia e documentos, no sentido de que providências sejam tomadas, para sanar este grande problema existente no município, bem como, para evitar que transtornos desta natureza continuem acontecendo frequentemente durante o período chuvoso.

Veja imagens:

    

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Destaque

Veja as ocorrências policiais ocorridas na área do 14º BPM, nessa quinta-feira, 21 de março de 2019

Publicado

em

Acompanhe as ocorrências policiais ocorridas na área do 14º Batalhão de Policia Militar (sede Serra Talhada) durante as 24 horas dessa quinta-feira, 22 de março de 2019.

B-99 (VIOLÊNCIA DOMÉSTICA) (BOC)

Município       : Serra Talhada – PE

Data/hora        : 210050MAR2019

Local               : São Cristovão, Serra Talhada – PE;

Imputado        : Menor;

Endereço        : xxxxx;

Vítima             : M C A;

Endereço        : São Cristovão, Serra Talhada – PE;

  1. N°           : 602/2019 (M-10386528);

Resumo           : Solicitados pela Central de Rádio, Policiais Militares do 14º BPM (GT OPERAÇÕES) juntamente com o Oficial de Operações se deslocaram para a sede do Batalhão onde a vitima havia solicitado uma viatura relatando que seu filho de 16 anos havia lhe agredido. De imediato o policiamento se deslocou para o endereço da vítima onde o imputado recusou-se a abrir a porta, sendo necessária a intervenção do Policiamento. Diante do exposto os envolvidos foram encaminhados à DPC local para a confecção de um BOC.

F-03 (PORTE DE ENTORPECENTE) (BOC)

Município       : Serra Talhada – PE

Data/hora        : 210050MAR2019

Local               : São Cristovão, Serra Talhada – PE;

Imputado        : Menor;

Endereço        : xxxxx;

  1. N°           : 603/2019 (M-10386537)

Resumo           : Solicitados pela Central de Rádio, Policiais Militares do 14º BPM (GT OPERAÇÕES) juntamente com o Oficial de Operações se deslocaram para a sede do Batalhão onde uma senhora havia solicitado uma viatura, relatando que seu filho de 16 anos havia lhe agredido. De imediato o policiamento se deslocou para o endereço da vítima onde foi autorizada a entrada da equipe, foi realizada uma revista na residência e localizado um papelote de maconha dentro de um colchão que pertencia ao menor infrator. Diante do exposto o adolescente foi encaminhado à DPC e confeccionado um BOC.

C-06 (FURTO EM RESIDÊNCIA) (TCO)

Município       : Serra Talhada – PE

Data/hora        : 210100MAR2019

Local               : São Cristovão, Serra Talhada – PE;

Imputado        : J C S A, 27 anos;

Endereço        : São Cristovão, Serra Talhada – PE;

Vítima             : M S S, 55 anos;

Endereço        : São Cristovão, Serra Talhada – PE;

  1. N°           : 604/2019 (M-10386539)

Resumo           : Solicitados pela Central de Rádio Policiais Militares do 14º BPM (Equipe GATI) fizeram deslocamento ao endereço em tela para averiguar uma ocorrência de agressão. Chegando ao local, a vitima informou que o imputado, seu filho, havia furtado duas colônias e um aparelho celular Samsung e havia trocado por pedras de crack no bairro da Borborema. Ao realizar a revista pessoal, só foi encontrada uma lata de refrigerante usada como cachimbo, o imputado informou que havia consumido toda a droga e que não conhecia o vendedor. Diante do exposto os envolvidos foram encaminhados à DPC local para a adoção das medidas cabiveis.

I-99 (CELULAR ROUBADO/RECUPERADO)(TCO)

Município       : Serra Talhada – PE

Data/hora        : 211000MAR2019

Local               : São Cristovão, Serra Talhada – PE;

Imputada        : A M S, 29 anos, promotora de vendas;

Endereço        : São Cristovão, Serra Talhada – PE

  1. N°           : 605/2019 (M-10387389)

Resumo           : Em Operação conjunta, Policiais Militares do 14º BPM (ROCAM e MALHAS DA LEI) realizaram abordagem a um veiculo suspeito. Após a revista no veículo, foi realizada consulta através do Aplicativo Alerta Celular no aparelho de marca Samsung de posse da imputada onde o mesmo constava como queixado. Diante do exposto, a imputada foi conduzida à DPC local para a adoção das medidas cabíveis.

