Conecte-se Conosco

Esporte

Santa Cruz joga mal e é goleado pelo Salgueiro

Publicado

em

Salgueiro passa com tranquilidade pelo Santa Cruz, no Cornélio de Barros. Foto: JC Imagem

Salgueiro passa com tranquilidade pelo Santa Cruz, no Cornélio de Barros.
Foto: JC Imagem

Carcará venceu o tricolor por 3×0 e segue invicto jogando em casa nesse Estadual.

Sem mobilidade, criação e poder de fogo, principalmente no primeiro tempo, o Santa Cruz foi mais uma vítima do Salgueiro no Cornélio de Barros ao cair por 3×0 na tarde deste domingo (13) pela sétima rodada do Hexagonal do Título do Campeonato Pernambucano. O trio Rodolfo Poriguar, Marcos Tamandaré e Cássio infernizou a vida dos corais pelo lado direito durante 70% da partida sem que o time da capital conseguisse reagir. Os corais ficam em quarto lugar com oito pontos e o Salgueiro dorme isolado na liderança com 16 e confirmou a classificação para as semifinais.

Como era de se esperar, principalmente pela temperatura elevada, o Salgueiro impôs um ritmo mais forte no início. Marcou mais adiantado e usou as triangulações pelo lado direito – sempre com Marcos Tamandaré como vértice principal. Teve volume de jogo mas finalizou numa escala menor por causa dos erros no passe final. Ao Tricolor não faltou qualidade técnica – Leandrinho e Raniel sabem o que fazem com a bola nos pés. O problema foi a bola chegar aos pés deles. A falta de uma movimentação que confundisse a marcação e desse opção de passe acabou com o jogo da equipe da capital. Os jogadores faziam apenas os deslocamentos na vertical – para a frente quando tentavam atacar e para trás quando o adversário tomava a bola. Mesmo assim Raniel ainda teve uma chance mas perdeu por tentar um drible a mais.

De tanto insistir em alçar na área, o Carcará conseguiu seu gol num lance polêmico. Nilson rifou a bola na área e John matou no peito. A bola subiu e bateu no braço de Leonardo, que também subia para afastar. Como o braço estava levantado, o árbitro José Woshington interpretou como tentativa de ampliar a área do corpo e marcou pênalti. Rodolfo Potiguar soltou uma bomba no meio do gol e fez 1×0.

Nem o prejuízo mudou a atitude do Santa Cruz. Leandrinho ainda tentava alguma coisa mas na base da individualidade era praticamente impossível. Por isso o Carcará manteve seu jogo até conseguir o segundo gol numa jogada que era ensaiada desde os primeiros minutos. Tamandaré tabelou com Cássio e foi à linha de fundo cruzar para o camisa 10. Ele mandou rasteiro e deixou a vida dos corais ainda mais complicada.

o Santa voltou para o segundo tempo com Bruno Moraes no lugar de Keno. Mas não aprendeu a lição. Aos cinco minutos, aquela linha de passe pelo lado direito que o Salgueiro enjoou de fazer no primeiro tempo deu certo na primeira dose. Tamandaré rolou para Cássio que entrou como quis na área, foi à linha de fundo e cruzou rasteiro para John empurrar para o gol completamente livre de marcação.

Imediatamente, Martelotte mudou no setor de criação. Trocou Leandrinho por Daniel Costa e Raniel por Marcílio. O time da casa mudou de postura. Encolheu-se em seu campo para segurar o jogo e, se houvesse espaço, sair no no contra-ataque. Só aí as finalizações dos corais deram o ar da graça, já que não houve nenhuma no primeiro tempo. A melhor delas num chute da entrada da área de Lucas Gomes. Mondragon mandou a escanteio.

Aos 36, Mondragon dividiu para Alemão e levou a pior. O zagueiro rolou para Bruno Moraes chutar por cima. Uma pressão muito mais pelo recuo do Salgueiro do que pelas alterações na equipe. Daniel Costa, por exemplo, só se apresentava para o jogo na hora da bola parada. Quem se destacou com mais espaço foi o volante Lucas Gomes. Foi à frente e tentou criar espaço para os atacantes.

Para colocar uma cereja amarga num bolo indigesto, Bruno Moraes deu um carrinho violento e desnecessário em Mondragon aos 46 minutos e foi expulso.

