Conecte-se Conosco

Mundo

Rússia aplica pesadas penas de prisão para acusados de “terrorismo”

Publicado

em

Os indiciados, apresentados pela acusação como terroristas “antifascistas” e “anarquistas”, escutaram hoje o veredicto do tribunal militar de Penza

Em tribunal militar russo condenou hoje sete militantes de extrema-esquerda a penas entre seis e 18 anos de prisão num processo que oposição e uma organização não-governamental consideram uma nova manifestação de arbitragem do poder face às correntes críticas.Os indiciados, apresentados pela acusação como terroristas “antifascistas” e “anarquistas”, escutaram hoje o veredicto do tribunal militar de Penza (centro), que os condenou a sentenças entre os seis e os 18 anos de prisão.

A decisão “é inesperada e demasiado dura” considerou Olga Gavrilova, advogada de Maxim Ivankin, 25 anos, condenado a 13 anos num campo penitenciário.

“Evidentemente, vamos recorrer em apelo, eu e os meus colegas”, disse à agência noticiosa AFP.

Os sete jovens, todos nascidos entre 1988 e 1996, foram detidos em 2017 e 2018 por integrarem uma organização considerada “terrorista” pelos serviços de informações e segurança (FSB) e designada “A Rede”.

Alguns dos detidos foram também acusados por posse de armas proibidas e munições, e tentativa de tráfico de droga. Não foi, no entanto, revelado qualquer plano de atentado.

Os organizadores do grupo, Dmitri Ptchelintsev e Ilia Chakourski segundo a acusação, foram condenados às penas mais pesadas, 18 e 16 anos num campo penitenciário de regime severo.

Segundo a organização não-governamental (ONG) russa de defesa dos direitos humanos Memorial e a oposição, este caso foi montado com diversos cenários para dar a entender a existência de uma ameaça contra o poder.

A Memorial acusou os inquiridores de terem fabricado provas, ao esconderem armas na casa de diversos suspeitos, antes de serem espancados para confessarem que também projetavam promover atentados.

“O caso de ‘A Rede’ é um caso de escola. O veredito deve demonstrar à população que existe uma ameaça de terrorismo político efetivo na Rússia (…) e é um recado à juventude: ‘fiquem sentados e não se mexam’!”, denunciou Svetlana Gannouchkina, uma das figuras históricas da ONG.

Segundo a Memorial, o FSB apoiou-se em confissões duvidosas sobre a existência da rede terrorista, obtidas junto de militantes conotados com a extrema-esquerda e detidos num caso de estupefacientes.

O principal líder da oposição do Kremlin, Alexeï Navalny, também denunciou as condenações de hoje.

“Qualquer ministro do Governo russo é dez vezes mais criminoso e uma ameaça para a sociedade que estes jovens”, reagiu na rede social Twitter, ao denunciar um veredito “monstruoso”.

“São sentenças estalinistas”, denunciou por sua vez na rede social Facebook Kirill Martynov, jornalista do diário da oposição Novaïa Gazeta.

Em 2018 e 2019 o Presidente russo, Vladimir Putin, foi interrogado sobre este caso, em particular as acusações de tortura sobre os suspeitos. Na ocasião, referiu que pretendia obter mais informações sobre este caso.

Hoje, o seu porta-voz Dmitri Peskov assegurou que Putin ordenou “uma vez mais que tudo decorra no respeito da lei”.

As acusações de terrorismo ou extremismo destinadas a diversos grupos políticos, em particular jovens, multiplicaram-se recentemente na Rússia.

Segundo os críticos do poder, as medidas repressivas não se dirigem apenas a organizações violentas, mas também a movimentos da oposição ou religiosos moderados que se demarcam da linha oficial.  (POR NOTÍCIAS AO MINUTO)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Mundo

Violinista toca durante a própria cirurgia no cérebro

Publicado

em

Dagmar Turner, de 53 anos, foi diagnosticada em 2013 com um câncer e teve que fazer uma cirurgia para remoção de um tumor no cérebro

Uma paciente do Hospital King’s College, em Londres, tocou violino enquanto foi submetida a uma cirurgia para remoção de um tumor no cérebro, informou a instituição nesta semana. A abordagem ocorreu para evitar danos em partes sensíveis do cérebro, como as envolvidas em movimentos delicados da mão e coordenação, essenciais para tocar o instrumento.

Dagmar Turner, de 53 anos, foi diagnosticada em 2013 com um câncer, após ter uma convulsão durante uma apresentação, segundo o hospital. Dagmar é integrante da orquestra sinfônica da Ilha de Wight, no sul da Inglaterra. Ela teve de ser submetida à cirurgia quando o tumor no cérebro se tornou mais agressivo.