B- 05 (HOMICÍDIO)

Município       : Serra Talhada-PE;

Data/hora        : 210930MAR2019

Local               : Água Branca, Zona Rural, Serra Talhada-PE;

Imputado        : A C M, 23 anos, agricultor;

Endereço        : Zona Rural, Serra Talhada-PE;

Vítima             : M G S, 63 anos,

Endereço        : Zona Rural, Serra Talhada-PE;

Testemunha     : M S S M, 33 anos, agricultora;

Endereço        : Zona Rural, Serra Talhada-PE;

  1. N°           : 607 /2019 (M-10387102);

Resumo           : Policiais Militares da Equipe GATI/14° BPM foram acionados pela Central de Rádio a fim de verificar um possível homicídio. Chegando ao local constataram a veracidade do fato, e segundo informações da testemunha, filha da vitima, o imputado teria se aproximado da cerca que separa sua propriedade com uma arma em punho e começou a efetuar vários disparos contra a residência da mesma, vindo atingir a vítima que estava na porta. Quando a testemunha percebeu que, após os disparos, a vítima estava caída no chão, correu para pegar o seu filho de 01 (um) ano que também estava na porta da casa, seguindo pela caatinga para pedir ajuda. Segundo populares, após o cometimento do delito, o imputado evadiu-se em um veiculo Chevrolet Classic na cor verde de placa não anotada saindo sentido o distrito de Luanda, Zona Rural deste Município, e tomando destino ignorado. Foram feitas incursões a fim de localizar o imputado, porém sem êxito. O local foi isolado e a ocorrência foi repassada à DPC.

 C 02/ B-04 (ROUBO COM LESÃO CORPORAL)

Município       : Serra Talhada-PE;

Data/hora        : 212020MAR2019;

Local               : São Cristovão, Serra Talhada-PE;

Vítima             : M R S, 55 anos, advogada;

Endereço        : Alto da Conceição, Serra Talhada-PE;

  1. N°           : 608/2019

Resumo           : Quando em rondas, Policiais Militares do 14º BPM (Equipe GATI) foram informados por populares que no local descrito, houve um assalto com disparo de arma de fogo. Chegando ao local constataram a veracidade dos fatos e que a vítima havia sido socorrida ao Hospam para atendimento medico. Segundo informações colhidas no local a vítima estava jantando em um estabelecimento comercial, quando uma motocicleta com dois ocupantes se aproximou, o garupa desembarcou e anunciou o assalto. O imputado levou a bolsa da vítima e efetuou 02(dois) disparos contra a mesma, em seguido tomou destino ignorado. A ocorrência foi passada pra DPC local para doção das medidas cabiveis.

B-10/ E-03/ H-99 (DESOBEDIÊNCIA/DIREÇÃO PERIGOSA/ENTREGAR VEÍCULO A PESSOA NÃO HABILITADA) (TCO)

Município       : Serra Talhada – PE

Data/hora        : 212200MAR2019

Local               : Rua 04, Bom Jesus, Serra Talhada – PE;

Imputado 01   : A M M, 19 anos;

Endereço        : Bom Jesus, Serra Talhada – PE;

Imputado: 02  : M F S N, 21 anos;

Endereço        : Vila Bela, Serra Talhada-PE;

Vítima             : Menor;

Endereço        : *****

Veículo            : Honda CG 160 FAN de cor Branca, Placa PCT -****

  1. N°           : 609/2019 

Resumo           : Quando em rondas no endereço descrito, Policiais Militares do 14º BPM (ROCAM/ TRÂNSITO) o condutor da referida motocicleta ao visualizar o policiamento, levantou o pneu dianteiro fez a volta e seguiu na contra mão. O condutor seguia em alta velocidade por varias ruas do bairro Bom Jesus, colocando em risco os transeuntes que ali circulavam o mesmo só veio a parar a motocicleta depois de vários pedido da vítima. Diante dos fatos todos os envolvidos foram conduzidos à DPC local, onde o imputado 02 confirmou ter entregado a motocicleta ao imputado 01 mesmo sabendo que o mesmo não possui carteira nacional de Habilitação. A ocorrência foi passada à DPC local, onde foi submetido a um TCO.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo
Propaganda

Trending