Ficha do jogo

Salgueiro – Mondragon; Marcos Tamandaré (Toty), Ranieri, Luiz Eduardo e Marlon; Rodolfo Potiguar (Moreilândia), Jaíldo, Cássio e Piauí; Nilson e John. Técnico: Sérgio China.

Santa Cruz – Tiago Cardoso; Everton Sena, Alemão, Leonardo e Tiago Costa; Wellington Cézar, Lucas Gomes e Leandrinho (Daniel Costa); Raniel (Marcílio), Keno (Bruno Moraes) e Arthur. Técnico: Marcelo Martelotte.

Local: Cornélio de Barros. Árbitro: José Woshington da Silva (PE).Assistentes: Marcelo Castro (PE) e Ricardo Chianca (PE). Gols: Rodolfo Potiguar, aos 31; e Cássio, aos 47 do primeiro. John, aos cinco do segundo. Cartões amarelos: Marlon, Daniel, Marcílio e Wellington Cézar. Expulsão: Bruno Moraes. Público: 4.292. Renda: R$ 15.970.

Por Wladmir Paulino

Esporte

De olho na semifinal do Mundial de Clubes, Flamengo faz primeiro treino

Publicado

em

As atividades tiveram início por volta das 10 horas (horário local, 4h de Brasília)

Depois de assistir no estádio ao jogo que definiu o seu adversário e descansar em razão da longa viagem, o Flamengo realizou na manhã deste domingo o primeiro treino em Doha, no Catar, visando a estreia no Mundial de Clubes, marcada para esta terça-feira, às 14h30 de Brasília) contra o Al Hilal, da Arábia Saudita.

As atividades tiveram início por volta das 10 horas (horário local, 4h de Brasília). Primeiro, os jogadores fizeram trabalhos físicos na academia. Depois, o elenco treinou com bola no gramado do Estádio Abdullah bin Khalifa. Os atletas conheceram a bola do torneio, que é diferente da utilizada no futebol brasileiro.

Apenas os 15 minutos iniciais foram abertos à imprensa. Pôde-se observar os atletas apenas fazendo o aquecimento. A atividade foi assistida pelo ex-lateral Leandro, campeão mundial pelo Flamengo em 1981. Ídolo do clube carioca, ele é o chefe da delegação em Doha.

“Quando vencemos a Libertadores, o Raul (Plassmann, ex-goleiro) nos reuniu e disse que era uma oportunidade única que devíamos agarrar com unhas e dentes. É o mesmo que falo para esse pessoal”, disse Leandro.

Depois do treinamento, alguns jogadores, como Filipe Luís, Rodrigo Caio e Everton Ribeiro, foram atender os torcedores que estavam do lado de fora do estádio, esperando o final da atividade. Eles tiraram fotos e deram autógrafos. O Governo do Catar estima que Doha vai receber cerca de 15 mil flamenguistas caso o time rubro-negro avance à final do Mundial.

Por Estadão Conteúdo

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Esporte

Corinthians anuncia a contração de Luan: ‘Realização de um sonho’

Publicado

em

Depois de vários dias de negociação, Corinthians e Grêmio, enfim, chegaram a um acordo e o atacante Luan

matéria enviada anteriormente continha um erro no segundo parágrafo. Luan assinou contrato por quatro anos – e não por cinco – com o Corinthians. Segue a versão corrigida:

Depois de vários dias de negociação, Corinthians e Grêmio, enfim, chegaram a um acordo e o atacante Luan foi anunciado como reforço pelo clube paulista na tarde deste sábado.

Luan deixa o time gaúcho após seis temporadas e vai assinar um contrato de quatro anos com o Corinthians. Ele é o primeiro reforço da equipe alvinegra para a próxima temporada. O clube também negocia com Michael, do Goiás, revelação do Campeonato Brasileiro.

Em comunicado divulgado em seu site, o Grêmio revelou que negociou Luan por 5 milhões de euros (cerca de R$ 22 milhões), sendo que o Corinthians vai pagar esse valor por 50% dos direitos econômicos do atleta. O clube gaúcho informou que as pendências pela aquisição do lateral-esquerdo Juninho Capixaba também entraram no acordo.