O tumor de Dagmar estava localizado no lobo frontal direito próximo da área que controla movimentos precisos da mão esquerda. Essa é a mão que ela usa para pressionar as cordas contra o braço do instrumento, regulando diferentes tons.

A paixão de Dagmar pela música é compartilhada pelo neurocirurgião que a atendeu, Keyoumars Ashkan. Além de ser um especialista em tumores de cérebro, o médico tem graduação em música e é pianista.

Antes do procedimento, a equipe médica passou duas horas mapeando as áreas do cérebro dela ligadas à prática do violino, além do controle de linguagem e movimento. Também foi discutida a ideia de ela ser acordada no meio do processo para tocar. Isso asseguraria aos cirurgiões que nenhuma área crucial seria afetada.

Com o consentimento dela, a equipe executou meticulosamente o procedimento, declarou o hospital. “Sabemos quão importante é o violino para Dagmar, então era vital preservar as funções dessas áreas delicadas do cérebro. Conseguimos remover 90% do tumor, incluindo as áreas que concentravam a agressividade e mantivemos a função completa da sua mão esquerda”, disse Ashkan.

Primeira vez

“Fazemos cerca de 400 ressecções (remoções de tumores) por ano, o que com frequência implica despertar os pacientes para fazer testes de linguagem”, disse Ashkan. “Mas foi a primeira vez que fiz um paciente tocar um instrumento.” A equipe médica fez a cirurgia em uma posição específica para que Dagmar pudesse tocar o instrumento.

A paciente comemorou o procedimento. “O violino é minha paixão. Toco desde os 10 anos. A ideia de perder a habilidade era de partir o coração, mas o doutor Ashkan entendeu minhas preocupações. Graças a ele, espero voltar à orquestra o quanto antes”, disse. Ela foi liberada três dias depois da operação. (POR ESTADAO CONTEUDO)

 

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

 

Continue lendo

Mundo

Província de Hubei registra mais 108 mortes por novo coronavírus

Publicado

em

O total de mortes na China continental chegou a 2.118

Autoridades sanitárias chinesas anunciaram mais 114 mortes em decorrência do novo coronavírus nessa quarta-feira. O total de mortes na China continental chegou a 2.118.

Segundo as autoridades, 394 novos casos foram registrados no país, fazendo com que o total de pacientes chegasse a 74.576. É a primeira vez, desde 26 de janeiro, que o número de novos casos em um único dia caiu para menos de mil.

Autoridades da província de Hubei informaram que ontem houve mais 108 mortes por causa do novo coronavírus. De acordo com elas, 9.128 pessoas na província estão em estado grave. Acrescentaram que 349 novos casos foram registrados em Hubei, a maioria na cidade de Wuhan, o epicentro do surto.

Em Wuhan, autoridades realizaram uma campanha de três dias, até essa quarta-feira, visando a monitorar os moradores, em busca de sintomas, como, por exemplo, febre. O objetivo é fazer com que o surto pare de se alastrar e garantir que qualquer um que apresente sintomas seja admitido em hospitais ou passe por quarentena de outra maneira.  (POR NOTÍCIAS AO MINUTO)

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.001

 

Continue lendo

Mundo

EUA restringem chegada no país de americanos que estiveram no navio

Publicado

em

O Diamond Princess foi colocado sob quarentena pelo governo japonês enquanto permanece atracado no porto de Yokohama

As autoridades sanitárias dos Estados Unidos (EUA) informam que cidadãos americanos a bordo do navio de cruzeiro atingido pelo surto do novo coronavírus estão proibidos de retornar ao país por pelo menos 14 dias após seu desembarque.

O Diamond Princess foi colocado sob quarentena pelo governo japonês enquanto permanece atracado no porto de Yokohama, nas proximidades de Tóquio. Enquanto mais de 300 americanos foram evacuados pelo governo dos EUA, cerca de 100 permanecem a bordo ou em hospitais no Japão.

Passageiros e tripulação que testarem negativo para o vírus e não apresentarem sintomas poderão desembarcar a partir desta quarta-feira (19), uma vez que a quarentena de 14 dias se encerrou.

O Centro para Prevenção e Controle de Doenças dos EUA, no entanto, disse em declaração divulgada na terça-feira que passageiros e tripulantes americanos, além daqueles em hospitais, deverão permanecer mais 14 dias antes de retornar para casa. Eles terão permissão para embarcar em voos para os EUA se não apresentarem sintomas e não testarem positivo para o vírus durante esse período.

O centro também informa que se indivíduos que estiveram no cruzeiro desembarcarem em território americano antes do fim do período de 14 dias, estarão sujeitos a quarentena obrigatória nos EUA.  (Por Agência Brasil)

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.001

 

Continue lendo

Trending