Na nota em que confirma a venda, o Grêmio dá a entender de que fez um bom negócio, uma vez que Luan já havia manifestado a vontade de deixar o clube e o jogador poderia sair de graça ao final da próxima temporada, já que seu contrato terminaria em dezembro de 2020.

“Luan, obrigado por todos os gols, assistências, títulos e suor que dedicaste ao tricolor enquanto vestiu o nosso manto. Desejamos força nos próximos desafios da tua carreira”, publicou o Grêmio em suas redes sociais.

Torcedores declarado do Corinthians, o novo reforço comemorou o acerto e mandou um recado para a torcida. “Estou muito feliz. É a realização de um sonho de criança poder vestir essa camisa. Espero corresponder a todo o carinho que tenho recebido já nas redes sociais, nas ruas e na própria Arena Corinthians. Chego com muita expectativa e vontade de dar alegria ao torcedor corintiano. Sou mais um louco do bando. Vai, Corinthians!”, celebrou.

Luan esteve na Arena Corinthians na última terça-feira para a partida beneficente promovida pelo ex-jogador Emerson Sheik. Os torcedores presentes gritaram o nome do jogador. Em entrevista concedida depois do jogo, o atacante disse que o fato de ter sido corintiano na infância não pesaria na decisão.

Contratado pelo Grêmio em 2014, Luan disputou 299 partidas e marcou 77 gols no time gaúcho. Suas duas melhores temporadas foram em 2016 e 2017. No primeiro ano, ele ajudou o Grêmio na conquista da Copa do Brasil e depois faturou a inédita medalha de ouro com a seleção nos Jogos Olímpicos do Rio. Na sequência, participou da conquista da Libertadores, sendo eleito o melhor jogador da competição continental.

Em 2018, depois do sucesso nas duas temporadas anteriores, o atacante chegou a ser especulado no futebol europeu. Entretanto, seu rendimento caiu devido a uma série de lesões e ele chegou a ficar na reserva do Grêmio. Na última temporada, Luan alternou altos e baixos no time gaúcho, terminando o ano com nove gols e dez assistências em 36 partidas. (POR ESTADAO CONTEUDO)

 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Esporte

Seleção brasileira feminina volta ao top 10 de ranking da Fifa

Publicado

em

Na publicação anterior do ranking, a equipe da técnica Pia Sundhage aparecia em 11º

A seleção brasileira feminina está de volta ao top 10 do ranking da Fifa. Nesta sexta-feira (13), a entidade publicou a última atualização da temporada, na qual o Brasil aparece na nona colocação.

Na publicação anterior do ranking, de 27 de setembro deste ano, a equipe da técnica Pia Sundhage aparecia em 11º, a pior classificação da seleção na história. Mas as vitórias recentes sobre Inglaterra (2 a 1) e Canadá (4 a 0) em amistosos recolocaram a seleção no pelotão de elite do futebol feminino.

Os Estados Unidos, campeões mundiais na França, seguem na liderança do ranking, seguidos por Alemanha, Holanda, França, Suécia, Inglaterra, Austrália, Canadá, Brasil e o Japão, que fecha a lista dos dez primeiros.

O Brasil já chegou a ocupar a vice-liderança do ranking da Fifa, sua melhor colocação. Entre 2008 e 2010, conseguiu se manter por três anos consecutivos em terceiro lugar.

Contudo, já faz quatro anos que a seleção brasileira não figura entre as seis primeiras equipes do ranking. De 2017 para cá, experimentou uma queda na tabela: oitava colocação ao fim de 2017 e décima colocação em 2018.

Nesta quinta-feira (12), a seleção brasileira recebeu o México e goleou por 6 a 0, na Arena Corinthians. Os gols foram marcados por Bia Zaneratto (três), Duda, Debinha e Millene.

A equipe ainda fará um último amistoso no ano, domingo (15), em Araraquara, novamente contra a seleção mexicana, às 18h30. (POR FOLHAPRESS)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe os nossos aplicativos gratuito.

Siga-nos em nossas redes sociais FacebookTwitter e Instagram.Você também pode ajudar a fazer o nosso Blog, nos enviando sugestão de pauta, fotos e vídeos para nossa a redação do Blog do Silva Lima por e-mail blogdosilvalima@gmail.com ou WhatsApp (87) 9 9937-6606 ou 9 9101-6973.

Continue lendo

Trending